Foto: Divulgação / PMSC

Foi realizada, na tarde de quarta-feira, 25, a aula inaugural da disciplina de Libras, na modalidade de educação a distância para o Curso de Formação de Soldados (CFSd) da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). A aula, que foi dada pela primeira vez em um curso de formação militar, foi proferida pelo coordenador do departamento de Libras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), professor Deonísio Schmitt. Ela foi transmitida para todos os 18 pelotões do CFSD 2020.

A PMSC, por meio da Diretoria de Instrução e Ensino, está em tratativas para promoção da disciplina no curso desde meados de agosto deste ano. A parceria firmada entre o departamento de Libras da UFSC, a presidência da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa com Deficiência da Câmara Municipal de São José e a PMSC já existia desde 2019.

Para o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, o projeto é muito importante para a formação dos novos policiais. “Apesar da pandemia, pensou-se em expandir essa importante qualificação também aos alunos soldados em formação. A forma de ministrar a disciplina por EaD, com 30 horas de aula no total, atende totalmente ao que precisamos no plano de ensino do curso do CFSd”, afirmou.

Estrutura

O diretor-geral da Faculdade da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Fábio José Martins, disse que a estrutura do novo curso inaugurado foi pensada para atender às demandas mais urgentes e situações mais corriqueiras envolvendo pessoas surdas e a PMSC.  Desta forma, a abordagem a pé em pessoa surda; a abordagem de fiscalização de trânsito em pessoa surda; a abordagem veicular a pessoa surda em operação de barreira ou em situação de suspeição, e a abordagem a pessoa surda no curso de busca domiciliar foram escolhidas como os principais a serem ministrados.

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai
Polícia Militar de Santa Catarina - PMSC
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e ccssubchefia@pm.sc.gov.br
Fone: (48) 3229-6920/3229-6921
Site: www.pm.sc.gov.br 



A Secretaria de Estado da Educação (SED) divulga à comunidade escolar orientações sobre matrículas e transferências de alunos da rede estadual de ensino de Santa Catarina para 2021. As informações são referentes a etapas do Ensino Fundamental, Médio, Curso Magistério e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A Educação Profissional contará com um edital específico que deve ser publicado na primeira quinzena de dezembro.

Em função da pandemia de Covid-19, as rematrículas dos alunos para 2021 ocorrerão de forma automática no Sistema de Gestão da Educação de Santa Catarina (Sisgesc). Os pais ou responsáveis serão orientados pelas escolas a atualizarem seus documentos ao longo do próximo ano letivo.

O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, destaca que o processo de matrícula e rematrícula será virtual: "Esse será o primeiro ano que o processo será realizado totalmente on-line e nós reforçamos o chamando aos pais ou responsáveis para que fiquem atentos e acompanhem os prazos apontados para efetuarem a matrícula e garantirmos o direito ao acesso à educação para todas as crianças e jovens".

Matrícula on-line para alunos novos

Para as Unidades Escolares com disponibilidade de vagas para novos alunos, a pré-matrícula on-line para Ensino Fundamental e Médio será realizada das 9h00 do dia 03/02/2021 até as 23h59min do dia 04/02/2021.

O cadastro deve ser realizado pelo responsável do estudante diretamente no site da SED . O estudante será cadastrado no sistema, por ordem de acesso, na escola próxima da residência ou do trabalho dos responsáveis.

Para a efetivação da matrícula, os responsáveis devem anexar no sistema os documentos solicitados ou apresentar-se à Unidade Escolar, no período de 03 a 05/02/2021, com os seguintes originais e cópia:

- Certidão de nascimento e/ou carteira de identidade;
- Histórico Escolar (no prazo de 30 dias após a efetivação da matrícula);
- Atestado de Frequência com indicação do ano/etapa que o(a) estudante está frequentando em 2020;
- Comprovante de residência, atualizado (até três meses anteriores à matrícula);
- Uma foto 3x4;
- Carteira de Vacinação.

Caso o responsável deixe de apresentar os documentos até o dia 5 de fevereiro, haverá reabertura das vagas não preenchidas para novos estudantes. Para receber os documentos entregues, todas as escolas da rede estadual seguirão os protocolos sanitários estabelecidos pelo Plano de Contingência Escolar (PlanCon-EDU), como o uso de equipamentos de proteção individual, álcool gel e manutenção da limpeza dos ambientes escolares.

A matrícula no 1º ano do Ensino Fundamental só será aceita pelos estudantes que completam seis anos de idade até 31 de março de 2021.

Sorteio de vagas

Nas Unidades Escolares cuja demanda for maior que o número de vagas ofertadas haverá sorteio eletrônico de vagas. Nesse caso, é necessário que os pais ou responsáveis façam a PRÉ-MATRÍCULA ON-LINE, nos dias 25 e 26 de janeiro de 2021, para garantir a participação no sorteio de vagas. A definição das escolas estaduais que necessitam de sorteio de vagas (aquelas cuja demanda é maior que a capacidade de matrículas) será realizada até o dia 30/11.
O processo do sorteio será regulamentado em um edital a ser elaborado em breve pela Diretoria de Ensino da SED. Acompanhe o site da SED para verificar novas informações.

Cejacontará com matrícula presencial

A matrícula para os Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) deverá ser efetivada na Unidade Escolar pretendida de forma presencial. O interessado deve apresentar os seguintes documentos originais e cópia: Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade — RG, CPF, Histórico Escolar, Comprovante de Residência, uma foto 3x4. Haverá dois períodos para realização da matrícula:
De 30/11 a 18/12/20 – 1º período
De 01/02 a 12/02/21 – 2º período

Informações adicionais para imprensa:
Ana Paula Flores
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br


Foto: Divulgação / PMSC

A Polícia Militar de Santa Catarina realizou nesta quarta-feira, 25, a solenidade de Promoção de Oficiais e Praças da instituição alusiva ao Dia de Santa Catarina. Na Capital, policiais e bombeiros militares participaram do ato conjunto no Centro de Ensino da Polícia Militar (CEPM), com a presença do comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Dionei Tonet, e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Charles Alexandre Vieira. Em todo o estado foram promovidos 47 oficiais e 27 praças da PMSC e 27 oficiais e 99 praças do Corpo de Bombeiros Militar.

A solenidade, transmitida nos canais oficiais das corporações, teve a mensagem online da governadora Daniela Reinher repassada aos presentes na ocasião. Para a governadora, essa solenidade reflete o grande trabalho que as forças de Segurança realizam em Santa Catarina. “Gostaria de destacar essas pessoas especiais, que se dispõem a trabalhar de forma tão comprometida pelo bem-estar dos catarinenses e das pessoas que passam por aqui”, completou.

O comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, cumprimentou a todos os policiais e oficiais promovidos. “Este momento é ímpar na vida de todos nós militares e de nossas famílias, que conosco, participam de momentos como esses, mas também das tantas dificuldades cotidianas da profissão e da carreira por nós escolhidas”, salientou.

A cerimônia seguiu todos os protocolos de segurança para enfrentamento da pandemia e não foi aberta ao público.

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai
Polícia Militar de Santa Catarina - PMSC
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e ccssubchefia@pm.sc.gov.br
Fone: (48) 3229-6920/3229-6921
Site: www.pm.sc.gov.br 


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Os produtores rurais de Santa Catarina contam com programas especiais para o enfrentamento da estiagem. A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural disponibiliza R$ 21 milhões para essas novas linhas de apoio, sem contar os projetos que já estão em andamento em todo o estado.

Nesta quarta-feira, 25, o secretário da Agricultura Ricardo de Gouvêa reuniu os gerentes regionais da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) de todo o estado para avaliar o andamento dos projetos e quais as maiores demandas de cada região.

“Assim como a Agricultura, todas as pastas do governo trabalham de forma conjunta para garantir agilidade e eficácia nas ações que minimizem os efeitos da estiagem no estado. Estamos nos esforçando ao máximo para amparar os afetados pela crise, investindo dinheiro e força de trabalho”, enfatiza a governadora Daniela Reinehr, que determinou a criação de um gabinete de crise tratar sobre o problema.

"Nós estamos prontos para apoiar os produtores rurais de Santa Catarina. A Epagri é nossa base lá no campo por isso precisamos acompanhar de perto como está o andamento dos programas. Vivemos um momento de extrema dificuldade, com uma estiagem severa e que vem causando estragos no meio rural. Estamos alinhando nossos esforços e concentrando nossos trabalhos para apoiar os agricultores", destaca o secretário Ricardo de Gouvêa.

Segundo relato dos gerentes regionais da Epagri, os programas estão sendo operacionalizados normalmente e o apoio do Governo do Estado está sendo fundamental para que os produtores rurais e pescadores enfrentem os desafios deste ano. Os técnicos mantêm contato constante com os agricultores e lideranças municipais para divulgação dos projetos e apoio na liberação de recursos.

"A Epagri age tanto no atendimento de quem procura os nossos escritórios quanto de forma proativa, indo ao encontro das famílias que possam se beneficiar das políticas públicas vigentes. Além disso, damos o suporte para que as prefeituras possam fazer a declaração de emergência e apoio na elaboração de laudos do Proagro, para acessar o seguro agrícola", ressalta o gerente do Departamento Estadual de Extensão Rural e Pesqueira da Epagri, Darlan Rodrigo Marchesi.



Até o momento já foram mais de 8 mil famílias atendidas com recursos de apoio para projetos relacionados à água em todo o estado. "Esse número aumentou muito nos últimos 40 dias, o que demonstra que estamos totalmente focados nisso. Somente em 2020 já foram viabilizados 512 projetos de armazenamento de água, cisternas e perfuração de poços, com investimentos de mais de R$ 8,94 milhões.", complementa Darlan.

Investimentos vão chegar a R$ 39 milhões

Até o início do próximo ano, a Secretaria da Agricultura deverá aplicar R$ 39 milhões para reduzir os prejuízos com a seca e com outros efeitos climáticos em Santa Catarina. "A estiagem teve início já no ano passado em Santa Catarina e a Secretaria da Agricultura vem reforçando suas linhas de crédito, criando novos projetos de apoio aos produtores rurais. E esses novos investimentos irão fortalecer ainda mais essas ações. A intenção agora é atender agricultores que não se enquadravam nas linhas já disponíveis, ampliando nosso leque de atuação", explica Ricardo de Gouvêa.

Programas para minimizar efeitos da estiagem

Os produtores contam com cinco linhas especiais para investir em sistemas de captação, armazenagem e distribuição de água. Os programas estão disponíveis para os municípios com o decreto de emergência ou calamidade em função da estiagem/seca reconhecidos pela Defesa Civil estadual.
Os agricultores interessados em participar dos Programas devem procurar a Epagri do seu município.

Projeto Especial de Abastecimento de Água para famílias em vulnerabilidade social e de renda do Meio Rural Catarinense

Serão R$ 10 milhões investidos em financiamentos via Fundo do Desenvolvimento Rural (FDR) para famílias cadastradas, preferentemente, no CadÚnico e/ou possuam renda anual familiar de até R$ 50 mil e que estejam sofrendo com problemas no abastecimento de água para as atividades essenciais. Segundo o Censo Agro do IBGE, são 37 mil famílias que podem se enquadrar nesse Programa em Santa Catarina.

Esse projeto atenderá agricultores que normalmente não se enquadram nos programas já existentes na Secretaria da Agricultura, por não possuírem Declaração de Aptidão ao Pronaf. Os produtores poderão acessar até R$ 10 mil ou até R$ 45 mil em projetos coletivos, com cinco anos de prazo para pagar em parcelas anuais e sem juros. O beneficiário que pagar em dia terá uma subvenção de 50% no valor da parcela, no ato do pagamento.

Projeto Especial Programa Menos Juros - Emergencial

Subvenção aos juros dos financiamentos contraídos por produtores rurais para investimento em sistemas de captação, armazenagem e distribuição de água. Serão R$ 3 milhões investidos para o pagamento dos juros, num limite de 2,5% ao ano, para financiamentos de até R$ 100 mil contraídos junto à instituições financeiras, com prazo de máximo de oito anos para pagar.

Nessa linha de crédito poderão ser atendidos médios e grandes produtores rurais com renda superior ao limite do PRONAF, agora esses produtores podem também contar com o benefício.

Convênio com municípios

A Secretaria da Agricultura firmará também convênios de até R$ 100 mil com municípios para contratação de serviços que visem amenizar os problemas de falta de água nas propriedades rurais. Nessa linha, os investimentos chegarão a R$2 milhões.

Água para todos
Financiamentos para construção de poços, estruturas de armazenagem e distribuição de água. São R$ 4,5 milhões em investimentos.
Os financiamentos serão de até R$ 25 mil por produtor ou até R$ 50 mil para projetos coletivos, que poderão ser pagos em até 36 meses, com seis meses de carência e sem juros.

Programa Irrigar
Subvenção aos juros de financiamentos contraídos pelos produtores rurais, num limite de R$ 30 mil e juros de até de 4,5% ao ano, durante um período máximo de oito anos. Os bônus dos juros serão pagos anualmente para os agricultores.

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Entre os dias 18 e 25 de novembro, o Governo de Santa Catarina conseguiu, junto ao Ministério da Saúde, a habilitação de mais 45 leitos de UTI para o tratamento de Covid-19 e a prorrogação do custeio de outros 50 leitos de terapia intensiva. São vagas disponíveis em diferentes regiões do estado. Somente com essas ações, o investimento do Governo Federal em Santa Catarina chega a R$ 7,2 milhões. O balanço da última semana foi passado de Brasília diretamente para a governadora Daniela Reinehr, que mantém diálogo constante com o Governo Federal nas ações de enfrentamento à pandemia.

“Estamos vivendo um momento muito delicado. O trabalho do Estado na Saúde é contínuo para a gestão da pandemia. Conseguimos prover mais insumos e equipamentos para o atendimento da população e superarmos eventuais situações de falta de medicamentos. Estamos trazendo mais habilitações e prorrogações de leitos de UTI Covid-19 e já pedimos aos hospitais que mantenham os leitos existentes, pois o Estado garante o custeio. Permaneço pessoalmente em diálogo com o Ministério da Saúde para a prorrogação e habilitação de mais leitos”, afirma a governadora.

Dos 45 leitos habilitados, 35 ficam no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, e outros 10 em Videira, no Hospital Salvatoriano Divino Salvador. Em relação às 50 prorrogações, elas estão divididas por unidades hospitalares de cidades como Xanxerê, Lages, Joaçaba, Joinville, Florianópolis, Chapecó e Blumenau.

Também nesta quarta-feira, 25, a governadora Daniela Reinehr recebeu alta médica da Covid-19 e já está apta a retornar às atividades presenciais.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Foto: Bruno Collaço / Agência AL

O secretário de Estado da Fazenda (SEF), Paulo Eli, participou da reunião da Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) nesta quarta-feira, 25, para apresentar as previsões de receita e despesas para 2021. Segundo o relatório da Diretoria de Planejamento Orçamentário (Dior) da pasta, para o próximo ano a estimativa é que a receita seja de R$ 30,49 bilhões, um incremento de 5,5% com relação a 2020.

“Neste ano, o Governo Federal auxiliou nosso Estado com R$ 2,6 bilhões, entre repasses para o Tesouro Estadual e a postergação da dívida pública. Sendo assim, estamos fazendo uma reserva financeira para as contingências de 2021 em função da pandemia. No próximo ano deveremos ter uma ampla vacinação contra a Covid-19 e, para isso, precisamos de um suporte de caixa. Além disso, o Tesouro está construindo um fundo financeiro para que o Estado nunca mais tenha atraso no pagamento de servidores, nem atraso no pagamento de fornecedores e que consiga fazer as obras no prazo certo”, explicou Eli. Esta reserva financeira, na ordem de R$ 1,2 bilhão, deverá ser usada para emergências e funcionar como garantia de pagamentos em dia.

Em 2018, a folha de pagamento em relação à Receita Corrente Líquida (RCL) era de 49,76%, acima do limite máximo legal. Hoje, este percentual é de 44,60%, abaixo do limite prudencial. “Esta diminuição de 5% fez com que o Estado pudesse pagar os fornecedores em dia”, reforçou o secretário.

Segundo ele, a preocupação para o próximo ano é em relação ao deficit da Previdência, que deverá ser de R$ 5,2 bilhões. “Por isso o orçamento de 2021 está deficitário em R$ 1,6 bilhão. Estamos trabalhando com o orçamento real, assim como fizemos neste ano”, salientou. Outro ponto relevante apontado pelo secretário é que, no ano que vem, o Estado retornará a pagar a dívida pública integralmente.

O deputado estadual, José Milton Scheffer, ressaltou o comprometimento da gestão com as contas públicas. “Acompanhamos na legislatura anterior a situação fiscal do Estado, a Secretaria da Saúde com deficit enorme, obras sendo iniciadas e paradas por falta de recursos para a conclusão e, de lá para cá, vemos uma grande evolução. Hoje, observamos várias obras com recursos próprios do Tesouro em diversas regiões, como em Chapecó, Jaraguá do Sul, entre outros municípios”, citou.

Outro tema abordado na audiência foi a escassez hídrica. A deputada estadual Luciane Carminatti reforçou a importância de um planejamento estratégico para o desenvolvimento do Estado. Em resposta, o secretário Paulo Eli afirmou que está sendo elaborado em plano de médio e longo prazo, preparando Santa Catarina para 2035. “De 2018 a 2020 trabalhamos no saneamento financeiro. Conta se paga uma vez. Agora, estamos planejando o Estado para os próximos 15 anos. Hoje, nosso principal problema é a questão hídrica e precisamos fazer as obras emergenciais, bem como, investir em infraestrutura para fortalecer a economia catarinense”, assegurou.

Sobre a retomada econômica, o secretário da SEF pontuou que o Estado trabalha com vários cenários na retomada do crescimento econômico no pós-pandemia de Covid-19, mas que a disponibilização da vacina será determinante para a celeridade da recuperação. “Se a vacina vier rápido, a recuperação vai ser forte. Se demorar um pouco mais, vai atrapalhar a recuperação econômica do mundo, o que afeta Santa Catarina também”, disse.

 



O Governo do Estado relatou que há 337.009 casos confirmados de Covid-19, dos quais 308.356 estão recuperados e 25.092 permanecem em acompanhamento. O dado foi divulgado nesta quarta-feira, 25. O novo coronavírus causou 3.561 óbitos no estado até esta data. A taxa de letalidade atual é de 1,06%.

>>> Confira aqui o boletim diário desta quarta-feira, 25
>>> Confira o detalhamento dos óbitos por data
>>> Saiba mais sobre as fontes e os conceitos dos dados

Há casos confirmados em todos os 295 municípios catarinenses, e há 242 com pelo menos um óbito. O Governo do Estado estima que haja 275 com casos ativos. O local com a maior quantidade de casos é Florianópolis, que registra 29.552. Na sequência, aparecem Joinville (28.797), Blumenau (19.214), São José (16.443), Criciúma (11.388), Palhoça (11.348), Balneário Camboriú (11.040), Itajaí (10.746), Chapecó (9.608) e Brusque (8.497).

Dos 1.404 leitos de UTI existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 1.185 ocupados, sendo 527 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A ocupação é de 84,4% e há 219 leitos livres atualmente.

Municípios com casos confirmados:

Abdon Batista - 144
Abelardo Luz - 507
Agrolândia - 238
Agronômica - 126
Água Doce - 184
Águas de Chapecó - 67
Águas Frias - 132
Águas Mornas - 362
Alfredo Wagner - 232
Alto Bela Vista - 32
Anchieta - 43
Angelina - 123
Anita Garibaldi - 312
Anitápolis - 63
Antônio Carlos - 579
Apiúna - 221
Arabutã - 85
Araquari - 1104
Araranguá - 3552
Armazém - 410
Arroio Trinta - 122
Arvoredo - 75
Ascurra - 245
Atalanta - 55
Aurora - 115
Balneário Arroio do Silva - 612
Balneário Barra do Sul - 533
Balneário Camboriú - 11040
Balneário Gaivota - 402
Balneário Piçarras - 1278
Balneário Rincão - 499
Bandeirante - 19
Barra Bonita - 6
Barra Velha - 1215
Bela Vista do Toldo - 10
Belmonte - 6
Benedito Novo - 245
Biguaçu - 4427
Blumenau - 19214
Bocaina do Sul - 120
Bom Jardim da Serra - 316
Bom Jesus - 98
Bom Jesus do Oeste - 28
Bom Retiro - 115
Bombinhas - 1460
Botuverá - 207
Braço do Norte - 2965
Braço do Trombudo - 110
Brunópolis - 35
Brusque - 8497
Caçador - 1323
Caibi - 85
Calmon - 13
Camboriú - 4484
Campo Alegre - 225
Campo Belo do Sul - 172
Campo Erê - 161
Campos Novos - 1598
Canelinha - 635
Canoinhas - 965
Capão Alto - 53
Capinzal - 2152
Capivari de Baixo - 1510
Catanduvas - 316
Caxambu do Sul - 134
Celso Ramos - 107
Cerro Negro - 49
Chapadão do Lageado - 47
Chapecó - 9608
Cocal do Sul - 812
Concórdia - 4022
Cordilheira Alta - 109
Coronel Freitas - 422
Coronel Martins - 11
Correia Pinto - 521
Corupá - 455
Criciúma - 11388
Cunha Porã - 173
Cunhataí - 9
Curitibanos - 825
Descanso - 122
Dionísio Cerqueira - 121
Dona Emma - 132
Doutor Pedrinho - 78
Entre Rios - 381
Ermo - 117
Erval Velho - 179
Faxinal dos Guedes - 441
Flor do Sertão - 27
Florianópolis - 29552
Formosa do Sul - 90
Forquilhinha - 1223
Fraiburgo - 857
Frei Rogério - 48
Galvão - 21
Garopaba - 685
Garuva - 589
Gaspar - 4210
Governador Celso Ramos - 1064
Grão-Pará - 303
Gravatal - 880
Guabiruba - 1108
Guaraciaba - 229
Guaramirim - 2079
Guarujá do Sul - 18
Guatambú - 173
Herval d'Oeste - 1027
Ibiam - 46
Ibicaré - 91
Ibirama - 694
Içara - 2321
Ilhota - 710
Imaruí - 512
Imbituba - 2201
Imbuia - 105
Indaial - 2842
Iomerê - 62
Ipira - 100
Iporã do Oeste - 95
Ipuaçu - 538
Ipumirim - 200
Iraceminha - 138
Irani - 312
Irati - 81
Irineópolis - 74
Itá - 161
Itaiópolis - 547
Itajaí - 10746
Itapema - 4748
Itapiranga - 461
Itapoá - 567
Ituporanga - 774
Jaborá - 140
Jacinto Machado - 377
Jaguaruna - 1345
Jaraguá do Sul - 5682
Jardinópolis - 72
Joaçaba - 1482
Joinville - 28797
José Boiteux - 357
Jupiá - 62
Lacerdópolis - 77
Lages - 6284
Laguna - 1660
Lajeado Grande - 37
Laurentino - 270
Lauro Müller - 919
Lebon Régis - 76
Leoberto Leal - 55
Lindóia do Sul - 272
Lontras - 251
Luiz Alves - 511
Luzerna - 227
Macieira - 5
Mafra - 758
Major Gercino - 137
Major Vieira - 96
Maracajá - 290
Maravilha - 1156
Marema - 74
Massaranduba - 794
Matos Costa - 30
Meleiro - 407
Mirim Doce - 44
Modelo - 102
Mondaí - 71
Monte Carlo - 288
Monte Castelo - 77
Morro da Fumaça - 1193
Morro Grande - 174
Navegantes - 3389
Nova Erechim - 207
Nova Itaberaba - 89
Nova Trento - 847
Nova Veneza - 847
Novo Horizonte - 41
Orleans - 1633
Otacílio Costa - 877
Ouro - 503
Ouro Verde - 89
Paial - 32
Painel - 49
Palhoça - 11348
Palma Sola - 125
Palmeira - 84
Palmitos - 425
Papanduva - 215
Paraíso - 17
Passo de Torres - 301
Passos Maia - 90
Paulo Lopes - 448
Pedras Grandes - 133
Penha - 1414
Peritiba - 125
Pescaria Brava - 747
Petrolândia - 56
Pinhalzinho - 728
Pinheiro Preto - 44
Piratuba - 230
Planalto Alegre - 85
Pomerode - 1538
Ponte Alta - 173
Ponte Alta do Norte - 110
Ponte Serrada - 273
Porto Belo - 1224
Porto União - 299
Pouso Redondo - 419
Praia Grande - 268
Presidente Castello Branco - 100
Presidente Getúlio - 581
Presidente Nereu - 46
Princesa - 32
Quilombo - 356
Rancho Queimado - 103
Rio das Antas - 27
Rio do Campo - 105
Rio do Oeste - 190
Rio do Sul - 1954
Rio dos Cedros - 165
Rio Fortuna - 232
Rio Negrinho - 711
Rio Rufino - 40
Riqueza - 89
Rodeio - 373
Romelândia - 82
Salete - 216
Saltinho - 43
Salto Veloso - 56
Sangão - 745
Santa Cecília - 463
Santa Helena - 32
Santa Rosa de Lima - 108
Santa Rosa do Sul - 481
Santa Terezinha - 43
Santa Terezinha do Progresso - 96
Santiago do Sul - 69
Santo Amaro da Imperatriz - 1363
São Bento do Sul - 975
São Bernardino - 63
São Bonifácio - 222
São Carlos - 136
São Cristóvão do Sul - 92
São Domingos - 306
São Francisco do Sul - 1870
São João Batista - 1822
São João do Itaperiú - 211
São João do Oeste - 175
São João do Sul - 319
São Joaquim - 515
São José - 16443
São José do Cedro - 190
São José do Cerrito - 171
São Lourenço do Oeste - 319
São Ludgero - 913
São Martinho - 291
São Miguel da Boa Vista - 122
São Miguel do Oeste - 948
São Pedro de Alcântara - 407
Saudades - 256
Schroeder - 693
Seara - 754
Serra Alta - 77
Siderópolis - 540
Sombrio - 1250
Sul Brasil - 83
Taió - 585
Tangará - 277
Tigrinhos - 114
Tijucas - 2613
Timbé do Sul - 240
Timbó - 1956
Timbó Grande - 186
Três Barras - 460
Treviso - 215
Treze de Maio - 384
Treze Tílias - 170
Trombudo Central - 230
Tubarão - 8042
Tunápolis - 450
Turvo - 741
União do Oeste - 54
Urubici - 205
Urupema - 10
Urussanga - 1163
Vargeão - 55
Vargem - 89
Vargem Bonita - 239
Vidal Ramos - 95
Videira - 2374
Vitor Meireles - 69
Witmarsum - 42
Xanxerê - 2893
Xavantina - 106
Xaxim - 1361
Zortéa - 392
Outros estados - 8113
Outros países - 2

Municípios com óbitos por Covid-19:

Abelardo Luz - 8
Agrolândia - 6
Agronômica - 3
Água Doce - 3
Águas Mornas - 2
Alfredo Wagner - 1
Alto Bela Vista - 1
Anchieta - 1
Anita Garibaldi - 2
Antônio Carlos - 13
Apiúna - 5
Arabutã - 2
Araquari - 16
Araranguá - 52
Armazém - 5
Arvoredo - 1
Ascurra - 2
Aurora - 1
Balneário Arroio do Silva - 8
Balneário Barra do Sul - 8
Balneário Camboriú - 106
Balneário Gaivota - 8
Balneário Piçarras - 10
Balneário Rincão - 10
Barra Velha - 19
Bela Vista do Toldo - 1
Benedito Novo - 2
Biguaçu - 41
Blumenau - 183
Bocaina do Sul - 2
Bom Jardim da Serra - 1
Bom Jesus - 3
Bom Jesus do Oeste - 1
Bom Retiro - 5
Bombinhas - 11
Braço do Norte - 22
Braço do Trombudo - 2
Brusque - 61
Caçador - 41
Caibi - 2
Calmon - 2
Camboriú - 54
Campo Alegre - 7
Campo Belo do Sul - 1
Campos Novos - 16
Canelinha - 11
Canoinhas - 13
Capão Alto - 2
Capinzal - 8
Capivari de Baixo - 18
Catanduvas - 3
Caxambu do Sul - 1
Celso Ramos - 1
Cerro Negro - 1
Chapadão do Lageado - 1
Chapecó - 87
Cocal do Sul - 19
Concórdia - 30
Cordilheira Alta - 1
Coronel Freitas - 2
Correia Pinto - 13
Corupá - 5
Criciúma - 122
Cunha Porã - 2
Curitibanos - 12
Descanso - 2
Dionísio Cerqueira - 5
Dona Emma - 1
Doutor Pedrinho - 3
Entre Rios - 4
Ermo - 1
Erval Velho - 3
Faxinal dos Guedes - 5
Florianópolis - 219
Formosa do Sul - 1
Forquilhinha - 12
Fraiburgo - 10
Frei Rogério - 2
Garopaba - 4
Garuva - 9
Gaspar - 51
Governador Celso Ramos - 9
Grão-Pará - 2
Gravatal - 10
Guabiruba - 11
Guaraciaba - 1
Guaramirim - 23
Guatambú - 1
Herval d'Oeste - 13
Ibicaré - 1
Ibirama - 10
Içara - 15
Ilhota - 6
Imaruí - 4
Imbituba - 15
Imbuia - 1
Indaial - 19
Ipira - 1
Iporã do Oeste - 3
Ipuaçu - 3
Ipumirim - 1
Irani - 1
Irati - 3
Itá - 2
Itaiópolis - 8
Itajaí - 193
Itapema - 77
Itapiranga - 6
Itapoá - 13
Ituporanga - 10
Jaborá - 1
Jacinto Machado - 5
Jaguaruna - 11
Jaraguá do Sul - 52
Joaçaba - 9
Joinville - 383
José Boiteux - 4
Lacerdópolis - 2
Lages - 99
Laguna - 27
Lajeado Grande - 1
Lauro Müller - 11
Lebon Régis - 4
Lindóia do Sul - 2
Lontras - 2
Luiz Alves - 2
Luzerna - 1
Macieira - 1
Mafra - 6
Major Gercino - 3
Major Vieira - 2
Maracajá - 4
Maravilha - 19
Marema - 1
Massaranduba - 1
Meleiro - 5
Mirim Doce - 1
Modelo - 2
Monte Carlo - 6
Monte Castelo - 4
Morro da Fumaça - 11
Morro Grande - 1
Navegantes - 56
Nova Erechim - 3
Nova Trento - 3
Nova Veneza - 7
Orleans - 14
Otacílio Costa - 3
Ouro - 2
Ouro Verde - 4
Palhoça - 79
Palma Sola - 1
Palmitos - 9
Papanduva - 7
Paraíso - 1
Passo de Torres - 2
Passos Maia - 1
Paulo Lopes - 5
Pedras Grandes - 5
Penha - 24
Peritiba - 1
Pescaria Brava - 5
Petrolândia - 1
Pinhalzinho - 3
Pinheiro Preto - 1
Piratuba - 1
Pomerode - 7
Ponte Alta - 4
Ponte Alta do Norte - 1
Ponte Serrada - 8
Porto Belo - 10
Porto União - 6
Pouso Redondo - 5
Praia Grande - 4
Presidente Getúlio - 6
Presidente Nereu - 2
Quilombo - 8
Rancho Queimado - 3
Rio das Antas - 2
Rio do Oeste - 2
Rio do Sul - 14
Rio dos Cedros - 3
Rio Fortuna - 4
Rio Negrinho - 4
Rio Rufino - 1
Riqueza - 1
Rodeio - 3
Salete - 1
Salto Veloso - 2
Sangão - 4
Santa Cecília - 8
Santa Rosa de Lima - 1
Santa Rosa do Sul - 8
Santa Terezinha - 1
Santa Terezinha do Progresso - 1
Santiago do Sul - 1
Santo Amaro da Imperatriz - 21
São Bento do Sul - 13
São Bonifácio - 2
São Carlos - 4
São Cristóvão do Sul - 2
São Francisco do Sul - 30
São João Batista - 27
São João do Itaperiú - 3
São João do Oeste - 5
São João do Sul - 3
São Joaquim - 7
São José - 132
São José do Cedro - 4
São José do Cerrito - 2
São Lourenço do Oeste - 4
São Ludgero - 6
São Martinho - 2
São Miguel da Boa Vista - 1
São Miguel do Oeste - 8
São Pedro de Alcântara - 2
Schroeder - 3
Seara - 3
Siderópolis - 8
Sombrio - 17
Taió - 5
Tangará - 4
Tijucas - 33
Timbé do Sul - 4
Timbó - 13
Timbó Grande - 3
Três Barras - 4
Treviso - 2
Treze de Maio - 1
Trombudo Central - 4
Tubarão - 111
Turvo - 6
Urubici - 3
Urussanga - 18
Vargeão - 2
Vargem - 1
Vargem Bonita - 2
Vidal Ramos - 1
Videira - 21
Xanxerê - 36
Xaxim - 33
Zortéa - 2

Mais informações para a imprensa:

Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

Amanda Mariano, Bruna Matos e Patrícia Pozzo
Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) / SES
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br 


Imagem: Divulgação / Imetro

Para contribuir na difícil tarefa do consumidor em escolher um produto, em meio às inúmeras promoções da Black Friday, o Instituto de Metrologia de Santa Catarina reúne as principais recomendações sobre os itens mais desejados pelos brasileiros e que são regulamentados pelo Inmetro.

As ofertas da Black Friday podem ser uma excelente oportunidade para comprar o que está precisando ou para adiantar as compras de Natal. Entretanto, para fazer um bom negócio, além do preço, é preciso considerar outros aspectos, como segurança e eficiência energética.

“Tranquilidade na hora da compra e informação são fundamentais para as melhores escolhas. Agindo dessa maneira, o consumidor evita comprar por impulso, e terá condições de analisar se a aquisição realmente compensa”, orienta Rudinei Floriano, presidente do Imetro-SC.

Confira as dicas do Imetro na hora das compras neste 27 de novembro:

Eletrodomésticos 

- Selo de segurança:  183 tipos de eletrodomésticos possuem o selo do Inmetro, atestando que foram avaliados quanto à segurança. Isso inclui aspiradores de pó, máquinas de cortar cabelo, lava-louças, batedeiras e processadores de alimentos, entre outros.

- Etiqueta de eficiência energética: entre esses eletrodomésticos, alguns também devem apresentar a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, informando sobre a eficiência energética e o consumo de energia. Ex.: geladeiras, televisores, etc.

- Selo Ruído: os aparelhos que fazem mais barulho (liquidificadores e secadores, por exemplo) devem ter esse selo na embalagem, informando a potência sonora em decibéis e classificando os aparelhos de 1 (mais silencioso) a 5 (menos silencioso).

Roupas e demais produtos têxteis 

Algumas informações são obrigatórias:

- Dados do fabricante ou do importador (nome, razão social ou marca e CNPJ);

- País de origem do produto;

- Composição têxtil (indicação em percentual da massa do produto);

- Cuidados com a conservação (símbolos de lavagem, alvejamento, secagem, passadoria e cuidado têxtil profissional);

- Indicação de tamanho ou de dimensões expressas em unidades do Sistema Internacional (por exemplo: milímetros, centímetros ou metros).

Essas informações devem ser colocadas de maneira permanente e indelével no meio do produto têxtil. Esse meio pode ser uma etiqueta, selo, rótulo, decalque, carimbo, estampagem ou similares.

Brinquedos

- O selo de identificação da conformidade do Inmetro; faixa etária a que o produto se destina; informações sobre o conteúdo; e instruções de uso, de montagem e alertas de segurança.

>> Leia também:

Mais informações para imprensa:
Olavo Moraes 
Assessoria de Comunicação
Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro)
(48) 3381-5248 / 9-9960-8906
olavo@imetro.sc.gov.br 


Imagem: Divulgação / BIM Academy de Barcelona

O Governo de Santa Catarina assinou um acordo de cooperação técnica com a BIM Academy de Barcelona, na Espanha. Trata-se de uma parceria costurada pela Secretaria de Assuntos Internacionais (SAI) em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (SIE) para a implementação do modelo construtivo nas obras sob responsabilidade do Estado. Com o acordo de cooperação, serão feitas capacitações técnicas para os engenheiros da SIE.

O Building Information Modeling (BIM) é um modelo construtivo que permite um entendimento integral dos projetos de infraestrutura, o que diminui o risco de erros e leva a resultados com melhor qualidade, uma vez que a abordagem está baseada em informações virtuais completas e não apenas em desenhos técnicos em duas dimensões.

“Este acordo vai ao encontro do objetivo da SIE de se modernizar, capacitando seu corpo técnico para poder licitar, revisar e administrar projetos em BIM” declara o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

Por meio do BIM, é possível planejar, projetar, construir e gerenciar o ambiente construído a partir do uso de modelos em até 7D. Segundo a secretária de Assuntos Internacionais, Daniella Abreu, abrir portas com instituições internacionais é positivo para o desenvolvimento futuro de Santa Catarina.

“As parcerias técnicas internacionais são fundamentais para o desenvolvimento de processos governamentais mais sólidos, sem a necessidade de reinventar a roda, uma vez que podemos aprender, ensinar e trocar experiências com governos e entidades verdadeiramente interessados em parcerias estratégicas que permitam a criação de uma rede mundial de inovação em infraestrutura”, diz.

A BIM Academy de Barcelona é uma das instituições mais renomadas de treinamento em BIM da Europa, representada no Brasil pela BIM Brasil. Segundo o acordo de cooperação, serão preparados cursos online de capacitação para os engenheiros da SIE, sem custo para o Governo do Estado.

Conheça os principais pontos do acordo de cooperação

• Compartilhar informações técnicas, materiais e conhecimento em ações que visem à melhoria da gestão de projetos públicos;

• Promover a troca de experiência entre os partícipes;

• Propor a realização de treinamento e de programas de capacitações técnicas de servidores nas áreas de planejamento, implantação, monitoramento e controle, fiscalização e gestão de obras públicas;

• Promover estudos, debates e intercâmbio de informações sobre a gestão e fiscalização de contratos de engenharia de serviços de engenheiros e arquitetura;

• Fomentar a realização de estudos, debates e o intercâmbio de informações sobre sustentabilidade ambiental, transparência, inovação e novas tecnologias nos projetos e obras de engenharia e arquitetura;

• Articular debates e o intercâmbio de experiências e informações sobre modelos organizacionais, sistemas de informações, normas técnicas, normas legais e orientações ligadas à plataforma BIM.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 


Foto: Divulgação / Fapesc

Santa Catarina terá um representante no Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Zabot Holthausen, é suplente na cadeira indicada pelo Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap).

Atualmente, o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia é liderado pelo presidente Jair Bolsonaro. Também participam 14 ministros como Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), General Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Paulo Guedes (Economia), Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Eduardo Pazuello (Saúde) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

O presidente da Fapesc explica que esse reconhecimento é muito importante não apenas para a fundação como também para toda Santa Catarina, já que mostra o desenvolvimento do Estado nas questões de ciência, tecnologia e inovação. “Sinto-me honrado em ter sido escolhido pelos presidentes da Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa e Inovação (CONFAP) para ser um de seus representantes no Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT). Espero poder contribuir com tão relevante temática” reforça.

Para que serve o conselho?

Criado em 1996, o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia tem como objetivo tornar a ciência, tecnologia e inovação um eixo para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Assim, tem a função de criar uma política nacional para desenvolvimento científico e tecnológico.

O atual conselho é composto por 28 membros. Entre eles estão 14 ministros, oito membros entre produtores e usuários de ciência, tecnologia e inovação, além de seis membros de entidades representativas do setor.  

Saiba mais no site do conselho

Confira a lista completa dos participantes

Representantes do Governo Federal

Presidente da República
Jair Messias Bolsonaro - Presidente do Conselho

Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações
Marcos Pontes - Secretário Executivo do Conselho

Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República
General Walter Braga Netto

Ministro de Estado da Defesa
General Fernando Azevedo e Silva

Ministro de Estado das Relações Exteriores
Ernesto Araújo

Ministro de Estado da Economia
Paulo Guedes

Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Tereza Cristina

Ministro de Estado da Educação
Milton Ribeiro

Ministro de Estado da Saúde
Eduardo Pazuello

Ministro de Estado de Minas e Energia
Bento Albuquerque

Ministro de Estado do Meio Ambiente
Ricardo Salles

Ministro de Estado do Desenvolvimento Regional
Rogério Marinho 

Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República
Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira

Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República
General Augusto Heleno

Representantes de Entidades dos Setores de Ensino, Pesquisa, Ciência e Tecnologia

a) da Academia Brasileira de Ciências - ABC:
Luiz Davidovich, como titular;
Helena Bonciani Nader, como suplente.

b) da Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior - ANDIFES:
Edward Madureira Brasil, como titular;
Marcus Vinicius David, como suplente.

c) do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa - CONFAP:
Odir Antonio Dellagostin, como titular;
Fábio Zabot Holthausen, como suplente.

d) do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência e Tecnologia - CONSECTI:
Gilvam Máximo, como titular;
Patrícia Ellen da Silva, como suplente.

 e) Instituto Brasileiro de Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis - IBCIH:
André Gomyde Porto, como titular;
Marcos Alberto Martinelli, como suplente.

 f) da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC:
Ildeu de Castro Moreira, como titular;
Fernanda Antônia da Fonseca Sobral, como suplente

Informações adicionais para imprensa:
Gisele Krama
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC - Fapesc
E-mail: gisele@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-4857 / 99122-2201
Site: www.fapesc.sc.gov.br