Foto: Alexandra Antoniazzi/ SED

Seis escolas do município de Campos Novos, no Estado de Santa Catarina, terão professores participantes do programa Nau dos Mestres, iniciativa que prevê o repasse de conteúdo complementar às disciplinas de Ciências, Biologia, Artes, Química, Física e Matemática por meio de um laboratório móvel. A Formação de Educadores das Escolas Estaduais de Ensino Fundamental iniciou quinta-feira, 16, na Escola de Educação Básica Gasparino Zorzi, em Campos Novos.

1.Em Biguaçu projeto escolar incentiva doação de sangue em parceria com HEMOSC 6 copy

Para incentivar a doação de sangue e multiplicar boas ações, estudantes da EEB Prefeito Avelino Muller, em Biguaçu, produziram cartazes e maquetes por meio do projeto da escolar Educação e Saúde: uma relação saudável. A ação também contou com a parceria do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc), que promoveu palestras e distribuiu panfletos aos jovens entre os dias 9 e 13 de maio.

Após estudos realizados em sala de aula sobre doação de sangue, os alunos do 5º ano do ensino fundamental apresentaram para colegas de outras turmas os trabalhos produzidos. Com a ação Escola Hemosc: Aprenda hoje, salve vidas amanhã, organizada pelo Centro de Hematologia, profissionais sanaram dúvidas e entregaram folders informativos para que  os alunos levassem para casa, com objetivo de  incentivar familiares a serem doadores de sangue.

De acordo com a assistente técnico-pédagógica da escola, Lilian Schmitt Petry, com atividades envolvendo profissionais das respectivas áreas da saúde, torna o processo de ensino-aprendizagem mais significativo e produtivo. “Cada mês deste ano, uma temática será apresentada e estudada pelos alunos para informá-los e torná-los multiplicadores de ações em prol da saúde”, explica.

No mês de abril, foram promovidas atividades sobre a importância da imunização contra a febre amarela. Uma equipe do posto de saúde do Programa Saúde na Escola do bairro visitou os alunos para oferecer informações sobre a vacina como local e horário.

Informações adicionais à imprensa
André Santiago - (48) 3664-0454 / 99975-6810
Dafnée Canello - (48) 3664-0347 / 99682-6562
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Site: www.sed.sc.gov.br
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED


Fotos: James Tavares / Secom

Recursos disponíveis do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) foram pauta de reunião entre o governador Carlos Moisés, secretários de Estado da Educação, Natalino Uggioni, da Casa Civil, Douglas Borba, e representantes municipais de Santa Catarina realizada nesta quinta-feira, 9. Ao todo, são R$ 183 milhões de investimentos para Santa Catarina.

Promovido pelo Governo do Estado, o encontro teve como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre recursos de diferentes finalidades que estão à espera de utilização por parte dos municípios desde 2018. Da rede estadual, são R$ 102 milhões que estão sendo investidos em programas pedagógicos, transporte, alimentação escolar, infraestrutura e aquisição de equipamentos. Para as cidades, são R$ 81 milhões no FNDE.

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) anuncia a abertura das inscrições para o Processo Seletivo Simplificado nº 001/2019, para profissionais de nível médio e superior para atuação no campus da instituição em São José por um período de até 12 meses, prorrogável por mais 12 meses. As inscrições são gratuitas e ficam abertas até 23 de maio neste link.

Os cargos de nível médio incluem vagas para Técnico em Atividades Administrativas, Motorista e Instrutor I (panificador). Já as vagas de nível superior são para Assistente Social, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Psicólogo, Terapeuta Ocupacional, Bibliotecário, Enfermeiro, Médico Oftalmologista, Professor / Ensino de Libras, Professor / Interpretação de Libras, Professor / Transcrição de Braille, Professor / Adaptação em Relevo, Professor / Adaptação em Tinta e Professor/Revisão Braille.

Mais informações no edital disponível neste link.

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4943 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br

 



Já está disponível no site do Poder Judiciário de Santa Catarina o primeiro Dicionário Jurídico de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) do Brasil, fruto de uma parceria entre a Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

O acesso ao Dicionário ocorre através de uma plataforma online no site do TJSC contendo vídeos com traduções em LIBRAS de termos jurídicos básicos e pode ser acessado clicando neste link ou diretamente no site do TJSC nos perfis Cidadão, Advogado e Servidor.

Desde que a proposta de colaboração entre as duas instituições começou, em agosto de 2015, a FCEE, por meio do Centro de Capacitação de Profissionais de Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS), passou a realizar pesquisas junto à comunidade surda brasileira para a definição e criação dos sinais em LIBRAS que integrariam o dicionário. Dois anos depois, a FCEE oficializou o convênio entre as duas instituições e deu início à produção do dicionário.

Os vídeos que compõem o Dicionário foram produzidos e gravados pela equipe do CAS entre 2017 e 2019.

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4943 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br

 



Foto: Dafnée Canello/SED

Aulas mais atrativas, estudantes engajados e professores motivados com tecnologia e inovação. Com essa proposta, um novo passo foi dado em prol da educação catarinense com a entrega de laboratórios de tecnologia em oito escolas estaduais nesta quarta-feira, 8. O ato foi oficializado na EEB Padre Miguel Giacca, em Criciúma, pelo secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

"É uma ação no âmbito da inovação na educação em Santa Catarina. Este é o espaço que deverá ser trabalhado de forma multidisciplinar, onde todos os professores deverão utilizar de forma que aproxime o mundo da escola com o mundo dos estudantes”, afirma o secretário.

O aporte para as oito escolas foi de R$ 1,4 milhão para compra e instalação de computadores, lousa digital, projetor, aparelho de som e equipamentos para ampliar a rede de internet. A EEB Padre Miguel Giacca recebeu 51 novos computadores e um equipamento de cada. A quantidade de aparelhos varia conforme o número de alunos e necessidade de cada unidade.

“Esta é uma das ações do programa de inovação na educação já em curso desde o início do ano letivo. A tecnologia deve ser uma aliada à escola de modo a facilitar o processo ensino-aprendizagem”, enfatiza Uggioni.

Para Isadora de Medeiros Ribeiro, estudante do 1º ano do ensino médio, os estudos ganham mais qualidade com a iniciativa. “Estou mais feliz por saber que agora temos um espaço próprio para ajudar. Teremos aulas mais dinâmicas, além de facilitar para fazermos os trabalhos das disciplinas”, conta.

As próximas avaliações da disciplina de Ciências, ministrada pelo professor Luiz Antônio Farias, já serão realizadas no novo laboratório. “Nós, como docentes, também ficamos ainda mais motivados com novos métodos de lecionar. A tecnologia proporciona aulas mais dinâmicas e lúdicas fazendo os alunos mais interessados”, diz.

Nesse primeiro momento, as unidades que receberam a estrutura dos laboratórios são: EEB Normélio Cunha, Regional Araranguá, EEB Manoel Pereira de Medeiros, Regional São Joaquim, EEB Valério Gomes, Regional Blumenau, EEB São Sebastião, Regional São Miguel do Oeste, EEB Prefeito Agenor Piovezan, Regional Joaçaba, EEB Eng. Sebastião e EEB Cel Marcos Rivaris da Regional Criciúma.

Formações

Os profissionais dos Núcleos de Tecnologias Educacionais Regionais farão formações com os professores nas próximas semanas para treinamento de ferramentas educacionais, manuseio das lousas digitais, esclarecimento de dúvidas e oferecimento de suporte.

Agenda

Ainda em Criciúma, o secretário Uggioni se reúne com os 60 gestores escolares da região para alinhamento de trabalho, reforçar as ações e os objetivos da nova gestão. À noite, na Universidade do Extremo Sul (Unesc), Uggioni palestrará sobre Desenvolvimento da Educação de Santa Catarina para representantes das secretarias de Educação da Amrec (Associação dos Municípios da Região Carbonífera), Amesc (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) e Amurel (Associação dos Municípios da Região de Laguna), e acadêmicos e professores dos cursos da área da Educação.

Informações adicionais para a imprensa:
Dafnée Canello
Secretaria de Estado de Educação
(48) 3664-0353/ 3664-0161 / 3664-0356 / 99682-6562
imprensa@sed.sc.gov.br 


Foto: Divulgação / SED

O Currículo Base da Educação Infantil e Ensino Fundamental do Território Catarinense foi finalizado nesta terça-feira, 7, em Blumenau, por redatores, consultores e a Comissão Executiva de Mobilização para a Implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O encontro foi a fase final do primeiro ciclo de implementação do movimento pela Base e também serviu para definição de metodologia dos próximos Seminários de Formação, que serão realizados em junho e agosto. Agora, o documento será entregue ao Conselho Estadual de Educação (CEE) para aprovação final. A expectativa da Secretaria de Estado da Educação é que até o fim do ano o novo currículo base já esteja em aplicação nas escolas catarinenses.

De acordo com a coordenadora Estadual da BNCC, a secretária adjunta de Estado da Educação, Carla Silvanira Bohn, o primeiro ciclo cumpriu com seu objetivo. “O documento tem as expertises das mais diversas especialidades, cada um com seu olhar contribuiu e enriqueceu a consolidação do currículo, gradativamente, sensibilizados à causa única: construir a diretriz educacional com a pujança do estado catarinense. Agora é aprovar no Conselho Estadual de Educação e posteriormente aplicar nas escolas”, explica.

Para a presidente da Undime, Patrícia Lueders, estamos fazendo história em SC. “Todos tivemos a possibilidade de pensar em uma proposta única para todos nossos estudantes. E agora está consolidado”, destaca.

O Currículo Base foi feito em regime de colaboração entre a Secretaria de Estado de Educação (SED), a União dos Dirigentes Municipais de Santa Catarina (Undime-SC), o Conselho Estadual de Educação (CEE), a União Nacional de Conselhos Municipais de Educação (UNCME) e a Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

O Ciclo de Seminário de Sistematização do Currículo Base da Educação Infantil e Ensino Fundamental do Território Catarinense tem como coordenadoras Estadual da BNCC a secretária adjunta de Estado da Educação, Carla Silvanira Bohn, e a secretária municipal de Educação de Joinville, Sonia Regina Vitorino Fachini, representando a SED e a Undime, respectivamente.

BNCC

A Base Nacional Comum Curricular é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais, elaborado por especialistas das mais diversas áreas do conhecimento e corresponde às demandas do estudante da contemporaneidade, preparando-o para o futuro.

Informações à imprensa
Edinéia Rauta - (48) 3664-0353 / 9980-3136
Dafnée Canello - (48) 3664-0347 / 996826562
E-mail:
Site: www.sed.sc.gov.br
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação - SED

Fotos: Maurício Vieira/SECOM

Os 51 anos comemorados pela Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e o trabalho a favor da inclusão socialrenderam homenagens a duas pessoas na tarde desta segunda-feira, 6. Com 40 anos dedicados à FCEE, a servidora Lenir Bernadete Ventura de Matos recebeu uma medalha da vice-governadora Daniela Reinehr e do presidente da instituição, Rubens Feijó. O educando mais idoso em atendimento, Ilário Ponci Ferrarezi, de 70 anos, também recebeu a honraria. O evento foi realizado no campus da Fundação, em São José.

A celebração incluiu outros momentos marcantes: uma homenagem da pedagoga e musicista Juliana Buratto, que interpretou a música “Imagine” no piano, um instante devocional realizado pelo pastor Jonas da Silva e o encerramento com uma apresentação do Coral Infantil do Instituto Estadual de Educação Vozes do Amanhã, sob a regência de Amanda Vieira Nunes.

Em seu discurso, a vice-governadora destacou o pioneirismo do Estado de Santa Catarina ao criar a Fundação em maio de 1968. "Desde o seu surgimento, a FCEE tem exercido um papel de grande importância, definindo e coordenando as políticas públicas de educação especial, contribuindo para que todos aqueles com capacidades diferenciadas pudessem ter respeitado seu direito à educação", afirmou Daniela. Ela também lembrou os benefícios da inclusão escolar, que permite uma “grande superação para os alunos com deficiência” além de ser benéfico também para os alunos típicos.

:: VEJA A GALERIA DE FOTOS DA COMEMORAÇÃO DOS 51 ANOS DA FCEE

O presidente da FCEE ressaltou a importância dos homenageados especiais do evento para a história de inclusão promovida pela instituição nestes 51 anos de existência. Feijó também apresentou a atual equipe gestora da Fundação e os principais projetos em andamento para 2019, destacando o apoio da vice-governadora nestes projetos. Atualmente, a FCEE possui 217 instituições especializadas conveniadas, que incluem APAEs e demais congêneres, abrangendo 189 municípios catarinenses e beneficiando diretamente cerca de 21,4 mil educandos em todo o estado, por meio de repasses em recursos financeiros e da cedência de professores.

Também participaram do evento, além dos educandos, familiares e servidores da FCEE, o coordenador regional de Educação da Grande Florianópolis, Vitor Balthazar, representando a Secretaria de Estado da Educação, a coordenadora da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Janice Krasniak, o diretor da Federação das APAEs do Estado de Santa Catarina, Júlio César de Aguiar, a presidente da Associação de Pais e Educandos da FCEE, Vera Lúcia Machado, e a presidente da Associação de Servidores da FCEE, Elizete Costa Vieira.

Evento matutino

Já no turno da manhã, a Banda da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército encantou servidores, educandos e gestores com uma apresentação que incluiu a execução do Hino Nacional, Parabéns para Você e diversas outras músicas que divertiram o público, sob a regência do subtenente Marcos Antônio Caldas.

Sobre a FCEE

A FCEE é uma instituição pública de caráter beneficente, instrutivo e científico, com a missão de definir e coordenar a política de educação especial do Estado de Santa Catarina, fomentando, produzindo e disseminando o conhecimento científico e tecnológico da área. Quando criada, em 1968, tornou-se a primeira instituição pública estadual do Brasil a atuar especificamente com educação especial.

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4943 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br

 

02 05 FORMAÇÃO

Professores e gestores, orientadores educacionais, assistentes educacionais e técnico-pedagógicos da rede estadual de ensino participaram nesta semana do Curso de Formação Currículo, Avaliação e Modalidades da Educação. Aproximadamente 40 mil profissionais se reuniram nas escolas para troca de experiências e planejamento de aulas.

Entre os materiais de apoio disponibilizados pela Secretaria de Estado da Educação (SED), estavam vídeos e apresentações sobre Modalidades da Educação Básica e o Currículo, Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Núcleos de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento às Violências na Escola (Nepre). “É uma oportunidade de trocar experiências e também organizar as aulas para atender às novas demandas educacionais em cada área”, explica a diretora de Gestão da Rede Estadual, Isabela Fornari Müller.

Para a assessora de direção da EEB Luiz Bertoli, Regional de Taió, Patrícia Anderle Schreiber, é fundamental momentos entre os profissionais para refletir a prática cotidiana. “Essa parada pedagógica serviu para rever questões organizacionais e as ações do dia a dia. O enfoque na questão pedagógica ajudou a equipe a repensar posturas e planejar intervenções”, afirma.

Com carga horária total de 32h, o curso tem mais três encontros agendados para 15 de julho, 1º de outubro e o último no mês de dezembro com data a definir. A agenda é flexível, podendo ficar ao critério da equipe escolar a escolha do dia.

Informações adicionais à imprensa:
Edinéia Rauta - (48) 3664-0353 / 9980-3136
Dafnée Canello - (48) 3664-0347 / 996826562
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Site: www.sed.sc.gov.br
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação - SED




Após dois meses de trabalho, a Secretaria de Estado da Educação (SED) coloca no ar o seu novo site. O portal tem como novidade a seção "Fale com o Secretário", local onde pais, alunos, professores e a comunidade escolar em geral podem enviar proposta, solução e ideias para melhoria do ensino catarinense.