Foto: Mateus Silva / PMRv

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv), por meio do Comando de Policiamento Rodoviário (CPMR), lançou oficialmente nesta semana a Operação Inverno 2020, que atenderá todas as rodovias estaduais catarinenses, principalmente na região serrana do Estado, caracterizada pelo frio intenso. Na prática, a operação já está ocorrendo desde o último dia 21 de junho.

A operação conta com o aumento do policiamento preventivo, a fim de proporcionar segurança aos usuários das rodovias estaduais, com apoio de outros postos da PMRv e outras unidades policiais militares. 

A Polícia Militar Rodoviária orienta os usuários das rodovias estaduais catarinenses que estão em regiões afetadas pelas baixas temperaturas – e que podem provocar a formação de gelo ou até mesmo neve sobre as pistas de rolamento – que observem as seguintes recomendações:

1. Planeje com antecedência sua viagem, evitando transitar durante a noite, uma vez que a temperatura é ainda menor, a visibilidade fica prejudicada e a probabilidade de deslizamentos sobre a pista é maior;

2. Os cuidados começam com a manutenção do carro. É preciso verificar a bateria, nível do óleo, freios, radiador, faróis e lanternas. O sistema de ignição também precisa estar em ordem e a calibragem dos pneus deve ser verificada. Devem tomar a precaução de adicionarem anticongelantes ao líquido dos radiadores de seus veículos, para evitar maiores problemas e surpresas;

3. Quando for ligar o carro, limpe o excesso de neve que estiver no teto, capô e vidros. Antes de sair com o veículo, limpe os vidros embaçados para melhorar a visibilidade – ligar o ar condicionado pode ajudar. É obrigatório, mesmo de dia, ligar os faróis e as lanternas, atitude essencial para que os outros motoristas tenho contato visual com seu veículo;

4. Observe as placas de sinalização que indicam possibilidade de gelo sobre a pista. Nestes locais redobre a atenção, assim como nas áreas de sombra sobre a pista, nas quais deve ser observado  se realmente há a presença de gelo. Se houver, informe o Posto da Polícia Militar Rodoviária pelo telefone 198, para que o policial de serviço possa auxiliá-lo no seu deslocamento com dicas e orientações sobre o trânsito no local.

Informações adicionais para imprensa:
Comando de Policiamento Militar Rodoviário – PMSC
Site: www.pmrv.sc.gov.br/
(48) 3271-2300

 


Foto: Divulgação / Secretaria da Infraestrutura

A empresa JR Construções e Terraplanagem foi a vencedora do processo licitatório para a execução das obras na rodovia Jorge Lacerda, em Criciúma. O resultado da licitação foi publicado nesta semana no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina. O valor para a execução dos serviços é de R$ 15.748.423,18 e o prazo é de 300 dias, após assinatura da ordem de serviço.

A rodovia faz a ligação entre Criciúma e a BR-101, além de ser um importante acesso para o município de Forquilhinha. O trecho compreende 8,3 quilômetros entre a rodovia federal e a rótula de intersecção com a Rodovia Gabriel Arns.

“Estamos cumprindo mais um compromisso do Governo do Estado. Esta é uma obra muito esperada na região e vai garantir a segurança e comodidade a todos que trafegam pelo local”, explicou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

Os serviços incluem terraplanagem, pavimentação, drenagem, obras de arte correntes, sinalização, serviços complementares, meio ambiente, iluminação, obras de contenção (muro de concreto armado) e seis intersecções.

A próxima etapa é a assinatura do contrato com a empresa, seguida da emissão da ordem de serviço para o início dos trabalhos, que deve ocorrer até o fim de julho.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com



Uma tecnologia adotada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Santa Catarina (Detran/SC) neste ano facilita o trabalho de gestores públicos e pesquisadores. As novas funcionalidades da ferramenta de estatísticas do departamento permitem separar os dados, por exemplo, por nível de gravidade das multas (multas leves, médias, graves ou gravíssimas).

Essa reformulação foi feita pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc). Segundo André Muller, Analista de Sistemas do Ciasc, “a reformulação da área estatística do Detran disponibiliza tanto ao gestor público quanto à população uma coleção de dados de grande valor”.

As novas informações podem ser acessadas ao clicar em “Estatísticas” no menu da página inicial do site oficial do Detran,  www.detran.sc.gov.br e são especialmente importantes para gestores públicos que lidam com questões de trânsito e pesquisadores que trabalham com essa área. Esse tipo de dado pode ser utilizado como embasamento para políticas públicas que visam, por exemplo, pensar em novas ações de conscientização de motoristas ou entender onde é necessário ter mais policiamento para coibir as infrações.

Utilizando a nova ferramenta é possível saber, por exemplo, que Florianópolis e Bombinhas são cidades com uma grande quantidade de multas por estacionamento em local proibido, especialmente para veículos estrangeiros, como argentinos e uruguaios. Com essa informação, os gestores públicos desses municípios podem pensar em ações de conscientização voltadas especificamente para a questão do estacionamento irregular.

Essa tecnologia foi construída com a utilização da plataforma BoaVista, a ferramenta de infraestrutura de Big Data criada pelo CIASC que permite otimizar os processos de análise de dados.Sobre o novo sistema, o Técnico Administrativo da Gerência de Informática e Estatística do Detran, Thael Rosa disse que “Já havia o interesse de disponibilizar essas informações ao cidadão e utilizamos um relatório de avaliação do nível de informações disponibilizadas nos portais dos Detrans (de outros estados) para definir como faríamos isso”.

PLATAFORMA BOAVISTA
A plataforma BoaVista, que ganhou notoriedade por ser a ferramenta utilizada pelo Governo do Estado para gerar inteligência de dados sobre a pandemia da Covid-19, também foi a responsável por essa tecnologia de inteligência de dados de trânsito. A primeira aplicação dessa ferramenta foi para o processamento de dados de Notas Fiscais Eletrônicas, o que rendeu um prêmio no Congresso Internacional de Sistemas de Informação Empresarial de 2018.

Informações adicionais para a imprensa
Vinícius Bressan
Assessoria de Imprensa
Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina - CIASC
E-mail: vinicius@fabricacom.com.br
Fone: (48) 99826-6156
Site: www.ciasc.sc.gov.br
https://www.facebook.com/ciasc e twitter.com/ciasc_gov


Foto: Arquivo/ Secom

O primeiro leilão eletrônico on-line da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) será realizado no dia 16 de julho. Serão leiloados veículos e sucatas apreendidos e retirados de circulação pela Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina (PMRV).

A abertura oficial para cadastro e registro de pré-lance será realizada nesta quinta-feira, 9, a partir das 9h. Os lotes serão arrematados pelos maiores lances oferecidos.

Os interessados devem efetuar o cadastro no site do leiloeiro público oficial, com antecedência mínima de 48 horas da data marcada para o evento. Para que seja confirmado o cadastro pela internet, será obrigatório que, no ato do seu preenchimento, sejam anexadas cópias dos documentos solicitados no site.

Serão disponibilizados aproximadamente 516 lotes, entre carros, motocicletas e sucatas de veículos depositadas nos pátios. Os veículos terão direito à documentação e poderão voltar a circular. Já as sucatas de veículos não terão direito à documentação e não poderão circular em vias públicas.

Podem participar do leilão de veículos cidadãos e empresas. Para os lotes de sucata, apenas pessoas jurídicas inscritas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ e em consonância com a Lei 12977/14 e Resolução 530/15 do Contran.

O Memorial Descritivo contendo as especificações e as condições de participação poderá ser obtido na Sede do Comando de Policiamento Militar Rodoviário de Santa Catarina, na Rua Pref. Dib Cherem, 2579 - Capoeiras - Florianópolis/SC - Fone (48) 3271-2300, por meio da Internet, nos sites: www.sie.sc.gov.br e www.pmrv.sc.gov.br ou ainda ser solicitado por correio eletrônico no endereço: leilao@pmrv.sc.gov.br.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Arquivo/ Contorno Viário de Seara

A empresa DECC Construções foi a vencedora do processo licitatório para a execução das obras da ponte sobre o Rio Caçador, em Seara. O resultado da licitação foi publicado na segunda-feira, 6, no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina. O prazo para execução dos serviços é de 210 dias, após assinatura da Ordem de Serviço.

A estrutura terá 60 metros de extensão e 11,6 metros de largura. Além disso, a ponte contará com barreiras new-jersey, passeios e guarda-corpos. Serão investidos R$ 2.499.999,99 para a execução dos serviços.

“A ponte faz parte do Contorno Viário de Seara e é uma obra muito aguardada na região, já que a utilização da rodovia depende da instalação da ponte, que não estava prevista no projeto inicial. Com muito esforço conseguimos dar encaminhamento ao processo para a contratação dos serviços”, declarou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

A próxima etapa é a assinatura do contrato com a empresa, seguida da emissão da Ordem de Serviço para o início dos trabalhos, que deve ocorrer até o fim deste mês.

A obra do contorno viário de Seara foi concluída no início de 2019. A ponte fará a ligação entre a SC-283, no trevo de Xavantina, com a SC-155, que liga Seara a Itá. 

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O trecho da BR-101 que corta o Sul de Santa Catarina já está sob responsabilidade da concessionária CCR. Foi assinado na manhã desta segunda-feira, 06, no aeroporto de Jaguaruna, o contrato de concessão da rodovia. O ato contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. O governador Carlos Moisés, em quarentena por conta da Covid-19, foi representado pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

O trecho Sul da BR-101 está completamente duplicado e possui uma extensão de pouco mais de 220 quilômetros, entre Paulo Lopes e São João do Sul.  O contrato tem uma duração de 30 anos e prevê investimentos de R$ 7,5 bilhões no período, sendo R$ 4 bilhões em custos operacionais. Serão implantadas faixas adicionais (98 km), vias marginais (70 km), passarelas, rotatórias, dispositivos em desnível, adequação de acessos, canalização de fluxos de tráfego e outras medidas referentes à segurança da rodovia.

>> Mais fotos na galeria

O ministro destacou que o “catarinense pode esperar uma concessão de alto nível”. Segundo ele, o leilão da rodovia, realizado em fevereiro, foi altamente competitivo, o que representou um valor significativo de deságio. Freitas relatou ainda que a concessão gerará aproximadamente 1,5 mil empregos diretos e indiretos.

“Eu trago hoje o abraço do presidente Bolsonaro a Santa Catarina. O Governo Federal não faltará ao estado. Essa é uma entrega que reafirma a nossa esperança em um Brasil melhor. Nós fazemos concessão para melhorar a prestação de serviço e tornar o Brasil mais eficiente, com custos menores. As nossas concessões salvam vidas e geram riqueza”, destacou o ministro.

O secretário Thiago Vieira salientou que a assinatura será um marco para o desenvolvimento do Sul de Santa Catarina, com a concessão trazendo mais segurança viária para os usuários. Na avaliação do secretário, as agendas de desestatização são importantes para garantir um serviço de qualidade a um preço acessível, como é o caso da BR-101 Sul, com o pedágio fixado a R$ 1,97.

“Essas agendas com a iniciativa privada são fundamentais para desonerar o Estado e garantir um serviço de melhor qualidade para quem trafega. O ministro Tarcísio tem feito um trabalho brilhante com a desestatização e acreditamos que a concessão será um vetor de desenvolvimento para o Sul de Santa Catarina”, disse Vieira

Na parte da tarde, o ministro fará uma vistoria nas obras de pavimentação do lado catarinense da BR-285, que devem ser entre entregues ainda neste ano. Também participaram do ato de assinatura da concessão a vice-governadora Daniela Reinehr, representantes do Fórum Parlamentar Catarinense, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e deputados estaduais.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

 


Foto: Arquivo / Secom

A obra de recuperação em 25 pontos críticos da SC-390, Serra do Rio do Rastro, entra na fase de execução nesta segunda-feira, 6. A intervenção começará no ponto 25, no município de Orleans, no quilômetro 448+700.

Serão realizados os serviços de contenção de talude com tela metálica de alta resistência. A previsão é que a intervenção no ponto 25 seja concluída em 90 dias. O trânsito ficará em meia pista, em uma extensão de 300 metros do ponto 25, no sentido Tubarão-Orleans. O fluxo seguirá no sistema “siga e pare”. A operação será coordenada pela Polícia Militar Rodoviária.

O plano de trabalho prevê que a intervenção ocorra simultaneamente em outros pontos ao longo da rodovia.

"Os serviços serão iniciados pelo ponto 25 e a previsão é que na segunda quinzena de julho as equipes também comecem a trabalhar nos pontos localizados na Serra do Rio do Rastro. Esta é uma obra aguardada há mais de dois anos pela comunidade local e que garantirá mais segurança para os usuários da rodovia, que tem forte potencial turístico. Neste momento de obras é preciso ter atenção redobrada ao trafegar pelo local, pois será necessário fazer alterações no trânsito", explicou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

Sobre a obra

O plano de trabalho de recuperação dos 25 pontos críticos contempla ainda a intervenção ao longo da rodovia SC-390, com diferentes técnicas conforme a necessidade de cada ponto, e a retirada de blocos rochosos e outros materiais que estão soltos e depositados sobre os taludes.

A empresa responsável pelo projeto e pela execução da obra é a Teixeira Duarte e o valor contratado é de R$ 19.084.771,00, com recurso proveniente do Ministério do Desenvolvimento Regional. O prazo previsto para conclusão da obra é maio de 2021.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Divulgação / SIE

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que o cadastro de novos beneficiários para receber o passe livre para travessia do ferry boat entre Itajaí e Navegantes será realizado de 1º a 10 de julho.

 O cadastramento ocorrerá das 12h às 18h, no escritório da SIE, em Navegantes, localizado à Rua João Sacavem, 962. Os documentos necessários para realizar o cadastro estão listados neste link.

Desde março de 2020, quando as medidas de combate à Covid-19 foram determinadas pelo Governo do Estado, a atualização de dados e o recadastramento dos beneficiários estão sendo renovados automaticamente por mais seis meses. Sendo assim, não é necessário ir até o escritório para fazer a atualização. A renovação automática permanecerá no mês de junho e até que as atividades sejam retomadas integralmente.

Distribuição do passe livre de agosto

O passe livre referente ao mês de agosto para o ferry boat entre Navegantes e Itajaí será disponibilizado entre os dias 20 e 30 de julho. A retirada do benefício ocorrerá das 12h às 18h, no escritório localizado na Rua João Sacavem, 962, em Navegantes.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O trânsito de veículos sobre a ponte Colombo Machado Salles, em Florianópolis, será liberado às 13h deste domingo, 28. Por volta das 10h, foi concluída a etapa de perfuração e protensão com as barras de aço especiais (dywidag) do bloco 4 da estrutura que liga a Ilha ao Continente. O trabalho seguirá conforme cronograma da obra de recuperação dos blocos das pontes da Capital.

O desvio do fluxo da ponte Colombo Salles iniciou às 7h de sábado, 27. A reversão foi feita em duas faixas da ponte Pedro Ivo Campos e a operação foi coordenada pelo 4º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina com apoio da Polícia Rodoviária Federal.

>> Mais fotos na galeria 

“Finalizamos com sucesso a etapa de perfuração e protensão do bloco 4 da Colombo Salles. A empresa executora conseguiu adiantar bastante o trabalho, sendo possível concluir as intervenções desta primeira fase antes do previsto. O trânsito na ponte será liberado às 13h, ou seja, 16 horas antes do planejado. Conseguimos adiantar o cronograma e cumprir o compromisso de gerar o menor impacto possível no tráfego e na mobilidade na entrada e saída da Ilha de Santa Catarina durante esta obra fundamental para a manutenção das estruturas que ligam a ilha ao continente”, afirma o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

O tratamento emergencial dos blocos é realizado com a técnica de reforço com barras dywidag - protensão com barras de aço especiais. Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes na ponte serão transmitidas às estacas de fundação.

A obra de recuperação emergencial dos blocos das pontes iniciou no dia 1º de junho. As intervenções serão realizadas em três blocos em cada ponte, começando pela Colombo Salles. Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto.

>> Leia também:

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O desvio do trânsito da Ponte Colombo Machado Salles para a Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, foi iniciado na manhã deste sábado, 27, e segue até as 5h, de segunda-feira, 29.

A reversão do fluxo foi feita em duas faixas da Ponte Pedro Ivo. O trânsito flui com um pouco mais de lentidão e em alguns momentos ocorrem congestionamentos nas entradas e saídas da ponte. A operação de trânsito é coordenada pelo 4º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina e com apoio da Polícia Militar Rodoviária.

>> Mais fotos na galeria 

A medida faz parte do cronograma da obra de recuperação dos blocos das pontes da Capital.

"Estamos realizando mais uma importante etapa na obra de recuperação das pontes. É a primeira vez que as estruturas recebem qualquer tipo de intervenção e optamos pelo desvio do trânsito total do fluxo como precaução em relação à segurança dos motoristas, pois o bloco 4 precisa ser perfurado para que possa ser reforçado com as barras de aço especiais. Reforçamos o pedido para que os motoristas tenham mais atenção e, se possível, fiquem em casa e evitem o trajeto de cruzar a ponte", explica o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

O tratamento emergencial dos blocos será realizado com a técnica de reforço com barras dywidag - protensão com barras de aço especiais. Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes na ponte serão transmitidas às estacas de fundação.

A obra de recuperação emergencial dos blocos das pontes iniciou no dia 1º de junho. As intervenções serão realizadas em três blocos em cada ponte, começando pela Colombo Salles. Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com