A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Santa Catarina (Sebrae) vão apresentar, nesta quinta-feira, 14, às 16 horas, durante o Startup Summit, as 25 startups aprovadas no Programa Acelera Startup SC. As empresas receberão R$ 1,25 milhão – R$ 50 mil cada uma.

Essas empresas fazem parte de um grupo de 50 que participam do Programa Startup SC – 11ª Turma do Programa de Capacitação, oferecido pelo Sebrae/SC. Foram selecionadas iniciativas com soluções inovadoras para os desafios do mercado e que sejam escaláveis, ou seja, com alto potencial de crescimento. Por meio de uma chamada pública lançada em agosto, Sebrae e Fapesc escolheram 25 para receber os recursos. “Nosso governo sempre enalteceu o empreendedorismo e a inovação como pilares de desenvolvimento”, afirmou o governador Carlos Moisés. “Parcerias assim representam mais uma oportunidade de unir ambos, reconhecendo os desafios do mercado, sempre pensando no futuro de Santa Catarina.” 

De acordo com o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, o programa foi pensado para suprir uma demanda. “O Acelera Startup SC vem para preencher uma lacuna em relação ao apoio de propostas de inovação a partir de empresas já constituídas e que estão recebendo toda a capacitação do Sebrae Startup SC. Ou seja, é uma forma de gerar a aceleração de projetos de inovação e dos próprios negócios com maior maturidade e apoio.” 

“Parabenizamos todas as startups selecionadas nesta primeira edição do Acelera SC”, disse o diretor técnico do Sebrae/SC, Luc Pinheiro. “Temos certeza de que esse recurso será muito importante para garantir o desenvolvimento dessas startups. Essa parceria com a Fapesc nesta edição do Startup SC veio para agregar ainda mais valor ao nosso programa, que busca promover a cultura da inovação em Santa Catarina.”

O Startup Summit, que será realizado nos dias 14 e 15 de outubro, no CentroSul, em Florianópolis, é promovido pelo Sebrae/SC e pela Associação Catarinense de Tecnologia (Acate). O evento, cujas inscrições para a parte presencial já estão encerradas, também poderá ser acompanhado de forma digital – clique aqui para fazer a inscrição. Terá 60 palestrantes, divididos em dois palcos e contará com oito trilhas de conteúdos.

Além de apresentar os aprovados no Acelera Startup SC, a Fapesc estará presente no evento com um estande. “O Startup Summit é um grande evento para a conexão e a troca de experiências entre as empresas de base tecnológica”, avaliou a gerente de Tecnologia e Inovação da Fapesc, Gabriela Botelho Mager. “A Fapesc faz parte deste ecossistema de tecnologia e estará presente no Summit, para divulgar alguns programas de fomento à inovação e tecnologia. Entre eles, destacamos os Programas Nascer e Centelha, que apoiam o surgimento e a aceleração de startups.” 

Mais informações para a imprensa:
Maurício Frighetto
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC - Fapesc
E-mail: mauricio@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 99932-4209
Site: www.fapesc.sc.gov.br




Foto: Aires MAriga / Epagri

Os municípios da região de Chapecó contam com R$ 9,5 milhões em investimentos para minimizar os impactos da estiagem. As ações fazem parte do Programa SC Mais Solo e Água, que apoia captação, armazenagem e distribuição de água, além da conservação de fontes e nascentes. Só em 2021, serão R$ 100 milhões em recursos para todo o estado. O governador Carlos Moisés e o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, oficializaram na sexta-feira, 8, o repasse de recursos para famílias de 19 municípios da região Oeste. 



Há 1.202.269 casos confirmados de Covid-19 em Santa Catarina, sendo que 1.176.769 estão recuperados e 6.069 continuam em acompanhamento. O número foi divulgado nesta quarta-feira, 13. Até esta data, 19.431 mortes foram causadas pelo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,62%.

Houve um recuo de 413 no número de casos ativos e há 13 novos óbitos em comparação com o dia anterior. A quantidade de casos confirmados cresceu 382 e outras 782 pessoas passaram a ser consideradas recuperadas, segundo estimativa do Governo do Estado.

>>> Confira aqui o boletim diário desta quarta-feira, 13
>>> Confira o detalhamento dos óbitos por data
>>> Saiba mais sobre as fontes e os conceitos dos dados

A estimativa do Governo do Estado é que 57 municípios não tenham caso ativo algum. A região com a maior quantidade de casos ativos hoje, proporcionalmente à população, é a da Foz do Rio Itajaí, que tem 117 para cada 100 mil habitantes. Na sequência, aparecem Xanxerê (116) e Grande Florianópolis (113). As que menos têm são Alto Vale do Rio do Peixe (34), Alto Uruguai Catarinense (43) e Extremo-Oeste (51).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI Adulto pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 62,2%. Isso significa que, dos 1.393 leitos existentes no estado para adultos, 866 estão ocupados, sendo 306 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus.

Confira o detalhamento por regional de saúde:

Alto Uruguai Catarinense:
Casos confirmados: 28.934 (20.030 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 62 (43 por 100 mil hab.)
Óbitos: 368 (255 por 100 mil hab.)
Recuperados: 28.504

Alto Vale do Itajaí:
Casos confirmados: 39.004 (12.876 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 201 (66 por 100 mil hab.)
Óbitos: 623 (206 por 100 mil hab.)
Recuperados: 38.180

Alto Vale do Rio do Peixe:
Casos confirmados: 38.893 (13.038 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 101 (34 por 100 mil hab.)
Óbitos: 984 (330 por 100 mil hab.)
Recuperados: 37.808

Carbonífera:
Casos confirmados: 79.684 (17.830 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 256 (57 por 100 mil hab.)
Óbitos: 1.329 (297 por 100 mil hab.)
Recuperados: 78.099

Extremo-Oeste:
Casos confirmados: 34.432 (14.745 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 120 (51 por 100 mil hab.)
Óbitos: 467 (200 por 100 mil hab.)
Recuperados: 33.845

Extremo-Sul:
Casos confirmados: 32.000 (15.508 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 137 (66 por 100 mil hab.)
Óbitos: 662 (321 por 100 mil hab.)
Recuperados: 31.201

Foz do Rio Itajaí:
Casos confirmados: 130.447 (17.446 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 872 (117 por 100 mil hab.)
Óbitos: 2.166 (290 por 100 mil hab.)
Recuperados: 127.409

Grande Florianópolis:
Casos confirmados: 194.772 (15.601 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 1.407 (113 por 100 mil hab.)
Óbitos: 2.664 (213 por 100 mil hab.)
Recuperados: 190.701

Laguna:
Casos confirmados: 69.449 (18.535 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 304 (81 por 100 mil hab.)
Óbitos: 1.239 (331 por 100 mil hab.)
Recuperados: 67.906

Meio-Oeste:
Casos confirmados: 37.591 (19.339 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 109 (56 por 100 mil hab.)
Óbitos: 537 (276 por 100 mil hab.)
Recuperados: 36.945

Médio Vale do Itajaí:
Casos confirmados: 136.350 (16.618 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 444 (54 por 100 mil hab.)
Óbitos: 1.644 (200 por 100 mil hab.)
Recuperados: 134.262

Nordeste:
Casos confirmados: 192.746 (17.945 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 1.001 (93 por 100 mil hab.)
Óbitos: 3.140 (292 por 100 mil hab.)
Recuperados: 188.605

Oeste:
Casos confirmados: 63.696 (17.099 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 326 (88 por 100 mil hab.)
Óbitos: 1.153 (310 por 100 mil hab.)
Recuperados: 62.217

Planalto Norte:
Casos confirmados: 46.013 (12.010 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 251 (66 por 100 mil hab.)
Óbitos: 917 (239 por 100 mil hab.)
Recuperados: 44.845

Serra:
Casos confirmados: 45.639 (15.872 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 242 (84 por 100 mil hab.)
Óbitos: 880 (306 por 100 mil hab.)
Recuperados: 44.517

Xanxerê:
Casos confirmados: 32.619 (16.070 por 100 mil hab.)
Casos ativos: 236 (116 por 100 mil hab.)
Óbitos: 658 (324 por 100 mil hab.)
Recuperados: 31.725

Confira o detalhamento por município:

Abdon Batista:
408 casos confirmados, 2 casos ativos, 402 recuperados e 4 óbitos

Abelardo Luz:
1.923 confirmados, 17 ativos, 1.851 recuperados e 55 óbitos

Agrolândia:
1.728 confirmados, 7 ativos, 1.692 recuperados e 29 óbitos

Agronômica:
684 confirmados, 2 ativos, 668 recuperados e 14 óbitos

Água Doce:
1.278 confirmados, nenhum ativo, 1.260 recuperados e 18 óbitos

Águas de Chapecó:
609 confirmados, 3 ativos, 595 recuperados e 11 óbitos

Águas Frias:
586 confirmados, nenhum ativo, 582 recuperados e 4 óbitos

Águas Mornas:
747 confirmados, 5 ativos, 732 recuperados e 10 óbitos

Alfredo Wagner:
1.103 confirmados, 1 ativo, 1.095 recuperados e 7 óbitos

Alto Bela Vista:
199 confirmados, nenhum ativo, 196 recuperados e 3 óbitos

Anchieta:
710 confirmados, 1 ativo, 698 recuperados e 11 óbitos

Angelina:
575 confirmados, 1 ativo, 572 recuperados e 2 óbitos

Anita Garibaldi:
1.220 confirmados, 1 ativo, 1.209 recuperados e 10 óbitos

Anitápolis:
361 confirmados, nenhum ativo, 356 recuperados e 5 óbitos

Antônio Carlos:
1.684 confirmados, 3 ativos, 1.654 recuperados e 27 óbitos

Apiúna:
911 confirmados, nenhum ativo, 893 recuperados e 18 óbitos

Arabutã:
424 confirmados, nenhum ativo, 414 recuperados e 10 óbitos

Araquari:
4.362 confirmados, 27 ativos, 4.246 recuperados e 89 óbitos

Araranguá:
11.277 confirmados, 31 ativos, 10.994 recuperados e 252 óbitos

Armazém:
1.464 confirmados, 5 ativos, 1.424 recuperados e 35 óbitos

Arroio Trinta:
626 confirmados, 2 ativos, 610 recuperados e 14 óbitos

Arvoredo:
357 confirmados, 1 ativo, 351 recuperados e 5 óbitos

Ascurra:
1.338 confirmados, 15 ativos, 1.310 recuperados e 13 óbitos

Atalanta:
514 confirmados, 3 ativos, 500 recuperados e 11 óbitos

Aurora:
913 confirmados, 6 ativos, 890 recuperados e 17 óbitos

Balneário Arroio do Silva:
2.195 confirmados, 5 ativos, 2.131 recuperados e 59 óbitos

Balneário Barra do Sul:
1.583 confirmados, 9 ativos, 1.527 recuperados e 47 óbitos

Balneário Camboriú:
27.930 confirmados, 180 ativos, 27.332 recuperados e 418 óbitos

Balneário Gaivota:
1.395 confirmados, 11 ativos, 1.346 recuperados e 38 óbitos

Balneário Piçarras:
5.480 confirmados, 16 ativos, 5.403 recuperados e 61 óbitos

Balneário Rincão:
1.523 confirmados, 5 ativos, 1.466 recuperados e 52 óbitos

Bandeirante:
434 confirmados, 1 ativo, 427 recuperados e 6 óbitos

Barra Bonita:
202 confirmados, nenhum ativo, 200 recuperados e 2 óbitos

Barra Velha:
5.023 confirmados, 28 ativos, 4.866 recuperados e 129 óbitos

Bela Vista do Toldo:
90 confirmados, 1 ativo, 85 recuperados e 4 óbitos

Belmonte:
342 confirmados, 2 ativos, 335 recuperados e 5 óbitos

Benedito Novo:
1.096 confirmados, 11 ativos, 1.065 recuperados e 20 óbitos

Biguaçu:
11.737 confirmados, 66 ativos, 11.500 recuperados e 171 óbitos

Blumenau:
60.693 confirmados, 245 ativos, 59.784 recuperados e 664 óbitos

Bocaina do Sul:
401 confirmados, 3 ativos, 395 recuperados e 3 óbitos

Bom Jardim da Serra:
722 confirmados, 1 ativo, 713 recuperados e 8 óbitos

Bom Jesus:
530 confirmados, 1 ativo, 519 recuperados e 10 óbitos

Bom Jesus do Oeste:
185 confirmados, nenhum ativo, 179 recuperados e 6 óbitos

Bom Retiro:
910 confirmados, 4 ativos, 885 recuperados e 21 óbitos

Bombinhas:
3.718 confirmados, 32 ativos, 3.621 recuperados e 65 óbitos

Botuverá:
975 confirmados, 1 ativo, 964 recuperados e 10 óbitos

Braço do Norte:
9.000 confirmados, 38 ativos, 8.854 recuperados e 108 óbitos

Braço do Trombudo:
749 confirmados, 10 ativos, 732 recuperados e 7 óbitos

Brunópolis:
334 confirmados, 6 ativos, 320 recuperados e 8 óbitos

Brusque:
30.537 confirmados, 125 ativos, 30.092 recuperados e 320 óbitos

Caçador:
7.187 confirmados, 20 ativos, 6.875 recuperados e 292 óbitos

Caibi:
714 confirmados, 1 ativo, 697 recuperados e 16 óbitos

Calmon:
50 confirmados, nenhum ativo, 43 recuperados e 7 óbitos

Camboriú:
14.608 confirmados, 115 ativos, 14.316 recuperados e 177 óbitos

Campo Alegre:
1.426 confirmados, 31 ativos, 1.354 recuperados e 41 óbitos

Campo Belo do Sul:
793 confirmados, 3 ativos, 767 recuperados e 23 óbitos

Campo Erê:
1.492 confirmados, 2 ativos, 1.467 recuperados e 23 óbitos

Campos Novos:
6.035 confirmados, 4 ativos, 5.910 recuperados e 121 óbitos

Canelinha:
1.515 confirmados, 12 ativos, 1.486 recuperados e 17 óbitos

Canoinhas:
7.328 confirmados, 41 ativos, 7.167 recuperados e 120 óbitos

Capão Alto:
192 confirmados, 4 ativos, 186 recuperados e 2 óbitos

Capinzal:
5.108 confirmados, 10 ativos, 5.045 recuperados e 53 óbitos

Capivari de Baixo:
4.686 confirmados, 14 ativos, 4.587 recuperados e 85 óbitos

Catanduvas:
2.082 confirmados, 12 ativos, 2.037 recuperados e 33 óbitos

Caxambu do Sul:
637 confirmados, 14 ativos, 612 recuperados e 11 óbitos

Celso Ramos:
459 confirmados, nenhum ativo, 453 recuperados e 6 óbitos

Cerro Negro:
209 confirmados, 1 ativo, 204 recuperados e 4 óbitos

Chapadão do Lageado:
415 confirmados, 2 ativos, 407 recuperados e 6 óbitos

Chapecó:
42.468 confirmados, 243 ativos, 41.459 recuperados e 766 óbitos

Cocal do Sul:
3.719 confirmados, 4 ativos, 3.652 recuperados e 63 óbitos

Concórdia:
17.975 confirmados, 12 ativos, 17.741 recuperados e 222 óbitos

Cordilheira Alta:
617 confirmados, nenhum ativo, 609 recuperados e 8 óbitos

Coronel Freitas:
1.787 confirmados, 7 ativos, 1.750 recuperados e 30 óbitos

Coronel Martins:
228 confirmados, 1 ativo, 224 recuperados e 3 óbitos

Correia Pinto:
2.138 confirmados, 10 ativos, 2.068 recuperados e 60 óbitos

Corupá:
2.021 confirmados, 7 ativos, 1.973 recuperados e 41 óbitos

Criciúma:
38.954 confirmados, 117 ativos, 38.181 recuperados e 656 óbitos

Cunha Porã:
1.094 confirmados, 4 ativos, 1.064 recuperados e 26 óbitos

Cunhataí:
198 confirmados, nenhum ativo, 196 recuperados e 2 óbitos

Curitibanos:
5.629 confirmados, 21 ativos, 5.415 recuperados e 193 óbitos

Descanso:
1.096 confirmados, 1 ativo, 1.076 recuperados e 19 óbitos

Dionísio Cerqueira:
2.094 confirmados, 1 ativo, 2.043 recuperados e 50 óbitos

Dona Emma:
506 confirmados, nenhum ativo, 502 recuperados e 4 óbitos

Doutor Pedrinho:
489 confirmados, nenhum ativo, 483 recuperados e 6 óbitos

Entre Rios:
684 confirmados, 7 ativos, 667 recuperados e 10 óbitos

Ermo:
370 confirmados, nenhum ativo, 364 recuperados e 6 óbitos

Erval Velho:
891 confirmados, 2 ativos, 876 recuperados e 13 óbitos

Faxinal dos Guedes:
2.020 confirmados, 20 ativos, 1.963 recuperados e 37 óbitos

Flor do Sertão:
190 confirmados, nenhum ativo, 190 recuperados e nenhum óbito

Florianópolis:
82.326 confirmados, 597 ativos, 80.656 recuperados e 1.073 óbitos

Formosa do Sul:
436 confirmados, nenhum ativo, 428 recuperados e 8 óbitos

Forquilhinha:
6.620 confirmados, 13 ativos, 6.544 recuperados e 63 óbitos

Fraiburgo:
4.997 confirmados, 29 ativos, 4.847 recuperados e 121 óbitos

Frei Rogério:
366 confirmados, nenhum ativo, 355 recuperados e 11 óbitos

Galvão:
469 confirmados, nenhum ativo, 458 recuperados e 11 óbitos

Garopaba:
3.526 confirmados, 24 ativos, 3.458 recuperados e 44 óbitos

Garuva:
2.297 confirmados, 5 ativos, 2.259 recuperados e 33 óbitos

Gaspar:
9.006 confirmados, 7 ativos, 8.809 recuperados e 190 óbitos

Governador Celso Ramos:
2.858 confirmados, 10 ativos, 2.820 recuperados e 28 óbitos

Grão-Pará:
1.472 confirmados, 12 ativos, 1.447 recuperados e 13 óbitos

Gravatal:
2.211 confirmados, 11 ativos, 2.150 recuperados e 50 óbitos

Guabiruba:
4.024 confirmados, 2 ativos, 3.975 recuperados e 47 óbitos

Guaraciaba:
2.078 confirmados, 6 ativos, 2.045 recuperados e 27 óbitos

Guaramirim:
7.505 confirmados, 15 ativos, 7.391 recuperados e 99 óbitos

Guarujá do Sul:
578 confirmados, nenhum ativo, 567 recuperados e 11 óbitos

Guatambú:
878 confirmados, 5 ativos, 854 recuperados e 19 óbitos

Herval d'Oeste:
4.669 confirmados, 12 ativos, 4.591 recuperados e 66 óbitos

Ibiam:
266 confirmados, nenhum ativo, 262 recuperados e 4 óbitos

Ibicaré:
540 confirmados, 2 ativos, 530 recuperados e 8 óbitos

Ibirama:
1.920 confirmados, 8 ativos, 1.873 recuperados e 39 óbitos

Içara:
7.836 confirmados, 60 ativos, 7.642 recuperados e 134 óbitos

Ilhota:
2.072 confirmados, 3 ativos, 2.030 recuperados e 39 óbitos

Imaruí:
1.057 confirmados, 2 ativos, 1.033 recuperados e 22 óbitos

Imbituba:
7.068 confirmados, 11 ativos, 6.947 recuperados e 110 óbitos

Imbuia:
659 confirmados, 2 ativos, 647 recuperados e 10 óbitos

Indaial:
10.967 confirmados, 17 ativos, 10.815 recuperados e 135 óbitos

Iomerê:
338 confirmados, nenhum ativo, 328 recuperados e 10 óbitos

Ipira:
474 confirmados, 1 ativo, 466 recuperados e 7 óbitos

Iporã do Oeste:
862 confirmados, 4 ativos, 842 recuperados e 16 óbitos

Ipuaçu:
1.096 confirmados, 10 ativos, 1.071 recuperados e 15 óbitos

Ipumirim:
861 confirmados, 14 ativos, 837 recuperados e 10 óbitos

Iraceminha:
541 confirmados, 2 ativos, 535 recuperados e 4 óbitos

Irani:
1.707 confirmados, 1 ativo, 1.686 recuperados e 20 óbitos

Irati:
315 confirmados, nenhum ativo, 307 recuperados e 8 óbitos

Irineópolis:
810 confirmados, 8 ativos, 788 recuperados e 14 óbitos

Itá:
1.181 confirmados, 5 ativos, 1.152 recuperados e 24 óbitos

Itaiópolis:
2.841 confirmados, 13 ativos, 2.775 recuperados e 53 óbitos

Itajaí:
40.909 confirmados, 301 ativos, 39.840 recuperados e 768 óbitos

Itapema:
13.068 confirmados, 58 ativos, 12.760 recuperados e 250 óbitos

Itapiranga:
2.539 confirmados, 9 ativos, 2.511 recuperados e 19 óbitos

Itapoá:
3.748 confirmados, 21 ativos, 3.654 recuperados e 73 óbitos

Ituporanga:
4.025 confirmados, 17 ativos, 3.939 recuperados e 69 óbitos

Jaborá:
968 confirmados, 13 ativos, 944 recuperados e 11 óbitos

Jacinto Machado:
1.488 confirmados, 6 ativos, 1.447 recuperados e 35 óbitos

Jaguaruna:
3.479 confirmados, 3 ativos, 3.415 recuperados e 61 óbitos

Jaraguá do Sul:
35.006 confirmados, 157 ativos, 34.419 recuperados e 430 óbitos

Jardinópolis:
401 confirmados, nenhum ativo, 396 recuperados e 5 óbitos

Joaçaba:
7.070 confirmados, 22 ativos, 6.975 recuperados e 73 óbitos

Joinville:
115.896 confirmados, 653 ativos, 113.285 recuperados e 1.958 óbitos

José Boiteux:
698 confirmados, nenhum ativo, 689 recuperados e 9 óbitos

Jupiá:
311 confirmados, nenhum ativo, 305 recuperados e 6 óbitos

Lacerdópolis:
479 confirmados, 2 ativos, 473 recuperados e 4 óbitos

Lages:
28.624 confirmados, 169 ativos, 27.926 recuperados e 529 óbitos

Laguna:
5.908 confirmados, 26 ativos, 5.729 recuperados e 153 óbitos

Lajeado Grande:
248 confirmados, nenhum ativo, 243 recuperados e 5 óbitos

Laurentino:
1.246 confirmados, 9 ativos, 1.226 recuperados e 11 óbitos

Lauro Müller:
2.540 confirmados, 6 ativos, 2.475 recuperados e 59 óbitos

Lebon Régis:
1.227 confirmados, 4 ativos, 1.162 recuperados e 61 óbitos

Leoberto Leal:
355 confirmados, nenhum ativo, 353 recuperados e 2 óbitos

Lindóia do Sul:
976 confirmados, 8 ativos, 956 recuperados e 12 óbitos

Lontras:
1.276 confirmados, 3 ativos, 1.246 recuperados e 27 óbitos

Luiz Alves:
2.322 confirmados, 12 ativos, 2.297 recuperados e 13 óbitos

Luzerna:
1.122 confirmados, 4 ativos, 1.102 recuperados e 16 óbitos

Macieira:
172 confirmados, nenhum ativo, 166 recuperados e 6 óbitos

Mafra:
5.650 confirmados, 34 ativos, 5.484 recuperados e 132 óbitos

Major Gercino:
368 confirmados, 3 ativos, 359 recuperados e 6 óbitos

Major Vieira:
368 confirmados, 3 ativos, 359 recuperados e 6 óbitos

Maracajá:
1.257 confirmados, 4 ativos, 1.233 recuperados e 20 óbitos

Maravilha:
5.365 confirmados, 21 ativos, 5.276 recuperados e 68 óbitos

Marema:
252 confirmados, 3 ativos, 236 recuperados e 13 óbitos

Massaranduba:
2.985 confirmados, 9 ativos, 2.953 recuperados e 23 óbitos

Matos Costa:
179 confirmados, nenhum ativo, 176 recuperados e 3 óbitos

Meleiro:
1.309 confirmados, 4 ativos, 1.280 recuperados e 25 óbitos

Mirim Doce:
327 confirmados, 1 ativo, 320 recuperados e 6 óbitos

Modelo:
482 confirmados, 6 ativos, 465 recuperados e 11 óbitos

Mondaí:
1.222 confirmados, 2 ativos, 1.208 recuperados e 12 óbitos

Monte Carlo:
1.333 confirmados, 2 ativos, 1.287 recuperados e 44 óbitos

Monte Castelo:
955 confirmados, 2 ativos, 930 recuperados e 23 óbitos

Morro da Fumaça:
3.649 confirmados, 15 ativos, 3.590 recuperados e 44 óbitos

Morro Grande:
583 confirmados, 1 ativo, 575 recuperados e 7 óbitos

Navegantes:
11.143 confirmados, 68 ativos, 10.862 recuperados e 213 óbitos

Nova Erechim:
696 confirmados, nenhum ativo, 686 recuperados e 10 óbitos

Nova Itaberaba:
490 confirmados, nenhum ativo, 487 recuperados e 3 óbitos

Nova Trento:
2.351 confirmados, 28 ativos, 2.305 recuperados e 18 óbitos

Nova Veneza:
3.017 confirmados, 5 ativos, 2.976 recuperados e 36 óbitos

Novo Horizonte:
261 confirmados, 1 ativo, 260 recuperados e nenhum óbito

Orleans:
5.494 confirmados, 16 ativos, 5.388 recuperados e 90 óbitos

Otacílio Costa:
3.838 confirmados, 13 ativos, 3.761 recuperados e 64 óbitos

Ouro:
1.627 confirmados, 7 ativos, 1.600 recuperados e 20 óbitos

Ouro Verde:
382 confirmados, nenhum ativo, 370 recuperados e 12 óbitos

Paial:
216 confirmados, nenhum ativo, 211 recuperados e 5 óbitos

Painel:
186 confirmados, nenhum ativo, 180 recuperados e 6 óbitos

Palhoça:
29.979 confirmados, 205 ativos, 29.426 recuperados e 348 óbitos

Palma Sola:
1.058 confirmados, 2 ativos, 1.039 recuperados e 17 óbitos

Palmeira:
356 confirmados, 3 ativos, 348 recuperados e 5 óbitos

Palmitos:
2.354 confirmados, 14 ativos, 2.279 recuperados e 61 óbitos

Papanduva:
1.776 confirmados, 4 ativos, 1.726 recuperados e 46 óbitos

Paraíso:
148 confirmados, 1 ativo, 140 recuperados e 7 óbitos

Passo de Torres:
1.359 confirmados, 4 ativos, 1.326 recuperados e 29 óbitos

Passos Maia:
348 confirmados, 2 ativos, 333 recuperados e 13 óbitos

Paulo Lopes:
1.340 confirmados, 6 ativos, 1.319 recuperados e 15 óbitos

Pedras Grandes:
804 confirmados, nenhum ativo, 781 recuperados e 23 óbitos

Penha:
6.134 confirmados, 28 ativos, 6.003 recuperados e 103 óbitos

Peritiba:
455 confirmados, nenhum ativo, 451 recuperados e 4 óbitos

Pescaria Brava:
2.226 confirmados, 3 ativos, 2.197 recuperados e 26 óbitos

Petrolândia:
893 confirmados, 6 ativos, 860 recuperados e 27 óbitos

Pinhalzinho:
3.590 confirmados, 6 ativos, 3.547 recuperados e 37 óbitos

Pinheiro Preto:
565 confirmados, 1 ativo, 555 recuperados e 9 óbitos

Piratuba:
607 confirmados, 2 ativos, 594 recuperados e 11 óbitos

Planalto Alegre:
351 confirmados, 3 ativos, 337 recuperados e 11 óbitos

Pomerode:
6.019 confirmados, 12 ativos, 5.934 recuperados e 73 óbitos

Ponte Alta:
603 confirmados, 4 ativos, 584 recuperados e 15 óbitos

Ponte Alta do Norte:
328 confirmados, nenhum ativo, 320 recuperados e 8 óbitos

Ponte Serrada:
1.454 confirmados, 21 ativos, 1.381 recuperados e 52 óbitos

Porto Belo:
3.063 confirmados, 59 ativos, 2.945 recuperados e 59 óbitos

Porto União:
4.746 confirmados, 69 ativos, 4.589 recuperados e 88 óbitos

Pouso Redondo:
1.932 confirmados, 5 ativos, 1.887 recuperados e 40 óbitos

Praia Grande:
1.197 confirmados, 12 ativos, 1.169 recuperados e 16 óbitos

Presidente Castello Branco:
486 confirmados, 2 ativos, 480 recuperados e 4 óbitos

Presidente Getúlio:
1.962 confirmados, 2 ativos, 1.921 recuperados e 39 óbitos

Presidente Nereu:
146 confirmados, nenhum ativo, 142 recuperados e 4 óbitos

Princesa:
464 confirmados, nenhum ativo, 453 recuperados e 11 óbitos

Quilombo:
1.718 confirmados, 6 ativos, 1.669 recuperados e 43 óbitos

Rancho Queimado:
529 confirmados, 2 ativos, 523 recuperados e 4 óbitos

Rio das Antas:
718 confirmados, 1 ativo, 702 recuperados e 15 óbitos

Rio do Campo:
677 confirmados, 6 ativos, 663 recuperados e 8 óbitos

Rio do Oeste:
908 confirmados, 5 ativos, 887 recuperados e 16 óbitos

Rio do Sul:
9.756 confirmados, 82 ativos, 9.536 recuperados e 138 óbitos

Rio dos Cedros:
997 confirmados, nenhum ativo, 971 recuperados e 26 óbitos

Rio Fortuna:
834 confirmados, 1 ativo, 822 recuperados e 11 óbitos

Rio Negrinho:
5.942 confirmados, 7 ativos, 5.808 recuperados e 127 óbitos

Rio Rufino:
233 confirmados, 2 ativos, 226 recuperados e 5 óbitos

Riqueza:
645 confirmados, 2 ativos, 627 recuperados e 16 óbitos

Rodeio:
1.607 confirmados, nenhum ativo, 1.576 recuperados e 31 óbitos

Romelândia:
433 confirmados, 3 ativos, 422 recuperados e 8 óbitos

Salete:
939 confirmados, 1 ativo, 929 recuperados e 9 óbitos

Saltinho:
249 confirmados, 1 ativo, 242 recuperados e 6 óbitos

Salto Veloso:
712 confirmados, 3 ativos, 701 recuperados e 8 óbitos

Sangão:
1.923 confirmados, 11 ativos, 1.898 recuperados e 14 óbitos

Santa Cecília:
1.460 confirmados, 2 ativos, 1.427 recuperados e 31 óbitos

Santa Helena:
214 confirmados, 2 ativos, 208 recuperados e 4 óbitos

Santa Rosa de Lima:
321 confirmados, 5 ativos, 311 recuperados e 5 óbitos

Santa Rosa do Sul:
1.304 confirmados, 4 ativos, 1.273 recuperados e 27 óbitos

Santa Terezinha:
578 confirmados, 2 ativos, 569 recuperados e 7 óbitos

Santa Terezinha do Progresso:
329 confirmados, nenhum ativo, 325 recuperados e 4 óbitos

Santiago do Sul:
155 confirmados, nenhum ativo, 153 recuperados e 2 óbitos

Santo Amaro da Imperatriz:
3.932 confirmados, 19 ativos, 3.833 recuperados e 80 óbitos

São Bento do Sul:
11.755 confirmados, 23 ativos, 11.538 recuperados e 194 óbitos

São Bernardino:
389 confirmados, nenhum ativo, 385 recuperados e 4 óbitos

São Bonifácio:
487 confirmados, nenhum ativo, 480 recuperados e 7 óbitos

São Carlos:
1.024 confirmados, 11 ativos, 992 recuperados e 21 óbitos

São Cristóvão do Sul:
297 confirmados, nenhum ativo, 281 recuperados e 16 óbitos

São Domingos:
1.329 confirmados, 1 ativo, 1.307 recuperados e 21 óbitos

São Francisco do Sul:
7.787 confirmados, 58 ativos, 7.565 recuperados e 164 óbitos

São João Batista:
5.259 confirmados, 94 ativos, 5.066 recuperados e 99 óbitos

São João do Itaperiú:
710 confirmados, nenhum ativo, 697 recuperados e 13 óbitos

São João do Oeste:
656 confirmados, 2 ativos, 645 recuperados e 9 óbitos

São João do Sul:
1.074 confirmados, 8 ativos, 1.049 recuperados e 17 óbitos

São Joaquim:
3.424 confirmados, 17 ativos, 3.324 recuperados e 83 óbitos

São José:
35.992 confirmados, 263 ativos, 35.125 recuperados e 604 óbitos

São José do Cedro:
2.043 confirmados, 2 ativos, 2.015 recuperados e 26 óbitos

São José do Cerrito:
755 confirmados, 5 ativos, 736 recuperados e 14 óbitos

São Lourenço do Oeste:
1.881 confirmados, 10 ativos, 1.806 recuperados e 65 óbitos

São Ludgero:
3.195 confirmados, 15 ativos, 3.144 recuperados e 36 óbitos

São Martinho:
797 confirmados, 1 ativo, 781 recuperados e 15 óbitos

São Miguel da Boa Vista:
281 confirmados, nenhum ativo, 273 recuperados e 8 óbitos

São Miguel do Oeste:
7.049 confirmados, 23 ativos, 6.954 recuperados e 72 óbitos

São Pedro de Alcântara:
769 confirmados, 12 ativos, 745 recuperados e 12 óbitos

Saudades:
1.002 confirmados, 8 ativos, 978 recuperados e 16 óbitos

Schroeder:
3.823 confirmados, 12 ativos, 3.770 recuperados e 41 óbitos

Seara:
3.141 confirmados, 17 ativos, 3.088 recuperados e 36 óbitos

Serra Alta:
323 confirmados, 4 ativos, 313 recuperados e 6 óbitos

Siderópolis:
1.411 confirmados, 3 ativos, 1.358 recuperados e 50 óbitos

Sombrio:
4.020 confirmados, 40 ativos, 3.898 recuperados e 82 óbitos

Sul Brasil:
630 confirmados, 2 ativos, 621 recuperados e 7 óbitos

Taió:
2.525 confirmados, 8 ativos, 2.494 recuperados e 23 óbitos

Tangará:
1.452 confirmados, nenhum ativo, 1.418 recuperados e 34 óbitos

Tigrinhos:
388 confirmados, 1 ativo, 385 recuperados e 2 óbitos

Tijucas:
6.979 confirmados, 56 ativos, 6.838 recuperados e 85 óbitos

Timbé do Sul:
964 confirmados, nenhum ativo, 947 recuperados e 17 óbitos

Timbó:
7.688 confirmados, 9 ativos, 7.588 recuperados e 91 óbitos

Timbó Grande:
795 confirmados, 1 ativo, 777 recuperados e 17 óbitos

Três Barras:
2.326 confirmados, 15 ativos, 2.242 recuperados e 69 óbitos

Treviso:
880 confirmados, 2 ativos, 866 recuperados e 12 óbitos

Treze de Maio:
1.239 confirmados, 17 ativos, 1.208 recuperados e 14 óbitos

Treze Tílias:
1.007 confirmados, 3 ativos, 990 recuperados e 14 óbitos

Trombudo Central:
1.323 confirmados, 9 ativos, 1.289 recuperados e 25 óbitos

Tubarão:
21.765 confirmados, 129 ativos, 21.178 recuperados e 458 óbitos

Tunápolis:
1.198 confirmados, 19 ativos, 1.169 recuperados e 10 óbitos

Turvo:
2.208 confirmados, 7 ativos, 2.169 recuperados e 32 óbitos

União do Oeste:
407 confirmados, nenhum ativo, 395 recuperados e 12 óbitos

Urubici:
741 confirmados, nenhum ativo, 716 recuperados e 25 óbitos

Urupema:
294 confirmados, 2 ativos, 289 recuperados e 3 óbitos

Urussanga:
4.041 confirmados, 10 ativos, 3.961 recuperados e 70 óbitos

Vargeão:
366 confirmados, 2 ativos, 357 recuperados e 7 óbitos

Vargem:
535 confirmados, 4 ativos, 527 recuperados e 4 óbitos

Vargem Bonita:
803 confirmados, 2 ativos, 793 recuperados e 8 óbitos

Vidal Ramos:
721 confirmados, nenhum ativo, 709 recuperados e 12 óbitos

Videira:
11.529 confirmados, 17 ativos, 11.388 recuperados e 124 óbitos

Vitor Meireles:
559 confirmados, 5 ativos, 543 recuperados e 11 óbitos

Witmarsum:
425 confirmados, nenhum ativo, 420 recuperados e 5 óbitos

Xanxerê:
10.854 confirmados, 68 ativos, 10.605 recuperados e 181 óbitos

Xavantina:
448 confirmados, nenhum ativo, 443 recuperados e 5 óbitos

Xaxim:
6.102 confirmados, 70 ativos, 5.917 recuperados e 115 óbitos

Zortéa:
843 confirmados, nenhum ativo, 830 recuperados e 13 óbitos

Mais informações para a imprensa:

Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

Amanda Mariano, Bruna Matos e Patrícia Pozzo
Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) / SES
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Santa Catarina é destaque no esclarecimento de homicídios na quarta edição da pesquisa Onde Mora a Impunidade, realizada pelo Instituto Sou da Paz. Divulgado nesta quarta-feira, 13, o resultado mostra que o estado é o segundo da federação no ranking dos que mais tiveram homicídios esclarecidos, obtendo um percentual de 83% e ficando atrás apenas do Mato Grosso do Sul, que teve 89% dos homicídios esclarecidos.

Não é de hoje que Santa Catarina obtém bons resultados na resolubilidade de homicídios. Nos últimos anos, este índice tem chegado perto dos 80% - em alguns municípios este índice chegou a atingir 100% de resolubilidade - e se configura em um dos mais altos do país.

O papel desempenhado pela Polícia Civil é fundamental para o bom resultado. Há diversos fatores, entre os quais, o trabalho de investigação realizado e o fator humano dispensado nos trabalhos pelos policiais civis, com grande capacidade investigativa de atuação. Também há de se ressaltar a própria integração entre os órgãos de segurança pública no Estado.

Vale destacar ainda que, em cidades maiores, como Joinville e Florianópolis, a Polícia Civil conta com a existência de Delegacias de Homicídio, ou seja, equipes especializadas neste tipo de investigação, além das Divisões de Investigação Criminal (DICs) pelo Estado.

A pesquisa Onde Mora a Impunidade – Porque o Brasil precisa de um indicador nacional de esclarecimento de homicídios divulgou o resultado de 17 estados, que foram capazes de informar com precisão os dados de 2020 para que o Instituto fizesse o cálculo do índice de esclarecimento de homicídios, cuja taxa nacional foi de 44%.

Informações adicionais para imprensa:
Diogo Vargas
Assessoria de Comunicação
Polícia Civil - PC
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8708 / (48) 99119-8960
Site: www.pc.sc.gov.br 

 

No próximo sábado, 16, será realizado em Santa Catarina o Dia D de mobilização estadual da Campanha de Multivacinação. Neste dia, todos os municípios estarão engajados em um grande mutirão para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes de 0 a 14 anos. A recomendação do Estado é que todas as cidades ofereçam pontos de vacinação durante todo o dia, das 8h às 17h, para que pais e responsáveis possam levar os filhos.

A gerente da divisão de imunização da Dive, Arieli Schiessl Fialho, pede que pais e responsáveis que tenham dificuldades de levar os filhos nos postos durante a semana aproveitem essa data. “O Dia D é um sábado em que os postos de vacinação dos municípios ficam abertos, excepcionalmente, o dia todo para a ação. A gente sabe que muitos pais não conseguem levar os filhos durante a semana. Então, o dia D é a oportunidade que eles têm para atualizar a caderneta dos filhos, finaliza a gerente.

A Campanha de Multivacinação vai até o dia 29 de outubro. É importante que pais e responsáveis fiquem atentos às datas e aproveitem a oportunidade para ir até um posto de vacinação, com a caderneta em mãos para verificar a situação vacinal dos seus filhos. Nos postos são oferecidas 18 vacinas que protegem contra mais de 20 doenças.

20 mil crianças e adolescentes já tiveram a caderneta de vacinação atualizada

Em uma semana de Campanha, Santa Catarina contabilizou a atualização da caderneta de 20.170 crianças e adolescentes com as mais diversas vacinas que fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação de crianças e adolescentes até 14 anos. O levantamento foi realizado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) em conjunto com os municípios catarinenses e evidencia o número de crianças e jovens que estavam com a caderneta desatualizada.

“Não podemos deixar crianças e adolescentes sem a vacinação. Falta de vacina é sinônimo de falta de proteção, o que abre portas para doenças. Nosso estado sempre foi um dos que mais se destacaram positivamente na cobertura vacinal e, por esse motivo, conseguimos conter e evitar surtos de diversas doenças, mas com as quedas nas coberturas que temos notado ao longo dos anos, essa situação pode se modificar e podemos voltar a registrar casos de doenças que já não ocorriam mais em nosso território”, explica a chefe da divisão de imunização da Dive, Chaiane Natividade de Souza Gonçalves.

Informações adicionais para a imprensa:
Amanda Mariano
Bruna Matos
Patrícia Pozzo
NUCOM - Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br
www.instagram.com/divesantacatarina
www.facebook.com/divesantacatarina

 

 Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

O Sistema Nacional de Emprego (Sine), órgão integrado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, está com 8.913 vagas de emprego disponíveis no Estado, sendo 228 para pessoas com deficiência (PCD). As oportunidades estão em diversas áreas de 73 municípios. Chapecó, no Oeste, continua sendo a cidade com mais vagas em aberto entre as unidades do Sine, com 824 oportunidades disponíveis, seguida de Brusque (711), Concórdia (648) e São Miguel do Oeste (624).

Na avaliação do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, a oferta de vagas no estado é um reflexo da atuação do Estado. “O trabalho realizado constantemente para a atração de empresas e ampliação de negócios tem-se mostrado efetivo e contribui para os números na geração de emprego", destacou o secretário.

O diretor de Emprego e Renda da SDE, Diego Goulart, reforçou a importância de os trabalhadores atualizarem os cadastro. “O número de oportunidades é disponibilizado toda semana para a população, mas os empregos são preenchidos dia a dia. Por este motivo, é preciso que o candidato fique atento, e aqueles que já possuem cadastro que os mantenham atualizados”, enfatizou.

Para concorrer

Candidatos devem procurar uma das mais de 130 unidades do Sine, estaduais e municipais, em funcionamento em Santa Catarina. Para realizar o cadastro pessoalmente, é necessário apresentar documentos pessoais, como RG, CPF e carteira de trabalho.

Devido à pandemia, o atendimento em algumas unidades está sendo feito via agendamento, por telefone. Antes de se dirigir a uma unidade, portanto, procure saber como está o procedimento no seu município. Outra possibilidade é o acompanhamento das vagas via aplicativo do Governo Federal Sine Fácil, que pode ser baixado no smartphone ou tablet. Lá, o trabalhador poderá conferir as oportunidades de emprego, candidatar-se a uma vaga e também dar entrada no seguro-desemprego. As mesmas funcionalidades também estão disponíveis no portal Emprega Brasil. 

Veja as vagas nas cidades:

Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDE
E-mail: comunicacao@sde.sc.gov.br
Site: www.sde.sc.gov.br
Texto: Pablo Mingoti
Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran

 

 Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Santa Catarina superou a marca de 146 mil profissionais da educação com a imunização completa contra a Covid-19, número que representa 72,9% da categoria. Os dados estão disponíveis no Vacinômetro do Estado desta quarta-feira, 13, e incluem trabalhadores das redes pública e privada, do ensino básico ao superior.

“Em fevereiro, tivemos um retorno às aulas presenciais pioneiro no país, que foi muito exitoso e serviu de modelo para outros estados. Essa conquista, comprovada pelos baixos índices de contaminação nas escolas estaduais, foi mérito de muito trabalho dos professores. A vacina deu mais segurança a eles e a antecipação também foi um reconhecimento a este esforço. A educação catarinense não pode parar”, afirma o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

A vacinação dos profissionais da Educação em Santa Catarina começou no dia 26 de maio e, ao término do primeiro semestre letivo de 2021, em julho, cerca de 95% deles já tinham recebido a primeira dose do imunizante. Ao todo, integram o grupo prioritário mais de 201 mil profissionais, entre professores e trabalhadores da equipe gestora, alimentação, transporte, segurança e serviços gerais em escolas e órgãos administrativos de Educação.

Somada ao cumprimento das normas sanitárias estabelecidas no Plano de Contingência da Educação (PlanCon Edu), que foi atualizado em agosto, a estratégia de adiantar a vacinação de trabalhadores da área contribuiu para um baixo índice de contaminação nas escolas da rede estadual.

A Secretaria de Estado da Educação (SED) faz acompanhamento diário de casos suspeitos e confirmados de Covid-19 nas escolas a partir das informações preenchidas pelos próprios gestores escolares. Desde o início do ano letivo, o percentual de contaminados esteve sempre abaixo de 1% entre os professores e 0,2% entre alunos.

Censo Escolar Catarinense

Os 201 mil profissionais da Educação em Santa Catarina foram identificados por meio de um levantamento com informações detalhadas sobre as redes pública e privada, do Ensino Básico ao Superior, em todo o estado. Chamado de Censo da Educação Catarinense, este projeto inédito foi criado para acelerar e organizar a vacinação da categoria, de forma que agora pode ser utilizado para planejar e criar políticas públicas para qualificar o setor.

Comitê de Retomada das Aulas Presenciais

Todas as medidas sanitárias para definição de grupos prioritários da vacinação e atendimento presencial das escolas são tomadas em conjunto pelo Comitê Estratégico de Retomada das Aulas Presenciais, formado por 14 entidades. Além da SED, integram o grupo a Secretaria de Estado da Saúde, Defesa Civil de Santa Catarina, Tribunal de Contas, Ministério Público de Santa Catarina, Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Conselho Estadual de Educação (CEE), Fundação Catarinense de Educação Especial, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina, União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, Sindicato dos Trabalhadores em Instituições de Ensino Particular e Fundações Educacionais e Federação de Trabalhadores do Magistério.

Informações adicionais para imprensa:
Gabriel Duwe de Lima
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0347 / (48) 99698-4543
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 

 

A cada 20 minutos, um acidente de trânsito é atendido no território de Santa Catarina. Para aperfeiçoar o treinamento dos profissionais responsáveis pelos resgates, a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) vão financiar uma pesquisa aplicada para produzir protótipos de veículos de passeio. 

O objetivo da chamada pública é apoiar uma pesquisa aplicada em Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) que vise ao desenvolvimento, à construção e à validação de protótipos modulares de veículos de passeio, com juntas móveis, para treinamentos de resgate do CBMSC. Com isso, contribuirá para o desenvolvimento do ecossistema de CTI e a melhoria da qualidade de vida dos catarinenses. O valor do edital é de R$ 293 mil, e as inscrições poderão ser feitas até 18 de outubro na Plataforma da Fapesc

Os projetos poderão contemplar ainda bolsas para profissional de nível superior (R$ 2,5 mil) e de nível médio matriculado em curso superior (R$ 1,5 mil), com duração de até 18 meses – estes custos devem estar dentro do valor total da proposta. 

O edital faz parte do programa #fapesc@gov+pesquisa&inovação. “A Fapesc tem buscado desafios nas diversas pastas do Governo do Estado de temas que são extremamente relevantes para a sociedade catarinense e que possam ser trabalhados a partir do ecossistema de CTI dos nossos pesquisadores e empreendedores, para que possam apresentar soluções, alternativas e inovação efetiva”, frisou o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen. 

É neste contexto que está inserido o edital com o Corpo de Bombeiros. “A Fapesc desenhou com a equipe técnica do Corpo de Bombeiros uma chamada pública que pudesse desafiar os pesquisadores. Nossa expectativa é que possamos, através da metodologia e, realmente, desse tipo de desenvolvimento, ter um objeto que possa ser utilizado pelo Corpo de Bombeiros e que, além de diminuição de custo e sustentabilidade, seja altamente utilizável para os treinamentos dos bombeiros.”

Desafio e inovação

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, a cada 16 minutos ocorre o registro de um óbito nas rodovias, totalizando cerca de 40 mil mortes por ano. Estes números colocam o país na 5ª posição mundial de mortes no trânsito. “Melhorar a resposta ao enfrentamento dos sinistros de trânsito tem sido o grande desafio do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, ao longo das últimas décadas”, enfatizou o coronel BM Hilton de Souza Zeferino, Chefe do Estado-Maior Geral do CBMSC e presidente da Coordenadoria de Resgate Veicular da instituição. 


Foto: Arquivo/SCPAR

De acordo com Zeferino, parcerias como a que está ocorrendo entre a Fapesc e o CBMSC para o desenvolvimento de pesquisa visando à criação de um veículo modular, com juntas móveis, evidencia o espírito inovador e criativo de Santa Catarina. “Uma das grandes dificuldades dos bombeiros militares na realização de treinamentos e capacitações na área de resgate veicular estão relacionadas ao insumo principal da atividade, que são os veículos, em quantidade suficiente, para o aprimoramento técnico-operacional”, explicou.

O desenvolvimento de um modelo (protótipo) veicular que possa ser desmontável e que possibilita substituir as peças que serão cortadas, permite diversas melhorias, segundo o chefe do Estado-Maior. “Mais mobilidade para o transporte e montagem deste protótipo em qualquer lugar onde o treinamento/formação irá ocorrer; maior aproveitamento das estruturas utilizadas, pois as peças cortadas poderão ser recicladas e as estruturas principais do veículo ficarão intactas (hoje os veículos cortados não podem ser mais aproveitados); incentiva o desenvolvimento de pesquisa e inovação para a resolução de problemas de ordem logística e ambiental existentes”. 

“Ao incentivar novas práticas, por meio deste edital de pesquisa e inovação, a Fapesc irá potencializar ainda mais o CBMSC para alcançar a excelência no atendimento de vítimas de sinistros de trânsito, o que representa mais qualidade de vida aos catarinenses e aos visitantes que trafegam, diariamente, em nossas rodovias”, finalizou Zeferino.

Clique aqui e acesse o edital  

Mais informações para a imprensa:

Maurício Frighetto
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC – Fapesc
E-mail: mauricio.frighetto@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 99932-4209
Site: www.fapesc.sc.gov.br


Foto: Ícaro Braga

O Porto de Imbituba, no Sul do estado, segue crescendo. A movimentação de carga em setembro atingiu 660,9 mil toneladas. O resultado, além de representar uma alta de 9,6% em relação ao mesmo período do ano passado, é a melhor marca que se tem registro para o mês de setembro na história do porto.

Com o fechamento do mês, Imbituba também consolidou o 3º trimestre com crescimento de 19,4% em comparação com o acumulado de julho, agosto e setembro do ano passado. De janeiro a setembro de 2021, passaram pelo porto aproximadamente 5 milhões de toneladas, movimentação 14,6% maior que no mesmo período de 2020.

A receita líquida da Autoridade Portuária no 3º trimestre foi de R$ 16,4 milhões, um crescimento de 24% em comparação com 2020. No acumulado do ano, a administração do porto registrou alta de 25% na receita líquida, montante utilizado para manutenção e novos investimentos em sua infraestrutura, como a obra de recuperação e ampliação do Cais 3, prevista para ser licitada ainda neste semestre.

“Estamos muito satisfeitos por poder celebrar mais um mês de excelentes resultados operacionais e financeiros, reflexo do trabalho de uma ampla comunidade portuária, formada por mais de mil trabalhadores diretos e diversas empresas e instituições públicas, que dia a dia garantem o abastecimento e a geração de renda para Santa Catarina”, avaliou o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Fábio Riera.

Ao todo, o Porto de Imbituba recebeu 25 atracações em setembro. As principais cargas movimentadas foram o coque (291,5 mil t), o farelo de soja (61, 4 mil t), o milho (60,2 mil t) e os contêineres (59,5 mil t). Também foram operados volumes de minério de ferro, sulfato de sódio, sal, hulha betuminosa, cloreto de potássio, barrilha, fertilizantes e geradores.

 

No período, as importações representaram a maioria das operações (61%), seguida das exportações (30,1%) e da cabotagem (8,9%). Na exportação, destaque para o coque, o farelo de soja e o minério de ferro; na importação, também o coque, seguido do milho e do sulfato de sódio.

Mais informações para a imprensa:
Géssica da Silva
Comunicação Social
SCPar Porto de Imbituba
Fone: (48) 3355-8908
E-mail: gessica.silva@portodeimbituba.com.br
www.portodeimbituba.com.br


Fotos: Peterson Paul/Secom

A criação de um plano de desenvolvimento para a infraestrutura de Santa Catarina foi discutida pelo governador Carlos Moisés na manhã desta quarta-feira, 13, em Brasília, durante audiência com o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Arthur Lima. No encontro, ficou acertada a instalação de um comitê de trabalho com órgãos federais e estaduais para tratar do assunto. Deverão integrar o grupo a Secretaria de Estado da Infraestrutura, a SCPar, a EPL e o Ministério da Infraestrutura.

O plano resultará de uma série de estudos que serão realizados pela EPL, em conjunto com as ações em desenvolvimento no âmbito estadual. O objetivo é traçar um diagnóstico para o cenário desejado para a infraestrutura catarinense no ano de 2055.

“Nós discutimos o futuro das rodovias, aeroportos, portos e ferrovias de Santa Catarina. Vamos aumentar a integração dos governos federal e estadual. Queremos dotar o nosso estado da infraestrutura que ele merece. Essa é a nossa prioridade”, disse Moisés.

A audiência foi acompanhada pela diretoria da EPL e pelo superintendente de Portos Delegados da SCPar, Jamazi Ziegler.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br