O Governo do Estado liberou, nesta terça-feira, 18, R$ 4,4 milhões para os municípios de Rio Fortuna, Armazém, Grão-Pará, Armazém e Santa Rosa de Lima. Os recursos foram disponibilizados após uma reunião entre o secretário de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte, Roberto Kuerten Marcelino, e o Secretário da Casa Civil, Nelson Antônio Serpa. “Em visita aos municípios o governador, Raimundo Colombo, assinou alguns ofícios de pedidos das prefeituras, e hoje conseguimos dar continuidade e encaminhar as solicitações para a liberação dos recursos”, afirmou Marcelino.  

Rio Fortuna obteve o aval positivo em três projetos: R$ 1 milhão para pavimentação de ruas no centro; R$ 60 mil para construção de uma ponte e R$ 56 mil para a realização da Gemeidefest. Grão-Pará com R$ 1,2 milhões para pavimentação de ruas; Armazém com a liberação de um valor não estipulado, para a pavimentação da comunidade de Santa Teresinha e para Santa Rosa de Lima os projetos de R$ 1 milhão para pavimentação de ruas, R$ 230 para aquisição de um britador; R$ 235 mil para aquisição de uma retroescavadeira; R$ 72 mil para construção de um muro, R$ 220 mil para pavimentação de ruas e R$ 253 mil para construção de uma garagem.

De acordo com o secretário Marcelino, é importante esse contato do governo com os municípios. “Nosso compromisso é dar a sustentação necessária as sete cidades que fazem parte da nossa regional, sendo assim um elo com as prefeituras e vereadores, levando mais rapidamente ao governador os anseios de nossa região”, completou Marcelino.

Participaram da reunião, acompanhados de suas comitivas, os prefeitos Amilton Ascari, Dilcei Heidemann, Jaime Wensing, Lourivaldo Schuelter e o vice-prefeito de Braço do Norte, Charles Bianchini.

Mais informações
Chênia Cenci
Secretaria de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte
(48) 9114-6076

Ao autorizar, nesta terça-feira, 18, o repasse de recursos a fundo perdido para mais três prefeituras da região Norte do Estado, o governador Raimundo Colombo reforçou sua estratégia de prestar apoio aos municípios catarinenses. “Nós temos uma série de obras estruturais em andamento na região, mas sempre temos novas demandas e desafios. Por isso, estamos aproveitando para visitar todos os municípios, com a finalidade de conhecer suas necessidades", disse Colombo.

joinville 20130618 1409258646
Prefeitura de Joinville. Foto: James Tavares/Secom. Mais imagens na galeria

A agenda iniciou em São João do Itaperiú, com o repasse de R$ 1 milhão, que serão utilizados a critério do prefeito Rovâni Delmonego, em obras de investimentos na área da infraestrutura. Um dos pleitos do prefeito é a reforma e ampliação do Centro de Eventos, e a revitalização com a correção de uma curva em parte do trecho de 15 quilômetros da SC-415 (antiga SC-474).

Em Balneário Barra do Sul, Colombo anunciou o repasse de R$ 1,5 milhão para a construção de uma ponte, que será uma nova opção de acesso à cidade. O governador também garantiu apoio financeiro de R$ 50 mil para a realização da Festa da Tainha. O prefeito Ademar Borges entregou ainda um documento com outros pleitos voltados ao município, como a pavimentação do trecho entre Salinas e a BR-101, na Barra do Itapocu.

Na Prefeitura de Joinville, Raimundo Colombo confirmou parceria entre os governos municipal e estadual, para a construção de uma ponte que ligará os bairros Adhemar Garcia e o Boa Vista. O prefeito Udo Döhler explica que a ponte, com aproximadamente 900 metros, será uma solução para desafogar o trânsito entre as zonas Sul e Leste. Outro apoio será a ampliação da rede de fibra ótica de 80 quilômetros para 238 quilômetros, com investimentos de 50% do Estado e o restante pelo município. “Vamos realizar mais essa obra. Eu acho fundamental para Joinville, além de uma série de avenidas que estão em andamento e a ampliação do hospital”, comentou Colombo.

Mais informações

Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006 ou com o assessor Rafael Vieira de Araújo, que acompanha o governador. O celular do assessor é (48) 9116-8992. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página Sala de Imprensa. As fotos também estão disponíveis na página Galeria de Fotos e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no fotografia@secom.sc.gov.br ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013.

Estamos à disposição.

Nesta segunda-feira, 18, foi verificado um acesso não autorizado à área da publicação de notícias do site do Departamento de Trânsito Estadual de Santa Catarina (Detran/SC). “Imediatamente após a constatação do problema, o Ciasc providenciou a retirada do conteúdo e está realizando auditoria para identificar possíveis vulnerabilidades existentes no gerenciador de conteúdo utilizado”, afirma o presidente do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc), João Rufino de Sales.

A ação não provocou qualquer indisponibilidade nos sistemas que fornecem serviços ao cidadão, nem colocou em risco as informações armazenadas no Data Center do Estado, localizado no Ciasc. “Trabalhamos diuturnamente para reduzir o número de vulnerabilidades existentes em seus sistemas, de forma a resistir às inúmeras ameaças que o ciberespaço apresenta”, declara Rufino. Segundo ele, os riscos inerentes à atividade de tecnologia da informação são minimizados dentro da avaliação dos eventuais problemas que podem ser causados pelo uso incorreto da informação.

Mais informações
Michelle Nunes
Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável
(48)9929-4998

O Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Ibirama, oferece desde 2008 o projeto de extensão Informática para Todos, com ações de inclusão digital voltadas a adolescentes, pessoas acima de 40 anos e agricultores. Nesses cinco anos e meio, o programa já ministrou cursos para cerca de 150 adolescentes, 80 pessoas com idades a partir dos 40 anos e nove agricultores.

Atualmente, o projeto, coordenado pelo professor Geraldo Menegazzo Varela, mantém uma turma de 20 adolescentes com idades de 13 a 16 anos, que frequentam o ensino fundamental em Ibirama. As aulas são ministradas no período da manhã e, para o segundo semestre, deverão ser criados mais duas turmas, também com 20 adolescentes cada, no período vespertino.

O programa do Departamento de Sistemas de Informação mantém também uma turma de dez alunos formada por pessoas acima de 40 anos. "Estamos tentando formar outra turma para o segundo semestre", diz Geraldo Varela. O atual grupo é formado também por pessoas com idades que variam de 70 a 75 anos, lembra o professor da Udesc Ibirama.

Agricultores
O coordenador do projeto Informática para Todos diz que as ações de inclusão digital voltadas ao agricultor da região de Ibirama não obtiveram êxito por falta de infraestrutura. "Só conseguimos formar uma turma de nove alunos no segundo semestre de 2012, no município de Dona Emma", diz Geraldo Varela.

Um dos problemas é conseguir bolsista que resida no local do curso e com conhecimentos de informática. Além disso, existem dificuldades para montar um laboratório móvel com equipamentos de informática. "Fizemos um pedido à Receita Federal, mas não obtivemos resposta", afirmou.

O projeto
O projeto de extensão ministra aulas teóricas e práticas sobre internet, o sistema operacional Windows e os programas Word e Excel. Os cursos são ministrados na Udesc Ibirama com a utilização dos laboratórios de informática do centro. As aulas ocorrem uma vez por semana.

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Valmor Pizzetti
E-mail: valmor.pizzetti@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143


O Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (Cederural) aprovou, nesta terça-feira, 18, o novo projeto da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca que proporciona aos jovens rurais financiamentos para aquisição de kits de informática. Com prazo de três anos, o projeto deverá atender 1.500 jovens, em idade entre 16 e 29 anos, com financiamentos para compra de notebooks, computadores de mesa e/ou impressoras, sendo que a Secretaria da Agricultura, via Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR), pagará 50% do valor para operações de até R$ 2.500,00.

Os jovens beneficiados terão três anos para efetuar os pagamentos, em parcelas anuais, e com desconto de 50% para pagamentos até a data de vencimento. Os critérios para participar do projeto são: participantes da capacitação em Empreendedorismo e Inclusão Digital no âmbito do Programa SC Rural e/ou pertencentes às famílias beneficiárias dos projetos estruturantes apoiados pelo Programa SC Rural. O kit de informática conterá ainda softwares de gestão de propriedades agrícolas desenvolvidos e utilizados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

De acordo com o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, essa será mais uma ferramenta para inclusão digital dos jovens que vivem no meio rural. “A Secretaria está atenta às mudanças na agricultura e na sua profissionalização. O mundo está cada vez mais conectado e nós não podemos ignorar isso. Nós já temos o Programa Beija-flor e o Programa de Telefonia Fixa e Internet no Meio Rural que buscam a inclusão digital das comunidades rurais de Santa Catarina”, explicou Rodrigues.

O Cederural aprovou ainda a alteração dos valores para financiamentos contemplados pelo Programa de Fomento à Produção Agropecuária, via FDR. Os produtores individuais poderão solicitar até R$ 14 mil para investimento e R$ 30 mil para projetos de agregação de valor; para as associações, cooperativas e grupos informais, com mais de oito produtores, o limite é de R$ 160 mil para investimento e R$ 240 mil para projetos de agregação de valor.

O Cederural é presidido pelo secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, e tem em sua composição representantes de entidades públicas e privadas ligadas às áreas agrícola, pecuária e pesqueira de Santa Catarina. O Conselho define as prioridades dos setores e os recursos a serem aplicados nas áreas agrícola, pecuária, florestal e pesqueira e, ainda, os critérios de aplicação das verbas do Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR).

Mais informações
Ney Bueno
Secretaria da Agricultura
(48)8843-4996 

Os Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 12-14 anos movimentam, desta quarta-feira, 19, até o próximo domingo, 23, duas cidades catarinenses: Xanxerê (sede da regional Oeste) e Concórdia (etapa Centro-Oeste). Em todas as etapas, desde as municipais, os Jesc 12-14 anos vão envolver um total de 149.538 alunos de 1.251 escolas catarinenses – o equivalente a 59,6% das 2.097 escolas existentes no Estado para esta faixa etária.

De acordo com o integrador esportivo/Fesporte da SDR Dionísio Cerqueira, professor Nivaldo Pontin, estarão envolvidos nas disputas os municípios de Anchieta, Princesa, Palma Sola, São José do Cedro e Guarujá do Sul. Ao todo, aproximadamente 100 alunos/atletas da Regional vão disputar as modalidades de Badminton, tênis de mesa, xadrez, Futsal, Handebol e voleibol, nos naipes masculino e feminino. “O embarque das delegações está marcado para às 13h desta quarta-feira. O Governo do Estado, por meio da SDR Dionísio Cerqueira, está custeando transporte e alimentação das equipes”, disse Pontin.

A cerimônia de abertura em Xanxerê será realizada nesta quarta-feira, 19, às 19h, no ginásio Ivo Sguissardi. O campeão de cada modalidade garante vaga para a etapa estadual, de 24 a 27 de julho, em São Miguel do Oeste. Os Jesc são uma promoção do governo do Estado, com realização da Fesporte e apoio das Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e das prefeituras. Nivaldo Pontin ressalta que o evento é importante não somente para revelar futuros atletas, mas também para proporcionar aos estudantes participantes um intercâmbio esportivo.

Informações Adicionais
Jornalista Lucas Maraschim Matias
ASCOM – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional
Dionísio Cerqueira (SC). Fones - (49) 9145-7142 e (49) 3644-3300

O Governo do Estado, por meio das secretarias de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis e de Laguna e a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), realiza a partir desta terça-feira, 18, em Anitápolis, a 10ª etapa Microrregional dos 26º Joguinhos Abertos de Santa Catarina, que terminam no próximo sábado, 22. O cerimonial de abertura foi realizado no ginásio de esportes Maria Henkemeier.

Serão disputadas as modalidades de futsal masculino, com os jogos sendo disputados em Anitápolis; e futebol de campo masculino e voleibol feminino, com jogos em Santo Amaro da Imperatriz. Participarão 335 atletas de até 18 anos de dez municípios da SDR Grande Florianópolis (Águas Mornas, Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Biguaçu, Florianópolis, Palhoça, Rancho Queimado, Santo Amaro e São José) e dois da SDR Laguna (Imaruí e Imbituba).

Das 20 equipes que participam, serão selecionadas 11. Os vencedores representarão a Grande Florianópolis e Laguna na etapa Regional Sul marcada para agosto, em local ainda a ser definido. Segundo o secretário Renato Hinnig, da SDR Grande Florianópolis, os 26º Joguinhos Abertos de Santa Catarina têm o respaldo da Regional e representam uma forma saudável de disputa entre os municípios catarinenses, contribuindo para o fortalecimento do esporte amador.

Mais informações
Patrícia Antunes
Secretaria de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis
(48)8843-5681

Mais de 2 mil alfabetizadores do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual vão receber, a partir desta terça-feira, 18, os kits do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). O repasse será feito pela Secretaria de Estado da Educação (SED) às Gerências Regionais de Educação (Gered) do Estado. O kit é composto por livros didáticos que auxiliam o planejamento do trabalho desenvolvido pelo professor em sala de aula.

kit alfabetizacao 20130618 1410155591

Segundo a diretora de Educação Básica e Profissional da SED, Marilene Pacheco, 105 orientadores de estudo também serão beneficiados pela distribuição do material. “Vamos entregar os livros durante o Curso de Formação Continuada, que ocorre ao longo desta semana, nos polos de Laguna, Treze Tílias, Balneário Camboriú e Itapema”, afirma.

Em Santa Catarina, mais de 52 mil alunos serão contemplados pelo programa que compõe o pacote de ações do Pacto pela Educação. Ao todo, serão investidos R$ 500 milhões em melhorias no setor educacional catarinense.

Alfabetização na Idade Certa
O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) faz parte de um compromisso firmado entre o Governo Federal, Estadual e as prefeituras municipais para garantir a alfabetização de todas as crianças com até oito anos de idade, ou até o final do 3º ano do ensino fundamental.

As ações do programa contemplam desde capacitação para docentes a material didático interativo para os alunos como jogos de alfabetização e jogos tecnológicos. Com eles, é possível explorar melhor o conteúdo trabalhado com a prática em sala de aula.

Mais informações
Edinéia Rauta - Secretaria da Educação
(48) 8843-5084

Os Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 12-14 anos movimentam, desta quarta-feira (19) até o próximo domingo (23), duas cidades catarinenses: Xanxerê (sede da regional Oeste) e Concórdia (etapa Centro-Oeste). Depois, entre os dias 26 e 29, Rodeio, que abrigará as disputas da região Leste-Norte, e Araranguá, as do Sul, vão complementar a rodada de fases classificatórias para a disputa estadual, que ocorrerá em julho, em São Miguel do Oeste.

Em todas as etapas, desde as municipais, os Jesc 12-14 anos vão envolver um total de 149.538 alunos de 1.251 escolas catarinenses – o equivalente a 59,6% das 2.097 escolas existentes no Estado para esta faixa etária.

As cerimônias de abertura das regionais Oeste e Centro-Oeste serão realizadas nesta quarta-feira (19), às 19h. A de Xanxerê será no ginásio Ivo Sguissardi enquanto que a de Concórdia terá como palco o ginásio Ivo Silveira. A partir de quinta-feira, os estudantes disputarão o titulo do badminton, basquete, futsal, handebol, tênis de mesa, vôlei e xadrez. O campeão de cada modalidade garante vaga para a etapa estadual, de 24 a 27 de julho, em São Miguel do Oeste.

Os Jesc são uma promoção do governo do Estado, com realização da Fesporte e apoio das Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e das prefeituras. Segundo Ademar Silva, diretor técnico dos Jogos Escolares de Santa Catarina, o evento é importante não somente para revelar futuros atletas, mas também para proporcionar aos estudantes participantes um intercâmbio esportivo. “Muitos destes atletas nunca teriam oportunidade de viajar e conhecer outros lugares do Estado se não fosse por meio do esporte. Então, também neste ponto de vista, os Jesc cumprem o seu papel”, destaca o dirigente.

 Informações adicionais:

 Antonio Prado

 (48) 3665-6126

 (48) 9696-3045

 twitter.com/fesporte

A Associação Comercial e Industrial de Joinville (Acij) abriu sua plenária, nesta segunda-feira, 17, para a palestra "A Nova Economia catarinense, a BMW e Você", proferida pelo secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen. Acompanhado do diretor-superintendente do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), Guilherme Zigelli, Bornhausen está explicando, em toda Santa Catarina, como o Governo do Estado, baseado em um planejamento estratégico, o SC@2022, está consolidando o seu desenvolvimento.

“A Nova Economia integra projetos que vão desde o apoio financeiro e de consultoria de gestão a catadores de lixo, à atração de grandes investimentos como a BMW e a política de inovação", argumentou.

Lembrando que Joinville sempre foi o motor de Santa Catarina, Paulo Bornhausen ouviu do presidente da Acij, Mario Cesar de Aguiar, que a entidade é parceira do Governo do Estado na política de desenvolvimento econômico e social, com essa visão de futuro. O vice-prefeito de Joinville, Rodrigo Coelho, o presidente da Acij e o titular da SDS fecharam a palestra com uma observação em comum, a necessidade de agilizar os serviços da Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (Jucesc). Estiveram presentes também os prefeitos de Araquari, João Pedro Woitexem; de Garuva, José Chaves; e de Jaraguá do Sul, Dieter Janssen.

Roteiro segue pelo Planalto Norte

Nesta terça-feira, 18, o evento foi realizado em Mafra pela manhã, e em Canoinhas, no início da tarde. Em Mafra, o empresário do ramo de confecções, Alexandre Hable, deu um depoimento contando que em 1983, o pai se aposentou e comprou uma máquina de bordar, montando um pequeno ateliê em casa. “Como morávamos na zona rural, eu me dividia entre as tarefas, cuidando dos animais. Foi quando comecei a operar a máquina e virei sócio da mãe”, lembra emocionado. Para sair da informalidade, em 2003 eles procuraram ajuda do Sebrae/SC, que respondeu em poucos dias.

“Dois anos, depois lançamos nossa marca. Após um tempo, começaram as dificuldades de quem cresce, como a concorrência chinesa, e a coisa começou a ficar complicada. Nós quase falimos”, revelou Hable. O empresário contou que foi quando eles entraram no projeto Polos Industriais, do programa Nova Economia. “Aí veio o mercado, que era o que estava faltando. Feira do setor em Itapema, rodada de negócios em Brusque, que não tínhamos acesso antes de participar deste programa”, disse.

Segundo ele, sua empresa foi a terceira mais procurada e, no último evento, já havia incrementado em 30% o faturamento do ano. “Nos anos de 2010 e 2011, tínhamos 30 funcionários e muitos nós demitimos. Hoje voltamos a contratar. O ano de 2013 está sendo o ano da virada”, comemorou.

Em Canoinhas, alunos de administração dos cursos técnicos do Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) estiveram presentes na palestra. “Eles são o futuro e é para eles que a Nova Economia vai funcionar, vai trabalhar”, considerou o secretário da SDS.

Ainda nesta terça-feira, 18, às 19h, Bornhausen apresentará a "A Nova Economia catarinense, a BMW e Você" no auditório do Campus da Universidade do Contestado, de Porto União.

Informações adicionais:
Michelle Nunes
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
E-mail: michelle@sds.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-2256