Foto: Ricardo Wolffenbüttel/ Secom

Estão abertas as inscrições para as oficinas de Teatro e de Leitura e Talentos Literários com a escritora e atriz Inês Carmelita Lohn. As atividades são gratuitas e abertas ao público com mais de 40 anos. Há 20 vagas disponíveis em cada oficina.

As inscrições podem ser feitas neste link pelo telefone (48) 3665-6420 ou presencialmente no balcão da recepção da Biblioteca Pública de Santa Catarina (BPSC) até o dia 2 de março. 

A Oficina de Teatro tem o objetivo de incentivar o intelecto dos participantes, recuperar a autoestima e valorização individual com técnicas de relaxamento, expressão corporal, postura, reflexões, leituras, interpretação de textos, interpretação com músicas e improvisos. Essa oficina será realizada todas as quintas-feiras, das 13h30 às 15h30, no auditório da BPSC.

Já a Oficina da Leitura e Talentos Literários visa desenvolver leituras de diversos autores (em especial, catarinenses) e ter momentos de discussões teóricas e práticas sobre o que foi lido. A atividade também quer incentivar os participantes a resgatar o prazer pela leitura e a interpretação dos textos, na possibilidade de ser um futuro escritor para escrever com coerência e ter a praticidade de se expressar bem em qualquer ambiente quando for necessário. A atividade será realizada todas as quintas-feiras, das 16h às 18h, no auditório da BPSC.

A equipe da BPSC entrará em contato para confirmar as inscrições antes do início das atividades.

Serviço

Oficina de Teatro
Local: Biblioteca Pública de Santa Catarina (auditório)
Inscrições: até 2 de março
Início das atividades: 5 de março
Faixa etária: pessoas com mais de 40 anos
Vagas: 20 pessoas
Horário dos encontros: todas às quintas-feiras, das 13h30 às 15h30
Ministrante: Inês Carmelita Lohn

Oficina de Leitura e Talentos Literários
Local: Biblioteca Pública de Santa Catarina (auditório)
Inscrições: até 5 de março
Início das atividades: 5 de março
Faixa etária: pessoas com mais de 40 anos
Vagas: 20 pessoas
Horário dos encontros: todas às quintas-feiras, das 15h às 18h
Ministrante: Inês Carmelita Lohn

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefones: (48) 3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br 


Museu Etnográfico Casa dos Açores, em Biguaçu. Fotos: Cristiano Estrela/Secom

Neste Carnaval, os espaços administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) estarão com horários diferenciados de atendimento ao público que quiser aproveitar o tempo livre para curtir mais do que a folia. 

Alguns espaços, como a Casa da Alfândega, o Museu Histórico de Santa Catarina, a Biblioteca Pública e o Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), localizados no Centro de Florianópolis, onde ocorre parte das festas de rua da Capital, estarão fechados de sábado a terça-feira, 22 a 25. 

Também estará fechado durante todo o período o Teatro Governador Pedro Ivo. Os demais locais estarão abertos com horários especiais e uma programação variada de exposições e filmes. Todos os espaços voltam a funcionar normalmente na Quarta-feira de Cinzas.

Confira a programação e horário de funcionamento dos espaços:

Centro Integrado de Cultura (CIC)
Sábado e domingo (22 e 23): abre normalmente, das 10h às 21h.
Segunda-feira (24): fechado.
Terça-feira (25): abre normalmente, das 10h às 21h.
Quarta-feira (26): abre a partir das 12h.

:: Consulte a programação aqui

Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis.
Contato: (48) 3664-2555

Cinema do CIC

Terá sessões de quinta-feira a domingo (20 a 23) às 20h.
Também terá sessão normal do Cineclube Infantil no sábado (22), às 16h.

:: Consulte a programação aqui

Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis.
Contato: (48) 3664-2555.

Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa

De sábado a terça-feira (22 a 25): fechado.
Quarta-feira (26): abre a partir das 14h.

:: Consulte a programação aqui

Endereço: Praça XV de Novembro, 227 - Centro - Florianópolis.
Contato: (48) 3665-6363

Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC)

De sábado a terça-feira: abre em horário normal. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h (fechado às segundas-feiras).
Quarta-feira (26): abre das 12h às 21h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2650

Museu de Arte de Santa Catarina (Masc)

De sábado a terça-feira (22 a 25/2): abre em horário normal. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h (fechado às segundas-feiras).
Quarta-feira (26): abre das 12h às 21h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2629

Museu Nacional do Mar - Embarcações Brasileiras

Sábado, domingo e terça-feira abre ao público em horário normal, das 10h às 18h (com última admissão às 17h30).
Segunda-feira: fechado. Quarta-feira abre ao público a partir das 14h.

Endereço: Rua Manoel Lourenço de Andrade, 133 - Centro - São Francisco do Sul
Contato: (47) 3481-2155

Casa de Campo do Governador Hercílio Luz

Sábado e domingo: abre ao público normalmente, das 10h às 17h.
Segunda e terça-feira (24 e 25): fechada.
Quarta-feira (26): abre ao público a partir das 13h.

Endereço: Rua Paulo Sell, 428 - Taquaras - Rancho Queimado
Contato: (48) 3275-1453

Biblioteca Pública de Santa Catarina

De sábado a terça-feira (22 a 25): fechada.
Quarta-feira (26): abre a partir das 14h.

Endereço: Rua Tenente Silveira, 343 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6422

Casa da Alfândega

De sábado a terça-feira (22 a 25): fechada.
Quarta-feira (26/2): abre a partir das 13h.

Endereço: Rua Conselheiro Mafra, 141 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6097

Museu Etnográfico - Casa dos Açores

Sábado e domingo (22 e 23): abre normalmente, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
Segunda e terça-feira (24 e 25): fechado.
Quarta-feira (26/5): reabre normalmente, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Endereço: BR-101, km 189 - Balneário São Miguel - Biguaçu
Contato: (48) 3665-6195

Teatro Álvaro de Carvalho

Bilheteria: fechada de sábado a terça-feira (22 a 25/2). Reabre na quarta-feira (26), às 13h.

O Teatro não tem programação prevista para o período.

Endereço: Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6401.

Teatro Ademir Rosa

Bilheteria:  
Sábado (22/2): abre normalmente, das 13h às 20h30.
De domingo a terça-feira (23 a 25/2): fechada.
Quarta-feira (26/2): abre normalmente, das 13h às 19h.

:: Confira a programação do teatro

Endereço: Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Avenida Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Contato: (48) 3664-2628

Teatro Governador Pedro Ivo

Bilheteria:  
Sábado (22): abre normalmente, das 13h às 20h30.
De domingo a terça-feira (23 a 25): fechada.
Quarta-feira (26): abre normalmente, das 13h às 19h.

Confira a programação do teatro

Endereço: Localizado no Centro Administrativo do Governo do Estado
Rodovia SC-401, km 15, nº 4600 - Saco Grande 2 - Florianópolis
Contato: (48) 3665-1630

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefones: (48) 3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br 


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Dispositivo de segurança para evitar afogamentos em piscinas, aplicativos desenvolvidos em escolas públicas e pele humana in vitro. Essas foram algumas das soluções inovadoras reconhecidas nesta quarta-feira, 19, pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) no Prêmio Inovação Catarinense – Professor Caspar Erich Stemmer. A entrega dos troféus ocorreu no auditório da Acate, em Florianópolis, com a presença no governador Carlos Moisés.

Com 124 projetos e 30 finalistas em 11 categorias, a premiação homenageia projetos e serviços que impulsionam a inovação no estado. O governador destacou que prêmio, que é promovido pela Fapesc desde 2008, é uma forma de estimular boas iniciativas. “O objetivo é trazer solução em todas as áreas e diminuir o sofrimento das pessoas. O Governo do Estado também tem esse tom de trabalhar com inovação e estamos conseguindo avançar em diversas áreas, como o Governo sem Papel”, reforçou.

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, acrescentou que a premiação englobou vencedores de diversas regiões do estado. “Essas pessoas fazem e transformam nosso Estado no que ele é: um estado inovador, um estado empreendedor. Ficamos muito satisfeitos com todas as categorias premiadas e com os participantes, pessoas e empresas que mostraram que a inovação está no DNA de Santa Catarina”, afirmou.

O secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, lembrou que atualmente, o setor de tecnologia responde por 5,8% do PIB catarinense, correspondendo a um faturamento de R$ 15,8 bilhões, e posiciona o estado como o sexto maior polo do Brasil. “Este crescimento e diferencial do estado se dá por conta do perfil inovador das pessoas que acreditam nas suas ideias. Investir em pesquisa, em criatividade e inovação é, necessariamente, investir em valores, nas famílias, na relevância, e, sobretudo, propósitos”, destacou.

>> Mais fotos na galeria

Além de entidades privadas e pesquisadores, órgãos públicos também foram reconhecidos. A Defesa Civil de Santa Catarina, por exemplo, foi a vencedora na categoria Governo Inovador com o Centro Integrado de Gerenciamento de Risco e Desastres. “Passamos a ter uma resposta muito mais rápida a desastres. É um projeto moderno e inovador. É muito importante para nós, como um órgão publico, estar dentro desse prêmio que envolve entidades privadas e outros projetos”, afirma o diretor de Gestão de Capacitação e Educação da Defesa Civil, Alexandre Corrêa Dutra.

A farmacêutica e professora da Udesc de Lages Maria de Lourdes Borba Magalhães também foi uma das premiadas da noite. Segunda colocada na categoria Agente de Inovação, ela conta que criou uma startup que está incubada no Orion Parque Tecnológico da Serra Catarinense. “O reconhecimento é muito importante. Existem várias políticas públicas que auxiliam, mas esse prêmio reconhece o trabalho no final do processo”, pontuou.

E esses exemplos servem de inspiração para os pesquisadores que ainda estão no início desta trajetória, como é o caso de Gustavan Henrique Fainello Pavão, de 15 anos, que ganhou o segundo lugar na categoria Jovem Inovador. O estudante da Escola de Educação Básica Antônio Morandini, em Chapecó, desenvolveu um fone que, por meio da vibração, permite que a pessoa com alguma deficiência ou surda possa escutar. A meta agora é avançar. “Estou muito feliz com o prêmio de hoje e o plano agora é melhorar a solução”, projetou.

Participaram da cerimônia secretários de Estado, autoridades e profissionais do ecossistema de inovação.

Sobre o prêmio

Esta edição do Prêmio Inovação Catarinense teve 124 projetos inscritos em 11 categorias, vindos de empresas privadas, órgãos públicos e, especialmente, de setores da educação, que estão formando novas gerações de pesquisadores e empreendedores. Há também entre os finalistas jovens talentos de escolas públicas que usam a tecnologia e a inovação para buscar soluções nas áreas sociais e ambientais.

Confira a lista dos homenageados no Prêmio Inovação Catarinense:

Inovação de Impacto Socioambiental

1º lugar: Ciser - Reaproveitamento de óleo de Têmpera (Joinville)
2º lugar: Candiroo Soluções Sustentáveis (Joaçaba)
3º lugar: Acqua Logic (Joinville)

Inovação em Processo ou Serviço

1º lugar: Voltbras - Gerenciamento de eletropostos para inspirar pessoas a dirigirem veículos elétricos (Florianópolis)
2º lugar: Prix Tech Software – PrixNeuron (Luzerna)

Inovação em Produto

1º lugar: Biocelltis Biotecnologia - Pele Humana In Vitro (Florianópolis)
2º lugar: Nanoscoping - Zoluções em Nanotecnologia (Florianópolis)
3º lugar: Sienge Go – Softplan (Florianópolis)

ICT Inovadora

1º lugar: Instituto Ânima Sociesc - Transformar a Educação do País (Joinville)
2º lugar: Sinova – UFSC - Startup Mentoring 2019 (Florianópolis)
3º lugar: Unochapecó (Chapecó)

Inventor Independente

1º lugar: Sebastião Luiz Vieira - Safety Box Dispositivo de Segurança para Piscinas de Uso Residencial ou coletivo para evitar a morte por afogamentos (Blumenau)
2º lugar: Rafael Bach - Piscina Vórtex (Imbituba)
3º lugar: Sonia Regina de Castro - Armadura Tubular (São Pedro de Alcântara)

TCC Inovador

1° lugar: Pedro Henrique Kappler Fornari - Sistema para Gestão de Grandes Infraestruturas – UFSC (Florianópolis)
2º lugar: Gustavo Mendes da Silva - Equipamentos para Dosagem dos Agregados de Massas em Canteiros de Obras – Desenvolvimento de Protótipo – FURB (Blumenau)
3º lugar: Felipe André Zeiser - Auxílio na Detecção de Massas em Mamografia Digitalizadas Utilizando Redes Neurais Convolucionais – UNOESC (Chapecó)

Professor Inovador

1º lugar: Giselle Araújo e Silva de Medeiros - O Desenvolvimento de Aplicativos por Aplicativos de Escolas Públicas – Escola Herondina Medeiros Zeferino (Florianópolis)
2º lugar: Carlos Rutz - Oficina de Robótica do Bompa - EEB Bom Pastor (Chapecó)
3° lugar: Rodrigo Figueiredo Terezo - Experiência Educativa no Processo de Inovação – UDESC (Lages)

Jovem Inovador

1º lugar: Mylena Reis Pinheiro, Vitor Piaia sob a orientação do prof. Alex Bonemberger
Desafio Lógico-Matemático Animado - Centro de Educação Profissional de Chapecó (Chapecó)
2º lugar: Gustavan Henrique Fainello Pavão sob a orientação do prof. Cristiano Foresti
Som e Vibração: a produção de fones por indução bocal para surdos - EEB Antônio Morandini (Chapecó)

Governo Inovador

1º lugar: Defesa Civil de Santa Catarina - Centro Integrado de Gerenciamento de Risco e Desastres
2º lugar: Prefeitura de Luzerna - Desenvolvimento socioeconômico através do Empreendedorismo e Inovação
3° lugar: Prefeitura de Joinville - Smart Mobilty

Empresa Inovadora

1º lugar: Whirpool (Joinville)
2º lugar: Softplan (Florianópolis)

Agente da Inovação

1º lugar: Leo Rufato - Atividades Inovadoras do Grupo de Fruticultura - CAV-UDESC (Lages)
2º lugar: Maria de Lourdes Borba Magalhães – UDESC (Lages)
3° lugar: Luciana Flor Correa Felipe – Unisul (Tubarão)

Informações adicionais para imprensa:
Karine Wenzel
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Fone: (48) 3665-3005 
E-mail: karinew@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC



Informações adicionais para imprensa:
Francieli Oliveira
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC - Fapesc
E-mail: francieli@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-4812 / 9.9927-4159
Site: www.fapesc.sc.gov.br 


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O Programa Promove Sul do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que irá destinar R$ 300 milhões para projetos em Santa Catarina, foi lançado nesta quarta-feira, 19, com presença do governador Carlos Moisés. Com recursos próprios, o Banco pretende financiar projetos e setores relevantes para a geração de emprego no estado.  O ato ocorreu na Casa d'Agronômica em Florianópolis e teve também a presença de entidades empresariais. 

O governador reforçou que a iniciativa é uma forma de trazer mais desenvolvimento e segurança para o empresário de Santa Catarina. “São R$ 300 milhões próprios do BRDE, que vão estar disponíveis para empresários de todas as áreas de desenvolvimento do nosso Estado e que vão fazer com que o empresário se sinta mais seguro, tendo um juro melhor que o do mercado e um prazo de carência maior”.

>>> Mais fotos na galeria

O foco dos investimentos foi definido em conjunto entre Governo do Estado e BRDE e o plano é conceder crédito para microfinanças, projetos de inovação, micro, pequenas e médias empresas, agronegócio, energia renovável e sustentável, indústria, comércio, entre outros empreendimentos em Santa Catarina. 

O diretor presidente do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, acrescentou que o programa oferece as condições ideias para quem deseja empreender. “O BRDE cumpre um papel de banco público que é o de fomentar projetos maiores, de longo prazo de execução sem forçar o caixa daquele que quer empreender e que em condições normais teria que pagar em um prazo curto, e só se conseguiria capitalizar lá na frente”.

No encontro, o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, também reforçou a importância do programa para economia de Santa Catarina. “Todo recurso é bem-vindo para o setor produtivo. Fomenta geração de empregos e tributos. Movimenta a economia e é um grande benefício. Santa Catarina é um estado empreendedor, e para empreender é preciso recursos”, ressaltou o presidente da Fiesc.

Ele também destacou que o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) apoia a reforma da previdência. "O Conselho dá seu total apoio para a Reforma da Previdência. Nós entendemos essa necessidade. Sabemos que matematicamente a conta não fecha. É uma questão que é de todos. Temos um compromisso de trabalhar junto com o Governo. É uma coisa que nos preocupa”, reforçou Aguiar

Também participaram da reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (SDE), Lucas Esmeraldino, o secretário da Fazenda, Paulo Eli, o secretário executivo da Comunicação, Ricardo Dias, o presidente da SCPAR, Gustavo Salvador Pereira, e representantes do Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem): Mario Cezar De Aguiar (Fiesc); Bruno Breithaupt (Fecomércio); Ari Rabaiolli (Fetrancesc); Ivan Roberto Tauffer (FCDL); José Zeferino Pedrozo (Faesc), e Rosicler Meyer Dedekind (Fampesc).

Informações adicionais para imprensa:
Karine Wenzel
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Fone: (48) 3665-3005 
E-mail: karinew@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC




Foto: Divulgação / SDS 

Foram empossados 20 representantes, entre titulares e suplentes, do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), para a gestão 2019-2021. São 10 conselheiros de organizações governamentais e outros 10 não governamentais. A solenidade ocorreu na sede da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social nesta quarta-feira, 19. 

O secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, Dirceu Oldra, destacou que “a posse representa que o Governo apoia e garante o funcionamento do Conselho”. Na mesa de posse também estavam a presidente do Fórum dos Direitos da Criança e do Adolescente de Santa Catarina, Elaine Lima, e o procurador do Ministério Público de Santa Catarina, Marcelo Wegner. O Conselho desenvolve ações voltadas ao atendimento, à promoção, à proteção, à defesa, à garantia, ao estudo e pesquisa dos Direitos da Criança e do Adolescente. O Cedca é vinculado à SDS.

Representantes do CEDCA (2019-2021):

Governamentais:
SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, PESCA E DESENVOLVIMENTO RURAL – SAR
TITULAR: ROSANE BEATRIZ. M. FRIZON
SUPLENTE: ROSANE CRISTINA JACQUES

SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL – SDS
TITULAR: LETICIA GUIMARÃES BRAZ
SUPLENTE: MÁRCIA ADRIANA ARAÚJO

SECRETARIA DA CASA CIVIL – SCC
TITULAR: CLEBER PAES ALVES
SULENTE: FERNANDA STEFFENS

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO – SED
TITULAR: VIVIANE SILVA DA ROSA
SUPLENTE: FERNANDA ZIMMERMANN FORSTER

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA – SEF
TITULAR: DANIEL NEVES DAMIANI
SUPLENTE: CARLOS EDUARDO OSÓRIO

SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO PRISIONAL E SOCIOEDUCATIVO – SAP
TITULAR: ZENO AUGUSTO TRESSOLDI
SUPLENTE: SIMONE ROCHA DA SILVA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE – SES
TITULAR: MARIA APARECIDA PIRES
SUPLENTE: HALEI CRUZ

SECRETARIA DE SEGURAÇA PÚBLICA – SSP
TITULAR: LUCIANA HELENA DOS SANTOS
SUPLENTE: ANTONIO BRITO

Sociedade civil:
UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL
TITULAR: ERASMO MARCHI
SUPLENTE: ROBERTO MURILO COUTINHO

FÓRUM CATARINENSE PELO FIM DA VIOLÊNCIA E EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTO-JUVENIL
TITULAR: ROSELY STEIL
SUPLENTE: LIZANDRA VAZ SALVADORI

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
TITULAR: CLÁUDIO LUIZ ORÇO
SUPLENTE: MARCIELI MACCARI

CENTRO CULTURAL ESCRAVA ANASTÁCIA
TITULAR: TAMIRIS MOREIRA ESPINDOLA
SUPLENTE: ADRIANA KINCHESKI BUNN

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE CONSELHEIROS TUTELARES (ACCT)
TITULAR: GRAZIELA CRISTINA LUIZ DAMACENA GABRIEL
SUPLENTE: MILLER DOMINGUES LOPES

PASTORAL DA CRIANÇA
TITULAR: MARISTELA CIZESKI
SUPLENTE: SALETE LUCIANA DE OLIVEIRA LUCIANO

UNIÃO CATARINENSE DE EDUCAÇÃO – UCE
TITULAR: VALDIR GURGIEL
SUPLENTE: ALINE OGLIARI

ASSOCIAÇÃO DOS IMIGRANTES DE SANTA CATARINA
TITULAR: WISLY JULES
SUPLENTE:SILIANE BREMAND ULYSSE

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL JOANNA DE ANGELIS
TITULAR: SANDRA REGINA MEDEIROS NAZÁRIO
SUPLENTE: GRACIELA TALHETTI BRUM

HOSPITAL NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS
TITULAR: QUESIA DE ARAUJO GRELLMANN
SUPLENTE: ELISABETE COUTO

Mais informações para imprensa:
Marta Scherer
Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Desenvolvimento Social - SDS
Fone: (48) 3664-0916
E-mail: ascom@sst.sc.gov.br

 

 


Fotos: Divulgação / Arquivo / PMSC

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realiza durante o Carnaval 2020 a Operação Alegria, entre os dias 21 e 26 de fevereiro. Neste ano, a ação faz parte da Operação Verão 2019/2020. Com o objetivo de proteger as pessoas que participarão das festividades ou aquelas que transitam pelas vias públicas, a Polícia Militar desenvolverá a Operação em todo o território catarinense.

Serão disponibilizados para a Operação Alegria 2020, além do efetivo existente de cada região, um reforço de efetivo de cerca mil policiais que serão distribuídos para os municípios com o maior número de eventos e aglomeração de foliões. O efetivo será de acordo com as necessidades operacionais, a critério dos comandantes das Regiões Policiais Militares de todo o Estado.

As principais ações serão para coibir o porte ilegal de arma, a posse e o comércio de drogas, a venda de bebidas alcoólicas em desacordo com a legislação e a condução de veículos em via pública sob efeito de álcool ou substâncias psicoativas.

Dicas de segurança Carnaval 2020

PMSC CIDADÃO

O primeiro quesito de segurança começa antes de ir para as festas de carnaval. O cidadão pode baixar no telefone celular o aplicativo PMSC Cidadão, disponível para Android e IOS, e terá mais uma ferramenta para acionar a Polícia Militar. O app pode gerar uma ocorrência diretamente com a Central de Emergência da PMSC. Seja morador de Santa Catarina ou turista de outro estado ou país, basta preencher um cadastro e você poderá indicar exatamente o local onde precisa da Polícia Militar.

Aliás, o telefone celular é o principal objeto roubado neste período, principalmente, em grandes aglomerações. Assim, ao transportar seu telefone, evite deixar em locais visíveis. O bolso de trás da calça, a bolsa aberta ou em cima da mesa do bar são pontos vulneráveis.

Caso tenha o aparelho furtado, não esqueça de registrar imediatamente a ocorrência. Depois, tente localizar o aparelho de acordo com o sistema operacional. Quem utiliza o sistema da Google, por exemplo, pode acessar o “Encontre meu Dispositivo” e ver a localização exata do aparelho.

Se não conseguir recuperar o telefone, bloqueie o IMEI do celular. Para isso é necessário ter o número do IMEI. Para ter acesso, digite *#06# no telefone e grave em um lugar seguro em casa. Também entre em contato com a sua operadora e forneça o IMEI e número do boletim de ocorrência. Dessa forma o telefone será bloqueado e não poderá ser utilizado.

O QUE LEVAR

Saia de casa com o mínimo de dinheiro ou cartões. Leve a carteira de motorista ou RG e evite documentos que não irá utilizar, como CPF e título de eleitor. Em caso de perda da carteira, você evita de refazer a 2ª via de diversos documentos. Em caso de furto, estelionatários podem usar esses registros para aplicar golpes.

CRIANÇAS

Para quem vai pular carnaval acompanhado dos pequenos, não esqueça de colocar uma identificação nas crianças. Pode ser um adesivo no peito ou uma pulseira contendo o nome do responsável e um telefone para contato.

CUIDADOS

Uma situação que também causa transtornos é a venda de ingressos falsos, principalmente em cidades com desfiles ou grandes eventos particulares. Compre sempre nos locais oficiais e nunca compre de cambistas.

INPORTUNAÇÃO SEXUAL

Para as mulheres: Carnaval é uma época de alegria e paqueras, mas o respeito deve sempre prevalecer. Se alguém lhe importunar, seja segurando no braço ou tentando forçar uma situação que você não quer, acione imediatamente a Polícia Militar. Importunação sexual é crime, com pena de 1 a 5 anos de reclusão.

SE BEBER, NÃO DIRIJA

O deslocamento de ida e volta das festas também é um fator importante de segurança. O clássico, se beber não dirija, nunca sai de moda. Além do táxi, algumas cidades dispõem de aplicativos de transporte. A PMSC irá reforçar as operações Lei Seca para garantir a segurança das vias, então não brinque com a sorte e com a sua vida.

Por fim, esse é um período de festa e descontração. Muitas pessoas irão para os mesmos lugares, o que gera trânsito, demora no deslocamento e lentidão nas vias. Seja paciente, prudente e respeite as regras de trânsito. Não estacione em locais proibidos, não bloqueie o trânsito para aquela paradinha rápida ou fure filas.

A educação e o respeito ainda são os melhores companheiros da diversão.

Informações adicionais para imprensa:
Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai
Polícia Militar de Santa Catarina - PMSC
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e ccssubchefia@pm.sc.gov.br
Fone: (48) 3229-6920/3229-6921
Site: www.pm.sc.gov.br 


Fotos: Divulgação / SEA

Cerca de duas milhões de páginas do acervo do Arquivo Público de Santa Catarina se tornarão imortais e poderão ser acessadas com a digitalização dos documentos que ajudam a contar a trajetória do poder público do estado e dos próprios catarinenses.

O projeto “Digitalização, preservação e acesso à informação” realizado em parceria com o Ministério Público conta com a aquisição de um scanner que vai garantir a digitalização de todos os documentos considerados mais raros.

Além das duas milhões de páginas, de um total de seis milhões, serão digitalizados 10 mil fotografias, 2.247 mapas, plantas e croquis e 249 rolos de microfilme.

Arquivo02

Além da compra do equipamento, o projeto elaborado pela equipe técnica do arquivo público prevê a contratação do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) para a prestação do serviço de digitalização, preservação do acervo digital e disponibilização dos documentos em formato virtual ao público.

A previsão para o início das digitalizações é maio e o tempo estimado para conclusão do trabalho é 12 meses.

Preservação da história

De acordo com a diretora do Arquivo, Aline Ramos Fernandes, a proposta para digitalização se baseia na necessidade de preservar o patrimônio e a memória histórica do poder público catarinense registrada em documentos manuscritos (seja com tinteiros ou canetas esferográficas), datilografados ou impressos, garantindo a integridade dos registros e o acesso à informação.

“O patrimônio custodiado pelo Arquivo Público é de valor histórico inestimável e corre risco de deterioração, pois por melhor que sejam as ações de conservação e restauração executadas pela equipe técnica, há sempre uma vida útil para os papéis ou documentos físicos”, explicou Aline.

Verba proveniente de condenações por dano ao patrimônio

O plano de trabalho do projeto sofreu adequações com a Reforma Administrativa do Governo do Estado em julho do ano passado, e agora foi reapresentado e aprovado pelo conselho Gestor do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), do Ministério Público Estadual. O órgão financia projetos de manutenção ou recuperação de bens patrimoniais, ambientais ou históricos.

Os recursos do FRBL são provenientes de condenações, multas e acordos judiciais e extrajudiciais em face de danos causados à coletividade em áreas como patrimônio histórico, meio ambiente e consumidor.

Informações adicionais para imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Administração - SEA
E-mail: comunicacao@sea.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-1636 /(48) 99105-4085
http://www.sea.sc.gov.br 




 

 

 

 


Fotos: Divulgação / IMA

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) anuncia que o sistema customizado do Cadastro Ambiental Rural (CAR) está pronto e que as análises dos mais de 300 mil cadastros já começaram. O CAR é fundamental para regularizar a situação das propriedades rurais, o que possibilita benefícios como redução de multas e liberação de créditos rurais.

A equipe do Instituto, composta por servidores da sede, em Florianópolis, e das 16 Coordenadorias Regionais, passou por treinamento e deu início as verificações de cada cadastro.

Em breve, a análise será ainda mais célere. O Serviço Florestal Brasileiro selecionou os estados do Pará e de Santa Catarina para participar do projeto piloto da análise dinamizada do CAR. Desta forma, o sistema customizado do IMA será integrado ao sistema dinamizado, o que vai possibilitar mais agilidade na análise dos cadastros, sem afetar a qualidade e segurança da verificação. Todo crédito rural vai ser liberado a partir desta análise do CAR.


Servidores do IMA durante treinamento em Florianópolis

O IMA contratou a Universidade de Lavras para o desenvolvimento de um sistema customizado do CAR, o que foi necessário porque o sistema nacional não atende às características do estado catarinense. A plataforma exclusiva foi construída de acordo com as especificidades de Santa Catarina. Contém informações como banco de dados com imagens de alta resolução, refinamento da base hidrográfica estadual, dados das unidades de conservação estaduais e municipais, terras indígenas, entre outros. O sistema começou a ser desenvolvido em março de 2019.

CAR

Todas as propriedades rurais precisam cadastrar as APPs, reserva legal, remanescentes florestais, áreas consolidadas existentes em suas propriedades. As áreas a serem recuperadas também serão cadastradas e os proprietários terão um tempo para fazer a recuperação, em contrapartida, as propriedades que estão cadastradas e que aderiram ao programa de regularização ambiental (PRA), terão acesso a créditos bancários rurais e a diminuição de multas.

Informações adicionais à imprensa:
Claudia Xavier
Assessoria de Imprensa IMA
Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina
E-mail: comunicacao@ima.sc.gov.br
Fone: (48) 3665 4177 / (48) 99172 8277
Site: www.ima.sc.gov.br 


Foto: Sarah Goulart/SEF

Auditores fiscais da Secretaria da Fazenda de Santa Catarina (SEF/SC) deflagraram, nesta segunda e terça-feira, 17 e 18, a operação Presença Fiscal. Realizada em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização teve como objetivo a verificação de regularidade de documentos fiscais no transporte de mercadorias em Florianópolis.

“As operações que realizamos são fundamentais para garantir que os contribuintes estejam cumprindo as obrigações fiscais. Nosso trabalho em fiscalização de trânsito é observar se o transportador possui a nota fiscal em conformidade com a carga, bem como se há a documentação necessária e legal”, afirma o diretor de Administração Tributária da SEF/SC, Rogério de Macedo Mello da Silva.

Durante os dois dias da operação, aproximadamente 700 veículos de carga foram abordados. Dentre estes, 39 estavam com documentação irregular e receberam notificações que totalizaram R$ 132.065,69. Um dos objetivos da fiscalização é educar o contribuinte a manter as obrigações fiscais em dia espontaneamente. No caso de sonegação fiscal, os contribuintes têm até 30 dias para pagar o imposto devido mais a multa com desconto de 50%.

De acordo com o secretário da SEF/SC, Paulo Eli, as ações de fiscalização serão intensificadas em 2020, inclusive com uso de tecnologias e cooperação com outras instituições. “Realizamos operações em todo o estado e continuaremos aprimorando os trabalhos ao longo do ano, com foco no combate à sonegação e fraudes fiscais”, salientou.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secretaria da Fazenda
Michelle Nunes
Fone: (48) 3665-2575/ (48) 99929-4998
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 99992-2089
Site: www.sef.sc.gov.br 
facebook.com/fazendasc
https://www.instagram.com/fazendasc


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O fortalecimento das relações entre Santa Catarina e o Canadá, com ações concretas de cooperação, foi tema de uma audiência entre o governador Carlos Moisés, gestores setoriais do Governo do Estado e a cônsul-geral canadense em São Paulo, Heather Cameron. A reunião foi realizada na manhã desta terça-feira, 18, na Casa d'Agronômica, em Florianópolis.

Entre as áreas em que pode haver cooperação estão infraestrutura, maricultura, pesquisa, tecnologia e inovação, com a realização de eventos e a presença de startups catarinenses no Canadá e vice-versa. Também foram abordadas parcerias público-privadas, tecnologia para a produção rural, mitigação de impactos ambientais, reflorestamento e gestão de resíduos sólidos.

"São várias áreas que trabalhamos para desenvolver aqui em Santa Catarina e em que podemos ser parceiros", sintetizou o governador. O próximo passo das possíveis parcerias é aprofundar o diálogo em cada ponto de cooperação abordado na reunião desta terça.

>>> Mais fotos na galeria

A visita a Santa Catarina foi a primeira da cônsul-geral fora de São Paulo, nos aproximadamente quatro meses que ela exerce a função. A representação canadense vê o estado como estratégico. "Temos boas relações entre Santa Catarina e o Canadá. Ainda temos boas conexões entre o setor privado canadense e o de Santa Catarina. Em tecnologia, de manufatura, já temos parcerias e a tendência é muito positiva para o futuro", projeta Heather Cameron.

Na avaliação do secretário executivo de Assuntos Internacionais, Derian Campos, o Governo de Santa Catarina trabalha desde o início do ano passado para reforçar a relevância catarinense no cenário global. "O Canadá oferece muita oportunidade de sinergia, porque as matrizes econômicas são muito parecidas. Há uma possibilidade de aprofundamento das relações que é benéfica para as duas partes", aponta o secretário.

Também participaram da reunião o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Holthausen, o consultor jurídico da Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, Carlos Magno dos Santos Júnior, o secretário executivo do Meio Ambiente, Celso Albuquerque, e o responsável pelo Escritório Comercial do Governo do Canadá para o Sul do Brasil, Paulo Barnewitz Orlandi.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC