Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Viva a Ponte de Santa Catarina



Oportunidades

Próximos eventos

 Foto: Paulo Santana/CCS/PMSC

Na tarde desta quarta-feira, 20, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e Secretaria de Estado da Educação assinaram o Termo de Cooperação Técnica entre as instituições, em evento na Capital. O objetivo da parceria é estabelecer um regime de mútua colaboração entre os órgãos para estimular atividades de ensino e promoção da cidadania por meio do aperfeiçoamento e desenvolvimento das ações realizadas pela Rede de Segurança Escolar, programa da PM nas unidades estaduais de ensino.

A assinatura do ato foi realizada durante a formatura do Estudante Cidadão, realizada na EEB Edith Gama Ramos, na região continental de Florianópolis. O programa, principal projeto envolvido no acordo, é uma iniciativa da PMSC e tem como objetivo desenvolver nos estudantes noções de civismo e cidadania, estimulando o respeito ao professor, aprimorando o aspecto comportamental e o consequente zelo pelo patrimônio público.

Em 2020, a parceria vai atender 12 escolas estaduais em atividades extracurriculares com alunos do ensino fundamental em Florianópolis, Balneário Rincão, Herval d’Oeste, Indaial, Laguna, Palhoça, Porto União, São Bento do Sul e São José. 

Durante a solenidade, o secretário de Educação, Natalino Uggioni, falou sobre a importância da parceria para o desenvolvimento do setor, gerando mais segurança e bem-estar aos estudantes em ambiente escolar: “Este é o tipo de investimento que gostamos de fazer, o investimento na prevenção. Alunos que convivem nesse ambiente, tendo noções básicas de civismo e cidadania, com certeza se tornarão jovens e adultos mais comprometidos com a sociedade”.

Na oportunidade, o comandante-geral da PMSC, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, também comentou sobre o pacto firmado, destacando os benefícios que a iniciativa irá gerar para ambos os órgãos contemplados: “Quem ganha com essa parceria são as nossas crianças e adolescentes. Digo isso, pois elas são nosso futuro, e consequentemente, precisamos protegê-las no presente”. 


Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai (PMSC) e Patrícia Antunes (SED)
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e imprensa@sed.sc.gov.br 
Fone: (48) 3229-6920  e (48) 3664-0347 / (48) 988177973
Site: www.pm.sc.gov.br  e www.sed.sc.gov.br 


Foto: Doia Cercal / Secom

O Detran vai disponibilizar a versão digital da CNH antes da impressa. A chamada inversão na emissão é uma opção disponível para quem abrir um processo presencial ou digital  de habilitação definitiva ou renovação. Santa Catarina é um dos quatro estados do país a oferecer mais essa comodidade aos condutores.

Para ter essa inovação, o motorista precisa estar com todos os dados atualizados junto ao órgão de trânsito, o que pode ser feito através do Portal Digital do Detran e fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), do Governo Federal.

Ao abrir um processo de CNH, o usuário terá duas opções: CNH impressa ou CNH impressa + CNH digital. Quem optar pela segunda opção deve ter as informações do telefone celular e e-mail válidos cadastrados no sistema. Caso contrário, uma mensagem será mostrada ao usuário ou operador, solicitando a atualização. Para isso, é preciso acessar a aba Meus Dados, dentro do Portal Digital.

Essa atualização é obrigatória, pois é pelo e-mail que o condutor receberá o número de registro da habilitação e o número de segurança, que serão utilizados para validar a CNH digital no aplicativo CDT. Tudo isso, antes mesmo de retirar o documento físico, que continua sendo indispensável.

“Nosso objetivo é modernizar os serviços do Detran. Com a parceria do Governo Federal conseguimos disponibilizar cada vez mais melhorias ao cidadão catarinense. Aproveitem esses recursos tecnológicos”, ressaltou a diretora do Detran, Sandra Mara Pereira.

O coordenador-geral do Denatran, Eduardo Sanches, frisou a importância de somar esforços com os estados como Santa Catarina, para efetivar cada vez mais a transformação digital no país, reduzir custos, desburocratizar e entregar serviços de qualidade. E revelou que esse foi o primeiro passo para o fim da obrigatoriedade da CNH física, cujo projeto está em fase de elaboração para ser implantado em 2020 por meio de uma resolução do Contran.

Além de SC, Pernambuco, Espírito Santo e Ceará implementaram esse sistema. A previsão do Denatran é de que ainda este ano todos os estados ofereçam esse serviço.

CNH digital 

A versão digital da CNH está disponível em SC desde fevereiro de 2018. Ela só pode ser gerada para quem tem a última versão da CNH impressa, que conta com um QR Code na parte interna. O código está disponível nos documentos de habilitação emitidos a partir de 2 maio de 2017.

Em Santa Catarina, foram emitidas até hoje 2.212.203 CNHs com QR Code, sendo que apenas 247.053 estão na versão digital.

CDT

A nova versão da CDT, lançada na segunda-feira, 18, pelo Ministério da Infraestrutura, possibilitará a adesão de um maior número de pessoas à CNH Digital. Hoje, existem três milhões de CNH digitais válidas em todo o Brasil, e outras 40 milhões com potencial para a versão eletrônica, ou seja, que possuem o documento impresso com o QR Code.

Informações adicionais para imprensa
Janaina Guliato
Assessoria de Imprensa
Departamento Estadual de Trânsito de SC (Detran)
E-mail: imprensa@detran.sc.gov.br  
Fone: (48) 3664-1733
www.detran.sc.gov.br 


Foto: Mauricio Vieira / Secom

A importância da aproximação do Governo do Estado com prefeituras, vereadores e associações de municípios e os resultados positivos dessa relação. Esse foi o principal assunto abordado pelo governador Carlos Moisés na abertura do Congresso Estadual de Vereadores, na manhã desta quarta-feira, 20, em Florianópolis.

Em sua fala, o governador reforçou o caráter municipalista de gestão e destacou alguns resultados da parceria com as prefeituras e associações de municípios. “A forma municipalista de governo que traçamos como objetivo está trazendo excelentes resultados. Nós lançamos uma proposta para vereadores, prefeitos e associações de municípios, que é o Projeto Recuperar. Com a ação, repassamos dinheiro público estadual aos municípios para fazer a manutenção das rodovias estaduais”, ressaltou.

O governador citou como exemplo o Consórcio Interfederativo Santa Catarina (Cincatarina), que conseguiu economizar cerca de 40% na licitação para sinalização e manutenção. “O município está próximo do problema e tem capilaridade. Os vereadores e prefeitos que recebem as demandas e sabem onde tem buraco na rodovia e precisa de manutenção, por isso esse modelo tem dado certo”, afirmou.

A solenidade foi acompanhada pelo chefe da Casa Civil, Douglas Borba, deputados estaduais, vereadores e demais autoridades. O evento, promovido pela União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc), segue até 22 de novembro na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Informações adicionais para imprensa:
Karine Wenzel
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Fone: (48) 3665-3005 
E-mail: karinew@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Com o tema Sustentabilidade: inovação e políticas públicas, o I Green Summit 2019 será realizado nesta sexta-feira, 22, em Florianópolis. O evento reúne importantes atores do ecossistema nacional e internacional para uma discussão integrada sobre o fortalecimento de ações para o desenvolvimento sustentável aliado à inovação. 

O objetivo é suscitar a discussão a respeito da sustentabilidade e o papel dos agentes na formulação de políticas públicas voltadas a uma economia regenerativa, que valorize a conservação da biodiversidade. 

A iniciativa da Secretaria Executiva de Meio Ambiente (SEMA), que integra a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), vai reunir agentes públicos das três esferas e poderes, empresas sustentáveis, universidades e sociedade civil organizada, para o amplo debate de como desenvolver o hoje sem prejudicar o amanhã. 

“Nosso intuito é estabelecer conexões para o desenvolvimento sustentável a partir de práticas econômicas, de desenvolvimento social e de preservação ambiental. Só com a união destes pilares poderemos encontrar um equilíbrio entre o crescimento e a preservação”, destaca o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino. 

Palestrantes de renome nacional e internacional em suas respectivas áreas de atuação farão parte da programação, que também contará com diretores de organizações multinacionais. O evento representa uma oportunidade singular de ouvir e discutir como o mercado mundial vem tratando do tema sustentabilidade, além de proporcionar para Santa Catarina soluções com resultados concretos em países do primeiro mundo.

Serviço
O quê: I Green Summit 2019
Data: 22 de novembro, sexta-feira,  das 8h às 18h
Local: suditório da Epagri - Rodovia Admar Gonzaga, 1347 – Itacorubi, Florianópolis 
Público-alvo: servidores públicos de todas as esferas, empresários e acadêmicos 
Inscrições: gratuitas e limitadas neste link

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDE
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sds.sc.gov.br



 Foto: Maurício Vieira/Secom

As medidas adotadas para reorganizar o Estado e provocar a retomada dos investimentos em Santa Catarina pautaram a palestra do governador para empresários da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Florianópolis. Carlos Moisés aproveitou a oportunidade para expor algumas das dificuldades encontradas no início do mandato e apresentar os resultados de quase um ano de governo. O evento foi realizado na sede da entidade, na noite desta terça-feira, 19.

"Nós encontramos um Estado sem planejamento, sem projetos e sem controle dos seus gastos e ativos. Herdamos 74% das rodovias em estado ruim ou péssimo, um déficit anual de R$ 2,5 bilhões, uma dívida de R$ 750 milhões na saúde e uma despesa com a folha acima do limite prudencial. Tudo isso é resultado de um processo histórico, e não é uma realidade que se muda em 11 meses, mas já conseguimos avanços muito importantes", mencionou o governador. 

Carlos Moisés mencionou a digitalização de processos e serviços, o aumento na austeridade em relação aos contratos firmados pelo Estado e o critério técnico para a seleção do primeiro escalão, a exemplo do que ocorre na iniciativa privada. 

"Os primeiros resultados já estão aparecendo. No ano que vem, poderemos repassar até R$ 300 milhões aos hospitais filantrópicos. No ano passado, foram R$ 84 milhões. Herdamos muitas dificuldades na saúde, como a dívida, mas é uma área valiosa para melhorar a vida das pessoas, que é o nosso objetivo", detalhou.

O governador ainda citou o reforço dos efetivos da segurança pública, os investimentos de R$ 1,2 bilhões para a educação projetados pelo programa Minha Nova Escola e o aumento de mais de 100% no volume de bolsas de estudo de ensino superior oferecidas pelo Estado. As parcerias com os municípios e associações para recuperar rodovias e os investimentos estratégicos nas prioridades de cada região pelo programa Novos Rumos com recursos próprios também foram lembrados. O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, esteve presente no evento. 

O presidente da CDL Florianópolis, Ernesto Caponi, destacou a importância da presença do governador para dividir com os empresários os sucessos e desafios do Governo do Estado. "É um dia ímpar para a CDL. Aqui é a casa das pessoas que geram emprego e renda. As promessas da campanha, o governador está realizando. Nós temos um governo que age e tem que agir sempre, da melhor forma possível", declarou. 


Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 1 de 614

Conecte-se