A Agência de Fomento de Santa Catarina – Badesc solicitou ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a prorrogação do prazo de vigência do Programa Emergencial de Reconstrução - PER no estado por mais um ano. O Badesc repassa recursos do BNDES PER para a recuperação de empresas e empreendimentos privados atingidos por desastres naturais em municípios em que foi decretada situação de calamidade pública.

Agronômica, Aurora, Brusque, Ituporanga, Laurentino, Lontras, Mirim Doce, Presidente Getúlio, Rio do Oeste, Rio do Sul e Taió encontram-se nesta situação atualmente, em virtude das chuvas que atingiram o estado em setembro, e poderiam ser contemplados. O Badesc também pede a prorrogação do prazo de carência para as empresas que já receberam o empréstimo, em outras ocasiões, e que foram novamente atingidas.

“A vigência desta linha termina em dezembro deste ano. Solicitados a ampliação do prazo de operação do BNDES PER até dezembro de 2014. É uma forma de amenizar os prejuízos causados pela chuva e para de auxiliar os empreendedores catarinenses, conhecidos pela rápida capacidade de recuperação, mesmo diante de situações adversas, com é o caso das enchentes. Fizemos o pedido com antecedência para garantirmos os recursos ano que vem”, explica o presidente do Badesc, João Paulo Kleinübing.

Cada empresa pode emprestar até R$ 500 mil para investimentos e até R$ 500 mil para capital de giro. A taxa de juros é fixa de 5,5% ao ano. O Badesc repassa recursos do BNDES PER desde 2011, quando a linha foi criada. Até agora, 55 empreendimentos de Brusque e Rio do Sul, principalmente, além de Taió, Lontras e Presidente Getúlio fizeram o financiamento, o que representa R$ 14,1 milhões. Mesmo quem já fez o empréstimo pode ser contemplado novamente. Mais informações podem ser obtidas nas gerências regionais do Badesc ou pelo www.badesc.gov.br.

Mais informações
Assessoria comunicação Badesc
camilla@fabricacom.com.br

No mês de outubro, Santa Catarina transforma-se no mais animado destino turístico do Brasil. Em diferentes cidades, ocorrem festas típicas dos imigrantes. A maior delas, a Oktoberfest, começa na quinta-feira, 3, em Blumenau. Neste ano, o governo do Estado e organizadores criaram o “Circuito das Festas de Outubro de Santa Catarina”, uma relação de 13 eventos durante o mês.

oktoberfest 20130930 1963517071
Foto: James Tavares/Secom

>>> Mais imagens na galeria de fotos

Na programação, dança, música, chope e comida típica que resgatam as tradições herdadas dos imigrantes alemães, italianos, portugueses, açorianos, austríacos, entre outros. Em uma semana é possível visitar boa parte das festas, principalmente porque as distâncias entre as cidades sedes são pequenas, oscilando entre 35km e 170km de via rodoviária.

Calendário no Facebook
O governo de Santa Catarina inova na comunicação das Festas de Outubro. Para facilitar a visualização dos eventos que marcam o mês, foi criado um aplicativo para o Facebook que reúne num mapa as informações principais sobre cada festa que consta no calendário oficial. É a primeira vez que o Estado investe num aplicativo criado especificamente para essa rede social. O objetivo é promover as festas de outubro em Santa Catarina e atrair o cidadão catarinense e o turista que estão presentes nesse canal digital.

O aplicativo chamado “Mapa das Festas” foi desenvolvido por fornecedores a pedido da Santur, com apoio da Secretaria de Estado da Comunicação. Está hospedado na página do Governo de Santa Catarina no Facebook. Nesse mapa, o turista poderá visualizar as cidades e os respectivos nomes das festas que serão realizadas. Ao clicar no ponto azul próximo ao município, se abre uma caixa de texto com informações como a data e um resumo do evento. O mapa estará disponível para acesso gratuito e livre durante todo o mês de outubro.

Calendário das festas

30ª OKTOBERFEST
(Blumenau)

03/10 a 20/10

www.oktoberfestblumenau.com.br
www.oktoberfestblumenau.com.br/a-festa/programacao

28ª FENARRECO
(Brusque)

02 a 13/10

www.pmbrusque.com.br
http://www.brusque.sc.gov.br/web/24_fenarreco.php

24ª KEGELFEST
(Rio do Sul)

11 a 13/10

http://www.kegelfest.com.br / www.riodosul.sc.gov.br

25ª SCHÜTZENFEST
(Jaraguá do Sul)

10 a 20/10

www.schutzenfest.com.br
schuzenfest@jaraguadosul.com.br

23ª OBERLANDFEST
(Rio Negrinho)

 18 a 20/10

www.oberlandfest.com.br

80ª TIROLEFEST
(Treze Tílias)

04 a 13/10

www.tirolerfest.com.br  / www.trezetilias.com.br

35ª OKTOBERFEST
(Itapiranga)

Linha Becker
11 a 13/10

Cidade
05e 20/10

www.itapiranga.sc.gov.br

19ªEFAPI
(Chapecó)

04 a 13/10

www.efapi.com.br

1º FESTIVAL DO CAMARÃO
(Porto Belo)

11 a 13/10

http://www.portobelo.sc.gov.br/turismo/

14ª FENAOSTRA
(Florianópolis)

16 a 20/10

www.pmf.sc.gov.br/site/coef

23ª FESTA DO IMIGRANTE
(Timbó)

10 A 13/10

www.festadoimigrante.com.br

6ª HEIMATFEST (Forquilhinha)

04 a 13/10 

turismo@forquilhinha.sc.gov.br

21ª FESTA DO
PRODUTO COLONIAL (São Martinho)

25 a 27/10

https://www.facebook.com/FestaDoProdutoColonial
www.saomartinho.sc.gov.br

 {text}

O governador Raimundo Colombo assina nesta quarta-feira, 2/10, convênios com 100 municípios de SC beneficiados com o sistema de videomonitoramento urbano. Trata-se da segunda etapa do Programa Bem-Te-Vi – Segurança por Videomonitoramento. O projeto faz parte do programa Pacto pela Segurança e prevê investimentos de R$ 10 milhões na instalação de mil câmeras de vigilância.

O objetivo é reforçar o trabalho da polícia na prevenção e combate ao crime no Estado. O projeto tem um investimento global de R$ 23 milhões, com recursos do Governo do Estado (Pacto pela Segurança), prefeituras e Governo Federal (Ministério da Justiça). A solenidade acontece no teatro Ademir Rosa, no CIC, em Florianópolis, a partir das 9h30, com a presença do secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias e empresariais.

Cada uma das cidades receberá de seis a 10 câmeras de vigilância, conforme determinado em convênio, e a contrapartida das prefeituras varia de R$ 80 mil a R$ 105 mil. Com a assinatura dos convênios, a próxima etapa é o lançamento dos editais para definição das empresas que farão a instalação e manutenção dos equipamentos. A previsão é de que as câmeras de vigilância comecem a ser instaladas no início de 2014.

As 100 cidades que receberão os equipamentos se somam a outras 54 que já contam com sistema de videomonitoramento urbano. “Saímos de 13 centrais em funcionamento, quando iniciamos o processo de reestruturação do sistema, para 57 centrais instaladas. Hoje temos 1.488 câmeras monitorando 54 municípios”, informa o secretário César Augusto Grubba, da Segurança Pública. Ainda segundo ele, a previsão é de que até o final de 2014 mais de 60% dos municípios catarinenses sejam atendidos com sistema de fiscalização eletrônica.

Para o secretário César Augusto Grubba, o projeto é importante, mas não é a solução milagrosa para os problemas de segurança. Segundo ele, trata-se de uma ferramenta de apoio ao trabalho policial, potencializando as ações de vigilância. “O sistema funciona como uma importante ferramenta de apoio ao policiamento, que agrega tecnologia e modernidade”, destaca Grubba. Uma das novidades do sistema é que permitirá um trabalho com foco na investigação policial, uma vez que as imagens monitoradas são compartilhadas com as delegacias de polícia.

Grubba também enfatiza as parcerias com as prefeituras municipais, por meio de contrapartidas financeiras e integração de esforços. “Santa Catarina segue uma tendência mundial. Estamos investindo forte também para um redimensionamento da infraestrutura com a utilização de redes multimídia, em fibra óptica e câmeras de alta definição, e tudo a um menor custo operacional”, afirma o titular da SSP.

De acordo com o Tenente Coronel Vânio Luiz Dalmarco, coordenador do sistema de videomonitoramento urbano da SSP, o local da instalação dos pontos de monitoramento é definido pela observação da estatística criminal. “As estatísticas oficiais comprovam que, em locais onde existem câmeras de vigilância, a criminalidade registra redução em diversos tipos de delitos, principalmente aqueles praticados contra o patrimônio”, garante o oficial.

 

As 100 cidades contempladas:

Abelardo Luz
Agrolândia
Agronômica
Água Doce
Anita Garibaldi
Araquari
Ascurra
Aurora
Bela Vista do Toldo
Benedito Novo
Bom Retiro
Braço do Trombudo
Brusque
Caçador
Campo Alegre
Campo Erê
Campos Novos
Canelinha
Capinzal
Catanduvas
Cocal do Sul
Cordilheira Alta
Correia Pinto
Cunha Porã
Curitibanos
Descanso
Dionísio Cerqueira
Erval Velho
Faxinal dos Guedes
Fraiburgo
Garuva
Grão Pará
Gravatal
Governador Celso Ramos
Guabiruba
Guaraciaba
Guarujá do Sul
Ibirama
Ilhota
Imaruí
Iporã do Oeste
Irineópolis
Itá
Itaiópolis
Itapiranga
Itapoá
Ituporanga
Jaguaruna
Laurentino
Lauro Müller
Lindóia do Sul
Lontras
Luis Alves
Luzerna
Mafra
Maravilha
Mondaí
Morro da Fumaça
Nova Trento
Nova Veneza
Orleans
Otacílio Costa
Ouro
Palma Sola
Palmitos
Papanduva
Paulo Lopes
Penha
Pinhalzinho
Pomerode
Ponte Serrada
Porto Belo
Porto União
Pouso Redondo
Quilombo
Rio do Oeste
Rio dos Cedros
Rio Fortuna
Rio Negrinho
Rodeio
Sangão
Santa Cecília
São Domingos
São João Batista
São João do Oeste
São João do Cedro
São Lourenço do Oeste
São Pedro de Alcântara
Seara
Siderópolis
Taió
Tangará
Três Barras
Treviso
Treze Tílias
Tunápolis
Urubici
Vargeão
Videira
Xaxim

{text}

O Fesportinho, o mascote que teve o nome escolhido através de pesquisa no site, agora estará nas competições da entidade, incluindo os próximos Jogos Abertos, em Blumenau. Trata-se de mais uma iniciativa para promover os JASC, que vão ocorrer de 20 a 30 de novembro.
 
Na primeira aparição, na abertura dos Joguinhos, em Criciúma, o Fesportinho acabou roubando a cena: todas as delegações paravam para fazer foto com ele, além das autoridades presentes ao evento. Durante a semana (os Joguinhos vão até sábado, dia 5), ele vai percorrer os locais de divulgação.
 
fesportinho 20131001 1938523379
 
Mais informações:
Rodrigo Braga
Ass. Comunicação Fesporte
48 8802-7742

O governador Raimundo Colombo participará, nesta quinta-feira, 3/10, da solenidade de abertura da 30ª Oktoberfest, em Blumenau. O desfile festivo pela Rua XV de Novembro começa às 19h30min. Em seguida, o governador segue para o Parque Vila Germânica para participar da abertura oficial da festa, com sangria do primeiro barril de chope. Conhecida como a maior festa alemã das Américas, a Oktoberfest de Blumenau segue até 20 de outubro.

oktoberfest 20130930 1273735570
Foto: James Tavares/SECOM

O Governo do Estado, em apoio e incentivo às tradições e à cultura germânica, investiu R$ 700 mil do Fundo Estadual de Incentivo ao Turismo (Funturismo) para a organização da 30ª edição da festa.  Inspirada na Oktoberfest de Munique, a versão blumenauense nasceu da vontade do povo em expressar seu amor pela vida e pelas tradições germânicas. Sua primeira edição foi realizada em 1984. Consagrada como a segunda maior festa alemã do mundo, a Oktoberfest reúne turistas de Brasil e do Exterior.

O Fundo é administrado pelo Sistema Estadual de Incentivo à Cultura, ao Turismo e ao Esporte (Seitec) e foi criado em 2005. O sistema administra os fundos de Turismo (Funturismo), de Esporte (Fundesporte) e de Cultura (Funcultural).

>>> Confira a programação da festa

{text}

A Secretaria de Estado da Saúde informa, a seguir, a situação das emergências dos hospitais Celso Ramos e Regional de São José, nesta terça-feira, 1º de outubro.

Nesta terça-feira, 1, até o final da manhã, a emergência do Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, estava atendendo 23 pessoas. A situação é de normalidade. Segundo informações da instituição, havia três pessoas em estado grave. Nas últimas 24 horas, o Celso Ramos recebeu, na Emergência, 367 pessoas. Deste total de atendimentos, 171 são do setor de ortopedia, que, em geral, envolve pessoas que sofreram acidentes de trânsito.

No Hospital Regional de São José havia, na emergência geral, 110 pacientes até o final da manhã desta sexta-feira. A emergência está lotada, com 16 pessoas aguardando consulta. O atendimento é feito de acordo com a gravidade dos casos, a partir da classificação de risco que é feita com cada paciente que chega.

Nas últimas 24 horas, de acordo com as informações da direção do Hospital Regional de São José, o setor de emergência atendeu 290 pacientes. Na emergência pediátrica, 126 crianças foram atendidas. O quadro geral do Hospital Regional de São José é de 318 pacientes internados. Ao todo, 44 internações foram feitas nas últimas 24 horas.

No Hospital Regional de São José, cerca de 80% dos casos que chegam à Emergência são ambulatoriais, ou seja, são situações que podem ser resolvidas nos postos de saúde. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a população a primeiro procurar os centros de saúde dos seus municípios. Os postos de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão aptos a atender situações de urgência, que são aqueles em que a pessoa não corre riscos. São casos, por exemplo, de febre e dores generalizadas. Os casos mais graves serão encaminhados para os hospitais.

>>> Confira o boletim da Rádio Secom e faça download

{text}

Um artigo da aluna Eduarda Caroline Pick, do curso de Zootecnia do Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), questiona se a galinha tem uma doença parecida com a Aids ao descrever uma enfermidade que acomete somente aves e tem origem no mesmo vírus que atinge os humanos.

O trabalho da acadêmica, publicado no último suplemento Sul Brasil Rural, encartado a cada 15 dias no jornal Sul Brasil, editado em Chapecó, constata que a Doença Infecciosa da Bursa (DIB), também chamada de Gumboro, deixa os animais com falta de apetite, desidratados e indefesos imunologicamente, podendo morrer facilmente por outros agentes infecciosos, assim como pessoas que têm Aids.

Com o título "Será que a galinha tem Aids?", a aluna reconhece que o enunciado do artigo pode causar surpresa ao leitor, "mas depois de descrevermos a Doença Infecciosa Bursa, fica evidente que tal analogia não é tão absurda assim".

A pesquisa teve a supervisão da professora-adjunta do Departamento de Zootecnia da Udesc Oeste e da pós-graduação em Ciência Animal do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Udesc Lages, Lenita Moura Stefani.

Doença irreversível e vacinação

A doença de Gumboro foi identificada pela primeira vez no Brasil na década de 1970, mas somente a partir de 1990 surgiram grandes surtos afetando drasticamente a produção agrícola.

De acordo com o trabalho da aluna da Udesc Oeste, não existe tratamento para a doença, que é irreversível. "Para evitá-la, é necessário adotar um bom sistema de vacinação e medidas de biossegurança, já que o vírus pode permanecer até 12 meses no galpão avícola se o vazio sanitário for curto ou também através de aves silvestres que podem ser portadoras do vírus".

A DIB afeta aves jovens, de três a sete semanas de idade e pode causar até 80% de mortalidade em um lote. "A porta de entrada do vírus ocorre via oral, pelas vias respiratórias e oculares e, em menos de 24 horas, já se encontra em seu alvo principal, a Bursa de Fabricius, uma pequena bolinha cheia de pregas na região interna da cloaca das aves, rica em linfócitos B, que são as células responsáveis pela produção de anticorpos".

A infecção provoca o desaparecimento dessas células e a ave se torna imunodeprimida e mais suceptível a outras doenças "Felizmente" – diz a pesquisa – "esta doença não afeta o homem, só acomete as aves".

Eduarda lembra no seu artigo que o Brasil, maior exportador de carne de frango e o terceiro maior produtor mundial, vem ao longo dos anos desenvolvendo programas de vacinação cada vez mais eficazes, "fazendo com que doenças como a DIB diminuam, garantindo ao consumidor um alimento saboroso, seguro e de baixo custo".

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Valmor Pizzetti
E-mail: valmor.pizzetti@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

Saíram na natação os primeiros troféus da 26ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Nesta segunda-feira, no Clube Mampituba, Criciúma e Blumenau confirmaram o favoritismo e levaram para casa os troféus no feminino e no masculino, respectivamente.

Apontadas como favoritas desde o início, as duas cidades não tiveram tanta tranquilidade para confirmar a conquista, mas chegaram lá. Entre as meninas, Criciúma fechou a participação com 97 pontos, contra 93 de Joinville (que venceu a última prova, o revezamento 4x100m Medley, e poderia ter estragado os planos das anfitriãs). Mas bastou subir ao pódio na prova para confirmar o troféu. O terceiro lugar ficou com Tubarão, que somou 70 pontos.

No masculino, Blumenau só perderia o título na última prova, o mesmo revezamento 4x100m Medley, no caso de desclassificação. Não foi o aque aconteceu e, com o segundo lugar na prova, vencida por Tubarão, garantiu a vantagem segura para a equipe do Sul do Estado _ foram 91 pontos para Blumenau, contra 80 de Tubarão, vice-campeã. Criciúma terminou em terceiro lugar, com 72 pontos.

26 joguinhos abertos de sc 20131001 1427936898
Foto: Rodrigo Braga/Fesporte

Classificação final da natação:

Feminino

1º Criciúma - 97 pontos

2º Joinville - 93

3º Tubarão - 70

4º Jaraguá do Sul - 66

5º São Bento do Sul - 62

6º Indaial - 20

7º Chapecó - 16

8º Concórdia - 14

9º Blumenau - 13

10º Brusque - 10

11º Florianópolis - 7

12º Lages - 2

13º Caçador - 1

Masculino

1º Blumenau - 91 pontos

2º Tubarão - 80

3º Criciúma - 72

4º Florianópolis - 65

5º Pomerode - 40

6º Joinville - 36

7º Jaraguá do Sul - 31

8º Brusque - 19

9º Caçador - 12

10º Lages - 9

11º Itajaí - 1

 

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

braga@fesporte.sc.gov.br

 

O mês de outubro começa com nevoeiros e névoa úmida na maioria das cidades de Santa Catarina. No decorrer do dia, o sol aparece entre algumas nuvens em todo o Estado. As máximas podem chegar a 26ºC no Litoral Sul. A temperatura sob à tarde e fica mais baixa à noite. Vento de sudoeste a sudeste, fraco a moderado com rajadas.

Quarta-feira

A quarta-feira, 2/10, terá a presença de sol entre nuvens em Santa Catarina, com chuva isolada no Litoral e Planalto Norte. Temperatura mais elevada durante o dia. Vento de sudeste a leste, fraco a moderado com rajadas.

 

REGIÃO: LITORAL NORTE  24ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO NORTE  24ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/S 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  24ºC
 17ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  23ºC
 11ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 30 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  25ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 30 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: LITORAL SUL  26ºC
 10ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
SW/SE 15 Km/h 30 Km/h
Madrugada: Nebulosidade variável e chuva isolada
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO SUL  22ºC
 4ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu encoberto
Manhã: Sol com muitas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: MEIO OESTE  23ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 30 Km/h
Madrugada: Céu encoberto
Manhã: Sol com muitas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: OESTE  24ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 25 Km/h
Madrugada: Céu encoberto
Manhã: Sol com muitas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: EXTREMO OESTE  25ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SW/SE 15 Km/h 30 Km/h
Madrugada: Céu encoberto
Manhã: Sol com muitas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

 

O secretário do Desenvolvimento Regional de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, estima que a construção da nova policlínica do Estado vai começar em novembro. Anexa ao Hospital Regional de Araranguá, a nova unidade terá 2.500 metros quadrados e vai custar R$ 7,5 milhões, sendo R$ 5 milhões para a construção do espaço físico e R$ 2,5 milhões para a aquisição de equipamentos.

Na tarde desta segunda-feira, o secretário Schmidt se reuniu com a gerente Regional de Saúde, Graziela Minatto de Souza; o superintendente de gestão administrativa da Secretaria de Estado da Saúde, Janio Wagner Constante e o assistente de gabinete da Saúde, Ivanor Bez, para tratar dos documentos necessários.

A Policlínica terá alta resolutividade em diagnóstico e métodos terapêuticos para diferentes especialidades médicas e atenderá a população de toda a Região do Extremo-Sul, com várias especialidades médicas, permitindo que os pacientes não precisem se deslocar a outros municípios, como Criciúma e Tubarão.