Começa, na quarta-feira, 16, e segue até sexta, 18, em Ituporanga, a 29ª Feira Catarinense de Matemática. Serão apresentados 167 trabalhos de 57 cidades catarinenses, que foram selecionados nas feiras regionais. “Nossa expectativa é de que mais de 4 mil pessoas visitem e apreciem os trabalhos que serão expostos durante a feira”, comenta o gerente de Educação de Ituporanga, Ivo Schmitz Filho. Ao todo, estão inscritos 334 alunos e haverá 150 professores/avaliadores.

Todos os trabalhos serão avaliados e receberão troféu ou medalhada. Os 20 melhores serão indicados, ainda, para a 2ª Feira Nacional de Matemática, que acontece em novembro do ano que vem, em Salvador, na Bahia.

A solenidade de abertura da 29ª Feira Catarinense de Matemática será às 18h30min, no Centro de Eventos do Parque de Exposição do Cerro Negro, em Ituporanga. A partir das 19h30min, a feira estará aberta à visitação pública. No dia 17, o horário de visitação será das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 18h. No dia 18, o horário será das 8h às 11h.

A feira é uma realização da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional de Ituporanga, por meio da Gerência de Educação, com o apoio da Secretaria de Estado da Educação; Universidade Regional de Blumenau, Instituto Federal Catarinense, prefeitura de Ituporanga, Fundação Fritz Muller, Editora IBEP e empresa Ecotrat.

Veja a relação de municípios que terão trabalhos apresentados
Ituporanga: 14
Rio do Sul: 12
Taió: 8
Ibirama: 8
Blumenau: 16
Brusque: 12
Campos Novos: 10
Concórdia: 10
Curitibanos: 7
Itajaí: 9
Jaraguá do Sul: 10
Joaçaba: 12
Joinville: 12
Seara: 6
Timbó: 9
Videira: 11
Florianópolis: 1

Foi assinado na última sexta-feira, 11, no gabinete da Secretaria do Desenvolvimento Regional de Araranguá, o convênio para repasse de recursos no valor de R$ 40 mil para aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o Hospital São Judas Tadeu, de Meleiro. O convênio da Secretaria de Estado da Saúde, através da SDR Araranguá, foi firmado entre o secretário Regional Heriberto Schmidt e o presidente da Associação Comunitária São Judas Tadeu, Osmar Minatto.

Os recursos serão utilizados na aquisição de dois monitores cardíacos, duas macas, duas cadeiras de rodas, um berço para a maternidade e duas bandejas instrumentais, para otorrino e histerectomia.

Osmar Minatto lembrou que o Hospital de Meleiro é um dos hospitais que aderiram ao mutirão de cirurgias eletivas da Secretaria de Estado da Saúde. “Somente neste ano já foram cerca de 500 cirurgias, de clinica geral, otorrino e ortopedia”, ressaltou.

O secretário Regional de Araranguá, Heriberto Schmidt, lembra que os recursos para a celebração do convênio com o Hospital de Meleiro foram autorizados no dia 10 de setembro pelo Vice-Governador Eduardo Pinho Moreira, que esteve na SDR como governador em exercício.

“O Governador Raimundo Colombo está liberando os recursos para os hospitais da região, a exemplo ainda do convênio com a Associação Mantenedora Amigos de Timbé do Sul, no valor de R$ 50 mil para custeio e manutenção dos serviços de saúde do Hospital, e com o Hospital São Sebastião, de Turvo, no valor de R$ 150 mil, onde o convênio é destinado à aquisição de grupo gerador e um aparelho de raio X”, concluiu o secretário.

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) recebe solicitações de transferência externa e retorno a portador de diploma de cursos da graduação para o primeiro semestre de 2014 de segunda, 14, a sexta-feira, 18. São mais de 1,2 mil vagas distribuídas em 31 cursos de graduação presenciais em todas as unidades da Udesc.

Os interessados devem fazer o pedido via correio, por meio de correspondência registrada, ou nas secretarias de ensino de graduação dos centros da Udesc (endereços disponíveis nas págs. 6 e 7 do edital). A entrega dos documentos pode ser feita via procuração.

As solicitações devem ser feitas em formulário próprio (anexo ao edital). São exigidos documentos como o histórico de graduação atualizado; atestado de matrícula, programa das disciplinas cursadas; entre outros; além de documentos pessoais. A relação completa está no item 6 do edital (págs. 7 e 8).

“Todas as informações estão no edital. A transferência só será aceita quando for para um curso idêntico ao da instituição de origem, ou para um curso da mesma área do conhecimento”, explica o pró-reitor de Ensino, Luciano Hack. Outra exigência para ocupação das vagas é que o aluno tenha concluído, com aproveitamento, todas as disciplinas obrigatórias do primeiro ano do curso de origem.

Os alunos serão classificados de acordo com a procura do curso. Se o número de candidatos selecionados for menor do que o número de vagas, todos que cumprirem as exigências serão chamados. Se o número de selecionados for maior que o número de vagas, terão prioridade os alunos que buscam o mesmo curso da instituição de origem. O resultado da seleção será divulgado até 4 de novembro nos centros da Udesc.

Cursos e informações

Mais informações podem ser obtidas no edital e nos centros da Udesc nos seguintes telefones:

Balneário Camboriú

Interesse no curso de Engenharia de Petróleo, ligar para 47. 3264-1734.

Chapecó e Pinhalzinho

Interesse nos cursos de Enfermagem, Engenharia de Alimentos e Zootecnia, ligar para 49.3330-9418.

Florianópolis

Interesse nos cursos de Artes Visuais, Design Industrial, Moda, Música e Teatro, ligar para 48. 3321-8300.
Interesse no curso de Administração Pública, ligar para 48.3321-8251.
Interesse no curso de Fisioterapia, ligar para 48. 3321-8648.
Interesse nos cursos de Biblioteconomia e Pedagogia, ligar para 48.3321-8500.

Ibirama

Interesse nos cursos de Ciências Contábeis e Engenharia Sanitária, ligar para 47. 3357-3077.

Joinville

Interesse nos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção e Sistemas, Física, Matemática, Química e Ciência da Computação, ligar para 47. 4009-7900.

Lages

Interesse nos cursos de Agronomia, Engenharia Ambiental e Engenharia Florestal, ligar para 49. 2101-9100.

Laguna

Interesse no curso de Engenharia da Pesca, ligar para 48. 3647-4190.

São Bento do Sul

Interesse nos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia da Produção – Habilitação Mecânica , ligar para 47.3634-0988.

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Thiago Augusto
E-mail: thiago.augusto@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

"Em outubro, Santa Catarina é mais alemã! E o Alto Vale é mais Kegelfest!". O slogan da 24ª Festa Nacional do Bolão - a Kegelfest se confirmou e a Comissão Central Organizadora estima que 10 mil pessoas passaram pelo Centro de Eventos Hermann Purnhagen entre os dias 11 e 13 de outubro.

A alegria invadiu a Alameda Aristiliano Ramos na noite de sexta-feira, quando 32 grupos com 1,7 mil pessoas desfilaram abrindo a festa. O diferencial do desfile foi a participação de dois bonecos com 4 metros de altura, chamados de Fritz e Frida. Como é tradição, rainha e princesas pegaram carona no Chevrolet 1927 do empresário Germano Purnhagen.

O prefeito de Rio do Sul, Garibaldi Ayroso, abriu oficialmente o evento, em que foram vendidos três mil litros de chopp ao som da banda Munich, de Santa Cruz do Sul.

Sábado

No sábado, 12, as crianças puderam festejar o seu dia na Kinderfest na minipista de bolão e no parque de diversões com brinquedos infláveis. Elas também interagiram com bonecos gigantes e participaram de oficinas de pintura facial, painel de pintura coletiva.


De acordo com o superintendente da Fundação Cultural de Rio do Sul, Willian Sieverdt, um dos coordenadores da Kinderfest, a música e os espetáculos teatrais foram prestigiados pelas crianças. Elas puderam acompanhar as apresentações de Música para Crianças - da Musnova Projetos Musicais, A Roupa Nova do Rei -  da Companhia de Teatro Zulu Canibal Ator e Bonecos, a apresentação de Dança de Rua Hora de Brincar - do grupo Street Kings, e coreografia de Juliano Correira no Flautista de Hamelin, da companhia Trip Teatro de Animação.

Ainda no sábado, 12, às 21h, houve o concurso de escolha da rainha e das princesas da Kegelfest 2014. A 2ª Princesa é Andreia Hoeltgebaum - da Sociedade Albertinense; como 1ª Princesa foi eleita Tailine Eliane Diel - representante do DCE-Unidavi; e a Rainha da Kegelfest 2014 é Priscila Gabriela Moretto, representante do Grupo de Tradições Germânicas Rote Rosen.

As competições de Chopp no Pino contaram com participação de estudantes de Rio Claro (SP), que estavam em Rio do Sul aproveitando a Kegelfest. As competições de Bolão - o esporte oficial da Kegelfest, duraram todos os dias da festa, com jogadores de diversas entidades e clubes de bolão do Estado disputando as premiações. No naipe feminino, a Fundação Municipal de Desportos de Rio do Sul foi campeã, com 1.174 pinos derrubados e 266 perdidos, média de 146,75, ficando à frente das equipes Bola de Ouro, de Santa Cecília, com média de 143,63, e Sociedade Albertinense, com 137,63.

No individual, a Braço de Ouro foi Joana Luisa Vehmuth, da FMD Rio do Sul, com 636 pinos derrubados e 84 pinos perdidos, uma média de 159,00. A Braço de Prata foi Luciane Pereira, também da FMD Rio do Sul, com média de 156,25. Outra atleta da FMD Rio do Sul ficou com o Braço de Bronze, Emanuele Scheuer, alcançou média de 154,75.

No naipe masculino, a equipe da FMD Rio do Sul ficou em primeiro lugar, com 1.364 pinos derrubados e 76 pinos perdidos, média de 170,50. Em segundo ficou a equipe da Sociedade Albertinense, de Rio do Sul, com 1.282 pinos derrubados, 158 perdidos, média de 160,25. A terceira colocação ficou com a equipe Continental, de Agrolândia, que derrubou 1.278 pinos, perdeu 162 e alcançou média de 159,75.

No individual masculino o Braço de Ouro foi Vilmar Werlich, da Sociedade Albertinense, com 517 pinos derrubados, 23 perdidos e média de 172,33. O Braço de Prata foi Andrei Dias, da FMD-Rio do Sul, com média de 172,00 e o Braço de Bronze ficou com Pitter Hasse, da equipe Continental de Agrolândia, com média de 168,67.

Domingo


No domingo, 13, a gastronomia típica e as competições de bolão foram as grandes atrações da festa. A comissão organizadora estima que foram consumidos 900 pratos típicos. Para a comissão da festa, o objetivo de resgatar as tradições  e trazer as famílias ao evento foi alcançado. O foco agora é organizar a edição de 2014, que será realizada entre os dias 10 e 12 de outubro do ano que vem.

Informações adicionais:
Homero Buzzi
Email:imprensa@rsl.sdr.sc.gov.br
Telefone:(47) 3526-3014

O governador Raimundo Colombo cumpre agenda no Norte do Estado e no Vale do Itajaí nesta terça-feira, 15. Entre os compromissos, estão a assinatura de protocolo de intenções com a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), em São Francisco do Sul, para investimentos em rede subterrânea na cidade; e a emissão da ordem de serviço para pavimentação da rodovia SC-486, em Botuverá. O governador também visitará as obras na Rua dos Imigrantes, em Guabiruba.

O primeiro ato será às 15h, no Terminal Turístico Naval, em São Francisco do Sul, para a assinatura do protocolo de intenções entre Celesc e governo do Estado, autorizando a utilização de recursos do ICMS para custeio das obras de substituição de atual rede elétrica aérea por rede subterrânea no centro histórico de São Francisco do Sul. A obra representa investimento de R$ 7,5 milhões e será licitada pela Celesc após assinatura do protocolo.

No Vale do Itajaí, o governador vai vistoriar as obras de pavimentação e reurbanização da Rua dos Imigrantes, que liga Brusque a Guabiruba. A via está sendo reestruturada com pavimento, calçadas e ciclovias. Até o final da obra, os investimentos podem chegar a R$ 7 milhões. O ato será às 17h30min na Rua dos Imigrantes.

rua dos imigrantes 20131014 1041680737
Novo acesso à Rua dos Imigrantes. Foto: Maurício dos Santos/SDR Brusque

Em seguida, em Botuverá, será assinada a ordem de serviço para a pavimentação de 12 quilômetros da rodovia SC-486, que leva até as cavernas do município – principal ponto turístico da cidade. Os investimentos do governo do Estado por meio do Pacto por Santa Catarina serão de R$ 12,8 milhões. A assinatura será às 19h30min, na Paróquia São José, em Botuverá.

caverna de botuvera 20131014 1800251780
Foto: Divulgação/prefeitura Botuverá

Agenda
15h – Assinatura do protocolo de intenções
Local: Terminal Turístico Naval – Rua Babitonga, 62 – Centro – São Francisco do Sul

17h30min – Vistoria nas obras da Rua dos Imigrantes
Local: Rua dos Imigrantes - Brusque/Guabiruba

19h30min – Assinatura da ordem de serviço para pavimentação da SC-486
Local: Paróquia São José - R Padre Carlos Enderlin – Centro - Botuverá

{text}

A Secretaria de Estado da Saúde informa, a seguir, a situação das emergências dos hospitais Celso Ramos e Regional de São José, nesta segunda-feira, 14 de outubro.

Nesta segunda-feira, 14, até o final da manhã, a emergência do Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, estava atendendo 17 pessoas. A situação é de normalidade. Segundo informações da instituição, havia dois pacientes em estado grave. Nas últimas 24 horas, o Celso Ramos recebeu, na Emergência, 184 pessoas. Deste total de atendimentos, 99 são do setor de ortopedia, que, em geral, envolve pessoas que sofreram acidentes de trânsito. 

No Hospital Regional de São José havia, na emergência geral, 142 pacientes até o final da manhã desta segunda-feira. Na emergência havia 35 pessoas aguardando consulta. O atendimento é feito de acordo com a gravidade dos casos, a partir da classificação de risco que é feita com cada paciente que chega.

Nas últimas 24 horas, de acordo com as informações da direção do Hospital Regional de São José, o setor de emergência atendeu 217 pacientes. Na emergência pediátrica, 165 crianças foram atendidas. O quadro geral do Hospital Regional de São José é de 296 pacientes internados. Ao todo, 74 internações foram feitas nas últimas 24 horas.

No Hospital Regional de São José, cerca de 80% dos casos que chegam à Emergência são ambulatoriais, ou seja, são situações que podem ser resolvidas nos postos de saúde. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a população a primeiro procurar os centros de saúde dos seus municípios. Os postos de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão aptos a atender situações de urgência, que são aqueles em que a pessoa não corre riscos. São casos, por exemplo, de febre e dores generalizadas. Os casos mais graves serão encaminhados para os hospitais.

{text}

O município de Criciúma, no Sul, sedia nesta quarta, 16, e quinta, 17, a 1ª Oficina de Regional de Mobilização Intersetorial de Políticas Públicas sobre Drogas. Durante o evento, que reunirá técnicos de diferentes áreas, serão debatidas as propostas da Mesorregião de Criciúma para a elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas. A abertura está prevista para as 15h desta quarta-feira, no auditório da Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (Satc).

Esta será a 5ª de sete oficinas previstas. Faltam ainda Joaçaba e Lages. Os encontros regionais já foram realizados em Florianópolis, Jaraguá do Sul, São Miguel do Oeste e Chapecó.

Durante a abertura do evento, os 10 municípios eleitos para o colegiado gestor regional tomam posse. Integram o comitê os municípios de: Araranguá, Braço do Norte, Cocal do Sul, Criciúma, Içara, Imbituba, Orleans, Siderópolis, Urussanga e Tubarão.

O colegiado gestor regional será responsável pela viabilização, monitoramento e avaliação das execuções do Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas no âmbito regional e municipal.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Cândido da Silva, destaca que esta é uma parceria entre o governo do Estado, os conselhos e a sociedade civil para o enfrentamento às drogas. “A dependência alcançou até mesmo as famílias do campo e precisamos atuar firmemente na prevenção, no cuidado aos dependentes e no combate ao tráfico”, ressaltou.

O plano é articulado por um colegiado gestor estadual do qual participam: a Comissão Parlamentar de Combate e Prevenção às Drogas da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc); as Secretarias de Estado da: Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST); Saúde, Educação, Justiça e Cidadania e Segurança Pública; Conselho Estadual de Entorpecentes (Conen); Casa Civil; Cruz Azul; Associação Catarinense de Comunidades Terapêuticas; Federação Catarinense de Comunidades Terapêuticas; e Instituto Papais (Programa de Alerta aos Pais)

Como iniciou

A ideia de elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas surgiu a partir da adesão do Estado ao programa federal Crack, é possível vencer, no ano passado. A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) coordena o programa em Santa Catarina e paralelamente trabalha a elaboração e implantação do Plano num grupo intersetorial.

O trabalho do governo não se restringe à construção do plano, mas avança também em outras frentes como nas áreas da assistência social. O governo estadual investirá R$ 53 milhões na construção de 125 equipamentos de assistência social até 2014. Tratam-se dos 98 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), com investimentos previstos de R$ 39,5 milhões e 27 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), com projeção de R$ 13,6 milhões até 2014.

Atualmente, o Estado possui 341 CRAS em 270 municípios e 86 Creas em 82 municípios. São nestes equipamentos que a família encontra apoio para fortalecer os vínculos familiares e minimizar os problemas causados pelas drogas.

Os detalhes sobre as oficinas regionais de políticas públicas sobre drogas e outros assuntos relacionados ao tema podem ser acessados no endereço: www.vencerasdrogas.sc.gov.br

A semana começa com tempo estável em Santa Catarina, com predomínio de sol entre nuvens na maioria das regiões e condição de chuva isolada a partir da tarde, especialmente no centro-norte do Estado. Temperatura elevada. Vento de noroeste a sudeste, fraco a moderado com rajadas.

Terça-feira

A previsão para a terça-feira é de sol entre nuvens em Santa Catarina e condição de pancadas isoladas de chuva entre a tarde e noite especialmente no Oeste e nas regiões mais próximas ao Paraná. Temperatura amena no período noturno e em elevação durante o dia. Ventos de sudeste a leste/nordeste, fraco a moderado com rajadas.

REGIÃO: LITORAL NORTE  31ºC
 19ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: PLANALTO NORTE  25ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  29ºC
 20ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE/SE 20 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  27ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 20 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  28ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: LITORAL SUL  32ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 20 Km/h 50 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Nebulosidade variável
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: PLANALTO SUL  24ºC
 12ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 20 Km/h 50 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Céu com muitas nuvens

 

REGIÃO: MEIO OESTE  26ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu com muitas nuvens
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: OESTE  27ºC
 17ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

REGIÃO: EXTREMO OESTE  28ºC
 18ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Descarga Elétrica
NE/SE 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Pancada de chuva isolada
Noite: Pancada de chuva isolada

 

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

 

 

 

Com bombeiros militares e comunitários de 57 municípios de Santa Catarina, teve início na manhã deste sábado, 12, a 14ª Olimpíada Catarinense de Bombeiros e Encontro Estadual. Cerca de duas mil pessoas participaram da abertura oficial. Esta edição é realizada pelo 12º Batalhão, em São Miguel do Oeste, no Parque de Exposições Rineu Gransotto. O evento de confraternização contempla provas que simulam diferentes atividades do Corpo de Bombeiros e visa a integração das tropas. São seis modalidades: montagem de estabelecimento (mangueiras), combate a incêndio com extintores, subida em cabo de sisal, atendimento pré-hospitalar, natação e corrida rústica.

Na solenidade de abertura o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), coronel BM Marcos de Oliveira, agradeceu ao prefeito de São Miguel do Oeste, João Carlos Valar, pelo apoio aos eventos. O secretário de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Volmir Giumbeli, deu as boas-vindas aos participantes e amigos. “Muito bom poder receber a todos em nossa região. Colocamos a Secretaria Regional à disposição para novas demandas na questão do apoio ao Corpo de Bombeiros Militar”, afirma.

xiv olimpiada catarinense de bombeiros 20131013 1692126995
Foto: CBMSC/Divulgação

>>> Confira mais imagens na Galeria de Fotos

O anfitrião do evento, major BM Aldo Franz, acompanhado de sua esposa, Maristela Franz, ressaltaram que o evento conta com mais de 200 colaboradores diretos e indiretos na organização e arbitragem. “Sem estes, as competições não seriam possíveis”, declara.

Assinatura

Na ocasião foi assinado um termo de cooperação técnica entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Corpo de Bombeiros, e a Federação Catarinense de Bombeiros Comunitários (Fecabom) para ampliar os serviços de prevenção dos Bombeiros Comunitários junto às comunidades. A intenção é produzir materiais educativos e oportunizar cursos de capacitação e prevenção, orientando sobre como proceder com um primeiro atendimento e minimizar consequências de possíveis sinistros. O diretor presidente da Fecabom, tenente coronel BM Altair Lacowicz, fazendo o uso da palavra, considerou o ato um incremento e valorização da atividade de Bombeiro Comunitário no Estado.

Compareceram também o vice-prefeito municipal, Wilson Trevisan; o deputado Estadual, Mauro de Nadal;  o subcomandante-geral do CBMSC, coronel BM Gladimir Murer; os comandantes dos 12 Batalhões ativos do CBMSC; o Vice-presidente da Fecabom, Rudi José Nodare; o comandante da 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada do Exército (RCMec), tenente coronel EB Carlos Henrique Curado; o delegado Regional, Ricardo Newton Casagrande; comandante da 9º Região da Polícia Militar, coronel PM João Batista Martins;  prefeito de Descanso e presidente da Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (Ameosc), Hélio Daltoé; prefeito municipal de Belmonte, Genésio Brassiani; além de vereadores municipais, representantes de entidades e associações, convidados e imprensa.

Apoiaram a realização a Seara Alimentos, SOS Sul, Móveis Henn, e TCA Transformações Veiculares, Centro de Educação Profissional Getúlio Vargas, Centro de Treinamento da Epagri de São Miguel do Oeste (Cetresmo).

>>> Prova de APH e Combate a Incêndio já tem seus classificados

Curta a página do CBMSC no Facebook: https://www.facebook.com/CBMSC
Receba notícias do CBMSC pelo Twitter: twitter.com/C_B_M_S_C
Acompanhe o Comandante-Geral no Twitter: twitter.com/comandocbmsc

Informações adicionais: 
Soldado BM Maria Gabriela
CCS do Cmdo-Geral

Gisele Vizzotto 
Assessora de Comunicação 
SDR São Miguel do Oeste

 

Os profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) de Santa Catarina participam de capacitação para qualificar o trabalho no âmbito da assistência social do Estado. O curso é dividido em três polos e nesta segunda-feira, 14, começa o de Florianópolis. As aulas prosseguem até 8 de novembro na Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), unidade Centro de Florianópolis.

A capacitação, organizada pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), também será realizada até o final do ano em Chapecó e Lages. “É preciso qualificar a oferta por meio da formação permanente que proporcione o conhecimento necessário para a consolidação efetiva do acesso aos serviços de assistência social”, ressaltou a diretora de Assistência Social da SST, Simone Machado.

A programação inclui temas como Introdução ao Provimento dos Serviços e Benefícios Socioassistenciais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS); implementação de ações do Plano Brasil sem Miséria (BSM); e atualização em Gestão Financeira e Orçamentária do SUAS, dentre outros.

Na terça-feira, 15, o secretário de Estado da SST, João José Cândido da Silva, e a presidente do Conselho Estadual da Assistência Social (CEAS), Solange Bueno, participam da aula inaugural, que está prevista para as 14h, no auditório da Unisul, unidade Centro de Florianópolis. As inscrições para as aulas em Chapecó e Lages estão abertas e podem ser feitas pelo site da SST.