Foto: Peterson Paul / Secom

O governador Carlos Moisés foi à Assembleia Legislativa (Alesc) na noite desta segunda-feira, 13, para participar da sessão solene em homenagem aos atletas olímpicos e paralímpicos catarinenses. A reverência foi prestada a todos que participaram dos Jogos de Tóquio e também do Sul-americano de atletismo sub-20, em Lima.

Em seu discurso, o governador salientou a importância do esporte como ferramenta de inclusão social e desenvolvimento pessoal. Carlos Moisés destacou que o orçamento da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) foi triplicado em relação às gestões anteriores.

“É um compromisso nosso investir no esporte e também na educação. Nós acreditamos na inclusão por meio das atividades físicas. Ainda não estamos fazendo tudo que queremos, mas estamos no caminho correto. Os atletas reunidos hoje aqui são um exemplo de tudo de bom que o esporte pode proporcionar”, afirmou o governador.

O chefe do Executivo também destacou que a equipe do Governo está debatendo a criação de uma bolsa-atleta em Santa Catarina, para evitar que os esportistas precisem largar as suas atividades. O projeto deverá ser encaminhado ao Legislativo nos próximos meses.

Pouco mais de 40 atletas foram homenageados na Alesc. A sessão foi proposta pelos deputados estaduais Marlene Fengler e Mauro de Nadal, o presidente da Casa. Também participaram os deputados estaduais Fernando Krelling e Tiago Frigo, além do deputado federal Coronel Armando.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

 

 Foto: Fabricio Escandiuzzi/ SES.

Em novo decreto publicado nesta sexta-feira, 10, o Governo do Estado autoriza a retomada de acesso de público a estádios e outras competições esportivas públicas ou privadas em Santa Catarina a partir da próxima quarta-feira, 15 de setembro.

A liberação está atrelada ao cumprimento dos protocolos e regramentos sanitários específicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O órgão vai publicar uma portaria específica sobre o assunto.

“Somos um dos estados que mais vacina no país. Todos os esforços feitos até agora, incluindo regramentos sanitários e a conscientização de grande parte dos cidadãos, permitem que Santa Catarina dê mais um passo à frente. Precisamos lembrar que isso só acontece quando todos colaboram e seguem os protocolos necessários”, afirmou o governador Carlos Moisés.

A medida vale para competições profissionais ou amadoreas. O texto atualiza o Decreto nº 1.371, de 14 de julho de 2021, atualmente em vigor em Santa Catarina.

Informações adicionais à imprensa
Mauren Rigo
Assessoria de Comunicação
Casa Civil
E-mail: comunicacao@casacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2005 / 98843-3497
Site: www.scc.sc.gov.br
www.fb.com/casacivilsc / @CasaCivilSC


Fotos: Júlio Cavalheiro/Secom

O presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Kelvin Nunes Soares, deu posse na manhã desta quarta-feira, 1º de setembro, aos integrantes do Conselho Estadual de Esporte (CED) – Biênio 2021/2023. O ex-secretário do CED e consultor jurídico da Fesporte, o advogado Renan Moresco Pirath, é o novo presidente. Kelvin Nunes Soares continuará ocupando sua cadeira no colegiado na condição de membro nato. O evento no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, reuniu, além dos novos conselheiros, autoridades do meio esportivo catarinense.

Kelvin Nunes Soares destacou que é muito importante a participação do Conselho no sistema esportivo de Santa Catarina, juntamente com o Tribunal de Justiça e Fesporte. “O Conselho é consultivo, deliberativo e apoia os eventos e programas do Governo do Estado. O esporte vive um
momento diferenciado. As entregas que estão sendo feitas pelo governador Carlos Moisés na infraestrutura dos equipamentos esportivos, além de programas como a Lei do Incentivo e Bolsa-Atleta, são inéditos, e o Conselho faz parte disso. O apoio é fundamental para que essas melhorias sejam oferecidas aos catarinenses.”

Além do presidente e do membro nato, o CEE é composto por dez integrantes indicados pelo Governo do Estado; por dois indicados pelas federações esportivas de Santa Catarina; por um representante de cada região geográfica do Estado (Sul, Oeste, Leste-Norte e Centro-Oeste), mais um representante dos profissionais de educação física, um indicado pelas instituições de ensino de educação física, um representante da Associação dos Cronistas Esportivos de SC (Acesc) e um dos atletas catarinenses.

“Assumimos hoje e já temos uma série de pautas a ser definidas. Todas as demandas que vão ser tratadas no decorrer dos eventos da Fesporte e dos próximos anos serão discutidos, aprovados e, assim, passam a entrar em vigor. Por o esporte ser uma área tão sensível, principalmente neste período de pandemia, precisamos apoiar e incentivar o retorno das atividades o quanto antes”, pontuou o novo presidente do Conselho, Renan, que assumiu no lugar da profissional de Educação Física Michelli de Souza.

Também acompanhou o ato o deputado estadual Fernando Krelling.

Clique aqui e  acesse o site do CED com o currículo dos conselheiros

Clique aqui acesse o site do CED com a composição dos conselheiros

O Conselho

O Conselho Estadual de Esporte, previsto na Lei nº 14.367, de 25 de janeiro de 2008, é órgão colegiado, consultivo, deliberativo, normativo e fiscalizador. Tem por objetivo discutir, deliberar e propor as diretrizes da política de esporte no âmbito do Estado, respeitadas as políticas governamentais e a legislação específica em vigor, além de também fiscalizar e fazer cumprir a legislação pertinente ao esporte.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Júlio Cavalheiro/Secom

Atletas catarinenses que participaram das Olimpíadas de Tóquio foram recepcionados pelo governador Carlos Moisés, na manhã desta sexta-feira, 20, na Casa d'Agrônomica, em Florianópolis. Durante o encontro, o chefe do Executivo estadual determinou a criação de um grupo de trabalho envolvendo a Casa Civil, Fesporte e secretarias de Estado da Fazenda e da Educação para elaborar e definir critérios para o Programa Bolsa-Atleta de Santa Catarina. A proposta será encaminhada para a aprovação da Assembleia Legislativa ainda neste ano.

 “Acreditamos na força transformadora do esporte na vida das pessoas. Nossos atletas mostraram muitos talentos, histórias de superação e dedicação. Nos sentimos orgulhosos com o desempenho dos esportistas catarinenses. E são de extrema importância para nós que entendemos o que o esporte e a educação representam. O Governo do Estado vai continuar com o compromisso de incentivar, investir e apoiar as atividades do esporte desde as séries iniciais”, disse o governador Carlos Moisés.

O encontro teve a participação dos atletas: de vôlei, Rosamaria Montibeller (Nova Trento), medalha de prata junto da seleção feminina; de ginástica rítmica, Beatriz Linhares (Florianópolis), que concluiu a olímpiada na 12ª colocação; de skate park, Isadora Pacheco (Florianópolis), 10ª lugar; de marcha atlética, Matheus Gabriel de Liz (Blumenau), 46ª colocação; de salto em distância, Eliane Martins (Joinville), 8ª colocada no grupo B, semifinal; de três mil metros com obstáculo, Simone Ferraz (Ponte Serrada/Jaraguá do Sul), 38º lugar; de atletismo de 4x400 misto, Anderson de Freitas Henrique (Caçapava do Sul, RS/Blumenau), 12ª colocado.

Os esportistas receberam do governador uma placa de homenagem por representar Santa Catarina nas Olimpíadas. Rosamaria recebeu o título de “Embaixadora do Esporte Catarinense”.

“Tenho orgulho de onde eu nasci e cresci. Sinto muito amor pelo nosso estado e espero que a nossa participação nas Olímpiadas sirva de exemplo e inspiração para outros atletas e, quem sabe, possam trazer muitas outras medalhas para Santa Catarina. E hoje é uma honra receber o convite para ser 'Embaixadora do Esporte'. É uma responsabilidade que carrego com muita alegria. Espero poder ajudar outros atletas a crescerem no esporte”, disse Rosamaria, que falou em nome de todos os esportistas.

O presidente da Fesporte, Kelvin Soares, destacou que o esporte vive um momento de retomada e é importante criar ferramentas de fomento para o setor. “Os nossos atletas são referências para todos nós. Superação, força e coragem são marcas do nosso povo. Temos muito a avançar e estamos comprometidos com o esporte catarinense.”

Ao todo, foram para Tóquio 21 atletas do estado. Neste ano, foram três medalhas de prata conquistadas em duas categorias: no vôlei feminino, com Rosamaria e Natália Zilio Pereira (Joaçaba), e no skate park, com Pedro Barros (Florianópolis). Os atletas que não puderam estar presentes receberão as placas por meio da Fesporte.

Presente no ato, o deputado estadual Fernando Krelling agradeceu ao governador pelo incentivo ao esporte. “Esse é o governo que mais fez entregas, mais acreditou e confiou no esporte. Reafirmo isso por todos os locais por onde passo. Meu sentimento é de gratidão.”

O presidente da Fesporte salientou ainda o apoio do Estado à prática  e ao fomento esportivo. Citou que, no início deste mês, foi lançado o SC Mais Esporte, programa com R$ 60 milhões de orçamento anual, quase três vezes mais do que o anterior, para investimentos e projetos no esporte.

O encontro contou com a participação da primeira-dama, Késia Martins da Silva, secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, subchefe da Casa Civil, Juliano Batalha Chiodelli, secretária adjunta da Fazenda, Michele Patrícia Roncálio, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina, Vinicius Bion, e acompanhantes dos atletas.

::: Ver mais fotos na galeria


Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O Governo do Estado apresentou nesta quarta-feira, 4, o programa SC Mais Esporte com investimentos e projetos para o desenvolvimento do esporte catarinense. O evento de lançamento ocorreu no ginásio do Instituto Estadual de Educação, em Florianópolis.

“O esporte leva saúde e qualidade de vida para as pessoas. As olimpíadas de Tóquio nos mostram todo dia histórias de superação e de que com o investimento em esportes se vai longe”, ressaltou o governador Carlos Moisés.

O programa contempla as principais ações da Fesporte no fomento ao esporte e incentivo à prática esportiva. O Estado anunciou um aumento importante no orçamento da Fundação, que deve impactar positivamente essas ações. Serão aproximadamente R$ 60 milhões de orçamento anual, quase três vezes mais do que o orçamento anterior. Já tramitam 62 convênios na Fundação, em parceria com os municípios catarinenses, destinados à construção e reformas de instalações esportivas, totalizando R$ 5,6 milhões em investimentos.

O acesso a estes convênios está sendo divulgado nos canais de comunicação da Fundação, acompanhado de manuais para facilitar aos proponentes o entendimento do processo e fazer os recursos chegarem ao maior número de municípios possível.

“Mais esporte contribui para a melhora de vários indicadores em nosso estado: saúde, educação, segurança pública e desenvolvimento econômico. Sou professor e sei o que essas entregas de material esportivo e infraestrutura impactam no desenvolvimento do esporte, especialmente nas escolas”, destaca o presidente da Fesporte, Kelvin Soares.



:: Mais fotos no álbum

No lançamento do SC Mais Esporte, foi realizado um ato simbólico com a distribuição de materiais esportivos para 1.088 escolas catarinenses, onde estão sendo investidos mais de R$ 3,2 milhões. São bolas, raquetes de badminton, petecas, redes de vôlei, futsal e basquete que serão entregues às escolas públicas estaduais. Estiveram presentes gestores educacionais e diretores das escolas estaduais da Grande Florianópolis e Laguna.

Ainda foi anunciado o Programa de Iniciação Desportiva Escolar, que já foi publicado no Diário Oficial do Estado e será um dos pilares do esporte de base em Santa Catarina. O Governo do Estado está disponibilizando mais de 500 bolsas para estudantes universitários de Educação Física, que irão desenvolver projetos de iniciação esportiva por todo o estado, Esses projetos terão acompanhamento da Fesporte, Universidades parceiras e entidades beneficiadas, devendo beneficiar mais de 20 mil crianças e adolescentes de 10 a 16 anos. Serão mais de R$ 4 milhões em bolsas e outros R$ 2 milhões em materiais esportivos, já nessa primeira etapa do projeto.

Outras ações do SC Mais Esporte estão em fase de regulamentação, como o programa Mexa-se, que visa estimular e desenvolver a prática de atividade física para adultos e idosos, com idade a partir de 40 anos, com foco na prevenção e promoção da saúde no âmbito das políticas públicas. O programa bolsa atleta estadual também fará parte do orçamento da Fesporte no próximo ano.

Todas as ações do SC Mais Esporte fazem parte do Plano Estadual de Esporte e Lazer, que estabelece diretrizes, objetivos, estratégias e ações, por meio de princípios de fomento e programas que assegurem o processo de gestão contínua, democrática e participativa para o pleno desenvolvimento do esporte e do lazer em Santa Catarina.

Informações adicionais para a imprensa:
André Luiz Lino
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6127
E-mail: andre@fesporte.sc.gov.br 
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Maurício Vieira/Secom

O Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, anuncia que São José será a cidade sede da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Em entrevista coletiva, na manhã desta terça-feira, 1º de junho, o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, explicou os motivos da escolha e detalhou questões relacionadas aos protocolos sanitários que precisam ser cumpridos para realização dos jogos.

"Estamos construindo protocolos que garantem a retomada segura das atividades e acredito que estamos no caminho certo de buscar esse equilíbrio. O esporte é muito importante para a saúde física e mental e certamente a realização dos Jasc é um passo importante", afirma o governador Carlos Moisés.

Santa Catarina foi pioneira na questão do regramento para práticas esportivas, sendo referência no país, em relação as medidas sanitárias e de retomada das atividades em meio a pandemia do Coronavírus. O anúncio antecipado leva em consideração as questões operacionais necessárias para a realização dos jogos e que precisam ser encaminhadas ao longo do ano, sempre analisando vários cenários.

O processo de retomada dos esportes em Santa Catarina tem o acompanhamento da Fesporte e da Secretaria de Estado da Saúde, sempre alinhado com as melhores práticas definidas pelo Governo do Estado levando em consideração as análises de risco. Ainda nesta semana, em reunião com a Secretaria da Saúde, Santur e o Governo do Estado, serão tomadas medidas relacionadas a realização de eventos teste tendo em vista a retomada das atividades, sempre obedecendo aos protocolos.

“Não temos a garantia que os jogos irão acontecer. Trabalhamos com vários cenários. A certeza é que, se realizado, deverá ser uma edição diferente. Provavelmente sem público e obedecendo a portaria 441, cuidadosamente preparada em conjunto com a Secretaria da Saúde”, destacou Kelvin.

O anúncio repercutiu positivamente no meio esportivo, um dos setores econômicos mais afetados pela pandemia. Federações e entidades esportivas aos poucos estão retomando suas atividades de forma regrada e obedecendo a portaria 441 de 27/04/2021. O bom andamento dos eventos regrados pelas portarias do Governo do Estado servirão como balizador para a evolução gradativa desta retomada. Afinal, estamos vivendo um momento completamente atípico, em relação aos outros anos.

O Governo do Estado convida a população a conhecer a portaria que regula a retomada dos esportes em Santa Catarina. Ela está publicada no site da Fesporte.

Durante o mês de junho será veiculada uma campanha publicitária com a intenção de dar maior divulgação a esta portaria.

Informações adicionais para a imprensa
André Luiz Lino
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte – Fesporte
Fone: (48) 36656127
E-mail: imprensa@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br


Foto: Divulgação / Fesporte

O presidente da Fundação Municipal de Esporte de Timbó, Márcio Elisio, esteve na tarde desta terça-feira, 11, na sede da Fesporte, em Florianópolis. Ele entregou um ofício com pedido formal ao presidente da instituição, Kelvin Soares, para que o município do Vale do Itajaí seja a sede da etapa estadual  da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa (Jasc). Os jogos serão realizados entre 24 e 30 de novembro.

Agora o pedido será avaliado pela Fesporte com a posterior visita técnica aos locais de competição.

Timbó sediou a última edição dos Jasc, em 2019, juntamente com Indaial e Pomerode. Em 2020 não houve a competição por conta da pandemia da Covid 19, fator alegado por Jaraguá do Sul para desistir do evento em 2021.

Segundo Márcio Elisio, a realização dos Jasc, em Timbó, foi um pedido do prefeito Jorge Kruger. “Temos toda uma infraestrutura pronta desde 2019 e nos colocamos à disposição da Fesporte para a realização do evento. Afinal, o esporte catarinense tem toda uma cadeia produtiva, que já ficou bastante prejudicada com a paralisação no ano passado devido à pandemia, e não podemos correr o risco de ficar mais uma vez sem os Jasc”.

Os Jasc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Antonio Prado / Fesporte 

O Festival Escolar Dança Catarina, promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, já se consolidou como maior evento de dança escolar do Brasil. E para celebrar os 20 anos do Festival a Fesporte promove uma programação especial.

O evento será on-line via Vimeo a partir desta sexta-feira, 16, e vai até domingo, 18. Na programação haverá mostra de dança, cursos, palestras e mesa redonda. As atividades começam na sexta, a partir das 19h30 com a Mostra Dança Catarina 20 Anos, uma retrospectiva da história do festival com vídeos de apresentações antigas, fotos e depoimentos de participantes que têm uma ligação com o evento.

>>>Clique no link e acompanhe a mostra

>>> Formulário para participar da programação aqui

O Festival

Considerado o maior evento de dança escolar do Brasil, o Dança Catarina tem como principais objetivos fomentar a dança na escola e salvaguardar a educação integral da criança e adolescente na construção de sua cidadania.

Em formato único e itinerante, anualmente, durante aproximadamente 80 dias, o Dança Catarina percorre mais de sete mil quilômetros levando cultura, dança e educação por todo o Estado. O festival é dividido em 20 etapas classificatórias  regionais e anualmente tem a participação de cerca de 4.500 alunos e mais de 320 professores/coreógrafos. Em 2020 e 2021, por conta da pandemia, a competição teve o seu formato na forma on-line.

Segundo a professora e coreógrafa Mapi Cravo, da Fesporte e coordenadora do Festival, o evento é um palco qualificado para que professores/coreógrafos e seus alunos mostram criatividade e dedicação em trabalhos considerados legítimas obras culturais, nas quais são abordados os mais variados temas e estilos de dança.

Para o professor e coreógrafo João Biasotto, que atua na Fesporte e também está na coordenação do evento, o Dança é um prisma que possibilita a descoberta de novos talentos na arte da dança, oportuniza e concretiza sonhos de crianças que nunca teriam oportunidade de subir em um palco se não fosse o Dança Catarina.

Confira a programação

Dia 16/4 – Sexta-feira

19h30 - Mostra Coreográfica on-line "20 Anos Dança Catarina”;

Dia 17/4 – Sábado 

08h30 às 10h00 - Palestra "O Desafio da Composição coreográfica com temas educacionais", por Josiane Franken (Doutora em Dança pela UFRS);

 10h15 às 12h15 - Curso "Pensando e construindo figurinos para a Dança", por José Alfredo Beirão (Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento com especialização em Costumes de Scène pela Escola Superior de Artes e Técnicas da Moda (ESMOD) em Paris);        

14h00 às 16h00 - Curso "Trilha Sonora e edição", por Alexandre Green (músico, produtor e compositor);

16h15 às 18h15 - Curso "Iluminação Cênica para a Dança", por Irani Brunner (iluminador com experiência nos principais teatros do país e em vários países da Europa);

Dia 18/4 – Domingo

10h00 às 11h00 - Palestra "Como construir a Dança na escola de forma colaborativa", por Isabel Marques (Coreógrafa e Mestre em dança pelo Laban Centre, Londres);     

14h00 às 18h:00 - Curso "Emancipação Audiovisual", por Sarah Ferreira (mestre em teatro Udesc, performer, educadora e artista multimídia);

19h00 às 20h30 - Mesa Redonda "A Dança na escola como prática pedagógica e o papel do arte-educador", com participação de Ida Mara Freire (mestre, pedagoga, Especialista em Dança), Josiane Franken (doutora em Dança pela UFRGS) e Carolina Romano de Andrade (doutora e mestre em Artes pela Unicamp) mediação: professora e coreógrafa Mapi Cravo, coordenadora do Festival Dança Catarina).

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Presidente da Fesporte (E), prefeito de Rio do Sul (centro) e Sérgio Luis Schlemper, diretor técnico da Fundação Municipal de Esporte de Rio do Sul. Foto: Divulgação / Fesporte

A realização dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) e o panorama do cenário esportivo no Estado foram tema do encontro realizado nesta quarta-feira, 17, em Rio do Sul. Participaram da reunião o presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Kelvin Soares, e o prefeito do município do Alto Vale do Itajaí, José Thomé.

A equipe da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul também acompanhou o encontro e as visitas técnicas em possíveis locais de disputa dos Parajasc, ao lado do presidente da Fesporte. O maior evento paradesportivo de Santa Catarina está agendado para ocorrer em setembro, entre os dias 15 a 19, e o município solicitou recursos financeiros para realização da etapa estadual, buscando melhorias e adaptações nos locais de competição, especialmente visando à acessibilidade.

Protocolo sanitário

De acordo com Kelvin Soares, diversos estudos estão sendo realizados visando montar um protocolo sanitário ideal para realização dos eventos. “Essa é nossa maior preocupação hoje, porque precisamos pensar nos atletas e dirigentes, já que as cidades sedes estão bem estruturadas, pois sabemos do potencial delas na realização de grandes eventos esportivos”, observou.

Assim como nas últimas competições estaduais realizadas em Rio do Sul, o prefeito José Thomé ressaltou que a equipe da prefeitura está empenhada na realização do evento, já que tem o caderno de encargos e a CCO pronta. “Por conta da pandemia ainda estamos aguardando as liberações legais para voltar a atuar, mas estamos motivados e especialmente preparados para organizar e realizar grandes jogos como foi com a Olesc, Jasti e Joguinhos Abertos”, falou.

A etapa estadual dos Parajasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Maurício Vieira/ Arquivo/ Secom

Com a desistência de Jaraguá do Sul de sediar a etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2021, os municípios de São José e Florianópolis protocolaram na tarde desta terça-feira, 16, na Fesporte, pedidos para receber o evento. 

“Agradeço aos municípios e a sensibilidade de seus dirigentes de serem parceiros da Fesporte neste momento”, disse Kelvin Soares, presidente da Fesporte, que informou ainda o interesse de Timbó.

O próximo passo da Fesporte é analisar toda a infraestrutura dos municípios postulantes à sede. Depois, será alinhada com a cidade escolhida uma estratégia de segurança sanitária para os participantes.

Os Jasc em 2021 estará em sua 60ª edição. O evento é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com o município sede.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br