Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O trecho da BR-101 que corta o Sul de Santa Catarina já está sob responsabilidade da concessionária CCR. Foi assinado na manhã desta segunda-feira, 06, no aeroporto de Jaguaruna, o contrato de concessão da rodovia. O ato contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. O governador Carlos Moisés, em quarentena por conta da Covid-19, foi representado pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

O trecho Sul da BR-101 está completamente duplicado e possui uma extensão de pouco mais de 220 quilômetros, entre Paulo Lopes e São João do Sul.  O contrato tem uma duração de 30 anos e prevê investimentos de R$ 7,5 bilhões no período, sendo R$ 4 bilhões em custos operacionais. Serão implantadas faixas adicionais (98 km), vias marginais (70 km), passarelas, rotatórias, dispositivos em desnível, adequação de acessos, canalização de fluxos de tráfego e outras medidas referentes à segurança da rodovia.

>> Mais fotos na galeria

O ministro destacou que o “catarinense pode esperar uma concessão de alto nível”. Segundo ele, o leilão da rodovia, realizado em fevereiro, foi altamente competitivo, o que representou um valor significativo de deságio. Freitas relatou ainda que a concessão gerará aproximadamente 1,5 mil empregos diretos e indiretos.

“Eu trago hoje o abraço do presidente Bolsonaro a Santa Catarina. O Governo Federal não faltará ao estado. Essa é uma entrega que reafirma a nossa esperança em um Brasil melhor. Nós fazemos concessão para melhorar a prestação de serviço e tornar o Brasil mais eficiente, com custos menores. As nossas concessões salvam vidas e geram riqueza”, destacou o ministro.

O secretário Thiago Vieira salientou que a assinatura será um marco para o desenvolvimento do Sul de Santa Catarina, com a concessão trazendo mais segurança viária para os usuários. Na avaliação do secretário, as agendas de desestatização são importantes para garantir um serviço de qualidade a um preço acessível, como é o caso da BR-101 Sul, com o pedágio fixado a R$ 1,97.

“Essas agendas com a iniciativa privada são fundamentais para desonerar o Estado e garantir um serviço de melhor qualidade para quem trafega. O ministro Tarcísio tem feito um trabalho brilhante com a desestatização e acreditamos que a concessão será um vetor de desenvolvimento para o Sul de Santa Catarina”, disse Vieira

Na parte da tarde, o ministro fará uma vistoria nas obras de pavimentação do lado catarinense da BR-285, que devem ser entre entregues ainda neste ano. Também participaram do ato de assinatura da concessão a vice-governadora Daniela Reinehr, representantes do Fórum Parlamentar Catarinense, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e deputados estaduais.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

 


Foto: Arquivo / Secom

A obra de recuperação em 25 pontos críticos da SC-390, Serra do Rio do Rastro, entra na fase de execução nesta segunda-feira, 6. A intervenção começará no ponto 25, no município de Orleans, no quilômetro 448+700.

Serão realizados os serviços de contenção de talude com tela metálica de alta resistência. A previsão é que a intervenção no ponto 25 seja concluída em 90 dias. O trânsito ficará em meia pista, em uma extensão de 300 metros do ponto 25, no sentido Tubarão-Orleans. O fluxo seguirá no sistema “siga e pare”. A operação será coordenada pela Polícia Militar Rodoviária.

O plano de trabalho prevê que a intervenção ocorra simultaneamente em outros pontos ao longo da rodovia.

"Os serviços serão iniciados pelo ponto 25 e a previsão é que na segunda quinzena de julho as equipes também comecem a trabalhar nos pontos localizados na Serra do Rio do Rastro. Esta é uma obra aguardada há mais de dois anos pela comunidade local e que garantirá mais segurança para os usuários da rodovia, que tem forte potencial turístico. Neste momento de obras é preciso ter atenção redobrada ao trafegar pelo local, pois será necessário fazer alterações no trânsito", explicou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

Sobre a obra

O plano de trabalho de recuperação dos 25 pontos críticos contempla ainda a intervenção ao longo da rodovia SC-390, com diferentes técnicas conforme a necessidade de cada ponto, e a retirada de blocos rochosos e outros materiais que estão soltos e depositados sobre os taludes.

A empresa responsável pelo projeto e pela execução da obra é a Teixeira Duarte e o valor contratado é de R$ 19.084.771,00, com recurso proveniente do Ministério do Desenvolvimento Regional. O prazo previsto para conclusão da obra é maio de 2021.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Divulgação / SIE

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que o cadastro de novos beneficiários para receber o passe livre para travessia do ferry boat entre Itajaí e Navegantes será realizado de 1º a 10 de julho.

 O cadastramento ocorrerá das 12h às 18h, no escritório da SIE, em Navegantes, localizado à Rua João Sacavem, 962. Os documentos necessários para realizar o cadastro estão listados neste link.

Desde março de 2020, quando as medidas de combate à Covid-19 foram determinadas pelo Governo do Estado, a atualização de dados e o recadastramento dos beneficiários estão sendo renovados automaticamente por mais seis meses. Sendo assim, não é necessário ir até o escritório para fazer a atualização. A renovação automática permanecerá no mês de junho e até que as atividades sejam retomadas integralmente.

Distribuição do passe livre de agosto

O passe livre referente ao mês de agosto para o ferry boat entre Navegantes e Itajaí será disponibilizado entre os dias 20 e 30 de julho. A retirada do benefício ocorrerá das 12h às 18h, no escritório localizado na Rua João Sacavem, 962, em Navegantes.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O trânsito de veículos sobre a ponte Colombo Machado Salles, em Florianópolis, será liberado às 13h deste domingo, 28. Por volta das 10h, foi concluída a etapa de perfuração e protensão com as barras de aço especiais (dywidag) do bloco 4 da estrutura que liga a Ilha ao Continente. O trabalho seguirá conforme cronograma da obra de recuperação dos blocos das pontes da Capital.

O desvio do fluxo da ponte Colombo Salles iniciou às 7h de sábado, 27. A reversão foi feita em duas faixas da ponte Pedro Ivo Campos e a operação foi coordenada pelo 4º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina com apoio da Polícia Rodoviária Federal.

>> Mais fotos na galeria 

“Finalizamos com sucesso a etapa de perfuração e protensão do bloco 4 da Colombo Salles. A empresa executora conseguiu adiantar bastante o trabalho, sendo possível concluir as intervenções desta primeira fase antes do previsto. O trânsito na ponte será liberado às 13h, ou seja, 16 horas antes do planejado. Conseguimos adiantar o cronograma e cumprir o compromisso de gerar o menor impacto possível no tráfego e na mobilidade na entrada e saída da Ilha de Santa Catarina durante esta obra fundamental para a manutenção das estruturas que ligam a ilha ao continente”, afirma o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

O tratamento emergencial dos blocos é realizado com a técnica de reforço com barras dywidag - protensão com barras de aço especiais. Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes na ponte serão transmitidas às estacas de fundação.

A obra de recuperação emergencial dos blocos das pontes iniciou no dia 1º de junho. As intervenções serão realizadas em três blocos em cada ponte, começando pela Colombo Salles. Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto.

>> Leia também:

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O desvio do trânsito da Ponte Colombo Machado Salles para a Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, foi iniciado na manhã deste sábado, 27, e segue até as 5h, de segunda-feira, 29.

A reversão do fluxo foi feita em duas faixas da Ponte Pedro Ivo. O trânsito flui com um pouco mais de lentidão e em alguns momentos ocorrem congestionamentos nas entradas e saídas da ponte. A operação de trânsito é coordenada pelo 4º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina e com apoio da Polícia Militar Rodoviária.

>> Mais fotos na galeria 

A medida faz parte do cronograma da obra de recuperação dos blocos das pontes da Capital.

"Estamos realizando mais uma importante etapa na obra de recuperação das pontes. É a primeira vez que as estruturas recebem qualquer tipo de intervenção e optamos pelo desvio do trânsito total do fluxo como precaução em relação à segurança dos motoristas, pois o bloco 4 precisa ser perfurado para que possa ser reforçado com as barras de aço especiais. Reforçamos o pedido para que os motoristas tenham mais atenção e, se possível, fiquem em casa e evitem o trajeto de cruzar a ponte", explica o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

O tratamento emergencial dos blocos será realizado com a técnica de reforço com barras dywidag - protensão com barras de aço especiais. Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes na ponte serão transmitidas às estacas de fundação.

A obra de recuperação emergencial dos blocos das pontes iniciou no dia 1º de junho. As intervenções serão realizadas em três blocos em cada ponte, começando pela Colombo Salles. Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Cristiano Estrela / Secom

O trânsito da Ponte Colombo Machado Salles, em Florianópolis, será desviado para a Ponte Pedro Ivo Campos a partir das 7h de sábado, 27, até as 5h de segunda-feira, 29. A medida faz parte do cronograma da obra de recuperação dos blocos das pontes da capital.

A reversão do fluxo será feita em duas faixas na Ponte Pedro Ivo e a operação de trânsito será coordenada pelo 4º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina. Tanto os motoristas que entram quanto os que saem da Ilha de Santa Catarina vão utilizar esse acesso. A ponte Colombo Salles (ilha-continente) estará fechada para o tráfego, sendo liberada somente para veículos oficias em serviço.


Imagem / PMC

As obras de pavimentação do Contorno Viário Oeste de Chapecó começarão em breve. A ordem de serviço foi assinada nesta semana pela prefeitura da cidade, após o Governo do Estado liberar a primeira parcela do convênio para execução da obra, que ligará a BR-282 com a SC-283. O valor do repasse, ocorrido na última sexta-feira, 19, foi de R$ 2 milhões, pagos por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE).


Foto: Cristiano Estrela / Arquivo / Secom

O trânsito da Ponte Colombo Machado Salles, em Florianópolis, será desviado para a Pedro Ivo Campos a partir das 7h de sábado, 27, até as 5h de segunda-feira, 29. A medida faz parte do cronograma da obra de recuperação dos blocos das pontes da Capital.

A reversão do fluxo será feita em duas faixas na Ponte Pedro Ivo, e, se necessário, será avaliada a utilização da Ponte Hercílio Luz. A operação será acompanhada pela Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar e Guarda Municipal.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, explica que o desvio é necessário para fazer as perfurações nos blocos da Colombo Salles (ilha-continente) e dar prosseguimento aos serviços de recuperação. “Optamos pelo desvio do trânsito como precaução em relação à segurança dos motoristas, pois os blocos precisam ser perfurados para que possam ser reforçados com as barras de aço especiais”, comenta.

O tratamento emergencial dos blocos será realizado com a técnica de reforço com barras dywidag (protensão com barras de aço especiais). Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes na ponte serão transmitidas às estacas de fundação.

A obra de recuperação emergencial dos blocos das pontes iniciou no dia 1º de junho. As intervenções serão realizadas em três blocos em cada ponte, começando pela Colombo Salles. Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto.

>> Leia também:

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com

A região do Extremo Oeste está recebendo investimentos de R$ 349.895,10 do Governo do Estado, por meio de convênios entre a Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIE) e as prefeituras de Riqueza e Guaraciaba.

No município de Riqueza, o recurso de R$ 100 mil será usado para a revitalização da Praça Central Alberto Pasa.

Em Guaraciaba, por meio de emenda impositiva do deputado Mauricio Eskudlark, o repasse de R$249.895,10 é para a pavimentação com pedras irregulares na Rua Olavo Bilac, no Loteamento Marcon, na Rua Santa Lúcia, no Loteamento Montagna e nas Ruas I, II, III e IV da Área Industrial Antônio Negri.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O Governo do Estado e a prefeitura de Blumenau celebraram nesta quarta-feira, 17, um convênio para a realização das obras de balizamento noturno e cercamento do Aeroporto Regional Quero-Quero. O investimento do Governo será de R$ 4 milhões, com uma contrapartida de R$ 206 mil por parte da administração municipal. A assinatura confirma um compromisso assumido pelo governador Carlos Moisés em setembro do ano passado, em visita à maior cidade do Vale do Itajaí.

As obras de melhorias no aeroporto fazem parte do Programa Novos Rumos, para investimentos em infraestrutura em todas as regiões do estado. Segundo o governador, o principal benefício do balizamento será a possibilidade de o aeroporto receber voos noturnos. Hoje, as aeronaves só podem operar de dia.

“Esse é um compromisso de interesse de público. Foi dessa maneira que nós fizemos todas as escolhas de obras de infraestrutura regionais. Ouvimos as associações de municípios para escolher as prioridades. Nesse caso do aeroporto Quero-quero, o balizamento noturno e o cercamento são essenciais para que ele possa dar um salto para se tornar um aeroporto que atenda efetivamente toda a região”, ressalta Carlos Moisés.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, conta que a licitação para a obra ficará a cargo da prefeitura, que receberá o valor em duas parcelas. O Governo do Estado ajudou na análise da viabilidade.

“Sem os instrumentos adequados, um aeroporto não pode operar de noite. Por isso essa obra é tão importante. Seguimos com a nossa prioridade de investir fortemente em infraestrutura. Num cenário pós-pandemia, esses investimentos ajudarão na recuperação econômica, fornecendo uma base sólida”, opina Vieira.

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, afirma que a escolha por essa obra é um reconhecimento, por parte da administração estadual, da importância do aeroporto para o desenvolvimento do município.

“Com essa injeção de recursos, esse aeroporto pode mudar de patamar. Essa obra nos dá outra perspectiva. Com essa ação, podemos fazer com que tenhamos, no futuro, voos interligando com outras cidades. É uma iniciativa que vai beneficiar uma região que abrange praticamente um milhão de pessoas”, explica Hildebrandt.

Melhorias irão auxiliar no transporte de órgãos

O deputado estadual Ricardo Alba destaca que o balizamento noturno ajudará também no transporte de órgãos. Blumenau é destaque nacional nesse quesito e a possiblidade de voos noturnos ajudará na obtenção de resultados ainda mais significativos, uma vez que a velocidade no transporte é fundamental numa operação de transplante.

“Esse balizamento noturno é uma grande conquista para todo o Vale do Itajaí. Blumenau é a capital catarinense dos transplantes de órgãos e o hospital Santa Isabel é crucial para isso. Vai haver uma melhoria significativa no recebimento e na velocidade da SC Transplantes”.

Segundo o prefeito Hildebrandt, a primeira etapa após a assinatura do convênio é a realização do projeto, cuja licitação já foi lançada em março. Após essa fase, será feito o edital para a contratação da obra, com previsão de término em outubro de 2021. Além do balizamento noturno, também será feita a construção de um muro e uma cerca.

O deputado estadual Onir Mocellin e a secretária adjunta da Infraestrutura, Valeria Lazzaris, também acompanharam o ato na Casa D´Agronômica.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 


Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com