Fotos: Mauren Rigo/Casa Civil

As principais demandas da Educação e os desafios para execução do calendário letivo diante das indefinições provocadas pela pandemia do novo coronavírus foram tema de  reuniões no Centro Administrativo na manhã desta terça-feira, 26, entre Governo do Estado, Sistema Acafe e Sindicato das Escolas Particulares do Estado de Santa Catarina (Sinepe). O chefe da Casa Civil, Amandio João da Silva Junior, e os secretários estaduais da Educação, Natalino Uggioni, e da Saúde, André Motta Ribeiro, ouviram os pleitos do setor e apresentaram o panorama da Covid-19 no território catarinense. As demandas serão avaliadas junto às áreas técnicas.

“O Governo é sensível aos pleitos dos representantes da área de ensino catarinense. Sabemos que a Educação é um dos setores mais afetados nessa crise, por isso precisamos discutir com cautela e responsabilidade cada movimento ligado à flexibilização de atividades, sempre levando em consideração os indicadores epidemiológicos e o momento pandêmico em que vivemos”, afirmou Amandio João da Silva Junior.  

IMG 5106

Por webconferência, os secretários conversaram com o presidente do Sistema Acafe e reitor da Unochapecó, professor Claudio Alcides Jacoski, que reconheceu a firme atuação do Governo do Estado em proteger o cidadão da Covid-19 e falou sobre as preocupações dos reitores das universidades comunitárias. “A gente não imagina a volta dos alunos agora. Temos um retorno muito bom das aulas remotas. Porém, criamos protocolos que permitiram o retorno seguro de 5 a 10% dos estudantes apenas em atividades laboratoriais e de estágio”, afirmou Jacoski. Conforme o reitor, essas atividades são essenciais para que os estudantes consigam concluir o primeiro semestre. 

O presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Estado de Santa Catarina (Sinepe), Marcelo Batista de Sousa, reforçou as dificuldades econômicas provocadas pela suspensão das aulas presenciais e as preocupações dos pais especialmente com filhos em idade escolar. 

Análise da doença no estado

O secretário da Educação, Natalino Uggioni explicou que o Governo tem tratado diariamente dos assuntos relacionados à Educação durante todo esse período de isolamento social. “O anúncio de novas ações acontecem na medida que as condições da pandemia permitem. As liberações de atividades laboratoriais das entidades do Sistema Acafe, por exemplo, não deverão ocorrer em todas as 16 instituições de ensino ao mesmo tempo, e, sim, de acordo com as necessidades e o protocolo estabelecido em cada uma delas”, informou o secretário da Educação, Natalino Uggioni.

IMG 5113

“A grande dificuldade é encontrar o ponto de equilíbrio nesse processo todo. Temos uma série de critérios e indicadores com ferramentas robustas que nos apresentam os cenários da pandemia. Qualquer movimento, por menor que pareça, pode trazer impactos enormes”, afirmou André Motta Ribeiro. 

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Leia também

>> 

Informações adicionais à imprensa
Mauren Rigo
Assessoria de Comunicação
Casa Civil
E-mail: comunicacao@casacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2005 / 98843-3497
Site: www.scc.sc.gov.br
www.fb.com/casacivilsc / @CasaCivilSC



Santa Catarina chegou a 7.016 casos confirmados de Covid-19, sendo que 4.101 se recuperaram e 2.794 estão em acompanhamento. O balanço foi divulgado nesta terça-feira, 26. Desde o início da pandemia, 121 óbitos já foram causados pelo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,72%.

>>> Confira aqui o boletim epidemiológico desta terça-feira, 26

As cidades de Agrolândia, Águas Frias, Alfredo Wagner, Curitibanos, Imbuia e Lontras passaram a fazer parte da lista das que já têm pelo menos um caso confirmado, que agora tem 195 municípios. O local com a maior quantidade de pacientes com Covid-19 é Chapecó, com 805 casos, seguida por Florianópolis (622), Concórdia (509), Blumenau (497), Joinville (376), Criciúma (343), Itajaí (294), Balneário Camboriú (284), Navegantes (221) e Tubarão (115).

Os óbitos mais recentes foram registrados nos seguintes municípios:

Caxambu do Sul – homem de 53 anos, sem informações de comorbidades
Itajaí - homem de 59 anos, com comorbidades
Araranguá – mulher de 90 anos, com comorbidades
Arvoredo – homem de 62 anos, com comorbidades
Joinville – mulher de 67 anos, com comorbidades
Itajaí - mulher de 75 anos, sem informações de comorbidades
Chapecó - homem de 82 anos, sem informações de comorbidades
Joinville - homem de 44 anos, sem informações de comorbidades
Irati - mulher de 75 anos, com comorbidades
Camboriú - homem de 78 anos, com comorbidades
Itajaí - mulher de 80 anos, com comorbidades
Camboriú - mulher de 91 anos, com comorbidades

Por problemas técnicos, até o horário de divulgação do boletim os dados de ocupação de leitos de UTI no estado não haviam sido atualizados.

Municípios com casos confirmados:

Abelardo Luz - 2
Agrolândia - 1
Agronômica - 8
Água Doce - 4
Águas de Chapecó - 16
Águas Frias - 1
Águas Mornas - 2
Alfredo Wagner - 2
Alto Bela Vista - 4
Anchieta - 6
Anita Garibaldi - 1
Antônio Carlos - 16
Arabutã - 19
Araquari - 22
Araranguá - 56
Armazém - 24
Arvoredo - 8
Atalanta - 3
Aurora - 4
Balneário Arroio do Silva - 19
Balneário Barra do Sul - 9
Balneário Camboriú - 284
Balneário Gaivota - 8
Balneário Piçarras - 26
Balneário Rincão - 2
Barra Velha - 12
Benedito Novo - 4
Biguaçu - 18
Blumenau - 497
Bombinhas - 2
Botuverá - 5
Braço do Norte - 105
Brusque - 114
Caçador - 20
Camboriú - 110
Campo Erê - 1
Campos Novos - 2
Canelinha - 2
Canoinhas - 14
Capinzal - 2
Capivari de Baixo - 18
Catanduvas - 11
Caxambu do Sul - 19
Chapecó - 805
Cocal do Sul - 16
Concórdia - 509
Cordilheira Alta - 2
Coronel Freitas - 3
Corupá - 1
Criciúma - 343
Cunha Porã - 10
Curitibanos - 1
Dionísio Cerqueira - 1
Entre Rios - 40
Faxinal dos Guedes - 17
Florianópolis - 622
Forquilhinha - 21
Fraiburgo - 13
Garopaba - 2
Garuva - 5
Gaspar - 37
Governador Celso Ramos - 25
Grão-Pará - 3
Gravatal - 25
Guabiruba - 4
Guaramirim - 34
Guatambu - 25
Herval d'Oeste - 7
Ibicaré - 1
Ibirama - 2
Içara - 18
Ilhota - 10
Imbituba - 33
Imbuia - 1
Indaial - 49
Ipira - 5
Ipuaçu - 14
Ipumirim - 49
Irani - 55
Irati - 2
Itá - 24
Itaiópolis - 3
Itajaí - 294
Itapema - 56
Itapiranga - 5
Ituporanga - 8
Jaborá - 13
Jacinto Machado - 3
Jaguaruna - 8
Jaraguá do Sul - 85
Joaçaba - 19
Joinville - 376
Jupiá - 2
Lages - 53
Laguna - 14
Lajeado Grande - 2
Lauro Müller - 1
Lindóia do Sul - 55
Lontras - 1
Luiz Alves - 2
Luzerna - 2
Mafra - 6
Maracajá - 12
Maravilha - 17
Marema - 1
Massaranduba - 1
Meleiro - 13
Monte Carlo - 1
Monte Castelo - 1
Morro da Fumaça - 7
Morro Grande - 1
Navegantes - 221
Nova Erechim - 14
Nova Itaberaba - 1
Nova Trento - 4
Nova Veneza - 26
Orleans - 21
Ouro - 2
Paial - 10
Palhoça - 104
Palma Sola - 1
Palmeira - 1
Palmitos - 24
Papanduva - 16
Passo de Torres - 2
Paulo Lopes - 2
Pedras Grandes - 2
Penha - 54
Peritiba - 14
Pescaria Brava - 1
Petrolândia - 1
Pinhalzinho - 8
Piratuba - 9
Planalto Alegre - 12
Pomerode - 21
Ponte Serrada - 25
Porto Belo - 9
Porto União - 5
Pouso Redondo - 3
Praia Grande - 1
Presidente Castello Branco - 8
Quilombo - 8
Rancho Queimado - 2
Rio do Oeste - 2
Rio do Sul - 48
Rio Negrinho - 8
Rio Rufino - 1
Riqueza - 1
Rodeio - 4
Salete - 7
Salto Veloso - 1
Sangão - 16
Santa Cecília - 4
Santa Helena - 1
Santa Rosa do Sul - 8
Santo Amaro da Imperatriz - 5
São Bento do Sul - 19
São Bernardino - 1
São Carlos - 17
São Domingos - 5
São Francisco do Sul - 26
São João Batista - 3
São João do Itaperiú - 5
São Joaquim - 1
São José - 109
São José do Cedro - 2
São Lourenço do Oeste - 4
São Ludgero - 29
São Martinho - 3
São Miguel do Oeste - 28
Schroeder - 1
Seara - 77
Siderópolis - 18
Sombrio - 58
Taió - 1
Tangará - 2
Tigrinhos - 3
Tijucas - 13
Timbé do Sul - 5
Timbó - 31
Três Barras - 26
Treze de Maio - 3
Treze Tílias - 2
Trombudo Central - 1
Tubarão - 115
Tunápolis - 2
Turvo - 4
Urussanga - 27
Vargem Bonita - 21
Vidal Ramos - 2
Videira - 7
Xanxerê - 92
Xavantina - 2
Xaxim - 64
Zortéa - 8
Outros estados - 39
Outros países - 3

Municípios com óbitos por Covid-19:

Agronômica - 1
Antônio Carlos - 4
Araranguá - 2
Arvoredo - 1
Balneário Arroio do Silva - 1
Balneário Camboriú - 2
Balneário Gaivota - 1
Blumenau - 3
Braço do Norte - 2
Caçador - 1
Camboriú - 5
Caxambu do Sul - 1
Chapecó - 4
Cocal do Sul - 1
Concórdia - 7
Criciúma - 7
Dionísio Cerqueira - 1
Florianópolis - 7
Garuva - 1
Gaspar - 1
Gravatal - 1
Guabiruba - 1
Indaial - 2
Irati - 1
Itaiópolis - 1
Itajaí - 6
Itapema - 1
Ituporanga - 1
Jaraguá do Sul - 2
Joinville - 17
Laguna - 1
Massaranduba - 1
Navegantes - 5
Palhoça - 1
Papanduva - 3
Pedras Grandes - 1
Penha - 2
Ponte Serrada - 1
Porto Belo - 1
Pouso Redondo - 1
Rodeio - 1
Salete - 1
São Francisco do Sul - 1
São José - 2
São Ludgero - 1
Siderópolis - 1
Sombrio - 3
Tangará - 1
Tubarão - 3
Urussanga - 2
Xaxim - 2

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O governador Carlos Moisés sancionou, nesta terça-feira, 26, a lei que torna mais transparente os contratos firmados no período de vigência do estado de calamidade pública, em decorrência da pandemia de Covid-19. A lei 17.945/2020 entrará em vigor assim que publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

Pelo dispositivo, fica estabelecido que a administração pública estadual deverá disponibilizar, por meio eletrônico da transparência, todos os contratos firmados em caráter emergencial para conter o avanço do coronavírus e amenizar os impactos na população em Santa Catarina.

Cada contrato deverá conter informações como CNPJ e CPF das partes contratadas, motivação e justificativa do contrato emergencial, o valor da negociação e o tempo de duração.

O projeto de lei é de autoria do deputado Fabiano da Luz e visa permitir aos cidadãos catarinenses acompanharem todas as medidas de contenção adotadas pelo governo e os gastos com o dinheiro público durante a pandemia.

Desde abril, o governo catarinense disponibiliza o acesso a informações sobre enfrentamento ao novo coronavírus pelo portal www.coronavirus.sc.gov.br. Nesta plataforma, é possível encontrar informações sobre compras e gastos públicos de insumos para enfrentamento, controle da propagação da doença em território catarinense até dados sobre ocupações de leitos hospitalares.

Atividade Essencial

Outra lei sancionada pelo governador Carlos Moisés reconhece os serviços odontológicos como atividade essencial em Santa Catarina, no período de calamidade pública.

O projeto de lei é do deputado Sérgio Motta e quer garantir ao cidadão a continuidade de tratamento odontológico, mesmo que não emergencial, como os de canal e colocação de próteses dentárias.

A lei 17.946/2020 será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta terça-feira, 26.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo YoutubeInstagram Facebook do Governo do Estado.

Informações adicionais à imprensa
Márcia Callegaro
Assessoria de Comunicação
Casa Civil
E-mail: comunicacao@casacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 3666-2104 / 98842-8479
Site: www.scc.sc.gov.br
www.fb.com/casacivilsc / @CasaCivilSC


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O Governo de Santa Catarina recebeu 100 dos 500 novos respiradores e monitores adquiridos da WEG S.A – empresa de Jaraguá do Sul –, nesta terça-feira, 26, em uma força-tarefa que envolveu equipes do Governo do Estado e iniciativa privada. São 100 equipamentos que serão entregues para os hospitais da rede SUS de todas as macrorregiões catarinenses, nos municípios de Joinville, Chapecó, Itajaí, Criciúma, Brusque, Timbó, São Miguel do Oeste e Lages. Os critérios da entrega respeitam a taxa de ocupação de leitos e o número de casos positivados das últimas 48 horas.

Os 500 respiradores foram adquiridos em tempo hábil para o enfrentamento ao Covid-19, graças à fundamentação técnica feita pela Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria, junto à Anvisa, que permitiu celeridade no processo.

>>> Mais fotos na galeria

“Com isso, Santa Catarina poderá dobrar sua capacidade de leitos de UTI em três meses. Já passamos de mais de 1200 leitos no Estado.”, ressalta o Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Além de contar com mais de 1200 leitos de UTI, Santa Catarina segue com uma das menores taxas de letalidade do país e está entre os 10 Estados com maior transparência no Combate ao covid-19.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Andrey Lehnemamm
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Fotos: Mauricio Vieira / Secom

O governador Carlos Moisés determinou a criação de um grupo de trabalho para ampliar o diálogo, debater demandas e desafios do setor cultural do estado, em um reunião nesta terça-feira, 26, com o setor. Participaram representantes da Cultura em Santa Catarina e da União das Casas de Shows e dos Artistas.

“Estamos trabalhando dessa forma com todos os setores, com diálogo e transparência, sempre levando em conta os cenários apontados pela Saúde. Mais do que estabelecer quando, é o momento de organizar como ocorrerá a volta das atividades de forma responsável e segura”, afirmou o governador Carlos Moisés.

>>> Mais imagens na galeria 

Durante a reunião que também contou com a presença da presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Ana Lúcia Coutinho, o governador confirmou que estão mantidos os editais de cultura Elisabete Anderle (no valor de R$ 5,6 milhões) e o edital de Cinema (R$ 5 milhões). A presidente da Fundação destacou que os dois editais contemplam projetos de todas as regiões do Estado.

“É muito importante reconhecer que o Governo do Estado está honrando estes valores por dois anos consecutivos, esse incentivo significa muito para a cultura catarinense”, pontuou o produtor musical Heitor Borges Lins.

O grupo de trabalho também vai discutir alternativas como a realização de shows na modalidade drive-in e a oferta de equipamentos culturais da FCC para a produção de lives dos artistas.

Para o presidente da União das Casas de Shows e dos Artistas de Santa Catarina, Sandro Fortes, a aproximação e o diálogo com o Governo do Estado é um caminho que começa a ser construído no sentido de garantir segurança e organizar a retomada das atividades.

“Nosso setor foi um dos primeiros a suspender as atividades, mas a mensagem é de esperança, de que em breve possamos voltar ao trabalho, cumprindo todos os protocolos de segurança para o nosso público”, disse Fortes.

Também participaram do encontro os secretários de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro; da Fazenda, Paulo Eli; o presidente da Santur, Leandro Ferrari e o subchefe da Casa Civil, Juliano Batalha Chiodelli.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC




Fotos: Divulgação / Secretaria de Turismo de Bom Jardim da Serra

O aumento no movimento de visitantes na Serra Catarinense, motivado pela queda na temperatura, mobiliza equipes do Governo do Estado e prefeituras. No último fim de semana, começou uma força-tarefa para orientar as pessoas que visitam atrativos turísticos. O objetivo é verificar se as medidas de isolamento social de combate ao coronavírus estão sendo respeitadas. 

A operação, que conta com a articulação da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), atuação da Polícia Militar Rodoviária e Polícia Militar e em conjunto com diferentes prefeituras da Serra, seguirá em vigor ao longo dos próximos meses.

No município de Bom Jardim da Serra, a ação contou com uma barreira no acesso ao mirante da Serra do Rio do Rastro. Para o presidente da Santur, Leandro Mané Ferrari, essa força-tarefa é essencial para que as regras definidas pelo Governo do Estado sejam respeitadas e, ao mesmo tempo, as pessoas tenham segurança.

“Essa ação se faz necessária pelo crescimento que tivemos na procura por esses locais turísticos. A Santur está atenta ao que está acontecendo na Serra catarinense e em outras regiões turísticas do estado. Precisamos passar todas as recomendações que estão determinadas em decreto de isolamento social”, reforçou o presidente da Santur.

Na avaliação da secretária de Turismo de Bom Jardim da Serra, Maria Lúcia Vieira Machado, a ação teve resultado positivo nos primeiros dias de execução. A sensibilização sobre as normas sanitárias de combate à Covid-19 também foi realizada junto aos estabelecimentos, como restaurantes, lanchonetes e meios de hospedagem.

“Queremos dar continuidade na parceria com o Governo do Estado para poder seguir com a atividade turística de maneira segura, oferecendo postos de trabalho, já que neste momento, com a colheita da maçã finalizada, os segmentos turísticos são os que fomentam a economia do município”, acrescentou a secretária.

A força-tarefa, que seguirá nos próximos meses, faz parte da 'Operação de Inverno' da Polícia Militar.

Vale ressaltar que, embora movimentação de pessoas não esteja proibida, quem decidir circular deve estar consciente de que a pandemia ainda não está controlada e as medidas estipuladas pelo Governo de Santa Catarina servem para conter o aumento do contágio. Além disso, seguem valendo os decretos estaduais que recomendam evitar aglomerações, indicam o uso de máscaras e higienização das mãos com frequência, entre outros cuidados.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo YoutubeInstagram Facebook do Governo do Estado.

Informações adicionais para a imprensa:
Renan Koerich
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina - Santur
E-mail: renan@santur.sc.gov.br
Fone: (48) 3665- 7480​ / (48) 9-9959-8096
Site: www.turismo.sc.gov.br 


Foto: Arquivo / SCGÁS

O mercado de GNV, como a maioria das atividades e setores, foi afetado pela grave crise sanitária e econômica mundial. Em março e abril de 2020 o consumo de GNV caiu 38% em comparação com os mesmos meses de 2019. Mas desde o início de maio há uma reação significativa nos volumes de vendas com a retomada de algumas atividades econômicas no estado. A expectativa é de que, no curto prazo, elas atinjam 80% a 90% do volume projetado no início do ano pela SCGÁS. A companhia, inicialmente, previa um crescimento superior a 2% na comparação com o exercício anterior.

Antes da crise, o mercado do GNV em Santa Catarina, terceiro maior do país, mantinha seu processo de retomada desde 2016. Nos últimos três anos foram 15.851 novos veículos adaptados para GNV com placas do estado, incremento de 17% da frota. O consumo cresceu 35% no mesmo período e se aproximava dos volumes recordes, registrados em 2011 (mais detalhes do gráfico). Prova disso é que em janeiro e fevereiro de 2020 foram registrados patamares de venda do GNV ainda maiores que nos mesmos meses de 2019. 

Preço em SC entre os mais baixos do país

A forte queda do preço da gasolina durante a pandemia preocupou os usuários de GNV, que viram a diferença entre os combustíveis diminuir. Mas esse cenário perdurou por pouco tempo: a Petrobras anunciou três novos reajustes e o preço da gasolina já subiu cerca de 30% em maio. E, no caminho contrário, o GNV segue com projeção de queda acima de 20% no próximo reajuste ordinário previsto para julho, conforme acompanhamento do custo do insumo feito mensalmente pela SCGÁS. 

Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram que o GNV em Santa Catarina foi comercializado, em média, a R$ 3,06 por metro cúbico em abril, terceiro menor preço do país. Da mesma forma, a tarifa prática pela SCGÁS cobrada aos postos, de R$ 1,82 por metro cúbico incluindo os impostos, é também a terceira menor do Brasil. O preço do GNV catarinense, que já era um dos menores do país mesmo durante o auge da crise, deve se posicionar como mais barato com a queda de tarifa projetada para o segundo semestre.

Competitividade do produto

A regulação catarinense prevê para o gás natural apenas reajustes ordinários a cada semestre (01/01 e 01/07) ou, em caso de oscilações significativas nos custos, extraordinários a cada trimestre (01/04 e 01/10). O objetivo é proporcionar mais estabilidade e previsibilidade ao mercado, diferentemente de outros combustíveis, como a gasolina e o etanol, que repassam semanalmente as oscilações de preço para os consumidores. Usuários do produto que verificarem eventual prática de preços abusivos do GNV nos postos e revendas podem acionar Procon/SC no telefone 151.

Estudos da SCGÁS mostram que o GNV tem como teto para a competitividade em preço frente à gasolina o percentual de preço de 70% desse principal concorrente. Antes de abastecer, o usuário pode fazer essa conta no site da distribuidora em um simulador de economia.

O GNV atende hoje mais de 107 mil usuários, segundo dados de março, com 134 pontos de venda em 50 cidades catarinenses. Os usuários buscam o produto por conta da economia oferecida, especialmente para contribuir com as atividades de taxistas, motoristas de aplicativos, representantes comerciais e usuários que usam o veículo para lazer e turismo. 

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo YoutubeInstagram Facebook do Governo do Estado.

Informações adicionais para a imprensa
Leonardo Mosimann Estrella
Assessoria de Comunicação
Companhia de Gás de Santa Catarina - SCGás
E-mail: leonardo.estrella@scgas.com.br
Telefone: (48) 3229-1256 / 99623-9891
www.scgas.com.br

 

Há 6.875 casos confirmados de Covid-19, sendo que 4.074 se recuperaram e 2.692 estão em acompanhamento. O número foi divulgado pelo Governo do Estado nesta segunda-feira, 25. O coronavírus já causou 109 óbitos no estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade é de 1,59%, uma das menores do país.

Os óbitos mais recentes são de quatro homens, moradores de Chapecó (37 anos), Itaiópolis (66), Xaxim (85) e Criciúma (72). Apenas este último não tinha registro de comorbidades, mas fazia parte de grupo de risco por ser idoso.

Há 191 municípios com pelo menos um caso confirmado, dois a mais que no dia anterior. As cidades de Lajeado Grande e Salto Veloso foram incluídas na lista. No topo está Chapecó, que contabiliza 735 casos. Em seguida, estão Florianópolis (628), Concórdia (503), Blumenau (501), Joinville (388), Criciúma (354), Balneário Camboriú (287), Itajaí (281), Navegantes (216) e São José (119).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 61,7%. Isso significa que, dos 1.210 leitos existentes no estado, 464 estão disponíveis e 746 estão ocupados, sendo 111 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus.

>>> Confira aqui o boletim epidemiológico desta segunda-feira, 25

Municípios com casos confirmados:

Abelardo Luz - 3
Agronômica - 9
Água Doce - 6
Águas de Chapecó - 16
Águas Mornas - 2
Alto Bela Vista - 5
Anchieta - 4
Anita Garibaldi - 1
Antônio Carlos - 15
Arabutã - 18
Araquari - 22
Araranguá - 48
Armazém - 24
Arvoredo - 8
Atalanta - 3
Aurora - 4
Balneário Arroio do Silva - 16
Balneário Barra do Sul - 7
Balneário Camboriú - 287
Balneário Gaivota - 9
Balneário Piçarras - 24
Balneário Rincão - 3
Barra Velha - 11
Benedito Novo - 4
Biguaçu - 18
Blumenau - 501
Bombinhas - 2
Botuverá - 5
Braço do Norte - 105
Brusque - 115
Caçador - 19
Camboriú - 110
Campo Erê - 1
Campos Novos - 3
Canelinha - 2
Canoinhas - 15
Capinzal - 2
Capivari de Baixo - 19
Catanduvas - 12
Caxambu do Sul - 16
Chapecó - 735
Cocal do Sul - 13
Concórdia - 503
Cordilheira Alta - 2
Coronel Freitas - 3
Corupá - 1
Criciúma - 354
Cunha Porã - 10
Dionísio Cerqueira - 1
Entre Rios - 40
Faxinal dos Guedes - 16
Florianópolis - 628
Forquilhinha - 23
Fraiburgo - 13
Garopaba - 2
Garuva - 5
Gaspar - 36
Governador Celso Ramos - 24
Grão-Pará - 3
Gravatal - 25
Guabiruba - 5
Guaramirim - 33
Guatambu - 24
Herval d'Oeste - 7
Ibicaré - 1
Ibirama - 2
Içara - 24
Ilhota - 9
Imbituba - 34
Indaial - 49
Ipira - 5
Ipuaçu - 10
Ipumirim - 49
Irani - 53
Irati - 2
Itá - 20
Itaiópolis - 3
Itajaí - 281
Itapema - 56
Itapiranga - 5
Ituporanga - 8
Jaborá - 13
Jacinto Machado - 2
Jaguaruna - 9
Jaraguá do Sul - 83
Joaçaba - 21
Joinville - 388
Jupiá - 2
Lages - 58
Laguna - 14
Lajeado Grande - 1
Lauro Müller - 1
Lindóia do Sul - 55
Luiz Alves - 2
Luzerna - 2
Mafra - 6
Maracajá - 13
Maravilha - 12
Marema - 1
Massaranduba - 1
Meleiro - 12
Monte Carlo - 1
Monte Castelo - 1
Morro da Fumaça - 8
Morro Grande - 1
Navegantes - 216
Nova Erechim - 14
Nova Itaberaba - 1
Nova Trento - 4
Nova Veneza - 25
Orleans - 23
Ouro - 2
Paial - 10
Palhoça - 97
Palma Sola - 1
Palmeira - 1
Palmitos - 23
Papanduva - 14
Passo de Torres - 2
Paulo Lopes - 2
Pedras Grandes - 2
Penha - 53
Peritiba - 15
Pescaria Brava - 1
Petrolândia - 1
Pinhalzinho - 9
Piratuba - 8
Planalto Alegre - 11
Pomerode - 21
Ponte Serrada - 25
Porto Belo - 10
Porto União - 5
Pouso Redondo - 3
Praia Grande - 1
Presidente Castello Branco - 8
Quilombo - 6
Rancho Queimado - 1
Rio do Oeste - 2
Rio do Sul - 49
Rio Fortuna - 1
Rio Negrinho - 7
Rio Rufino - 1
Riqueza - 1
Rodeio - 4
Salete - 7
Salto Veloso - 1
Sangão - 18
Santa Cecília - 4
Santa Helena - 1
Santa Rosa do Sul - 8
Santo Amaro da Imperatriz - 5
São Bento do Sul - 19
São Bernardino - 1
São Carlos - 16
São Domingos - 5
São Francisco do Sul - 25
São João Batista - 2
São João do Itaperiú - 5
São João do Sul - 1
São Joaquim - 1
São José - 119
São José do Cedro - 1
São Lourenço do Oeste - 4
São Ludgero - 28
São Martinho - 3
São Miguel do Oeste - 21
Schroeder - 2
Seara - 63
Siderópolis - 17
Sombrio - 54
Taió - 1
Tangará - 2
Tigrinhos - 3
Tijucas - 14
Timbé do Sul - 5
Timbó - 33
Três Barras - 26
Treze de Maio - 3
Treze Tílias - 2
Trombudo Central - 1
Tubarão - 113
Tunápolis - 2
Turvo - 3
Urussanga - 25
Vargem Bonita - 21
Vidal Ramos - 2
Videira - 9
Xanxerê - 78
Xavantina - 2
Xaxim - 52
Zortéa - 8
Outros estados - 38
Outros países - 3

Municípios com óbitos por Covid-19:

Agronômica - 1
Antônio Carlos - 4
Araranguá - 1
Balneário Arroio do Silva - 1
Balneário Camboriú - 2
Balneário Gaivota - 1
Blumenau - 3
Braço do Norte - 2
Caçador - 1
Camboriú - 3
Chapecó - 3
Cocal do Sul - 1
Concórdia - 7
Criciúma - 7
Dionísio Cerqueira - 1
Florianópolis - 7
Garuva - 1
Gaspar - 1
Gravatal - 1
Guabiruba - 1
Indaial - 2
Itaiópolis - 1
Itajaí - 3
Itapema - 1
Ituporanga - 1
Jaraguá do Sul - 2
Joinville - 15
Laguna - 1
Massaranduba - 1
Navegantes - 5
Palhoça - 1
Papanduva - 3
Pedras Grandes - 1
Penha - 2
Ponte Serrada - 1
Porto Belo - 1
Pouso Redondo - 1
Rodeio - 1
Salete - 1
São Francisco do Sul - 1
São José - 2
São Ludgero - 1
Siderópolis - 1
Sombrio - 3
Tangará - 1
Tubarão - 3
Urussanga - 2
Xaxim - 2

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Foto: Divulgação / PMSC

A Polícia Militar de Santa Catarina ultrapassou o número de 50 mil fiscalizações das restrições das atividades econômicas e de isolamento social estabelecidas pelo Governo do Estado por meio de decreto desde o dia 17 de março. Até esta segunda-feira, 25, foram registradas 50.472 ocorrências, nas quais foram realizadas 893 notificações, 210 estabelecimentos foram interditados, foram lavrados 684 termos circunstanciados e 31 pessoas foram presas em razão do descumprimento das medidas.

Ao longo desses últimos meses, a PMSC teve que se adaptar de acordo com a evolução das medidas restritivas, evoluindo operacionalmente, desenvolvendo sistemas informatizados, para poder dar ao policial em operação as condições para continuar com o seu trabalho operacional no combate ao crime. 

Segundo o comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Dionei Tonet, as ações deverão continuar, além de novas operações de Segurança. “A PMSC está preparada para atender à população nesse período tão difícil que todos passamos. Contamos com os cidadãos catarinenses para que o nosso trabalho seja intensificado ainda mais para que possamos juntos vencer a este inimigo comum que é a Covid-19”, afirmou.

Orientação à população

Desde o início da segunda quinzena de março, quando o Governo do Estado instalou um Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para enfrentamento do coronavírus em Santa Catarina, a PMSC atuou também em outras atividades que ajudaram no processo de orientação da população no combate à Covid-19. 

Foram realizadas distribuição de cartazes que davam orientação sobre a utilização de espaços públicos e para que o cidadão catarinense se mantivesse em casa, ajudando no isolamento social. 

Também houve ajuste do aplicativo PMSC Cidadão (disponível para sistemas iOS e Android) para uso por parte do cidadão com apoio às ocorrências sobre a Covid-19 e de consulta à Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). 

A PMSC também intensificou a fiscalização das medidas protetivas, com o apoio do Conselho Estadual de Saúde, que deu poder às forças de Segurança no Estado para atuarem nesse sentido, passando também a agir na condição de autoridade de saúde em todo o território catarinense. 

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo YoutubeInstagram Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Doações de frangos da JBS. Fotos: Cristiano Estrela / Secom

As indústrias ligadas ao Sindicato Indústria Carnes Derivados (Sindicarne) e Associação Catarinense de Avicultura (Acav) estão mobilizadas no combate ao coronavírus em Santa Catarina. Desde o mês de março, o setor já doou, direta ou indiretamente, cerca de R$ 35 milhões em recursos, equipamentos e alimentos para hospitais, municípios e para o Governo do Estado.

Só as doações da empresa JBS irão superar a marca de R$ 28 milhões. O Sindicarne e ACAV já destinaram R$ 600 mil para o combate à pandemia. "A Acav e o Sindicarne estão empenhados no combate à Covid-19. Nós nos preocupamos com a sociedade em que vivemos e com as pessoas que estão inseridas em nosso meio. Essa é a razão pela qual nós embarcamos nesse projeto e estamos dando a nossa carga de contribuição ao estado. Nós intensificamos o trabalho que já fazemos, ao longo do tempo, nas comunidades onde estamos inseridos e, agora, com uma maior efetividade porque reconhecemos que temos sim um papel relevante no combate à Covid-19", explica o gerente executivo do Sindicarne, Jorge de Lima.


Doações de sabonete da JBS

Agroindústrias em SC

Santa Catarina é um grande produtor de alimentos, reconhecido internacionalmente pela qualidade e segurança da sua produção. Os frigoríficos e indústrias da carne são responsáveis por 60 mil empregos diretos e 18 mil produtores integrados (suínos e aves). O agronegócio responde por aproximadamente 30% do Produto Interno Bruto (PIB) e por mais de 70% das exportações do estado no primeiro quadrimestre de 2020.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo YoutubeInstagram Facebook do Governo do Estado.

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br