Imagem: Divulgação / Secretaria da Educação  

Investir em inovação para melhorar a rotina dos catarinenses é um dos focos do Governo do Estado. Para facilitar o dia a dia dos alunos, a Secretaria de Estado da Educação (SED) lança a versão on-line da carteira do estudante. O documento de identificação está à disposição dos alunos do 1º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio da rede estadual de ensino.

Disponível na aba “Carteira do Estudante” do aplicativo Estudante SC, é compatível com a versão Android ou IOS. A carteira possui um código de barras e um QR Code, que auxilia no momento da alimentação escolar. Anteriormente, os alunos precisavam utilizar a carteira de papel para fazer o lanche. Agora, com o código no celular, um tablet faz a identificação do estudante. A carteira também serve como comprovante de meia-entrada para os eventos sociais e culturais no território catarinense.

Para entrar no aplicativo e ter acesso ao documento de identificação, é necessário inserir o número de matrícula e a data de nascimento do aluno regularmente matriculado. A Carteira do Estudante on-line, demanda da Secretaria, por meio da Diretoria de Administração e Finanças em parceria com a Gerência de Tecnologia da Informação, foi desenvolvida pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc).

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Virginia Yunes / FCEE

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) passou a divulgar no site da instituição a lista de espera para o Serviço de Avaliação Diagnóstica, realizado pelo Centro de Avaliação e Encaminhamento. O procedimento é considerado referência no estado por possuir uma equipe multidisciplinar e visa identificar alterações do desenvolvimento neuropsicomotor.

São atendidas pessoas com indicativo de deficiência intelectual, transtorno do espectro autista, atraso no desenvolvimento global e transtorno de déficit de atenção/hiperatividade.

As informações das listas de espera são atualizadas semanalmente (todas as sextas-feiras) e o código para acesso ao documento é fornecido para as famílias dos usuários no momento do cadastro. A ordem de agendamento e atendimento dos usuários é definida a partir de critério cronológico (data da inscrição/cadastro/idade) ou avaliação da situação clínica do paciente. A lista está dividida em duas partes, a primeira dos pacientes menores de cinco anos, e a segunda com todos os maiores de cinco anos de idade.

A FCEE ressalta que a lista de espera pode sofrer alterações devido a solicitações do Ministério Público ou avaliações de demanda interna.

A lista de espera está disponível no site da FCEEneste link, ou na página inicial acessando o banner "Espera Cenae". Mais informações pelos telefones (48) 3664-4946 ou (48) 3664-4945.

Mais informações:
Centro de Avaliação e Encaminhamento da FCEE
Telefone: (48) 3664-4946 / 3664-4945
Email: cenae@fcee.sc.gov.br
Clique aqui para mais informações 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) segue mantendo SC na quarta posição entre as unidades da federação com instituições estaduais de ensino superior, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

Essa avaliação foi feita pelo Índice Geral de Cursos 2018 (IGC), dentro de um cenário com  232 universidades e institutos federais e estaduais do Brasil, e anunciada na quinta-feira, 12, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC).


Foto: Mauricio Vieira / Secom

Alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio da rede pública estadual de Santa Catarina terão acesso a cursos gratuitos de iniciação profissional em 2020. A parceria estabelecida entre a Secretaria de Estado da Educação (SED), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) irá colocar em prática as formações do programa Aprendizagem Criativa, que serão realizadas no contraturno escolar. O acordo foi assinado nesta quarta-feira, 11, na SED, em Florianópolis.

O objetivo do programa Aprendizagem criativa é proporcionar oportunidades e fomentar, desde o Ensino Fundamental, a capacidade de escolha dos estudantes em todas as regiões catarinenses. Serão 2.160 vagas, 60 por regional de Educação de Santa Catarina. As turmas terão 30 alunos em cursos com até 120 horas de duração.

Para o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, é preciso motivar o jovem a concluir os estudos como preparação para o futuro. Essa visão pode mudar o cenário atual, onde muitos alunos abandonam a escola para ingressar no mercado de trabalho e concluem os estudos mais tarde, o que leva a um aumento da taxa de distorção idade-série, acrescenta Uggioni. Em 2018, esse indicador entre os alunos do Ensino Médio da rede estadual foi de 21%.

“Estamos trabalhando para que o estudante veja na educação oferecida pelo Estado essa plataforma para construir a sua trajetória. Esperamos que ele não saia da escola antes do tempo, e sim, que se forme mais preparado”, explica o secretário.


Diretor Regional do Senai/SC, Fabrizio Machado Pereira, e o secretário da Educação, Natalino Uggioni. Foto: Divulgação / SED

Atividades priorizam atividades práticas em diversos setores

As atividades do programa Aprendizagem Criativa serão oferecidas a partir do início do próximo ano letivo e têm como foco áreas como tecnologia da informação, automação, elétrica, mecânica, segurança, inovação e empreendedorismo, priorizando atividades práticas.

O diretor regional do Senac/SC, Rudney Raulino, ressalta a importância da iniciativa. “Precisamos oferecer essa chance para os jovens entrarem nos processos da educação profissional”. O diretor Regional do Senai/SC, Fabrizio Machado Pereira, destaca que a oportunidade irá despertar o interesse pelas profissões. “Com a metodologia do Senai, os jovens terão a oportunidade de desenvolver habilidades e competências como empreendedorismo, criatividade, empatia, alinhados às demandas da nova indústria.”

Algumas das opções de atividades, de acordo com a região do estado, incluem desenvolvimento para a web, como aplicativos, games e webdesign; introdução em mecatrônica, automação e energias renováveis; introdução à construção civil, à moda e produção de alimentos.

500 vagas na área de tecnologia

No dia 2 de dezembro, o Governo de Santa Catarina, por meio das secretarias de Estado da Educação (SDE) e do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), assinou convênio com a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), para a operacionalização do programa EDUtec. A iniciativa irá ofertar 500 vagas de iniciação profissional a estudantes da rede estadual na área de tecnologia.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano poderão se inscrever gratuitamente na primeira edição de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) durante o período entre 21 e 24 de janeiro, no site do Ministério da Educação (MEC).

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) está com 398 vagas abertas em 43 cursos de graduação para o primeiro semestre de 2020, em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul. Confira o edital.

Das vagas de cada curso oferecido pela universidade estadual, 20% delas estão destinadas para candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio na rede pública e 10% são oferecidas para candidatos negros.

Critérios de participação

Cada participante poderá escolher até duas opções de cursos de graduação no Sisu, conforme as notas de corte. O desempenho dos candidatos no Enem 2019 será publicado em janeiro.

Somente poderá se inscrever na seleção do MEC quem fez todas as provas do Enem neste ano, conseguiu nota acima de zero na redação e tiver certificado de conclusão do ensino médio para a matrícula na universidade.

Nota de corte, resultado e lista de espera

Durante o período de inscrições, a classificação parcial e a nota de corte do Sisu serão divulgadas diariamente para consulta no site do MEC e no aplicativo do Sisu.

O resultado da primeira chamada será publicado em 28 de janeiro, enquanto a matrícula da Udesc poderá ocorrer de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Esse período também ficará aberto para quem quiser participar da lista de espera das próximas convocações.

Mais informações

Mais informações podem ser obtidas na página oficial e com a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos da Udesc (Covest), pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br.

Acompanhe as notícias pelo FacebookInstagramTwitter e Udesc em Rede (newsletter e podcast).

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) publicou nesta terça-feira, 10, a primeira chamada do Vestibular de Verão 2020 para 1.425 vagas de 52 cursos de graduação presenciais e a distância. Veja o resultado.

A lista da primeira chamada da seleção está disponível em udesc.br/vestibular, site no qual os candidatos também podem consultar seu desempenho nas provas. Além disso, ficará aberto o prazo de 48 horas para: consultar imagens dos cartões-resposta das provas objetivas e das folhas de redação; e apresentar recurso contra o resultado final.


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgará na terça-feira, 10, a partir das 17h, a primeira chamada do Vestibular de Verão 2020 para 1.425 vagas de 52 cursos de graduação presenciais e a distância. A lista será publicada somente no site udesc.br/vestibular, no qual os candidatos também poderão verificar seu desempenho na prova objetiva e na redação.

Além disso, será possível ver as imagens dos cartões-resposta da prova objetiva e das folhas da redação, assim como apresentar recurso contra as notas, durante o prazo de 48 horas, até as 17h de quinta-feira, 12.


Fotos: Divulgação / SDE

Ajudar no futuro profissional e oferecer oportunidades. Este é o propósito do projeto Novos Talentos - SC Games que já formou 1.777 alunos e, neste ano, completa 10 anos. A iniciativa pioneira da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, que abre portas para estudantes no concorrido mercado digital, qualificou mais 107 alunos nesta quinta-feira, 5, em Florianópolis.

“A mensagem que eu posso passar para vocês, crianças que estão aqui hoje, é que não desistam dos seus sonhos, mesmo que apareçam pedras no caminho. Muitas vezes na vida, é preciso acreditar para alcançar um objetivo”, destacou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, durante a formatura dos alunos.

O secretário destacou ainda que o setor de games e jogos digitais é bastante promissor, sendo um nicho que prospera cada vez mais. “A gameficação tem ganhado cada vez mais espaço em Santa Catarina e o Projeto SC Games, é bom exemplo de educação para o empreendedorismo inovador”, disse.

Desenvolvimento social

Entre os formandos, sentado na plateia ao lado dos pais e com a camiseta do Projeto, estava João Vitor de Carvalho, 12 anos. Concentrado, com um celular na mão, programava um game. “Quero me especializar”, respondeu o garoto focado no jogo. Para a mãe, Tereza Cristina de Carvalho, o Projeto foi muito além da capacitação. “O João mudou inclusive o comportamento, se desenvolveu socialmente”, observou. Aluno da Escola Básica Municipal João Gonçalves Pinheiro, em Florianópolis, já completou quatro cursos de programação. “Quero ser um profissional”, disse ele.

Milena Luisa, mãe do Artur Luiz, 12, e do Mateus Luiz, 9, viu na prática o desenvolvimento dos filhos que também participam do projeto. “O Artur começou a entender que o game não é um brinquedo, é um negócio. Ele passou a estruturar, a pensar o processo e a fazer cálculos. Hoje ele pensa na estratégia, na história com começo, meio e fim”, conta ela. Os meninos, alunos do Colégio Criativo, já pensam longe: “Querem ter uma empresa de games”, finaliza Milena.

Mercado aquecido

Dados do Sebrae revelam que Santa Catarina tem se posicionado como polo nesta área: o estado é o quarto no país com mais empresas no setor de games e jogos digitais dos mais diferentes gêneros.

Para a coordenadora do Projeto, Márcia Battistella, o mercado catarinense está em ascensão e já pode ser considerado um destaque mundial graças à produção de games internacionalmente reconhecidos. Não é à toa que a entidade comemora 10 anos de atuação com resultados bastante positivos no segmento.

“Desde a implantação do programa no estado, diversos cursos de jogos digitais e animação foram criados, estúdios de games tomaram forma, impulsionando o setor e o ecossistema. Muitos alunos e estagiários do Projeto SC Games atuam diretamente na área e inclusive, hoje, atuam no projeto ajudando outros aprendizes”, explica.

Lançado em 2009, o Novos Talentos - SC Games é uma realização da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e conta com apoio do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina  (Ciasc), Secretaria de Educação (SED), Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Fundação de Ensino e Engenharia da Universidade Federal de Santa Catarina (Feesc), Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Secretaria Municipal de Educação (SME), Senai, Senac, UFSC e Udesc. E patrocínio da empresa PalmSoft.

Matrículas abertas

Alunos que quiseram participar do programa em 2020, já podem fazer a matrícula. O projeto é voltado para crianças e jovens entre 9 e 17 anos. São cursos gratuitos de Arte, Programação, Robótica, Animação, entre outros.

Para se inscrever basta clicar no link e preencher o formulário.

Para mais informações sobre os cursos:

E-mail: polodegames@gmail.com
Telefone (48) 999989274
https://www.facebook.com/projetoscgames/

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDE
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sde.sc.gov.br


Fotos: Divulgação / SED

A rede estadual de ensino de Chapecó terá 1.300 vagas para novos alunos no ano que vem. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, nesta quinta-feira, 5, no município. Destas, 120 serão abertas na EEB Professora Irene Stonoga, que vai integrar o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do Governo Federal. 

A unidade é a terceira escola estadual em Santa Catarina anunciada para receber o modelo. Atualmente ela tem 599 alunos do ensino fundamental e médio, e deve receber mais quatro turmas no período vespertino. A EEB Professor Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça, e a EEB Emérita Duarte Silva e Souza, em Biguaçu, ambas na Grande Florianópolis, foram as primeiras confirmadas pela Secretaria de Estado da Educação (SED) no novo programa. 

No dia 1º de novembro, a SED recebeu a confirmação do Ministério da Educação (MEC) de que poderia selecionar uma escola estadual em Chapecó, como nova cidade contemplada pelo programa fora da região metropolitana da Capital. A Secretaria então tomou as medidas necessárias para validar a escolha da unidade: comunicado à escola e aprovação junto à comunidade escolar, requisitos do Governo Federal.



Além disso, estão sendo providenciadas adaptações para o início das atividades no novo modelo em 2020. A escola passará por melhorias em ambientes para prática de esportes e música, contará com acessibilidade, entre outras.

O secretário da Educação lembra que as adequações ao programa federal preservam a autonomia e a liderança da gestão escolar, exercida pelos diretores e atuação dos educadores. Enquanto as duas escolas da Grande Florianópolis terão reforço dos militares das forças armadas, em Chapecó, a EEB Irene Stonoga contará com a presença de militares da reserva da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. 

Mais 1.180 mil vagas em nova escola

A abertura da EEB Zitta Flach, em Chapecó, proporcionará as outras 1.180 novas vagas para o ano letivo de 2020. Além das vagas para o ensino fundamental, anos finais, e médio em três turnos, a escola traz uma novidade para a educação catarinense. É o modelo smartschool, que conta com um Espaço Maker para trabalhar com os alunos a cultura do aprender por meio de experimentos.

Regional de Dionísio Cerqueira recebe novos materiais

O secretário da Educação Natalino Uggioni ainda esteve em Dionísio Cerqueira, no Extremo-Oeste, onde formalizou a entrega de equipamentos de tecnologia, mobiliário, higiene e limpeza em escolas de toda a Regional. Seis caminhões irão fazer as entregas em 26 escolas de oito municípios da região. 

"Essas ações são a materialização do que prevê o programa Minha Nova Escola, concebido na gestão do governador Moisés. Em visitas e num um gesto simbólico de entrega a 26 escolas da Regional de Dionísio Cerqueira, representamos hoje o investimento que vem sendo feito em equipamentos de tecnologia, mobiliário, em abertura de novas vagas e programas pela qualidade do ensino", resumiu o secretário.

Os 50 microcomputadores, 20 tabletes, 19 computadores, 17 projetores multimídia, 13 aparelhos de som, 3 caixas de som e 3 suportes para projetor fazem parte do investimento de R$ 39 milhões no eixo Educação Inovadora do programa Minha Nova Escola. Estão sendo entregues também itens de mobília, como cadeiras, bancos, pufes, balcões, mesas para palco, gaveteiros e armários.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Mauricio Vieira / Arquivo Secom

A Secretaria de Estado da Educação (SED) lançou nesta segunda-feira, 2, o Edital Nº 2704/2019, que estabelece os procedimentos para a escolha de vagas da 3ª chamada do Concurso Público de Ingresso no Magistério Público Estadual. Os cargos disponíveis são de professor, assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional.

A escolha de vagas será realizada nos dias 09, 10 e 11 de dezembro nas Coordenadorias e nas Supervisões Regionais de Educação. O processo será de acordo com a classificação do candidato no concurso e com o cronograma de escolha. Na data determinada, o candidato precisa apresentar um documento de identificação oficial com foto. Quem não comparecer no dia e horário da escolha da vaga ou aquele que comparecer, mas não aceitar nenhuma das vagas, perderá o direito sobre a escolha e passará para o cadastro de reserva.

O quadro de vagas e os endereços de onde serão realizados os chamamentos estão publicados no site da SED. As vagas são para atuar nas unidades escolares da rede pública estadual de ensino e nas escolas indígenas.

Critérios para a abertura de vagas

Em conjunto com as Regionais de Educação, a SED realizou todos os procedimentos previstos quanto à distribuição de aulas para os professores efetivos, como planejamento, processo de reordenamento e concurso de remoção.

As vagas disponibilizadas para o ingresso são remanescentes de um processo constante de análise e adequação do quadro efetivo às demandas das unidades escolares, com o objetivo de garantir a qualidade dos serviços prestados. Neste sentido, por se tratar de um quantitativo limitado de vagas, cada chamada visa a atender situações prioritárias.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br