Encontre serviços e notícias do Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Verão SC: Programa Praia Acessível



Oportunidades


BANNER DEFICIENTES 01


Foto: Divulgação / PMSC

A Operação Varejo, desencadeada pela Polícia Militar, apreendeu 22 mil carteiras de cigarros, 40 veículos e prendeu 24 pessoas em Santa Catarina. A ação ocorreu entre a tarde desta quinta-feira, 23, e a madrugada de sexta-feira, 24, em todas as regiões. O objetivo é mapear e fiscalizar bares e pequenos mercados para coibir a venda de cigarros contrabandeados.

Foram abordados e fiscalizados 1.727 veículos e 693 estabelecimentos. Também foram apreendidas três armas de fogo e 1.588 unidades de outros objetos ilegais envolvendo jogos de azar, falsificações e pirataria.

Participaram da ação 1.373 policiais militares e foram usadas 517 viaturas, 10 motocicletas e contou ainda com o apoio do Helicóptero Águia da  Polícia Militar.

Além do problema de saúde pública, o contrabando de cigarros representa uma perda de receita para Santa Catarina, conforme Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, de R$ 505 milhões ao ano. 

De janeiro a julho de 2019, de acordo com a Receita Federal, foram feitas 279 apreensões de cigarro em Santa Catarina, que representam R$ 17,4 milhões.

As informações coletadas serão compartilhadas com a Receita Federal e a Secretaria da Fazenda para que o mapeamento da rede de varejo utilizada para a venda de cigarros ilegais contribua para medidas de repressão a este comércio.

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai
Polícia Militar de Santa Catarina - PMSC
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e ccssubchefia@pm.sc.gov.br
Fone: (48) 3229-6920/3229-6921
Site: www.pm.sc.gov.br 


Nova iluminação será construída com materiais duráveis, como luminárias de LED. Imagem: Divulgação / Porto de Imbituba

O Porto de Imbituba deve iniciar, ainda em 2020, obras de remodelação da rede elétrica e iluminação das vias internas. O edital para contratação dos serviços já foi lançado pela SCPAR Porto de Imbituba, empresa do Governo de Santa Catarina que administra a estrutura. A sessão pública de licitação está marcada para 4 de fevereiro.

Dividida em sete etapas, a obra irá proporcionar melhores condições de operação, segurança do tráfego e visibilidade noturna dentro das instalações do Porto de Imbituba. A atual estrutura de distribuição elétrica conta com sete quilômetros de rede aérea e seis subestações de energia, que apresentam sinais de desgaste por uso, corrosão pela proximidade à área marítima, além de desatualização.

O diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Jamazi Alfredo Ziegler, ressalta que o projeto é parte de uma série de melhorias de infraestrutura que o Porto de Imbituba deve passar nos próximos anos. “Entre as obras previstas está a recuperação e reforço do Cais 3, a construção da Área de Apoio à Família dos Caminhoneiros e a recomposição do Cais 1. Nosso planejamento de qualificação do porto está alinhado à missão de nossa holding, a SCPAR, e do Governo do Estado de Santa Catarina, que busca o desenvolvimento socioeconômico catarinense e atração de novos negócios”, explica Ziegler.

:: Leia também:
:: Porto de Imbituba realiza embarque recorde de 89,5 mil toneladas de granel sólido

O projeto da nova rede de iluminação das vias prevê que todo o sistema atual seja aprimorado em um período de dois anos, adequando-o às necessidades de infraestrutura elétrica do Porto e às regulamentações em vigor. O investimento previsto para a obra não pode ser divulgado por enquanto, uma vez que a licitação tem o valor de referência sigiloso, conforme prevê a Lei das Estatais.

O que muda

A rede de alta tensão será deslocada para as vias de menor circulação. Além disso, todas as instalações de baixa tensão e de comunicação passarão a ser subterrâneas. A nova iluminação será construída com materiais duráveis, como luminárias de LED, postes de fibra de vidro e caixas de passagem de polipropileno, adequadas ao ambiente marítimo. Com os novos princípios de eficiência, será instalado também em todas as luminárias um sistema automático via telegestão, que controlará a intensidade de luz de acordo com a iluminação natural disponível.

“Esse projeto trará maior segurança, economia no consumo de energia, durabilidade e facilidade de manutenção da rede elétrica do Porto. Além disso, incrementa a estética das vias, que passarão a contar com aparência livre de cabos aéreos”, destaca Luiz Gustavo Piucco, engenheiro eletricista da SCPAR, responsável pela obra.

O edital completo de licitação nº 047/2019 pode ser consultado no site portodeimbituba.com.br, na aba Licitações.

Mais informações para a imprensa:
Géssica da Silva
Comunicação Social
SCPar Porto de Imbituba
Fone: (48) 3355-8908
E-mail: gessica.silva@portodeimbituba.com.br
www.portodeimbituba.com.br


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Está aberto o prazo para os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 se inscreverem gratuitamente na primeira edição de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo de inscrição inicialmente iria até sexta-feira, 24, mas o MEC decidiu prorrogá-lo até as 23h59 de domingo, 26, devido a problemas com as correções das provas.

Acesse o site do Ministério da Educação (MEC)

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) tem 398 vagas em 43 cursos de graduação para o primeiro semestre de 2020, em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul. Confira o edital da Udesc.

Das vagas de cada curso oferecido pela universidade estadual, 20% são destinadas para candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio na rede pública e 10% são oferecidas para candidatos negros.

Critérios do Sisu

Cada participante poderá escolher até duas opções de cursos de graduação no Sisu, conforme as notas de corte. O desempenho dos candidatos no Enem 2019 foi publicado na última sexta-feira, 17.

Somente poderá se inscrever na seleção quem fez todas as provas do Enem no ano passado, conseguiu nota acima de zero na redação e tiver certificado de conclusão do ensino médio para a matrícula na universidade.

Nota de corte, resultado e lista de espera

Durante o período de inscrições, a classificação parcial e a nota de corte do Sisu serão divulgadas diariamente para consulta no site do MEC.

O resultado da primeira chamada será publicado em 28 de janeiro, enquanto a matrícula da Udesc ocorrerá em cinco datas: três em janeiro (dias 29, 30 e 31) e duas em fevereiro (dias 3 e 4). Esse período também ficará aberto para quem quiser participar da lista de espera das próximas convocações (confira o calendário).

Vagas em cursos EAD

Até 5 de fevereiro, a Udesc estará com inscrições abertas para o preenchimento de vagas em dois cursos de graduação a distância: Licenciatura em Pedagogia e Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia. Das 75 vagas totais, 37 são para os candidatos que escolherem participar da seleção pela nota no Enem 2019.

Para isso, o candidato deve preencher o formulário de inscrição pela internet, inserindo a pontuação obtida no exame e o comprovante da nota. 

Mais informações podem ser obtidas na página da Udesc e com a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos (Covest), pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br.

Acompanhe as notícias pelo FacebookInstagramTwitter e Udesc em Rede (newsletter e podcast).

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010


Foto: Divulgação / TJSC

O governador Carlos Moisés decretou luto oficial de três dias em Santa Catarina pela morte do desembargador João Martins. A medida será oficializada no Diário Oficial desta quinta-feira, 23. Martins tinha 86 anos, era natural de Florianópolis e faleceu por conta de um ataque cardíaco. Entre outras funções, exerceu a presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Foi também presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC).

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Depois de 28 anos a Ponte Hercílio Luz volta a contribuir para a mobilidade urbana de Florianópolis. A partir desta segunda-feira, 27, o Governo do Estado libera a estrutura para o tráfego de veículos oficiais e do transporte coletivo municipal. O acesso às passarelas de pedestres e ciclistas para travessia completa da Ponte também será liberado, a partir das 8h.

Os veículos que poderão trafegar pela ponte Hercílio Luz foram definidos pela Prefeitura de Florianópolis que iniciará com a passagem de linhas de ônibus do transporte municipal, veículos oficiais e transporte escolar. As linhas de ônibus serão implementadas gradativamente conforme cronograma da administração municipal.

“Antes da reabertura para o tráfego de veículos foi necessário interromper a visitação no vão central e em parte das passarelas para concluir alguns serviços como o abaixamento da treliça inferior, retoques de pintura na parte inferior do piso da pista, complementação de sinalização, colocação da tela de proteção. Todos os trabalhos que estavam previstos para serem feitos neste período foram concluídos”, explica o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler.

>> Mais fotos na galeria

A obra de recuperação da Ponte Hercílio Luz segue em andamento até março de 2020 e, conforme cronograma estabelecido pela empresa responsável pela obra, não haverá necessidade de nova interdição total da pista e passarelas. “O que pode ocorrer é uma interdição parcial na pista ou alternadamente nas passarelas para execução de alguns serviços”, complementa Hassler.

Autorização para eventos e atividades com fins comerciais na Ponte Hercílio Luz

O Governo do Estado de Santa Catarina reforça que a realização de qualquer evento e atividades com fins comerciais que sejam realizados ou tenham trajeto sobre a Ponte Hercílio Luz, necessitam de autorização prévia da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE), da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Serviço do Patrimônio Histórico, Artístico e Natural de Florianópolis (Sephan). A Ponte Hercílio Luz é um patrimônio histórico, artístico, cultural e arquitetônico brasileiro e é dever do Estado preservar suas características e limitações.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com

Página 1 de 668

Conecte-se