Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Carlos Moisés debateu os desafios da educação do século 21 com uma convidada especial nesta segunda-feira, 22. Pouco antes uma palestra para 1,1 mil gestores da rede estadual de ensino, Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, conversou por cerca de meia hora com o chefe do Executivo catarinense. Durante a oportunidade, Moisés salientou o esforço do Estado para prover melhores condições para alunos e professores. O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, e a secretária adjunta da pasta, Carla Bohn, também estavam presentes. 

“Estamos fazendo um investimento bilionário para alcançar isso. A educação de hoje molda os cidadãos do amanhã. O Estado precisa estar ciente dessa responsabilidade e é nosso dever buscar o melhor para os nossos jovens”, disse Moisés.

Na reunião, Viviane agradeceu o governador por renovar a parceria com o Instituto Ayrton Senna. Em 31 escolas catarinenses com ensino médio em tempo integral, o Instituto ajuda na elaboração da metodologia de ensino e realiza um acompanhamento dos jovens. 

A empresária também destacou a necessidade de se evoluir com o processo escolar. 

“Nós precisamos preparar os jovens para o século 21, mas as nossas aulas ainda são do século 19. Essas crianças precisam estar preparadas para viver no mundo ao seu redor. Isso vai além da fronteira cognitiva clássica”, afirmou Viviane.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

Arte: Sal Santos/Secom

Garantir o acesso do estudante em segurança à escola, principalmente em áreas rurais onde o percurso para o colégio muitas vezes é difícil, também está previsto no programa Minha Nova Escola do Governo do Estado. O Ministério da Educação (MEC), por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), entregou a 64 municípios catarinenses 74 ônibus escolares na última semana. A área receberá um aporte total de R$ 118 milhões.

Os veículos integram um pacote de aquisições que totaliza 116 ônibus para 93 cidades, um investimento de R$ 22 milhões. Os ônibus atenderão a 90 mil estudantes, em um universo de 280 mil alunos das redes públicas de ensino que dependem do transporte. Os outros 42 ônibus do mesmo contrato serão entregues até o final de julho.

Os micro-ônibus, que têm 29 lugares e custo de R$ 189 mil por unidade, foram um pleito do Fórum Parlamentar Catarinense e desde 2017 aguardavam um desfecho burocrático para serem entregues ao Estado.

 Foto: Julio Cavalheiro/ Secom

No começo deste ano, foi feito um mutirão na Secretaria de Estado da Educação para regularizar documentos e participar da ata de registro de preços do FNDE, que ocorreu em fevereiro.

Os ônibus entregues ao Governo do Estado serão cedidos aos municípios, com a possibilidade de doação. Eles são os responsáveis pela gestão da frota, em uma parceria que contempla o atendimento a alunos da rede pública estadual e municipal. Cabe ao Estado o custeio e a manutenção do transporte escolar em 286 municípios, somando outros R$ 96 milhões em investimentos.

Confira nos links detalhes das outras áreas do programa Minha Nova Escola
:: Infraestrutura Escolar
:: Educação Inovadora
:: Qualificação Permanente
:: Gestão Total

Informações à imprensa
Sicilia Vechi

Secretaria de Estado da Educação (SED)
Fone: (48) 3664-0454 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Leonardo Gorges
Secretaria Executiva de Comunicação
Fone: (48) 3665-3045
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 

Arte: Sal Santos/Secom

Dos muitos caminhos que levam a uma educação de qualidade, o papel do professor continua sendo central no processo de ensino e aprendizagem. Pesquisas apontam que o educador é determinante para o desempenho do estudante. Um desses estudos foi divulgado em 2013 pela Universidade Stanford e revelou que, enquanto o estudante com um docente despreparado aprende metade ou menos do que deveria no ano, aquele que tem bons professores aprende o equivalente a um ano a mais. Também de nada adianta uma escola bem equipada se o profissional não estiver preparado para usar a tecnologia da melhor maneira possível.

Pensando na qualificação do docente da rede estadual, o programa Minha Nova Escola, do Governo do Estado, prevê R$ 99,5 milhões de investimentos para cursos de qualificação e formação.

As iniciativas preparam o educador para a nova educação que se apresenta em Santa Catarina, com o ensino médio integral, a adoção de um novo currículo base, e uma escola mais inovadora, que dá ao aluno uma formação contextualizada com a realidade. Os investimentos nestas formações para educadores já somam R$ 4,8 milhões. 

Outros R$ 94,7 milhões serão investidos em licenciaturas e pós-graduação para estimular a formação de educadores em Santa Catarina, com bolsas concedidas pelo programa Uniedu. Entre as novidades estão licenciaturas voltadas para comunidades quilombolas, indígenas, além de duas especializações com foco inovador. Nas demais licenciaturas estão cursos de Inglês, Química e Física.

Confira nos links detalhes das outras áreas do programa Minha Nova Escola
:: Educação Inovadora
:: Infraestrutura Escolar
:: Além da Escola | Transporte Escolar
:: Gestão Total

Informações à imprensa
Sicilia Vechi

Secretaria de Estado da Educação (SED)
Fone: (48) 3664-0454 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Leonardo Gorges
Secretaria Executiva de Comunicação
Fone: (48) 3665-3045
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 

Reforçar o investimento na infraestrutura escolar é uma necessidade. Segundo o secretário Natalino Uggioni, essa área não recebeu a devida atenção nos últimos 30 anos. Por isso, há muitas escolas em condições longe do ideal. É chegada a hora de mudar essa realidade. O Programa Minha Nova Escola prevê uma injeção de recursos na área. Serão R$ 888,4 milhões investidos em obras e manutenções nas escolas catarinenses.

"São ações que a gente já iniciou e vai intensificar a partir de agora. Precisamos escolher o lado das respostas e das soluções. Temos de prover a escola de condições e é isso que estamos fazendo", afirma o secretário da Educação, Natalino Uggioni.

 Foto: Julio Cavalheiro/ Arquivo Secom

Todas as 1.071 escolas da rede estadual receberão investimento em infraestrutura até 2022. As melhorias incluem reformas, obras de acessibilidade, construção de quadras cobertas e/ou ginásios. ​Em 2019, serão contempladas 292 escolas, além de outras 319 obras em processo de análise para licitação.​ 

Esse valor de R$ 888,4 milhões representa 74% do total do programa. Desse valor, são R$ 128,7 milhões em obras em andamento, R$ 2,3 milhões em elaboração de projetos, R$ 16,3 milhões em obras em licitação, R$ 631,2 milhões em contratos de manutenção a serem licitados e R$ 109,8 milhões em análise para licitação.

Confira nos links detalhes das outras áreas do programa Minha Nova Escola
:: Educação Inovadora
:: Além da Escola | Transporte Escolar
:: Qualificação Permanente
:: Gestão Total

Informações à imprensa
Sicilia Vechi
Secretaria de Estado da Educação (SED)
Fone: (48) 3664-0454 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Leonardo Gorges
Secretaria Executiva de Comunicação
Fone: (48) 3665-3045
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 

Arte: Sal Santos/Secom

Quando se fala em educação inovadora, a intenção é clara: fazer com que o aluno mantenha o interesse naquilo que é ensinado em sala de aula. Para isso, a Secretaria de Educação quer avançar com o conceito dos laboratórios de tecnologia, de modo a substituir as antigas salas de informática. Lousas digitais, conexão com a internet sem fio e um kit digital — carrinhos equipados com tablets e notebooks — são o primeiro passo em busca dessa realidade.

“O que nós estamos fazendo é aproximar o mundo da escola e do professor do aluno, nesse mundo digital”, afirma o secretário da Educação, Natalino Uggioni.

O investimento é o primeiro passo para a instalação dos laboratórios nas escolas. A Diretoria de Infraestrutura da SED realiza, em paralelo, um mapeamento de estrutura para internet nas unidades de ensino, a fim de fornecer a capacidade necessária para o funcionamento dos laboratórios de tecnologia.

 Foto: Osvaldo Nocetti/ SED

Nos primeiros meses do ano, foram inaugurados nove desses laboratórios. Mais deles virão a partir de agora, com um investimento programado de R$ 39 milhões apenas para o segundo semestre. Estão sendo entregues 6,4 mil computadores, 3 mil tablets, 2,7 mil notebooks e mais de 1.056 lousas digitais, 249 webcams, 1,1 mil aparelhos de som, 371 caixas de som e 33 TVs de 55 polegadas com suporte.

Também fazem parte dos investimentos em educação inovadora R$ 32 milhões em obras literárias para compor o acervo das bibliotecas escolares, R$ 9,4 milhões em equipamentos para 57 laboratórios de matemática, química, física e biologia, R$ 8,8 milhões em mobiliários para esses mesmos laboratórios e outros 12 auditórios e, para finalizar, R$ 2,5 milhões em novos cursos no contraturno escolar. Ao todo, o investimento em Educação Inovadora totaliza R$ 92 milhões.

Entre os equipamentos de tecnologia, estão sendo entregues os 118 carrinhos com notebooks ou tablets a Escolas com Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI), CEDUPS e escolas com maior número de alunos. Todas as escolas terão ao menos 1 kit lousa digital. Do montante de computadores para uso administrativo e dos docentes, escolas com mais de 800 alunos receberão 10 equipamentos. Os demais lotes entregues são de 8, 6, 5 ou 3 computadores, de acordo com o número de alunos. Outros equipamentos multimídia e de suporte serão entregues segundo o mesmo critério e disponibilidade.

Confira nos links detalhes das outras áreas do programa Minha Nova Escola
:: Infraestrutura Escolar
:: Além da Escola | Transporte Escolar
:: Qualificação Permanente
:: Gestão Total

Informações à imprensa
Sicilia Vechi
Secretaria de Estado da Educação (SED)
Fone: (48) 3664-0454 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Leonardo Gorges
Secretaria Executiva de Comunicação
Fone: (48) 3665-3045
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 

Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Um esforço conjunto para melhorar a qualidade do ensino, tornar a sala de aula mais atrativa para alunos e professores e reforçar a infraestrutura da rede estadual. Esse é o programa Minha Nova Escola, lançado nesta segunda-feira, 22, pelo governador Carlos Moisés, ao lado do secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni. Para alcançar esses propósitos, o Governo do Estado investirá R$ 1,2 bilhão a partir do segundo semestre deste ano. As 1.071 escolas da rede estadual serão contempladas com alguma melhoria.

:: Mais imagens na galeria de fotos

“Esse é um compromisso que nós assumimos lá atrás: as escolas precisavam melhorar. Esse investimento de R$ 1,2 bilhão vem para isso, trazer de volta essa escola que o aluno tanto quer: pintada, com equipamentos, bem cuidada", destacou o governador.

:: Infográficos em alta definição do pacote Minha Nova Escola

Os investimentos no Programa Minha Nova Escola estão divididos em cinco vetores: Educação InovadoraInfraestrutura Escolar, Gestão Total, Qualificação Permanente Além da Escola (transporte). Do total a ser aportado, a maior parte dos recursos — aproximadamente 74% —  será aplicada nos investimentos em infraestrutura. Segundo o secretário Natalino Uggioni, esse quesito não recebeu a devida atenção ao longo dos últimos 30 anos e, por conta disso, chegou a hora de investir fortemente.

“Nossas escolas são estruturas grandes, que precisam ser mantidas. Todo mundo que tem um imóvel sabe que, se você não cuidar, ele vai ficar em condições ruins. Esse volume de obras representa o compromisso dessa gestão para prover as melhores condições para que a educação, de fato, aconteça”, afirma Uggioni.

O anúncio do novo programa ocorreu em meio a um encontro com 1,1 mil gestores escolares de todo o Estado, em um hotel na Capital. O objetivo do evento, segundo o secretário Uggioni, é o alinhamento das ações para o segundo semestre, de forma a garantir um amplo conhecimento das linhas mestras a serem seguidas.

"É um contato direto com os responsáveis pela educação. Os professores são o elo fundamental da nossa cadeia. A fala presencial serve também para internalizar princípios e aproximar esse contato. É o começo de muitas ações desse tipo que queremos realizar", completou o secretário.

Confira nos links detalhes de cada área do programa Minha Nova Escola
:: Educação Inovadora
:: Infraestrutura Escolar
:: Além da Escola | Transporte Escolar
:: Qualificação Permanente
:: Gestão Total

Informações à imprensa

Sicilia Vechi
Secretaria de Estado da Educação (SED)
Fone: (48) 3664-0454 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Leonardo Gorges
Secretaria Executiva de Comunicação
Fone: (48) 3665-3045
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 
leonardogorges@secom.sc.gov.br

Ter à frente da escola uma equipe gestora comprometida com as causas da comunidade escolar é uma das maneiras para melhorar o ambiente de ensino e, consequentemente, a qualidade do aprendizado. Para deixar a gestão escolar ainda mais fortalecida em Santa Catarina, o programa Minha Nova Escola do Governo do Estado investirá em ações que levam aos gestores mais conhecimento e informação para tomadas de decisão mais eficientes.

Uma delas é o Educação na Palma da Mão, um sistema online de inteligência de dados para a rede de ensino, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação. O programa concentra informações sobre matrículas, unidades de ensino, distorção idade-série, infrequência e desempenho escolar. Os dados podem ser acessados por estado, região, município ou por uma única escola.

 Foto: Doia Cercal / Arquivo/ Secom

A possibilidade de monitorar índices educacionais em tempo real dá ao gestor a clareza de pontos que exigem mais atenção. A partir do segundo semestre, os diretores terão acesso a toda essa informação em um aplicativo para celular. Nesta mesma linha, em julho foi realizada a avaliação institucional, que levantou junto à comunidade escolar áreas que requerem melhorias dentro de cada escola. Em uma semana 160.605 pessoas participaram, entre alunos, pais e professores. O resultado vai orientar as ações na escola e o planejamento de políticas públicas.

Além disso, para dar mais agilidade às demandas diárias da escola, o Governo do Estado dobrou o investimento para os cartões Cpesc de compra de materiais em relação ao primeiro semestre de 2019. Serão investidos R$ 9,1 milhões no segundo semestre. Os gestores têm ainda em mãos o cartão Cpesc para contratação de serviços, para os quais são destinados R$ 3,6 milhões.

Informações à imprensa
Sicilia Vechi
Secretaria de Estado da Educação (SED)
Fone: (48) 3664-0454 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Leonardo Gorges
Secretaria Executiva de Comunicação
Fone: (48) 3665-3045
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 


Foto: Arquivo Pessoal

Mostrar que a matemática faz parte do cotidiano do aluno foi o objetivo do projeto da professora da rede pública estadual, Jussara Cristina Schmitz, uma dos 10 vencedores do Prêmio Educador Nota 10. O prêmio é um dos mais reconhecidos pelos educadores do país, com 4.876 mil inscritos nesta edição, de escolas públicas e privadas, em 17 estados.

Jussara é professora há 20 anos e conta que deixar o conteúdo mais atrativo e trabalhar projetos que despertem o interesse das crianças é uma prática que ela adota desde que iniciou na educação. “Eu acredito numa matemática significativa, próxima da prática, que possa ser vivenciada pelos alunos no seu dia a dia, fazendo com que eles se interessem pela matéria, aplicando na vida o que aprendem em sala de aula”, contou ela.

A professora diz que sempre foi incentivada e elogiada por colegas e gestores pelo diferencial do seu trabalho nas escolas por onde passou, mas esta foi a primeira vez que se inscreveu para concorrer a um prêmio.

18 07 Os alunos do 4o ano no projeto com as costureiras

“Eu dedico esse prêmio aos meus alunos, pois é por eles que desenvolvo um trabalho diferenciado, com muito amor e dedicação. Também estou muito feliz por representar minha escola, minha cidade e meu Estado”, disse emocionada.

Para o diretor da escola, Edson Torresani, que falou em nome de toda a comunidade escolar, é um orgulho receber esse prêmio, pois ele representa o esforço dos professores na educação do país. “Mesmo com tantas dificuldades, muitos professores fazem um belo trabalho que nem sempre é valorizado. O Educador Nota 10 é a valorização desse professor”.

Costurando a Matemática

O projeto Costurando a Matemática foi desenvolvido em duas turmas do 4º ano Ensino Fundamental da Escola de Educação Básica Frei Godofredo, em Gaspar. Para conhecê-las melhor, Jussara enviou um questionário para casa para que os pais apresentassem os filhos.

Os dados obtidos serviram de referência para a produção e leitura de tabelas e gráficos em sala de aula. Não demorou para todos perceberem que em 60% das famílias havia costureiras. Em seguida, os alunos passaram a entrevistar suas mães e avós em facções de costura próximas da escola. A finalidade era saber quantas roupas produziam por dia, a média de horas de trabalho, o valor recebido por peça e os gastos com linha e energia, por exemplo. 

18 07 A professora Jussara Cristina Schimitz vencedora do prêmio Educador Nota 10

Com os dados coletados nestas visitas, a professora organizou aulas para que a turma aprendesse sobre estatística, medidas, problemas das quatro operações, sistema monetário, porcentagens, frações, entre outros. A interação social promovida por Jussara fez as crianças valorizarem, ao mesmo tempo, o ofício das costureiras e a riqueza do conhecimento matemático presente no seu dia a dia.

Conheça os demais vencedores desta edição aqui.

Informações à imprensa
Sicilia Vechi - (48) 3664-0454 / 99132-5252
Secretaria de Estado da Educação – SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br

 


Foto: Luiz Eduardo Schmitt / JUdesc

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) anunciou nesta quarta-feira, 17, as datas das próximas convocações do Vestibular de Inverno 2019 –confira o calendário. A segunda chamada ocorrerá em 22 de julho, enquanto a matrícula está agendada para o dia 26. 


Os futuros estudantes dos cursos de graduação da Udesc precisarão levar todos os documentos exigidos no editalou entregá-los por meio de procurador legalmente constituído. Quem não vier ou não apresentar toda a documentação perderá o direito de vaga. Conforme o Calendário Acadêmico 2019, as aulas iniciarão no dia 29.

 Fotos: Julio Cavalheiro/ Secom

Os alunos do ensino fundamental em Santa Catarina terão mais segurança, conforto e acessibilidade durante o trajeto para a escola. O Ministério da Educação (MEC) entregou na manhã desta segunda-feira, 15, 74 novos micro-ônibus escolares ao Governo do Estado, que repassará os veículos a 64 municípios catarinenses. Outros 42 já estão em fase de emplacamento e serão entregues até 31 de agosto, beneficiando 93 cidades ao todo. Os 116 veículos representam uma renovação de 46% da frota.

:: VEJA GALERIA DE FOTOS

O ato de entrega foi realizado no hangar da Base Aérea de Florianópolis, com a presença do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (representando o presidente da República, Jair Bolsonaro), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, o governador Carlos Moisés, o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, além de outros secretários estaduais e municipais, prefeitos e autoridades.

"O Governo do Estado quer atender a todos os municípios. Precisamos nos preocupar com aqueles que não se desenvolveram. Sem educação, não chegamos a lugar algum, e não é possível ter uma boa educação sem um transporte adequado, uma boa merenda", afirmou o governador. 

De acordo com Moisés, o Estado também atua para aliar o ensino à realidade do mercado, reduzindo a distância entre a teoria e a prática. Ele ainda agradeceu aos deputados federais pelo empenho em viabilizar a emenda que garantiu os recursos para a compra dos ônibus. 

O ministro da Educação também parabenizou o empenho dos catarinenses por escolher, na avaliação dele, pessoas que contribuem para o desenvolvimento do Brasil. "São 116 ônibus, 93 municípios, que podem mudar muito o dia a dia das crianças. Graças a pessoas como os catarinenses, vamos mudar o país, dando maior importância à educação básica, à primeira infância. Santa Catarina está sendo ponta de lança desse processo que está mudando o Brasil", afirmou o ministro.

A entrega dos ônibus faz parte do programa Caminhos da Escola. O investimento para a compra dos 116 veículos foi de R$ 22 milhões, com recursos do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE), provenientes de emenda da bancada parlamentar catarinense. Cada micro-ônibus tem capacidade para 29 alunos e acessibilidade total. A manutenção dos veículos caberá aos municípios beneficiados.

“Para mensurar a importância desta entrega, ressaltamos que, entre 2011 e 2016, Santa Catarina adquiriu 252 ônibus escolares. Já esta aquisição, contratada em fevereiro de 2019, representa um aumento de 46% da frota. No início da gestão, fomos procurados pelo Fórum Parlamentar Catarinense para retomar o processo, que aguardava uma resolução desde 2017. Realizamos um mutirão para regularizar os documentos e participar da ata de registro de preços do FNDE. Hoje podemos celebrar hoje esta conquista para a Educação em Santa Catarina”, destacou Uggioni.

Transporte com segurança

A notícia dos novos ônibus deu tranquilidade a muitos pais do interior catarinense. Eloir e Clarice Lima, pais de Maike e Rafael Siqueira Lima, de 12 e nove anos, alunos de Campo Belo do Sul, sabem que, agora, os filhos terão acesso à educação com muito mais segurança. "São 28 quilômetros até a escola e era comum que o ônibus quebrasse e os alunos ficassem a pé ou dependendo de carona de conhecidos. A mãe ficava ansiosa à espera deles. Agora isso não vai mais acontecer. Estamos mais tranquilos", avaliou o pai.

A entrega simbólica das chaves foi feita pelos dois ministros a Moisés, durante o ato na Base Aérea de Florianópolis, com a presença dos estudantes Maike e Rafael.

Eloir e Clarice Lima, pais de Maike e Rafael Siqueira Lima, alunos de Campo Belo do Sul

De acordo com o ministro Onix Lorenzoni, priorizar o ensino básico e a primeira infância é um dos princípios do Governo Federal para a educação. A entrega dos ônibus vai contribuir com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino. "Santa Catarina tem municípios onde muitos quilômetros são percorridos diariamente para ter acesso às escolas", lembrou. "Com fé, trabalho e humildade, vamos mudar o Brasil. Temos um imenso desafio a vencer", acrescentou.

Atenção aos municípios de baixo IDH

O Governo do Estado prepara as próximas medidas para a continuidade de melhoria do ensino e renovação da frota do transporte escolar em Santa Catarina. Um novo projeto protocolado junto ao FNDE pleiteia a captação de recursos para a aquisição de mais 200 ônibus escolares, destinados às 50 cidades com o mais baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado. De acordo com Moisés, a expectativa é também investir para qualificar os professores nessas localidades. 

"Esse é um projeto novo, orçado em R$ 500 milhões, que está em estudo no MEC. Nosso objetivo é melhorar as condições do professor e dar mais oportunidade nas cidades de baixo IDH, com novos laboratórios e estrutura que integre o aluno", afirmou Moisés.

LISTA DE MUNICÍPIOS E ÔNIBUS ENTREGUES

Município Quantidade
Abdon Batista 1
Abelardo Luz 1
Aguás Frias 1
Anita Garibaldi 2
Apiúna 1
Balneário Arrio do Silva 1
Balneário Barra do Sul 1
Balneário Camboriú 1
Biguaçu 1
Calmon 1
Camboriú 1
Campo Belo do Sul 1
Campo Erê 2
Campos Novos 1
Chapadão do Lageado 1
Chapecó 1
Coronel Freitas 1
Dona Emma 1
Gaspar 1
Governador Celso Ramos 1
Gravatal 1
Guarujá do Sul 1
Imbituba 1
Ituporanga 2
Jacinto Machado 2
Lages 1
Luiz Alves 2
Macieira 1
Major Gercino 1
Massaranduba 1
Matos Costa 1
Mondaí 1
Monte Carlo 1
Monte Castelo 1
Morro da Fumaça 1
Nova Erechim 1
Orleans 1
Otacilio Costa 2
Ouro 1
Painel 1
Passo de Torres 1
Passos Maia 2
Paulo Lopes 1
Ponte Alta 1
Ponte Serrada 1
Porto Belo 1
Pouso Redondo 1
Presidente Nereu 1
Rio do Campo 1
Rodeio 1
Salete 1
Santa Terezinha 1
São Bernardino 1
São João Batista 3
São João do Itaperiú 1
São João do Sul 1
São Joaquim 1
São José 1
Seara 1
Siderópolis 1
Tjucas 1
Treviso 1
Vidal Ramos 1
Witmarsum 2

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC