Compartilhe


Fotos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

O governador Carlos Moisés assinou em Blumenau, na tarde desta segunda-feira, 23, um convênio de R$ 3 milhões para o Hospital Santo Antônio. Os recursos serão utilizados para custeio de serviços. Conforme o governador, o aumento significativo no apoio financeiro aos hospitais filantrópicos é possível porque o Estado está revendo contratos, cortando gastos e enxugando a máquina pública.

"É muito importante administrar para as pessoas. Quem trabalha num hospital sabe como nosso tempo aqui é passageiro. Sempre digo isso para a equipe de governo, que precisamos administrar pensando em diminuir o sofrimento das pessoas", declarou Carlos Moisés.

>>> Governador libera R$4 milhões para melhoria do Aeroporto Quero-Quero, em Blumenau

>>> Carlos Moisés anuncia reforço de efetivo e investimentos para Polícia Militar em Blumenau

O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino de Souza, lembrou que o Hospital Santo Antônio presta um atendimento de excelência à população e que os recursos auxiliarão nos serviços. "Precisamos reconhecer os hospitais que fazem entregas e dar o apoio necessário para que mantenham suas atividades. Esperamos que este hospital continue buscando a excelência e, assim, o Estado sempre será parceiro", afirmou.

De acordo com o presidente do Conselho Curador do Hospital, Jorge José Cenci, o aporte financeiro vem em boa hora. "É um feito histórico para esta entidade, que presta um serviço muito importante para Blumenau e região. Em algumas especialidades, somos referência para mais de 50 municípios", relatou.

Homenagem a Hospital Santa Isabel e associação

Mais cedo, o governador homenageou o Hospital Santa Isabel e a Associação Renal Vida com uma placa para cada, alusivas à contribuição das entidades para fazer de Blumenau uma referência em transplantes de órgãos. Na última semana, Carlos Moisés sancionou uma lei que torna Blumenau a Capital Catarinense dos Transplantes de Órgãos. O projeto de origem é de autoria do deputado estadual Ricardo Alba, que também participou das homenagens.

O diretor executivo do Hospital Santa Isabel, Juliano Petters, parabenizou o trabalho realizado pela SC Transplantes e pelas entidades filantrópicas de Blumenau. "É muito bom ter a nossa cidade reconhecida como a Capital Catarinense dos Transplantes. Os pacientes são a nossa razão de existir, é por eles que fazemos isso", afirmou, referindo-se aos transplantados que assistiram à homenagem. O presidente da Associação Renal Vida, Roberto Benvenutti, recebeu a placa destinada à entidade.

Nova política hospitalar

Além da homenagem, Carlos Moisés lembrou que o Governo do Estado será parceiro da entidade com a nova política de repasses à rede filantrópica. Os hospitais Santa Isabel e Santo Antônio estão classificados como porte 4, o que significa que cada um poderá receber aproximadamente R$ 1 milhão por mês a partir de 2020. 

"Quando estive aqui (no Santa Isabel) na última vez, soube que o investimento do Estado era praticamente nulo e senti que precisávamos corrigir essa situação. Vamos aumentar o investimento não porque o governador ou o secretário gostaram do hospital, mas porque temos aqui uma entidade que realmente faz entregas à sociedade", frisou o governador.

O Governo de Santa Catarina planeja repassar até R$ 300 milhões para 96 hospitais filantrópicos no ano que vem. A distribuição dos recursos entre as entidades atende a critérios técnicos, como número de leitos, leitos de UTI e salas cirúrgicas.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC