Compartilhe

Descrição do áudio:

Produtores rurais, lideranças e técnicos debateram ações de defesa agropecuária durante o Fórum Catarinense de Prevenção à Febre Aftosa nesta terça-feira, 5, em Chapecó./
Há 19 anos livre de febre aftosa sem vacinação, os catarinenses se preparam para o momento em que outros estados brasileiros deixarão de imunizar seus animais contra a doença./
O principal tema do Fórum foi o investimento em modernização e controle para manter a saúde dos rebanhos, como destaca o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo de Gouvêa./
SONORA
Os participantes do Fórum puderam conhecer as novas ações da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) na defesa sanitária animal./
O Estado conta hoje com 299 médicos veterinários do setor público e privado, além de 428 auxiliares agropecuários cuidando das 63 barreiras sanitárias./
Ser livre de febre aftosa sem vacinação foi fundamental para que Santa Catarina se tornasse líder na produção e exportação de carne suína./
Hoje, o Estado exporta carne suína para mais de 65 países e os embarques geraram mais de US$ 390 milhões em receita só no primeiro semestre de 2019.//

 

 

Duração: 01 Min 49 Seg
Apresentação: Leonardo Franzoni
Técnica: Leonardo Franzoni 
Produção: Serviço de Rádio da Secretaria Executiva de Comunicação
Contato: (48) 3665-3051 
E-mail: radiosecom@gmail.com