Foto: Divulgação/ CBMSC

No quarto dia de buscas, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) encontrou o homem que desapareceu em Brusque, após cair de uma ponte pênsil durante a passagem do ciclone extratropical. A vítima foi encontrada na manhã deste sábado, 04, sem vida.

O corpo do homem, de 28 anos, foi avistado no rio Itajaí Mirim, preso em galhos, a cerca de 700 metros de onde aconteceu o acidente.

Sobre as buscas

O CBMSC empregou mergulhadores e dois binômios – dupla entre bombeiro militar e cão de busca. Participaram da operação o sargento Jacques Romão e o cão Bravo, de Blumenau, além do cabo Carlos de Souza e a cadela Zaara, de Brusque.

O corpo foi encontrado por volta das 9h45min.

Vítimas do ciclone

Agora são 10 óbitos contabilizados pelo CBMSC por conta do ciclone. Segue uma vítima desaparecida, na cidade de Canelinha.

O CBMSC mantém as buscas no Rio Tijucas com duas equipes. Uma equipe de mergulhadores segue em busca subaquática e outra equipe executa a busca superficial.

Informações adicionais à imprensa:
Melina Cauduro
Assessoria de Imprensa
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina - CBMSC
48) 3665-8426 / (48) 98843-4427 / (48) 9 9938-9839
imprensa@cbm.sc.gov.br 


Foto: Divulgação/ DCSC

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC), está realizando a entrega de itens de assistência humanitária (IAH) para as famílias que tiveram prejuízos com a passagem do ciclone bomba registrado na última semana. Logo que as demandas são recebidas pela DCSC os produtos são liberados para a entrega. Até o momento já foram despachados IAHs para 17 cidades.

Segundo o chefe da DCSC, João Batista Cordeiro Jr, é importante que os municípios agilizem o levantamento de informações para que os itens de assistência humanitária sejam encaminhados. “Essa é a prioridade agora, nós temos previsão de chuva para a próxima segunda-feira (06) e ainda temos diversas residências que precisam de telhas”, disse.

Todos os coordenadores regionais da DCSC estão em campo prestando auxílio para apoiar no levantamento e dar agilidade no atendimento. João Batista explicou que, a partir da chegada da solicitação, os produtos são entregues em até 24 horas. “Temos que preparar as cidades para a próxima chuva e, por isso, temos que ter agilidade neste processo”, finalizou.

Entregas nos municípios

Em Ipuaçu foram entregues 18 kits de acomodação de casal, 18 colchões de casal e 17 de solteiro. Também serão entregues para o município 529 telhas de fibrocimento. Em Mondaí foram repassadas 238 telhas de seis milímetros e 28 telhas de quatro milímetros.

As telhas também já chegaram ao Sul do Estado. Em Lauro Muller, 800 telhas de cinco milímetros foram disponibilizadas para as famílias atingidas pelo ciclone, e em Treviso foram 1.148 telhas de seis milímetros. Ainda no Sul do Estado, o município de Praia Grande recebeu 1.315 telhas e 93 cumeeiras.

Na manhã deste sábado, 04, o município de Garuva recebeu 8.800 telhas e 1.100 cumeeiras. Também foram disponibilizados para o município de São José um total de 1.407 telhas, 85 cumeeiras e pregos.

Dentre as cidades que já solicitaram os produtos está Monte Carlo, que receberá 1.371 telhas, 88 cumeeiras, pregos para telhas, 40 kits de higiene pessoal e 50 cestas básicas. A cidade de Palhoça, na Grande Florianópolis, vai receber 807 telhas de fibrocimento.

Os carregamentos de telhas e cumeeiras também estão a caminho para Santa Rosa do Sul (350 telhas e 23 cumeeiras), Jacinto Machado (494 telhas), Faxinal do Guedes (19 telhas e 56 cumeeiras), Timbé do Sul (1.088 telhas e 135 cumeeiras), Lages (3.786 telhas), Anita Garibaldi (1.156 Telhas), Água doce (566 telhas e 72 cumeeiras) e Ilhota (429 telhas).

Informações adicionais para imprensa:
Flávio Vieira Júnior
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - DC
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889 / 99651-5888
E-mail: ascom@defesacivil.sc.gov.br
Site: www.defesacivil.sc.gov.br


Foto: Julio Cavalheiro/ Secom

O presidente Jair Bolsonaro garantiu que o Governo Federal irá auxiliar o Estado de Santa Catarina na reconstrução das estruturas danificadas pela passagem de um ciclone extratropical, na última terça-feira. Ele sobrevoou na manhã deste sábado, 04, as cidades de Tijucas e Governador Celso Ramos, duas das mais atingidas pelos fortes ventos.

Após o sobrevoo, o presidente participou de uma reunião com representantes do Governo do Estado e do Fórum Parlamentar Catarinense. O governador Carlos Moisés acompanhou o encontro por videoconferência.

“Esse é um momento em que o Estado de Santa Catarina necessita de ajuda. Com a presença do presidente Bolsonaro, tenho a certeza de que o Governo Federal está atento a essa nova dificuldade que surge para os catarinenses. Após esse primeiro momento de assistência humanitária, virá a parte da reconstrução, e esperamos que o Governo Federal nos atenda nesse sentido”, destacou Carlos Moisés.

O governador reforçou mais uma vez a importância do alinhamento com o Governo Federal, principalmente, nesse momento de urgência no atendimento à população. “Quando decretamos estado de calamidade pública, o processo abrangeu 135 municípios e hoje o número de cidades afetadas já chega a 185”, disse Carlos Moisés, que agradeceu pela presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro Rogério Marinho e do coronel Lucas, secretário Nacional da Defesa Civil.

Carlos Moisés também solicitou que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) modifique os seus protocolos quanto às linhas subterrâneas de energia. Segundo Carlos Moisés, é necessário que se facilite a adoção desse protocolo, para que no futuro possamos evitar danos tão extensos na rede elétrica em caso de desastres climáticos.

A visita do presidente

O presidente Jair Bolsonaro chegou a Santa Catarina pouco antes das 8h20min deste sábado. Ele pousou com o avião presidencial no aeroporto de Florianópolis, onde foi recepcionado na pista pelas autoridades. O presidente permaneceu em solo por aproximadamente 20 minutos, até decolar em um helicóptero para sobrevoar as cidades de Tijucas e Governador Celso Ramos.

O presidente retornou ao aeroporto internacional de Florianópolis por volta de 9h30min. No terminal, participou de reunião com representantes do Governo do Estado e do Fórum Parlamentar Catarinense para debater a situação. O vôo de volta a Brasília ocorreu por volta de 10h30min.


Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 


 Foto: Julio Cavalheiro/ Secom

O presidente Jair Bolsonaro já está em Santa Catarina para sobrevoar algumas áreas atingidas pelo ciclone extratropical que passou pelo Estado na última terça-feira. Bolsonaro chegou a Santa Catarina pouco antes das 8h20min deste sábado. Ele pousou com o avião presidencial no aeroporto de Florianópolis, onde foi recepcionado na pista pelas autoridades. Ele permaneceu em solo por aproximadamente 20 minutos, até decolar em um helicóptero para sobrevoar as cidades de Tijucas e Governador Celso Ramos.

O presidente retornará ao aeroporto internacional de Florianópolis cerca de uma hora depois. No terminal, participará de reunião com representantes do Governo do Estado e do Fórum Parlamentar Catarinense para debater a situação. Também há expectativa de que o presidente conceda entrevista coletiva no local. A partida de Bolsonaro em direção a Brasília está programada para 10h30min.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) publicou nesta sexta-feira, 03, a Portaria Nº 464 que institui o Programa de Descentralização e Regionalização das Ações de Combate à Covid-19. Trata-se de um conjunto de ferramentas digitais de análise de dados e de mecanismos jurídicos para a tomada de decisão, no sentido de flexibilizar ou restringir as atividades sociais e econômicas, de forma gradual, progressiva e regionalizada.

O Programa é embasado em critérios e dados epidemiológicos, a partir de um monitoramento constante da situação pandêmica regional, criando subsídios para a tomada de decisões no enfrentamento ao coronavírus, por regiões de Saúde de Santa Catarina.

Com isso, os municípios e suas regiões de Saúde poderão avaliar e aplicar as estratégias necessárias para a restrição ou, se possível, na flexibilização das atividades sociais e econômicas. Isso de acordo com as limitações e as orientações de portarias já editadas pela SES, ou que venham a ser publicadas.

>>> Confira na íntegra a Portaria nº 464

Municípios devem manter acompanhamento constante

Os municípios e as Regiões de Saúde precisam realizar o acompanhamento constante das estratégias de enfrentamento adotadas, monitorando seus efeitos sobre a curva de tendência de contaminação e executando as correções necessárias em suas estratégias.

O Centro de Operações Emergência em Saúde (COES) também realizará o monitoramento dos dados por meio das mesmas ferramentas e boletins informativos disponibilizados aos municípios e às Regiões de Saúde. São informações diárias (dados epidemiológicos, leitos e ocupação) e marcos semanais (curvas de tendência global e regional).

As Regiões de Saúde poderão organizar estruturas regionais, permanentes ou não, semelhantes ao COES. Poderão ainda se integrar a outros centros já existentes, como no caso da Defesa Civil, que é composta por órgãos e agências regionais e municipais. Dessa forma, deverão acompanhar e deliberar sobre resultados de controle e estratégia adotadas em saúde pela respectiva região, além de trocar informações com o Centro de Operações estadual.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Fotos: Flávio Vieira Jr/ DCSC

O secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, e o chefe da Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC), João Batista Cordeiro Junior, sobrevoaram nesta sexta-feira, 03, áreas atingidas pelo ciclone extratropical no início da semana. O sobrevoo passou pelas cidades de Governador Celso Ramos, Tijucas, Balneário Camboriú e Ilhota.

Em Tijucas, conversaram com o prefeito do município, Eloi Mariano Rocha, e depois visitaram o local onde um barracão desabou provocando a morte de três pessoas. As autoridades prestaram solidariedade aos familiares.

Outra parada ocorreu em Ilhota. No município, as autoridades foram recebidas pelo prefeito Erico de Oliveira e vistoriaram estruturas públicas atingidas pelo ciclone, como ginásio de esportes, escola e um posto de saúde.

O secretário Alexandre Lucas Alves disse que a atividade realizada em Santa Catarina foi muito importante. “Conseguimos visualizar não somente os estragos, mas o sofrimento das pessoas. Isso nos desafia a melhorar os nossos processos para atender Santa Catarina o mais rápido possível”, destaca.

Segundo Alves, será aberto um canal de comunicação permanente para capacitar e esclarecer dúvidas técnicas dos municípios. A meta é garantir agilidade para vencer as exigências legais e liberar os recursos.



O chefe da DCSC, João Batista Cordeiro Júnior, agradeceu pelo empenho do secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil ao visitar os locais e se solidarizar com os catarinenses que perderam parentes na tragédia. Cordeiro Júnior disse que outras visitas vão ocorrer nas demais regiões e apela para que as equipes tenham agilidade no trabalho de levantamento dos prejuízos.

 “Os coordenadores municipais e regionais da Defesa Civil estão à disposição para auxiliar neste trabalho. Há uma previsão de chuva para o início da próxima semana e muitas residências estão destelhadas. Queremos ganhar tempo e suprir as necessidades básicas dos atingidos. Para isso, é fundamental que as documentações sejam encaminhadas o quanto antes”, frisou.

Presidente chega no sábado e Alves fica até a próxima segunda-feira

Em terras catarinenses desde a manhã desta sexta-feira, o secretário Alexandre Alves também participou de entrevista coletiva, na qual elogiou a estrutura de Defesa Civil do Estado e garantiu auxílio na reconstrução. O titular do órgão nacional deverá permanecer no Estado até a próxima segunda-feira para visitar outras regiões atingidas pelo ciclone.

Neste sábado, 04, o presidente Jair Bolsonaro também estará em Santa Catarina, reforçando o apoio do Governo Federal ao trabalho de reconstrução.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Fabrício Escandiuzzi / SES

O superintendente de Hospitais Públicos da SES, o pneumologista Márcio Judice, esteve no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, nesta sexta-feira, 3, acompanhado de uma médica auditora e de um engenheiro clínico para avaliar a situação da unidade no enfrentamento à pandemia. O grupo visitou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e repassou orientações sobre procedimentos para regulação de pacientes Covid.

Foi averiguado o ajuste para uso dos ventiladores WEG doados pelo Governo do Estado ao município de Balneário Camboriú. A unidade hospitalar local não possui um engenheiro clínico para os reparos necessários e foram observadas dificuldades técnicas, como a falta de válvulas na instalação usada para testes.

Mesmo assim, a WEG prontamente recolheu os equipamentos e a SES encaminhou outros seis respiradores para o Hospital Ruth Cardoso nesta sexta-feira. Entre os 260 ventiladores já entregues em unidades de todo o estado, esses foram os únicos que necessitaram substituição.

"Estamos acompanhando a utilização dos equipamentos e iremos agendar treinamento presencial na WEG justamente para ajustar detalhes e calibragens", destacou o superintendente Márcio Judice. "Os nossos objetivos são os mesmos, combater a pandemia e oferecer serviços de qualidade à população. Por isso, a SES dará todo o suporte necessário para que a unidade possa suplantar essas dificuldades na operação".

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

Há 30.261 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em Santa Catarina, sendo que 24.703 estão recuperados e 5.182 continuam em acompanhamento. O dado foi divulgado nesta sexta-feira, 3. A doença respiratória causou 376 óbitos no estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade é de 1,24%.

>>> Confira aqui o boletim diário desta sexta-feira, 3

Óbitos mais recentes:
Balneário Camboriú

- Homem de 87 anos, com comorbidade
- Homem de 81 anos, com comorbidade
Florianópolis
- Mulher de 76 anos, com comorbidade
Guaramirim
- Homem de 76 anos, com comorbidade
Itajaí
- Homem de 68 anos, sem registro de comorbidade
Itapema
- Mulher de 81 anos, com comorbidade
Joinville
- Mulher de 89 anos, com comorbidade
Navegantes
- Mulher de 68 anos, com comorbidade
- Mulher de 64 anos, com comorbidade
- Mulher de 47 anos, com comorbidade
Palhoça
- Homem de 80 anos, sem registro de comorbidade
Pescaria Brava
- Homem de 78 anos, com comorbidade
São Cristóvão do Sul
- Mulher de 69 anos, com comorbidade
Xanxerê
- Homem de 36 anos, com comorbidade

Não há alterações no número de municípios com pelo menos um caso confirmado, que permanece em 273. Há 91 cidades com ao menos um óbito registrado. O município com mais casos é Chapecó, que contabiliza 2.504 pacientes com Covid-19, seguido por Joinville (2.339), Blumenau (2.151), Itajaí (1.917), Balneário Camboriú (1.737), Florianópolis (1.556), Concórdia (1.287), Palhoça (829), Criciúma (756) e Xaxim (576).

Dos 1.316 leitos de UTI existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 911 ocupados, sendo 273 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação é de 69,2% e há 405 leitos livres atualmente.

Municípios com casos confirmados:

Abdon Batista - 34
Abelardo Luz - 49
Agrolândia - 13
Agronômica - 17
Água Doce - 11
Águas de Chapecó - 27
Águas Frias - 1
Águas Mornas - 16
Alfredo Wagner - 5
Alto Bela Vista - 6
Anchieta - 9
Angelina - 3
Anita Garibaldi - 12
Anitápolis - 6
Antônio Carlos - 53
Apiúna - 12
Arabutã - 33
Araquari - 76
Araranguá - 119
Armazém - 34
Arroio Trinta - 26
Arvoredo - 21
Ascurra - 15
Atalanta - 5
Aurora - 14
Balneário Arroio do Silva - 63
Balneário Barra do Sul - 35
Balneário Camboriú - 1737
Balneário Gaivota - 17
Balneário Piçarras - 111
Balneário Rincão - 11
Barra Velha - 77
Bela Vista do Toldo - 2
Benedito Novo - 21
Biguaçu - 265
Blumenau - 2151
Bocaina do Sul - 1
Bom Jardim da Serra - 1
Bom Jesus - 34
Bom Retiro - 2
Bombinhas - 186
Botuverá - 11
Braço do Norte - 277
Braço do Trombudo - 5
Brunópolis - 10
Brusque - 455
Caçador - 78
Caibi - 18
Calmon - 1
Camboriú - 560
Campo Alegre - 5
Campo Erê - 9
Campos Novos - 140
Canelinha - 129
Canoinhas - 133
Capinzal - 22
Capivari de Baixo - 117
Catanduvas - 24
Caxambu do Sul - 34
Celso Ramos - 4
Chapecó - 2504
Cocal do Sul - 31
Concórdia - 1287
Cordilheira Alta - 26
Coronel Freitas - 39
Coronel Martins - 4
Correia Pinto - 4
Corupá - 90
Criciúma - 756
Cunha Porã - 31
Cunhataí - 7
Curitibanos - 61
Descanso - 7
Dionísio Cerqueira - 14
Dona Emma - 5
Entre Rios - 153
Ermo - 1
Erval Velho - 33
Faxinal dos Guedes - 73
Flor do Sertão - 1
Florianópolis - 1556
Forquilhinha - 127
Fraiburgo - 50
Galvão - 6
Garopaba - 40
Garuva - 16
Gaspar - 177
Governador Celso Ramos - 72
Grão-Pará - 9
Gravatal - 42
Guabiruba - 42
Guaraciaba - 9
Guaramirim - 131
Guarujá do Sul - 2
Guatambu - 70
Herval d'Oeste - 61
Ibicaré - 3
Ibirama - 11
Içara - 82
Ilhota - 60
Imaruí - 5
Imbituba - 148
Imbuia - 1
Indaial - 241
Iomerê - 1
Ipira - 8
Iporã do Oeste - 10
Ipuaçu - 214
Ipumirim - 85
Iraceminha - 20
Irani - 59
Irati - 2
Itá - 50
Itaiópolis - 5
Itajaí - 1917
Itapema - 237
Itapiranga - 52
Itapoá - 43
Ituporanga - 22
Jaborá - 18
Jacinto Machado - 6
Jaguaruna - 61
Jaraguá do Sul - 330
Joaçaba - 79
Joinville - 2339
José Boiteux - 1
Jupiá - 14
Lacerdópolis - 2
Lages - 263
Laguna - 70
Lajeado Grande - 23
Laurentino - 8
Lauro Müller - 10
Lebon Régis - 1
Lindóia do Sul - 74
Lontras - 6
Luiz Alves - 37
Luzerna - 14
Mafra - 36
Major Gercino - 9
Maracajá - 17
Maravilha - 89
Marema - 21
Massaranduba - 58
Meleiro - 27
Mirim Doce - 27
Modelo - 42
Mondaí - 21
Monte Carlo - 58
Monte Castelo - 4
Morro da Fumaça - 40
Morro Grande - 14
Navegantes - 572
Nova Erechim - 34
Nova Itaberaba - 12
Nova Trento - 55
Nova Veneza - 84
Orleans - 74
Otacílio Costa - 19
Ouro - 17
Ouro Verde - 9
Paial - 17
Painel - 1
Palhoça - 829
Palma Sola - 11
Palmeira - 1
Palmitos - 106
Papanduva - 21
Paraíso - 4
Passo de Torres - 27
Passos Maia - 10
Paulo Lopes - 7
Pedras Grandes - 6
Penha - 167
Peritiba - 22
Pescaria Brava - 31
Petrolândia - 1
Pinhalzinho - 35
Pinheiro Preto - 2
Piratuba - 19
Planalto Alegre - 17
Pomerode - 126
Ponte Alta - 1
Ponte Alta do Norte - 17
Ponte Serrada - 36
Porto Belo - 171
Porto União - 13
Pouso Redondo - 11
Praia Grande - 11
Presidente Castello Branco - 10
Presidente Getúlio - 6
Princesa - 5
Quilombo - 21
Rancho Queimado - 2
Rio das Antas - 2
Rio do Campo - 1
Rio do Oeste - 4
Rio do Sul - 127
Rio dos Cedros - 3
Rio Fortuna - 10
Rio Negrinho - 58
Rio Rufino - 2
Riqueza - 8
Rodeio - 5
Romelândia - 25
Salete - 36
Saltinho - 9
Salto Veloso - 1
Sangão - 53
Santa Cecília - 25
Santa Helena - 3
Santa Rosa de Lima - 1
Santa Rosa do Sul - 34
Santa Terezinha - 12
Santa Terezinha do Progresso - 11
Santiago do Sul - 3
Santo Amaro da Imperatriz - 40
São Bento do Sul - 154
São Bernardino - 10
São Bonifácio - 2
São Carlos - 33
São Cristóvão do Sul - 6
São Domingos - 22
São Francisco do Sul - 102
São João Batista - 135
São João do Itaperiú - 13
São João do Oeste - 7
São João do Sul - 9
São Joaquim - 12
São José - 568
São José do Cedro - 13
São José do Cerrito - 5
São Lourenço do Oeste - 31
São Ludgero - 142
São Martinho - 44
São Miguel da Boa Vista - 18
São Miguel do Oeste - 119
São Pedro de Alcântara - 11
Saudades - 39
Schroeder - 36
Seara - 306
Serra Alta - 3
Siderópolis - 34
Sombrio - 80
Sul Brasil - 9
Taió - 96
Tangará - 6
Tigrinhos - 9
Tijucas - 266
Timbé do Sul - 16
Timbó - 111
Timbó Grande - 1
Três Barras - 195
Treviso - 7
Treze de Maio - 7
Treze Tílias - 34
Trombudo Central - 4
Tubarão - 448
Tunápolis - 19
Turvo - 10
União do Oeste - 4
Urussanga - 139
Vargeão - 5
Vargem - 15
Vargem Bonita - 28
Vidal Ramos - 4
Videira - 82
Vitor Meireles - 2
Witmarsum - 1
Xanxerê - 535
Xavantina - 35
Xaxim - 576
Zortéa - 15
Outros estados - 518
Outros países - 2

Municípios com óbitos por Covid-19:

Abelardo Luz - 1
Agrolândia - 2
Agronômica - 2
Antônio Carlos - 4
Araquari - 1
Araranguá - 3
Arvoredo - 1
Balneário Arroio do Silva - 1
Balneário Camboriú - 18
Balneário Gaivota - 2
Balneário Piçarras - 1
Balneário Rincão - 1
Biguaçu - 4
Blumenau - 11
Braço do Norte - 3
Brusque - 3
Caçador - 4
Caibi - 1
Camboriú - 8
Campos Novos - 1
Canoinhas - 1
Caxambu do Sul - 1
Chapecó - 11
Cocal do Sul - 2
Concórdia - 13
Criciúma - 11
Curitibanos - 2
Dionísio Cerqueira - 3
Entre Rios - 2
Florianópolis - 18
Forquilhinha - 1
Fraiburgo - 1
Garopaba - 1
Garuva - 1
Gaspar - 3
Grão-Pará - 1
Gravatal - 2
Guabiruba - 2
Guaramirim - 1
Içara - 1
Ilhota - 1
Indaial - 2
Ipuaçu - 3
Irani - 1
Irati - 1
Itá - 1
Itaiópolis - 2
Itajaí - 38
Itapema - 6
Itapoá - 1
Ituporanga - 1
Jaraguá do Sul - 4
Joinville - 45
Laguna - 2
Lajeado Grande - 1
Marema - 1
Massaranduba - 1
Navegantes - 16
Palhoça - 5
Palmitos - 4
Papanduva - 4
Pedras Grandes - 1
Penha - 6
Peritiba - 1
Pescaria Brava - 1
Ponte Serrada - 2
Porto Belo - 1
Pouso Redondo - 1
Quilombo - 1
Rio do Sul - 1
Rodeio - 1
Salete - 1
São Bento do Sul - 4
São Cristóvão do Sul - 1
São Francisco do Sul - 3
São João Batista - 2
São José - 10
São Lourenço do Oeste - 2
São Ludgero - 1
Seara - 1
Siderópolis - 1
Sombrio - 3
Taió - 1
Tangará - 1
Tijucas - 4
Tubarão - 4
Urussanga - 7
Vargem - 1
Vargem Bonita - 1
Xanxerê - 5
Xaxim - 16
Outros estados - 1

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Imagem: Divulgação/ SES

A Secretaria de Estado da Saúde vai receber nas próximas semanas 354 novos equipamentos para utilização no enfrentamento da pandemia. Os itens serão doados pela empresa JBS, para hospitais selecionados da rede SUS. Os 26 locais que receberão monitores multiparâmetros, camas para UTI adulto e ambulâncias Tipo D respeitam dados técnicos e necessidades específicas apontadas pela Secretaria da Saúde.

Serão sete ambulâncias UTI móveis para atender transportes intermunicipais de pacientes que necessitam de acompanhamento médico, 150 camas para leitos de Terapia Intensiva e 197 monitores de sinais vitais. As entregas dos equipamentos começam a partir de amanhã, 4, e devem ser concluídas até o dia 22 de julho. Neste sábado, o Hospital São José de Jaraguá do Sul será o primeiro a receber a doação de sete monitores multiparâmetros, sem capnógrafos, e três monitores com capnógrafo.

Confira a listas dos hospitais que serão beneficiados

  • Hospital Azambuja Carlos Renaux: 10 camas para UTI Adulto e dois Monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital e Maternidade Tereza Ramos: seis monitores multiparâmetros sem capnógrafo e quatro monitores com capnógrafo;
  • Hospital Governador Celso Ramos: 10 camas para UTI Adulto, quatro monitores multiparâmetros com capnógrafo e seis monitores sem capnógrafo;
  • Hospital Hans Dieter Schmidt: 14 monitores multiparâmetros sem capnógrafo e cinco monitores com capnógrafo;
  • Hospital Maicê: 10 camas para UTI Adulto e dois monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital Marieta Konder Bornhausen: sete monitores multiparâmetros sem capnógrafo e três monitores com capnógrafo;
  • Hospital Materno Infantil Santa Catarina: 10 camas para UTI Adulto, quatro monitores com capnógrafo e seis monitores multiparâmetros sem capnógrafo;
  • Hospital Municipal Ruth Cardoso: dois monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital Municipal São José: quatro monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital Nereu Ramos: 10 camas para UTI Adulto, quatro monitores multiparâmetros com capnógrafo e seis monitores sem capnógrafo;
  • Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro: 10 camas para UTI Adulto e dois monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital OASE: dois monitores multiparâmetros com capnógrafo e 10 camas para UTI Adulto;
  • Hospital Regional do Oeste: quatro monitores multiparâmetros com capnógrafo e seis monitores sem capnógrafo;
  • Hospital Regional Homero de Miranda Gomes: 10 camas para UTI adulto, seis monitores multiparâmetros sem capnógrafo e quatro monitores com capnógrafo;
  • Hospital Regional Terezinha Gaio Basso: três monitores multiparâmetros com capnógrafo e sete monitores sem capnógrafo;
  • Hospital Regional São Paulo: sete monitores multiparâmetros sem capnógrafo e três monitores com capnógrafo;
  • Hospital Santa Isabel: sete monitores multiparâmetros sem capnógrafo e três monitores com capnógrafo;
  • Hospital Santo Antônio: sete monitores multiparâmetros sem capnógrafo e três monitores com capnógrafo;
  • Hospital Santa Terezinha: 10 camas para UTI adulto e dois monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital São Francisco/Beneficência Camiliana do Sul: 10 camas para UTI Adulto, seis monitores multiparâmetros sem capnógrafo, quatro monitores com capnógrafo;
  • Hospital São José de Criciúma: quatro monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Hospital Waldomiro Colautti: 10 camas para UTI Adulto e dois monitores com capnógrafo;
  • Hospital São José de Jaraguá do Sul: sete monitores multiparâmetros sem capnógrafos e três monitores com capnógrafo;
  • Hospital São Vicente de Paulo: sete monitores multiparâmetros sem capnógrafos e três monitores com capnógrafos;
  • Sociedade Mãe da Divina Providência: 10 camas para UTI adulto e dois monitores multiparâmetros com capnógrafo;
  • Instituto de Cardiologia Santa Catarina: 10 Camas para UTI Adulto, seis monitores multiparâmetros sem capnógrafo e quatro monitores com capnógrafo.

As novas ambulâncias serão doadas para a SES e servirão para transportes de um Hospital a outro, conforme demanda estadual. Além dos veículos, a Secretaria de Estado da Saúde também ficará com 20 camas para UTI Adulto e quatro monitores multiparâmetros com capnógrafo para suprir demandas ocasionais.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Foto: Divulgação / SES

A Secretaria de Estado da Saúde irá receber 60 novos respiradores, com apoio do Projeto Todos Pela Saúde. Serão 10 respiradores doados pelo Programa e 50 respiradores de transporte, que estão sendo ajustados para leitos de UTI. Os cinquenta respiradores foram doados pela Receita Federal em junho e passam por ajustes para atender Unidades de Terapia Intensiva.

O Estado já havia recebido do mesmo Fundo máscaras N95, luvas, óculos e face shields. A parceria do Estado com o Programa começou em abril e resultou na doação de mais de 1 milhão de equipamentos para Santa Catarina.

“O Todos Pela Saúde atende demandas específicas para hospitais de todas as macrorregiões, respeitando princípios técnicos e avaliando as ações possíveis com consultores e médicos especialistas para que cada hospital da Rede SUS possa ser devidamente amparado”, registra Marta Orofino, técnica de Referência para Santa Catarina no Programa. “No caso destes respiradores, nós reaproveitamos respiradores doados para que servissem não apenas para transporte, mas também para leitos de Terapia Intensiva”, destacou.

Os hospitais que recebem auxílio são Hospital Florianópolis, Hospital Regional do Oeste, Hospital Santa Isabel, Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Hospital São José, Hospital Universitário Santa Terezinha, Hospital Marietta, Hospital Santo Antônio, Instituto de Cardiologia de Santa Catarina, Hospital Governador Celso Ramos, Hospital Regional de Santa José, Hospital Nereu Ramos, Hospital Universitário, Hospital Nossa Senhora da Conceição, Hospital Municipal de Joinville e Hospital São José de Criciúma.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, todas as doações servem para reforçar ainda mais o combate ao Coronavírus em Santa Catarina, que segue com uma das menores taxas de letalidades do país.

Mais informações para a imprensa:
Andrey Lehnemann
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99628-1141
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br