Compartilhe


Fotos: Fernando Mendes / Divulgação 

Quase R$ 13 milhões em investimentos foram anunciados para Biguaçu, na Grande Florianópolis, neste sábado, 7. O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, explicou que os recursos serão aplicados em obras que vão beneficiar diretamente o cidadão.

Da Casan, são R$ 7,6 milhões para revitalização de ruas e melhoria nos sistemas de água e esgoto. Já por meio do Programa Badesc Cidades, foram disponibilizados R$ 5,1 milhões em financiamento para que a Prefeitura Municipal possa executar a revitalização da Rua Treze de Maio, via que também integra o pacote de investimentos da Casan.

 “O Governo traz a Biguaçu um investimento de peso e que era aguardado por mais de uma década. A Treze de Maio, que é a rua mais movimentada do município e dá acesso ao interior, recebe investimento para restauração e para aumento da capacidade fluvial”, afirmou Borba.

A solenidade para entrega das ordens de serviço e assinaturas de convênios ocorreu junto ao salão da Igreja São Pedro e também contou com a presença do subchefe da Casa Civil, Matheus Hoffmann Machado, da diretora-presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, do presidente do Badesc, Eduardo Alexandre Corrêa de Machado, do prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger, entre outras autoridades e convidados. Onze dos 15 vereadores da Câmara também estavam presentes.

Redes de água, esgoto e repavimentações

Os recursos liberados pela Casan para Biguaçu serão usados em diversas melhorias para o município. Entre as principais, está a obra da Rua Treze de Maio, que começa na próxima semana, e recebeu R$ 1,1 milhão para ampliação da rede de água e realocação sob o passeio. A iniciativa vai beneficiar os moradores dos bairros Três Riachos, Prado e Saudade.

Por meio de convênio, o Governo do Estado repassou ainda R$ 3,8 milhões para a pavimentação asfáltica e sinalização das ruas Sete de Setembro e Justino Adalberto Leal, além de um total de 1.811 metros de rede de esgoto e o remanejamento de rede de água para a calçada.

No mesmo ato, a Casan anunciou o repasse de 5% da arrecadação das tarifas de água e esgoto do município para o Fundo Municipal de Saneamento, um aporte que deverá girar em torno de R$ 1 milhão ao ano.

Para o prefeito de Biguaçu, os anúncios representam um passo a mais no desenvolvimento do município. “A gente agradece a parceria do Governo do Estado, tanto por meio do Badesc como da Casan. Vamos receber um reservatório de água no Jardim Janaína e muitas outras melhorias para o cidadão. Hoje é um dia de união de forças para o bem de Biguaçu”, declarou Ramon Wollinger.

Reservatório e Estação de Tratamento

De surpresa, na sua fala, a diretora-presidente da Casan, Roberta Mass dos Anjos, autorizou oficialmente a licitação para construir mais um reservatório na cidade, com capacidade de 2,5 milhões de litros, e revelou também que a Companhia já encontrou outro terreno para instalar a Estação de Tratamento de Esgoto, já que a área anteriormente reservada gerou um impasse judicial.

“No ano passado, o município apresentou demandas para a Casan. E hoje, com uma gestão técnica, conseguimos entregamos um recurso para suprir o que o cidadão realmente precisa. Esses R$ 7,6 milhões são, principalmente, para o abastecimento de água, já que a cidade sofre muito com isso”, disse Roberta.

Informações adicionais à imprensa
Mauren Rigo
Assessoria de Comunicação
Casa Civil
E-mail: comunicacao@casacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2005 / 98843-3497
Site: www.scc.sc.gov.br
www.fb.com/casacivilsc / @CasaCivilSC


Assessoria de Comunicação
Casan
(48) 3221-5034 / (48) 99136-9345
ristefanelli@casan.com.br
gcs@casan.com.br