Compartilhe


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, destacou, em Florianópolis, onde participa do Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias (PFPJ) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o papel diferenciado que as forças de segurança do Estado realizam diante do contexto nacional. Ele proferiu uma palestra, nesta terça-feira, 10, salientando que os resultados contra a criminalidade dependem de planejamento e de policiais motivados. O secretário executivo do MJSP, Luiz Pontel, também participou do evento.

“A Polícia Civil de Santa Catarina é diferenciada, aliás, toda a segurança pública no estado de Santa Catarina é diferenciada. É um estado que partiu na frente na área de tecnologia, inteligência e tem uma resolução de crimes muito grande, diferente de outros. Estamos vendo vários outros estados com problemas de greve, problemas de disciplina e politização das polícias e aqui não”, ressaltou o secretário.

O Programa, segundo Theophilo, busca essencialmente reforçar a capacidade de investigação das polícias civis por meio de experiências em grandes operações de repercussão desenvolvidas no país. Santa Catarina é o sétimo estado a receber o programa e o primeiro em 2020. Um dos fatores para a realização do PFPJ no estado, de acordo com o secretário Theophilo, foi a criação em 2019 pelo Governo de cinco delegacias da Polícia Civil especializadas no combate à corrupção.

“Com esse programa estamos procurando reforçar esse tipo de investigação e transmitir para a Polícia Civil de Santa Catarina essa experiência nacional até para ajudar na formação das delegacias de corrupção”, comentou, defendendo também a importância da motivação para a solução da criminalidade.

O PFPJ prossegue até sexta-feira com palestras nacionais na Acadepol.

Informações adicionais para imprensa:
Diogo Vargas
Assessoria de Comunicação
Polícia Civil - PC
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8708 / (48) 99119-8960
Site: www.pc.sc.gov.br