Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo participou, na noite desta quinta-feira, 16, da inauguração da 28ª Unidade Operacional do Serviço Social do Comércio (Sesc), em São Joaquim, na Serra Catarinense. A unidade começou as atividades com restaurante, café e uma academia. Gradativamente serão oferecidos eventos e serviços nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência. O Sesc investiu R$ 4,1 milhões na implantação da unidade.

"São Joaquim é bonita e está ficando cada vez mais atrativa, com o frio, a maçã, o vinho de qualidade, a força da sua vocação turística e agora o Sesc se junta a esse conjunto com a formação humana, o desenvolvimento empresarial e faz uma base importante como já tem em outras cidades e dá um passo de qualidade e segurança para o desenvolvimento que se espera ter aqui", afirmou o governador.


Foto: Renan Koerich / Fesporte 

A partir desta sexta-feira, 17, Santa Catarina começa a sua partição nos Jogos Escolares da Juventude(JEJ) para estudantes de 15 a 17 anos em Brasília. Embarcaram nesta quarta-feira, 15, atletas das modalidades individuais: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez. Depois, será a vez da participação dos competidores das modalidades coletivas: basquetebol, futsal, handebol e vôlei.

Em alto astral, o "Time Santa Catarina" desembarcou em Brasília, na noite desta quarta-feira, 15, com a expectativa de fazer história na competição.

Organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), os JEJ serão realizados de 16 a 25 de novembro com a participação de 4 mil atletas de todo o país. Em 2016, em João Pessoa, na Paraíba, Santa Catarina conquistou 47 medalhas realizando a melhor participação da história. Foram 8 medalhas de ouro, 20 de prata e 19 de bronze.

Santa Catarina participa com uma delegação de 189 pessoas entre dirigentes, professores-técnicos e alunos-atletas, que obtiveram a classificação para a competição na etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) em setembro, em Curitibanos.

A delegação catarinense em Brasília será gerenciada pelo Governo de Santa Catarina por meio da Fesporte.

Texto: Antonio Prado

Mais informações para a imprensa:
Renan Koerich
(48) 9 9959-8096
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126
Site: www.fesporte.sc.gov.br


Itajaienses comemoram o titulo. Fotos: Nilton Wolff/Fesporte

A 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) foi encerrada neste sábado, 11, após 10 dias de competições em 26 modalidades com uma grande festa no superlotado ginásio Jones Minosso. Seis mil pessoas assistiram à cerimônia de encerramento marcada pelas premiações do ouro para Lages no futsal feminino, e para Itajaí, como campeão geral, representada pela equipe de futsal feminino.

>>> Acompanhe todas as notícias dos Jasc
>>> Confira as fotos da competição
>>> Baixe boletins com os resultados 

A cerimônia, apresentada pelo cronista e comendador do esporte catarinese Roberto Alves, teve início com a execução do hino nacional brasileiro pelos artistas locais Antonio Lugon e Paulo Guazelli, no melhor estilo da Serra, com direito a gaita. Na sequência, o prefeito de Lages, Antonio Ceron, e o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, entregaram a bandeira dos Jogos Abertos ao prefeito de Caçador, Saulo Speroto, que terá a missão de organizar a 58ª edição do maior evento de esporte amador em 2018. Em seguida, a futura sede dos Jasc foi apresentada ao público com imagens em um telão.


P
avan (à direita) participou do evento

O fogo simbólico foi repassado pelo vice-prefeito e presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Juliano Polese, para o superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Brusque, Ademir de Souza, que representou a cidade-berço dos Jogos Abertos. Após agradecer a todos que participaram e trabalharam para o sucesso dos maiores Jasc da história, o prefeito de Lages, Antonio Ceron, ressaltou a missão do evento: "No esporte, só perde quem não compete, até porque, no esporte, somos todos vencedores. Parabéns a todos atletas e a Lages por terem abraçado de coração os Jogos Abertos".

O secretário Leonel Pavan, que representou o governador Raimundo Colombo, ressaltou o desafio aceito por Lages para organizar o evento com oito meses de preparação e destacou o resgate da competição. "Aqui tivemos credibilidade e, para muitos que achavam que os Jogos Abertos são coisa do passado, aqui está o exemplo, de que vale a pena investir no esporte amador", disse o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte.


Leoas da Serra conquistaram título inédito para Lages

Após a premiação do futsal feminino, Pavan fez a entrega de um primeiro troféu, estilizado em forma de pinhão, e do troféu transitório que ficará em Itajaí pelos próximos 30 dias. O superintendente da Fundação Municipal de Itajaí, Julcemar Martinho Ferreira, levantou os troféus ao lado das meninas vice-campeãs do futsal feminino, que também fizeram a festa na quadra do ginásio Jones Minosso.

Leia também
>>> JASC 2017: Em coletiva de imprensa, governador ressalta fortalecimento dos Jogos Abertos em SC

Mais informações para a imprensa:
Cristiano Rigo Dalcin
(48) 99984-3619
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126
Site: www.fesporte.sc.gov.br


Fotos: James Tavares / Secom

O governador Raimundo Colombo participou nesta sexta-feira, 10, em Lages, de coletiva com a imprensa sobre o balanço da 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), na sede Pinheirinho do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

“O sentimento é de renascimento e fortalecimento dos Jogos Abertos. É um grande impacto na sociedade, vendo todos os ginásios lotados, a repercussão no Estado inteiro, motivando os atletas e reconhecendo o empenho e desempenho de todos. Sem falar na integração entre os municípios”, enfatizou Colombo.

Com a segunda participação nos Jogos Abertos, este ano, em Lages, o squash catarinense se aproxima de concretizar ambição de 23 anos. Se tudo correr bem, o esporte dá mais um importante passo. Ruma para mudar de status de exibição no próximo ano, quando poderá ser homologado e se transformar em modalidade oficial a partir de 2019.

As disputas do squash começam nesta sexta-feira, 10, nas quadras do Serrano Tênis Clube. Encerram-se no sábado, último dia competição do maior evento poliesportivo do Sul do Brasil. A primeira participação do squash nos Jogos Abertos aconteceu em Joaçaba/Luzerna/Herval d´Oeste, em 2015. Mas o desejo é bem mais antigo.


Foto: Marcelo Pakinha

A Federação Catarinense de Squash (FHS) batalha para ser incluída como modalidade nos Jasc desde sua fundação em 1994. "Incentivamos os municípios de todas as regiões de Santa Catarina a construir quadras de squash, além de realizar etapas do circuito nas cidades, requisitos do estatuto", garante Nelson Neto, vice-presidente e diretor executivo da FCS.

 "O squash é um esporte moderno, dinâmico, rápido e de baixo custo, tudo que os organizadores atuais estão buscando para renovar o interesse por novas modalidades", avalia Neto. "Estamos a um passo de nos tornar olímpicos. Vamos participar em 2018, pela primeira vez, dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires. Por isso, nada mais justo do que o reconhecimento que a Fesporte proporciona", afirmou.

Participação de 10 cidades

A competição, em Lages, terá a participação de seis equipes no torneio masculino: Florianópolis, Joinville, Blumenau, Lages, Caçador e Chapecó. No feminino, o duelo pelo título tem Florianópolis, Blumenau, Lages e Caçador.

As equipes poderão jogar com o mínimo de dois e no máximo quatro atletas (sendo um reserva). Cada confronto – encontro entre duas equipes – terá três jogos individuais em disputa. O squash não distribui pontos aos municípios. A reunião técnica para definição das chaves é nesta sexta, 10, às 17h.

Nesta etapa, as equipes masculinas e femininas serão divididas em chaves de seis times no masculino e quatro no feminino, sendo cada partida eliminatória simples, de acordo com o ranking, e sorteio conforme estabelecido nas Normas Gerais da Federação Catarinense de Squash. 

As partidas serão disputadas nas duas quadras do Serrano Tênis Clube. Nesta sexta, dia 10, entre 19h e 21h, e, no dia 11, das 11h às 14h. As finais, masculina às 17h, e, feminina, às 18h.

>>> Acompanhe todas as notícias dos Jasc

>>> Confira as fotos da competição

>>> Baixe os boletins com resultados e programação

Informações adicionais para a imprensa
Orlando Pereira
(47) 9 9945-6578
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 9 9635-9617
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

Blumenau assumiu a liderança da classificação geral da 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina depois do sexto dia da competição, que se encerra no sábado, 11, em Lages. Com o título do voleibol (masculino), vice no handebol (feminino) e o terceiro lugar no futsal (masculino), os blumenauenses agora somam 97 pontos. Com os 10 pontos no handebol (feminino) e no voleibol (masculino), Itajaí tem 92. 

O título do futebol (feminino) garantiu a permanência de São José na terceira posição com 65, seguido de Chapecó com 64. Joinville está em quinto com 39 com Tubarão, agora, está em sexto com lugar com 39 seguido de Florianópolis com 38. 


Blumenauenses agora somam 97 pontos. Foto: Gil Silva/Fesporte

No quadro geral de troféus, Itajaí conquistou cinco - bolão 23 (masculino); ginástica artística (masculino); judô (masculino); e tênis (masculino e feminino). Depois aparece Blumenau, que levantou quatro - basquetebol (feminino); bolão 23 (feminino); ginástica artística (feminina); e voleibol (masculino). 

São José também foi campeão em quatro oportunidades (atletismo masculino); bolão 23 (feminino); e no futebol (feminino); e judô (feminino). Com as conquistas do futsal (masculino); e do handebol (feminino), Concórdia agora está com dois. Também com dois aparece Chapecó, com os de bocha (masculino); e tiros armas curtas. E Florianópolis no caratê (masculino) e remo. 

Itajaí segue liderando o quadro geral de medalhas com 25 de ouro; 20 de prata; e mesmo número de bronze. Depois São José com 22 de ouro; 13 de prata; e 13 de bronze. Na terceira colocação permanece Blumenau, mas agora com 20 de ouro; 25 de prata; e 30 de bronze. Joinville aparece em quarto com 13 de ouro; 10 de prata; e 20 de bronze. E, em quinto, Tubarão com 11 de ouro; 15 de prata e de bronze.

A final do bolão 16 feminino foi transferida para essa quinta-feira, 9, pois faltou energia elétrica no Clube Caça e Tiro 1º de Julho. Toda a programação, inclusive do naipe masculino, foi remanejada. 

>>> Acompanhe todas as notícias dos Jasc

>>> Confira as fotos da competição

>>> Baixe os boletins com resultados e programação>>> Baixe os boletins com resultados e programação

Informações adicionais para a imprensa
Orlando Pereira
(47) 9 9945-6578
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 9 9635-9617
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Gil Silva / Fesporte

A segurança na 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina conta com a atuação do helicóptero Águia 4, da Polícia Militar, Guarnição Especial Montada (cavalaria), Motorizada (Rotan), canil, além do policiamento ostensivo nos locais de competições e arredores. Também inclui visitas preventivas nas escolas onde estão alojados os atletas. O efetivo total designado fica em torno de 80 policiais, sem prejuízo ao cotidiano nas ruas de Lages.

O major Frederick Rambusch disse que o planejamento foi feito com antecedência para garantir a segurança dos atletas, dirigentes, árbitros, equipe da Fesporte, assim como do público. As câmeras de videomonitoramento são utilizadas como ferramenta de apoio. “O comandante do batalhão, tenente-coronel Alfredo Nogueira dos Santos, designou o tenente Bruno Mantovani exclusivamente para comandar o trabalho”. Para não prejudicar o policiamento ostensivo diário, estão sendo empenhados os alunos-soldados, em fase de formação,

De acordo com o major Marco Paulo Rangel, o Águia 4 faz dois sobrevoos de 30 minutos em média por dia, nos locais de competição. “É praticamente igual ao nosso trabalho diário, mas durante os jogos estamos focados em pontos de maior concentração de pessoas, como o ginásio Jonas Minosso”. Quando está em solo acaba sendo atração, principalmente das crianças que pousam para fotos.

Os Jasc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte em parceria com a prefeitura e Agência de Desenvolvimento Regional de Lages.

Informações adicionais para a imprensa
Orlando Pereira
(47) 99945-6578
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 9 9635-9617
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 

Itajaí continua na liderança do quadro de pontos que vai definir o campeão da 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, que chegam ao seu final no sábado. Com a conquista do troféu da ginástica artística masculina e quinto lugar no bolão 23 feminino, o município soma 69 pontos. O segundo colocado é Blumenau, que ganhou a ginástica artística feminina e o bolão 23 no mesmo naipe, com 57.

>>> Acompanhe todas as notícias dos Jasc aqui

>>> As fotos da competição estão disponíveis aqui 
>>> Clique aqui e baixe os boletins com resultados e programação

As blumenaenses foram campeãs no basquete, mas em razão do número de participantes ser menor do que oito, a modalidade não pontua. O mesmo aconteceu com o remo, vencido por Florianópolis, e o tênis feminino, que teve como campeão Itajaí.


Conquista do troféu da ginástica artística masculina (foto). Foto: Alessandro Koizumi/Fesporte

Com o encerramento do voleibol masculino nesta quarta-feira, 8, Blumenau poderá ultrapassar Itajaí. Além dos 13 pontos, pode conquistar mais cinco se ficar em terceiro no futsal masculino. Já os itajaienses jogam com Joinville na decisão de medalha de bronze, valendo mais cinco pontos.

O município de São José, que vinha ocupando a vice-liderança desde o terceiro dia de disputas dos Jasc, agora ocupa o terceiro lugar com 47 pontos. O quarto é Chapecó com 29 e, depois, Lages com 27.

No quadro de medalhas, os itajaienses permanecem na frente com 23 de ouro; 13 de prata; e 10 de bronze, totalizando 46. Depois está São José com 47 no total. A diferença está no número de medalhas de ouro. Tem 21 contra 23. Levou ainda 13 de prata e de bronze. Em terceiro, está Blumenau com 60 no total, com 15 de ouro; 19 de prata; e 26 de prata.

Os Jasc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte em parceria com a prefeitura e Agência de Desenvolvimento Regional de Lages.

Informações adicionais para a imprensa
Orlando Pereira
(47) 9 9945-6578
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 9 9635-9617
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

Começou nesta terça-feira, 7, a votação popular para escolha dos finalistas do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte de 2017. Para participar basta acessar o site www.trofeuguga.sc.gov.br e eleger um dos nomes indicados em cada categoria.

A votação popular vai até o dia 21 de novembro. Os três atletas mais votados pela internet em cada categoria e outros dois nomes escolhidos pelo Conselho Estadual de Esporte formarão o elenco de cinco finalistas. No dia 28, a curadoria do Troféu Gustavo Kuerten fará a escolha dos vencedores, que serão revelados na cerimônia de premiação, no mesmo dia, às 19h30, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Neste ano o número de indicações para o Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte teve novo recorde, com 254 nomes. No ano passado foram 243 e 165 em 2015.

O prêmio é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) em parceria com o Instituto Guga Kuerten (IGK).

Categorias premiadas

Esta será a primeira edição do prêmio após a publicação do Decreto n° 1.221/2017 que atualizou as regras do Troféu Guga Kuerten e consolidou as 15 categorias que já vinham sendo premiadas desde 2013 por meio de Edital, são elas:

- atleta masculino
- atleta feminino
- atleta paradesportivo masculino
- atleta paradesportivo feminino
- atleta de futebol profissional
- atleta-revelação
- atleta-revelação paradesportivo
- entidade esportiva
- entidade paradesportiva
- técnico
- técnico do paradesporto
- equipe esportiva
- equipe paradesportiva
- árbitro
- árbitro do paradesporto.

Outras informações no site www.trofeuguga.sc.gov.br ou pelo telefone (48) 3665-7457 (Gepoe).

Informações adicionais para a imprensa

Carla Coloniese
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br
Site: www.sol.sc.gov.br


Foto Memoria Esportiva de SC/Fesporte

Ao longo de 57 edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), muitos fatos inusitados ocorreram ao longo da história. Nesta edição de Lages divulgaremos algumas curiosidades. Por exemplo: como começou a competição? No livro “Jasc 50 anos, História dos vencedores” há a resposta.

Nos anos 1950, os catarinenses participavam esporadicamente dos Jogos Abertos do Interior de São Paulo. E foi nesta competição que surgiu a primeira ideia de se fazer os Jasc em meio a uma animada conversa, numa piscina, entre os integrantes da delegação de Brusque, que participavam da 22ª edição do torneio em São Carlos, em 1957. A ideia foi apresentada ao empresário brusquense e desportista Arthur Schlösser, que incluiu criação na agenda de comemorações do centenário de Brusque, que ocorreria em 1960.

Naquele ano, a Sociedade Esportiva Bandeirante, de Brusque, foi terceira colocada no voleibol em solo paulista, e a vitória incentivou a criação do maior evento esportivo de Santa Catarina.

Mas, antes mesmo da primeira edição dos Jasc, em Brusque, em 1960, ocorreram em Joaçaba, em 1957, os “Minijogos” com a participação de 18 equipes disputando basquete e voleibol.

Primeira edição em 1960

Em Brusque, na primeira edição, agosto de 1960, participaram 444 atletas representando 14 municípios. Além do anfitrião, Brusque, estavam presentes: Florianópolis, Blumenau, Joinville, Joaçaba, Concórdia, Lages, Itajaí, Criciúma, Rio do Sul, Indaial, São Bento do Sul, Corupá e Mafra. Atletismo, basquete, bocha, natação, saltos ornamentais, tênis e voleibol eram as modalidades que compunham a programação dos primeiros Jasc.

Florianópolis foi campeã da primeira e segunda edições dos Jasc, e só voltaria a obter o título 40 anos depois em Itajaí, em 2001. A cidade conta com oito títulos na história do evento.

Blumenau é hexadecacampeão dos Jasc. Isso significa que foi, consecutivamente, 16 vezes campeão, dentre os 40 títulos do município nos 57 anos de história.

Ao longo dos anos, a etapa estadual não aconteceu por três ocasiões em função de intempéries. Os cancelamentos aconteceram em 1983, com a grande enchente que afetou maior parte do Estado; em 2008, com a enchente que atingiu o Vale do Itajaí, afetando os municípios-sede de Timbó, Pomerode e Rio dos Cedros; e, em 2016, com o vendaval que causou prejuízos em Tubarão, no Sul do Estado.

Informações adicionais para a imprensa
Antonio Prado
(48) 9 9696-3045
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 9 9635-9617
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br