Compartilhe

Foto: Arquivo/Secom

A Serra do Rio do Rastro deve ganhar um novo equipamento turístico, resultado de investimento totalmente privado. Nesta terça-feira, 3, o Governo do Estado firmou um Termo de Cooperação Técnica de Deflagração de Procedimento de Manifestação de Interesse, documento que permitirá o recebimento de estudos técnicos para a implantação de um novo mirante em Bom Jardim da Serra.

O ato foi realizado no Clube Bonjardinense, com a presença de representantes da sociedade civil e comunidade em geral, além da presidente da Santur, Flavia Didomenico, do diretor da SCPar, Fabiano Ramalho, e do prefeito de Bom Jardim da Serra, Sérgio Rodrigues de Oliveira.

A Santur e a SCPar esão trabalhando em parceria para deflagrar o procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) do mirante da Serra do Rio do Rastro, com vistas à estruturação do projeto de concessão ou de parceria público-privada (PPP), em que o governo vai receber os projetos sem custo aos cofres públicos.

Foto: Saul Oliveira Filho/Santur

Equipamento turístico de porte internacional

Na avaliação da presidente da Santur, a natureza exuberante da Serra, aliada à gastronomia e à riqueza de etnias da região tornarão o equipamento um atrativo de porte internacional. "O turismo mundial tem crescido com rotas que valorizam as paisagens aliadas a experiências marcantes. Vamos priorizar a exploração consciente e sustentável para que os visitantes tenham uma experiência única em Santa Catarina", pontua Flavia.

Ela destacou ainda a união de esforços de diversos órgãos do Governo para o andamento do projeto, como a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, o Instituto do Meio Ambiente (IMA), a Secretaria de Estado da Administração, Defesa Civil, SCPar e Santur. O termo de cooperação técnica tem como objetivo o apoio mútuo entre os órgãos para planejamento, elaboração e execução da concessão à iniciativa privada do mirante da Serra do Rio do Rastro.

O diretor de planejamento da Santur, Leandro Mané Ferrari, explica que o próximo passo do processo é a análise e estruturação do PMI por parte do comitê gestor de PPPs do Estado. "Depois, será aberto chamamento público, por meio do qual serão recebidas as propostas. Depois da análise, será feita a modelagem final para concessão", explica. Já o papel da SCPar no processo é de assessoramento técnico: "Temos a missão de analisar o cenário econômico para a concessão e trazer uma modelagem atrativa para o mercado", afirma Ramalho, diretor da empresa.

Foto: Saul Oliveira Filho/Santur

Informações adicionais para imprensa:
Ana Paula Flores
Assessoria de Imprensa 
Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina - Santur 
E-mail: imprensa@santur.sc.gov.br
Fone: (48) 3665- 7480​ / (48) 98844-1240
Site: www.turismo.sc.gov.br