Encontre serviços e notícias do Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Verão SC: Programa Praia Acessível



Oportunidades


BANNER DEFICIENTES 01


Fotos: Divulgação / Epagri 

Os maricultores catarinenses terão mais uma importante alternativa de renda. Nesta quinta-feira, 24, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) autorizou o cultivo comercial da macroalga Kappaphycus alvarezii no Litoral de Santa Catarina. O produto, utilizado na indústria farmacêutica e alimentícia, é altamente valorizado no mercado e pode ser combinado com o cultivo de ostras, mexilhões e vieiras. Este será mais um mercado exclusivo de Santa Catarina.


Foto: Divulgação / PMSC

A Operação Varejo, desencadeada pela Polícia Militar, apreendeu 22 mil carteiras de cigarros, 40 veículos e prendeu 24 pessoas em Santa Catarina. A ação ocorreu entre a tarde desta quinta-feira, 23, e a madrugada de sexta-feira, 24, em todas as regiões. O objetivo é mapear e fiscalizar bares e pequenos mercados para coibir a venda de cigarros contrabandeados.

Foram abordados e fiscalizados 1.727 veículos e 693 estabelecimentos. Também foram apreendidas três armas de fogo e 1.588 unidades de outros objetos ilegais envolvendo jogos de azar, falsificações e pirataria.

Participaram da ação 1.373 policiais militares e foram usadas 517 viaturas, 10 motocicletas e contou ainda com o apoio do Helicóptero Águia da  Polícia Militar.

Além do problema de saúde pública, o contrabando de cigarros representa uma perda de receita para Santa Catarina, conforme Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, de R$ 505 milhões ao ano. 

De janeiro a julho de 2019, de acordo com a Receita Federal, foram feitas 279 apreensões de cigarro em Santa Catarina, que representam R$ 17,4 milhões.

As informações coletadas serão compartilhadas com a Receita Federal e a Secretaria da Fazenda para que o mapeamento da rede de varejo utilizada para a venda de cigarros ilegais contribua para medidas de repressão a este comércio.

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai
Polícia Militar de Santa Catarina - PMSC
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e ccssubchefia@pm.sc.gov.br
Fone: (48) 3229-6920/3229-6921
Site: www.pm.sc.gov.br 


Nova iluminação será construída com materiais duráveis, como luminárias de LED. Imagem: Divulgação / Porto de Imbituba

O Porto de Imbituba deve iniciar, ainda em 2020, obras de remodelação da rede elétrica e iluminação das vias internas. O edital para contratação dos serviços já foi lançado pela SCPAR Porto de Imbituba, empresa do Governo de Santa Catarina que administra a estrutura. A sessão pública de licitação está marcada para 4 de fevereiro.

Dividida em sete etapas, a obra irá proporcionar melhores condições de operação, segurança do tráfego e visibilidade noturna dentro das instalações do Porto de Imbituba. A atual estrutura de distribuição elétrica conta com sete quilômetros de rede aérea e seis subestações de energia, que apresentam sinais de desgaste por uso, corrosão pela proximidade à área marítima, além de desatualização.

O diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Jamazi Alfredo Ziegler, ressalta que o projeto é parte de uma série de melhorias de infraestrutura que o Porto de Imbituba deve passar nos próximos anos. “Entre as obras previstas está a recuperação e reforço do Cais 3, a construção da Área de Apoio à Família dos Caminhoneiros e a recomposição do Cais 1. Nosso planejamento de qualificação do porto está alinhado à missão de nossa holding, a SCPAR, e do Governo do Estado de Santa Catarina, que busca o desenvolvimento socioeconômico catarinense e atração de novos negócios”, explica Ziegler.

:: Leia também:
:: Porto de Imbituba realiza embarque recorde de 89,5 mil toneladas de granel sólido

O projeto da nova rede de iluminação das vias prevê que todo o sistema atual seja aprimorado em um período de dois anos, adequando-o às necessidades de infraestrutura elétrica do Porto e às regulamentações em vigor. O investimento previsto para a obra não pode ser divulgado por enquanto, uma vez que a licitação tem o valor de referência sigiloso, conforme prevê a Lei das Estatais.

O que muda

A rede de alta tensão será deslocada para as vias de menor circulação. Além disso, todas as instalações de baixa tensão e de comunicação passarão a ser subterrâneas. A nova iluminação será construída com materiais duráveis, como luminárias de LED, postes de fibra de vidro e caixas de passagem de polipropileno, adequadas ao ambiente marítimo. Com os novos princípios de eficiência, será instalado também em todas as luminárias um sistema automático via telegestão, que controlará a intensidade de luz de acordo com a iluminação natural disponível.

“Esse projeto trará maior segurança, economia no consumo de energia, durabilidade e facilidade de manutenção da rede elétrica do Porto. Além disso, incrementa a estética das vias, que passarão a contar com aparência livre de cabos aéreos”, destaca Luiz Gustavo Piucco, engenheiro eletricista da SCPAR, responsável pela obra.

O edital completo de licitação nº 047/2019 pode ser consultado no site portodeimbituba.com.br, na aba Licitações.

Mais informações para a imprensa:
Géssica da Silva
Comunicação Social
SCPar Porto de Imbituba
Fone: (48) 3355-8908
E-mail: gessica.silva@portodeimbituba.com.br
www.portodeimbituba.com.br


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

O ano que passou foi de retomada do emprego em Santa Catarina. O estado fechou 2019 com o melhor resultado desde 2010, com um saldo positivo de 71.406 contratações. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nesta sexta-feira, 24, pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

“O Brasil vive um momento de recuperação e Santa Catarina ainda mais. Há muitos números que comprovam a melhora no ambiente de negócios a partir de 2019 e o de geração de empregos é o mais importante, porque mostra que todos os catarinenses estão sendo beneficiados”, afirma o governador Carlos Moisés. De acordo com ele, o Governo de Santa Catarina tem contribuído ao oferecer segurança jurídica, agilidade nos processos de abertura de empresas, transparência nos incentivos fiscais e ajustes nas contas públicas. “Queremos continuar a ser destaque nacional e, principalmente, garantir mais oportunidades”, projeta.

No acumulado do ano, o número de empregos gerados em Santa Catarina só foi menor do que São Paulo e Minas Gerais, que têm populações seis e três vezes maiores do que a catarinense, respectivamente. Em dezembro, por causa do efeito da sazonalidade, houve mais demissões do que contratações em todos os estados brasileiros. Santa Catarina encerrou o último mês do ano com uma redução de 24.316 postos.

 

O setor de serviços foi o que mais contribuiu para o resultado positivo do estado em 2019, com 33.617 novos postos de trabalho formais. Na sequência, aparecem a indústria da transformação (18.256) e comércio (11.876). Todos os setores contrataram mais do que demitiram, à exceção da extração mineral, que fechou com saldo negativo de seis vagas.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, o bom resultado de 2019 é reflexo, principalmente, de uma gestão focada em estratégias e resultados, aproximando as pessoas e desburocratizando processos, aliado ao espírito empreendedor das famílias catarinenses.

“Esperamos uma geração de empregos ainda melhor em 2020, já que a vida do cidadão catarinense vai ficar menos burocrática, por exemplo, por meio do Programa SC Bem Mais Simples, que dispensará 597 atividades econômicas de licenciamento prévio, fazendo com que o empreendedor viabilize ou potencialize o seu sonho. A resolução que disponibilizará o caráter prático desta medida será publicada nos próximos dias”, pontua Esmeraldino, enfatizando que esta ação pioneira é fundamental para a melhoria do ambiente de negócios e para criar melhores condições de empregabilidade.

O Brasil encerrou o ano com um saldo positivo de 644.079, resultado também melhor que o do ano anterior, quando foram gerados 529.554 empregos formais. Em dezembro, o saldo foi negativo em 307.311.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Divulgação / TJSC

O governador Carlos Moisés decretou luto oficial de três dias em Santa Catarina pela morte do desembargador João Martins. A medida será oficializada no Diário Oficial desta quinta-feira, 23. Martins tinha 86 anos, era natural de Florianópolis e faleceu por conta de um ataque cardíaco. Entre outras funções, exerceu a presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Foi também presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC).

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

Página 1 de 668

Conecte-se