Foto: Divulgação / Fesporte

O presidente da Fundação Municipal de Esporte de Timbó, Márcio Elisio, esteve na tarde desta terça-feira, 11, na sede da Fesporte, em Florianópolis. Ele entregou um ofício com pedido formal ao presidente da instituição, Kelvin Soares, para que o município do Vale do Itajaí seja a sede da etapa estadual  da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa (Jasc). Os jogos serão realizados entre 24 e 30 de novembro.

Agora o pedido será avaliado pela Fesporte com a posterior visita técnica aos locais de competição.

Timbó sediou a última edição dos Jasc, em 2019, juntamente com Indaial e Pomerode. Em 2020 não houve a competição por conta da pandemia da Covid 19, fator alegado por Jaraguá do Sul para desistir do evento em 2021.

Segundo Márcio Elisio, a realização dos Jasc, em Timbó, foi um pedido do prefeito Jorge Kruger. “Temos toda uma infraestrutura pronta desde 2019 e nos colocamos à disposição da Fesporte para a realização do evento. Afinal, o esporte catarinense tem toda uma cadeia produtiva, que já ficou bastante prejudicada com a paralisação no ano passado devido à pandemia, e não podemos correr o risco de ficar mais uma vez sem os Jasc”.

Os Jasc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Antonio Prado / Fesporte 

O Festival Escolar Dança Catarina, promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, já se consolidou como maior evento de dança escolar do Brasil. E para celebrar os 20 anos do Festival a Fesporte promove uma programação especial.

O evento será on-line via Vimeo a partir desta sexta-feira, 16, e vai até domingo, 18. Na programação haverá mostra de dança, cursos, palestras e mesa redonda. As atividades começam na sexta, a partir das 19h30 com a Mostra Dança Catarina 20 Anos, uma retrospectiva da história do festival com vídeos de apresentações antigas, fotos e depoimentos de participantes que têm uma ligação com o evento.

>>>Clique no link e acompanhe a mostra

>>> Formulário para participar da programação aqui

O Festival

Considerado o maior evento de dança escolar do Brasil, o Dança Catarina tem como principais objetivos fomentar a dança na escola e salvaguardar a educação integral da criança e adolescente na construção de sua cidadania.

Em formato único e itinerante, anualmente, durante aproximadamente 80 dias, o Dança Catarina percorre mais de sete mil quilômetros levando cultura, dança e educação por todo o Estado. O festival é dividido em 20 etapas classificatórias  regionais e anualmente tem a participação de cerca de 4.500 alunos e mais de 320 professores/coreógrafos. Em 2020 e 2021, por conta da pandemia, a competição teve o seu formato na forma on-line.

Segundo a professora e coreógrafa Mapi Cravo, da Fesporte e coordenadora do Festival, o evento é um palco qualificado para que professores/coreógrafos e seus alunos mostram criatividade e dedicação em trabalhos considerados legítimas obras culturais, nas quais são abordados os mais variados temas e estilos de dança.

Para o professor e coreógrafo João Biasotto, que atua na Fesporte e também está na coordenação do evento, o Dança é um prisma que possibilita a descoberta de novos talentos na arte da dança, oportuniza e concretiza sonhos de crianças que nunca teriam oportunidade de subir em um palco se não fosse o Dança Catarina.

Confira a programação

Dia 16/4 – Sexta-feira

19h30 - Mostra Coreográfica on-line "20 Anos Dança Catarina”;

Dia 17/4 – Sábado 

08h30 às 10h00 - Palestra "O Desafio da Composição coreográfica com temas educacionais", por Josiane Franken (Doutora em Dança pela UFRS);

 10h15 às 12h15 - Curso "Pensando e construindo figurinos para a Dança", por José Alfredo Beirão (Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento com especialização em Costumes de Scène pela Escola Superior de Artes e Técnicas da Moda (ESMOD) em Paris);        

14h00 às 16h00 - Curso "Trilha Sonora e edição", por Alexandre Green (músico, produtor e compositor);

16h15 às 18h15 - Curso "Iluminação Cênica para a Dança", por Irani Brunner (iluminador com experiência nos principais teatros do país e em vários países da Europa);

Dia 18/4 – Domingo

10h00 às 11h00 - Palestra "Como construir a Dança na escola de forma colaborativa", por Isabel Marques (Coreógrafa e Mestre em dança pelo Laban Centre, Londres);     

14h00 às 18h:00 - Curso "Emancipação Audiovisual", por Sarah Ferreira (mestre em teatro Udesc, performer, educadora e artista multimídia);

19h00 às 20h30 - Mesa Redonda "A Dança na escola como prática pedagógica e o papel do arte-educador", com participação de Ida Mara Freire (mestre, pedagoga, Especialista em Dança), Josiane Franken (doutora em Dança pela UFRGS) e Carolina Romano de Andrade (doutora e mestre em Artes pela Unicamp) mediação: professora e coreógrafa Mapi Cravo, coordenadora do Festival Dança Catarina).

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Presidente da Fesporte (E), prefeito de Rio do Sul (centro) e Sérgio Luis Schlemper, diretor técnico da Fundação Municipal de Esporte de Rio do Sul. Foto: Divulgação / Fesporte

A realização dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) e o panorama do cenário esportivo no Estado foram tema do encontro realizado nesta quarta-feira, 17, em Rio do Sul. Participaram da reunião o presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Kelvin Soares, e o prefeito do município do Alto Vale do Itajaí, José Thomé.

A equipe da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul também acompanhou o encontro e as visitas técnicas em possíveis locais de disputa dos Parajasc, ao lado do presidente da Fesporte. O maior evento paradesportivo de Santa Catarina está agendado para ocorrer em setembro, entre os dias 15 a 19, e o município solicitou recursos financeiros para realização da etapa estadual, buscando melhorias e adaptações nos locais de competição, especialmente visando à acessibilidade.

Protocolo sanitário

De acordo com Kelvin Soares, diversos estudos estão sendo realizados visando montar um protocolo sanitário ideal para realização dos eventos. “Essa é nossa maior preocupação hoje, porque precisamos pensar nos atletas e dirigentes, já que as cidades sedes estão bem estruturadas, pois sabemos do potencial delas na realização de grandes eventos esportivos”, observou.

Assim como nas últimas competições estaduais realizadas em Rio do Sul, o prefeito José Thomé ressaltou que a equipe da prefeitura está empenhada na realização do evento, já que tem o caderno de encargos e a CCO pronta. “Por conta da pandemia ainda estamos aguardando as liberações legais para voltar a atuar, mas estamos motivados e especialmente preparados para organizar e realizar grandes jogos como foi com a Olesc, Jasti e Joguinhos Abertos”, falou.

A etapa estadual dos Parajasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Rio do Sul.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Maurício Vieira/ Arquivo/ Secom

Com a desistência de Jaraguá do Sul de sediar a etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2021, os municípios de São José e Florianópolis protocolaram na tarde desta terça-feira, 16, na Fesporte, pedidos para receber o evento. 

“Agradeço aos municípios e a sensibilidade de seus dirigentes de serem parceiros da Fesporte neste momento”, disse Kelvin Soares, presidente da Fesporte, que informou ainda o interesse de Timbó.

O próximo passo da Fesporte é analisar toda a infraestrutura dos municípios postulantes à sede. Depois, será alinhada com a cidade escolhida uma estratégia de segurança sanitária para os participantes.

Os Jasc em 2021 estará em sua 60ª edição. O evento é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com o município sede.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Jasc. Foto: Gil Silva/ Arquivo/ Fesporte

Jaraguá do Sul desistiu de sediar a etapa estadual da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2021 prevista para ocorrer de 27 de outubro a 5 de novembro. A desistência foi confirmada por meio de um ofício assinado pelo prefeito Antídio Aleixo Lunelli e a secretária de Cultura, Esporte e Lazer Natália, Lúcia Petry.

No documento, a gestão municipal cita a questão da pandemia de Covid-19, ressaltando que o momento é de incertezas que envolvem, inclusive, o risco de vida. “Neste cenário, a gestão municipal de Jaraguá do Sul não se sente em condições de preparar-se para tamanha responsabilidade em receber adequadamente o evento e declina da sede em 2021”, diz parte do texto.

Para o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, é compreensível que as decisões do município sejam pautadas pelas restrições impostas pela pandemia, mas a Fesporte buscará outras alternativas para a realização do evento em outra sede.

“Com a desistência de Jaraguá iniciamos um novo processo para que tenhamos uma nova sede para o maior evento poliesportivo no nosso Estado. Agradeço a compreensão da comunidade esportiva e da nossa imprensa e em breve teremos novidades que serão comunicadas a todos”,afirmou Kelvin. 

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Antonio Prado / Fesporte

Foi dada a largada para a retomada das discussões para a implantação do Plano Estadual de Esporte e Lazer (PEL) de Santa Catarina em uma reunião na sede da Fesporte, nesta sexta-feira, 19, em Florianópolis. O plano foi elaborado em 2017 para o Governo de Santa Catarina pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) e rege todas as políticas públicas do governo estadual no setor esportivo. 

O PEL, de cunho decenal, é o resultado de inúmeros estudos e debates em fóruns e ações conjuntas entre as instâncias públicas e a sociedade civil que começaram em 2012, que incluíram instituições como Fesporte, Conselho Estadual de Esporte e Tribunal de Justiça Desportiva entre outros. Mas para o plano vigorar precisa virar lei.

Para o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, que solicitou a reunião, é hora de sensibilizar toda a classe política – Executivo e Legislativo – para que de fato o documento saia do papel e se torne lei. “O PEL interessa a todos, principalmente aos gestores estaduais, que é o nosso caso da Fesporte, e os gestores municipais porque  cria diretrizes de gestão, objetivos e metas  para o esporte catarinense para os próximos 10 anos”, destaca Soares.

Para Marcelo Moraes, representante do IBAM, essa reunião marca a retomada de algo muito importante para a sociedade catarinense, pois o PEL, segundo ele,  “ao virar lei, se torna política de estado para o esporte e não apenas política de governo”.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Heron Queiroz / Fesporte

Boas notícias para o esporte em 2021. A Fesporte firmou um contrato na ordem de R$ 500.000 com o Ministério da Cidadania. O recurso terá como destino a compra de bolas de handebol, basquete, voleibol, futsal e futebol de campo e beneficiará 259.396 pessoas.

Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 12 a 14 anos, Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc), Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (Moleque Bom de Bola), Jogos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) além da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e Joguinhos Abertos de Santa Catarina estão no rol dos eventos beneficiados. O contrato foi concebido via emenda parlamentar, por intermédio da deputada federal Caroline de Toni.

Para o presidente da Fesporte, Rui Godinho, o convênio com o Ministério da Cidadania é essencial porque ajuda a desonerar o orçamento da instituição que preside e fortalece principalmente o esporte escolar e de participação, duas vertentes que trabalham o esporte como inclusão social, promove cidadania e a descoberta de novos talentos.

“Essa assinatura de convênio é uma ação muito importante para o esporte catarinense, pois ele abre um diálogo com o Governo Federal para futuras parcerias, já que fazia muito tempo que não tínhamos contratos similares na esfera federal. Acredito que esta ação abre uma nova fase de investimentos no esporte, principalmente no esporte escolar”, destaca o presidente da Fesporte, Rui Godinho.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Antonio Prado / Fesporte 

O calendário oficial das etapas estaduais dos eventos da Fesporte para 2021 está definido. Uma reunião entre dirigentes da Fesporte e representantes municipais concluiu, na quarta-feira, 25, os últimos ajustes. O encontro foi realizado na sede da Fesporte, em Florianópolis, e obedeceu todos os protocolos de segurança contra o coronavírus. O calendário será enviado ao Conselho Estadual de Esporte para ser homologado.

Foram definidas datas e sedes das etapas estaduais dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc), Joguinhos Abertos de Santa Catarina, Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), Campeonato Catarinense Escolar de Futebol - Moleque Bom de Bola, Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) e Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti).

Entre as principais mudanças para o ano que vem ficou definido que a Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) será usada como evento para a formação da seleção escolar de Santa Catarina que irá disputar a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), 15 a 17 anos, organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), que passou de competição escolar para rendimento.

Com isso a Fesporte se adequa à nova formatação dos JEJ, proposto pelo COB, que a partir do ano que vem será entre seleções estaduais escolares e não mais uma competição entre escolas, como ocorria anteriormente. Antes a seletiva catarinense para os JEJ saía dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc).
Com a volta da etapa nacional dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’S) para 2021, a serem organizados pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), a etapa estadual dos Jesc 12 a 14 anos passa a ser seletiva para o evento nacional, que é disputado entre escolas.

As noites comemorativas aos 22 anos do Festival Escolar Dança Catarina ficaram programadas para ocorrer entre os dias 11 a 13 de junho.

Para o presidente da Fesporte Rui Godinho, a reunião foi extremamente positiva. “Nossa gestão é democrática e os municípios são nossos parceiros na realização de eventos, por isso convidamos os representantes para que juntos discutíssemos um calendário que fosse bom pra todos. Todos nós saímos satisfeitos”, destacou.

“Essa reunião foi muito positiva. Os municípios ficaram muito felizes por essa conversa. Por essa forma democrática que tivemos aqui em relação ao calendário 2021, por isso quero parabenizar a todos por essa iniciativa”, destacou Sérgio Cirola, diretor-geral da Fundação Municipal de Esportes de Videira.

Confira como ficou o calendário das etapas estaduais

  • Jesc 12 a 14 anos – 2 a 10 de julho - Timbó
  • Olesc – 23 a 31 de julho – Curitibanos
  • Parajesc – 5 a 8 de agosto – Timbó
  • Joguinhos – 4 a 12 de setembro – Videira
  • Parajasc – 24 a 29 de setembro – Rio do Sul
  • Moleque Bom de Bola – 29 de setembro a 3 de outubro – Luis Alves
  • Jasc – 27 de outubro a 5 de novembro – Jaraguá do Sul
  • Jasti – 1 a 5 de dezembro – Criciúma

    Informações adicionais para a imprensa
    Antônio Prado
    Assessoria de Imprensa 
    Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
    Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
    E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
    Site: www.fesporte.sc.gov.br

     


Foto: Antonio Prado/ Fesporte

Ao longo de seus 11 anos de existência, o Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte tem se consolidado como a premiação mais importante no campo do esporte catarinense, mas este ano, devido à Covid-19, o evento que tradicionalmente ocorre no início de dezembro foi cancelado. A comissão organizadora entende que o momento exige tal atitude. E esperam realizar a edição 2021 com o mesmo intuito de sempre - valorizar e reconhecer todo os esforço dos esportistas e das entidades catarinenses, que a cada dia ajudam a construir o qualificado esporte de Santa Catarina.

Nas últimas 11 edições do Troféu Guga, foram agraciados 59 atletas, 18 entidades esportivas, 18 técnicos, 18 equipes e 13 árbitros.

Em Santa Catarina, o esporte amador foi significativamente afetado a partir de março com a pandemia do Coronavírus. Competições foram canceladas com o intuito de evitar contaminações.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Antonio Prado / Arquivo / Fesporte 

O calendário de eventos da Fesporte terá uma nova divisão esportiva no próximo ano. Na última reunião do Conselho Estadual de Esporte (CED) uma nova formatação foi aprovada para as disputas Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 12 a 14 anos e 15 a 17, Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (Moleque Bom de Bola), Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), Joguinhos Abertos de Santa Catarina e Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

Agora estes eventos serão disputados em seis regiões esportivas e não mais quatro. Além das tradicionais Oeste, Leste-Norte e Sul, que estavam na formatação anterior, mais três regiões foram agregadas: Extremo-Oeste, Centro e Planalto Vale.

Antes as fases classificatórias iniciais de disputa estavam divididas em 12 etapas microrregionais. Agora serão 18, que serão organizadas pelo coordenador esportivo educacional da CRE (Coordenadoria Regional de Educação) de cada micro. A etapa microrregional é classificatória para a etapa regional, que classifica para a etapa estadual de cada evento.

Para Marcelo Scharf, gerente de esporte de rendimento da Fesporte, a nova divisão esportiva já era um sonho antigo da instituição, já que trará muitos benefícios no gerenciamento dos eventos da Fesporte. “Antes havia uma divisão esportiva geográfica específica para os esportes de rendimento e outra para a área escolar. Agora, com este novo formato, unificamos, de forma mais didática, as regiões esportivas dos dois segmentos, facilitando o melhor entendimento de todos os atores envolvidos nas competições”.

Scharf destaca ainda que a nova divisão encurtará a distância entre os municípios e aproximará as microrregiões. “Essa nova proposta vai trazer também economia na realização dos eventos e impactará positivamente nas questões de logísticas. Com isso todos ganham. Ganha o esporte catarinense”, concluiu.

Confiram como ficou a nova divisão

Região Extremo-Oeste

  • 48 municípios
  • Micros: 1, 2 e 3
  • Abrangência: CRE: São Miguel do Oeste, Itapiranga (Micro 1), Dionísio Cerqueira, São Lourenço do Oeste (2), Maravilha e Palmitos (3).

Região Oeste

  • 57 municípios
  • Micros: 4, 5 e 6
  • Abrangência: CRE: Quilombro, Chapecó (Micro 4), Xanxerê, Seara (5), Concórdia e Joaçaba (6)

Região Centro

  • 40 municípios
  • Micros: 7,8 e 9
  • Abrangência: CRE: Campos Novos, Curitibanos (Micro 7), Videira, Caçador (8), Canoinhas e Mafra (9)

Região Planalto Vale

  • 49 municípios
  • Micros: 10, 11 e 12
  • Abrangência: CRE: São Joaquim, Lages (Micro 10), Taió, Ibirama (11), Rio do Sul e Ituporanga (12)

Região Leste-Norte

  • 42 municípios
  • Micros: 13, 14 e 15
  • Abrangência: CRE: Brusque, Blumenau (Micro 13), Timbó, Jaraguá do Sul (14), Joinville e Itajaí (15)

Região Sul

  • 60 municípios
  • Micros: 16, 17 e 18
  • Abrangência: CRE: Grande Florianópolis, Laguna (Micro 16), Tubarão, Braço do Norte (17), Criciúma e Araranguá (18)

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 99949-5255
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br