Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Até esta quarta-feira, 5, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) receberá inscrições para 75 vagas de dois cursos de graduação gratuitos do Centro de Educação a Distância (Cead): Licenciatura em Pedagogia e Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia. Os candidatos aprovados começarão a ter aulas neste semestre, com encontros em Balneário Camboriú ou em Laguna, conforme o curso escolhido.


Fotos: Mauricio Vieira / Secom

A educação catarinense recebeu um reforço importante na manhã desta segunda-feira, 3,  quando um ato marcou a posse de 1.842 novos servidores na rede estadual de ensino. Os 1.348 professores, 237 especialistas em assuntos educacionais e 257 assistentes de educação passam a atuar em escolas de todas as regiões do estado. O governador Carlos Moisés e o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, participaram da cerimônia realizada no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Acompanhados por familiares e amigos, os servidores fizeram o juramento e assinaram, entre aplausos e sorrisos, o termo de posse. Na coordenadoria de Florianópolis, houve o ingresso de 396 servidores, sendo 328 professores, 41 especialistas, 27 assistentes de Educação, 26 orientadores educacionais e dois administradores escolares.

O governador Carlos Moisés destacou os avanços na educação catarinense em 2019 e disse que o ingresso dos novos servidores ajudará na melhora da qualidade do ensino no estado, uma vez que os servidores efetivos possuem vínculo permanente e um espírito de pertencimento que faz com que haja maior conexão com os alunos.

“Algumas transformações já estão sendo sentidas. Estamos no caminho certo. Era compromisso da nossa gestão trazer mais efetivos para a educação e estamos cumprindo. Temos certeza que vamos atingir os nossos objetivos na Educação. Para isso, queremos contar com o apoio de cada um dos novos servidores”, destacou Carlos Moisés.

O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, ressaltou que essa chamada incluiu pela primeira vez os professores de anos iniciais do Ensino Fundamental. Os nomeados desta etapa foram aprovados em concurso público realizado no ano de 2017 e que foi renovado por mais dois anos pelo Governo do Estado em setembro de 2019.

>> Mais fotos na galeria

“Essa chamada é um sinal concreto da nossa preocupação com a educação. Estamos falando de um incremento de 10% no quadro de professores efetivos e de 25% dos profissionais responsáveis pelas atividades de apoio pedagógico e de gestão. A nomeação traduz a responsabilidade que temos e contamos com a ajuda desses profissionais para fazer uma educação pública de qualidade”, salientou o secretário.

Uma das nomeadas era Elaine Cristina Evangelho dos Santos, de 38 anos. Ela levou o pai para acompanhar o momento da posse. Após 10 anos lecionando como ACT, a professora prestou o concurso em 2017 para os anos iniciais do Ensino Fundamental e aguardou dois anos sem indicação de que assumiria a vaga. Quando ouviu sobre a prorrogação do concurso e a terceira chamada, incluindo a categoria dos anos iniciais, renovou a esperança.

"A sensação é de paz e dever cumprido, já que, após tanto esforço, eu consegui alcançar o que sonhava. Também quero agradecer de forma especial por terem prorrogado o concurso, pois poderiam simplesmente ignorar os aprovados e continuar chamando os ACTs. O próximo passo é concluir o mestrado e fazer o melhor para os meus alunos", destacou Elaine, que lecionará na  EEB Prof Benonivio Joao Martins, no Bairro Brejaru, em Palhoça, mais próximo da sua casa.

Nomeação ocorreu no início de janeiro

Os servidores que assumiram o cargo nesta segunda-feira foram nomeados pelo Governo do Estado em 6 de janeiro de 2020, com a publicação no Diário Oficial em 9 de janeiro. Os 1.348 professores efetivos ocuparão vagas até então preenchidas pelos professores admitidos em caráter temporário (ACT).

Após a posse, os novos efetivos participam de atividades pedagógicas e treinamentos nas unidades escolares antes do início do ano letivo. Em 9 de janeiro de 2019, o governador Carlos Moisés já havia assinado a nomeação de 911 professores efetivos para a rede estadual.

Informações adicionais para imprensa:
Gabriel Duwe de Lima
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0347 
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Fotos: Cristiano Estrela / Secom

A preparação do ambiente escolar para o início do ano letivo de 2020 também envolve a aquisição de móveis, computadores e livros para escolas da rede estadual de educação. As entregas feitas pela Secretaria de Estado da Educação desde o dia 2 de janeiro incluem 18 quadros brancos, 139 cadeiras giratórias, 100 cadeiras estofadas, 50 cadeiras fixas, 215 banquetas de laboratório e 70 bancos multiuso.

Para tornar o ambiente escolar mais confortável para alunos e servidores, foram distribuídos 40 sofás e 183 pufes. Também houve reforço para a infraestrutura das escolas com a entrega de 25 balcões e 56 mesas. O mobiliário será utilizado em salas de aula, laboratórios, bibliotecas e setores administrativos.

Após as unidades de ensino receberem 2,7 mil notebooks e 3 mil tablets no segundo semestre de 2019, a SED segue investindo em equipamentos de tecnologia. Foram distribuídos em janeiro de 2020 mais 319 computadores, 21 tablets, 72 projetores multimídia, 15 suportes para projetor, 55 aparelhos de som, 16 caixas de som e três webcams.

As entregas fazem parte do programa Minha Nova Escola, lançado no ano passado com objetivo de melhorar a qualidade do ensino e tornar a sala de aula mais atrativa tanto para os alunos quanto para os professores. O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, destaca a preparação feita no ambiente escolar para o início do ano letivo.

>>> Leia mais: Volta às Aulas: Escolas estaduais recebem R$ 37 milhões em reparos e manutenção no primeiro trimestre

“A Secretaria de Estado da Educação vem trabalhando intensamente para que os nossos alunos se sintam nesse ambiente acolhedor. E as bibliotecas das nossas escolas também precisam ter esse ambiente agradável, já que um aluno que lê bem consegue aprender com mais facilidade, tem mais interesse pelas disciplinas e, consequentemente, tem desempenho escolar melhor”, destaca Natalino Uggioni.

Estudantes receberão um milhão de livros nos próximos meses

A SED também iniciou a distribuição de 1,05 milhão de livros entre todas as escolas das 36 Coordenadorias Regionais de Educação. As entregas serão feitas ao longo do primeiro semestre letivo de 2020. Serão 600 títulos de literatura nacional e internacional, de Dom Casmurro até A Teoria de Tudo, que ficarão à disposição dos estudantes nas bibliotecas das instituições de ensino.

Nas escolas da coordenadoria regional da Grande Florianópolis, que compreende outros 12 municípios além da Capital do Estado, serão entregues 108 mil livros nos próximos meses. Já as unidades de ensino das regiões de Joinville e Blumenau receberão, respectivamente, 80 mil e 48 mil exemplares, de acordo com as demandas registradas pela secretaria.

A ação tem como objetivo estimular a leitura nas unidades de ensino, auxiliar o aprendizado e tornar a escola mais atrativa para os alunos. Os livros adquiridos no segundo semestre de 2019, como parte do programa Minha Nova Escola, representam um investimento de R$ 32 milhões.

Número total de livros distribuídos por Coordenadoria Regional de Educação:

Araranguá - 28.332
Blumenau - 48.681
Braço do Norte - 13.683
Brusque - 35.682
Caçador - 21.621
Campos Novos - 15.507
Canoinhas - 26.709
Chapecó - 43.989
Concórdia - 19.428
Criciúma - 52.653
Curitibanos - 11.613
Dionísio Cerqueira - 14.814
Florianópolis - 108.723
Ibirama - 22.725
Itajaí - 64.803
Itapiranga - 14.805
Ituporanga - 16.113
Jaraguá do Sul - 33.735
Joaçaba - 23.130
Joinville - 80.715
Lages - 48.759
Laguna - 29.295
Mafra e São Bento do Sul- 41.190
Maravilha - 25.857
Palmitos - 11.508
Quilombo - 9.753
Rio do Sul - 17.148
São Joaquim - 12.639
São Lourenço do Oeste - 12.078
São Miguel do Oeste - 18.840
Seara - 17.217
Taió - 13.236
Timbó - 21.315
Tubarão - 22.692
Videira - 18.279
Xanxerê - 39.408
Total - 1.056.675

Informações adicionais para imprensa:
Gabriel Duwe de Lima
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0347 
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Os centros da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) aguardam 1,4 mil candidatos do Vestibular de Verão 2020 na próxima semana, para matrícula em 52 cursos de graduação presencial e a distância.

Após serem aprovados na primeira chamada da seleção, esses candidatos precisarão comparecer nos dias 6 e 7 de fevereiro, nas secretarias dos centros e polos de apoio. Quem tem menos de 18 anos precisará vir com os pais ou o responsável legal. Outra possibilidade é enviar um procurador constituído no lugar do futuro calouro. Os candidatos que não vierem ou deixarem de apresentar toda a documentação perderão o direito de vaga.

>> Confira os locais e horários e os documentos necessários.

As aulas iniciarão em 17 de fevereiro. A Udesc, que prevê até mais cinco chamadas no cronograma, realizará a próxima convocação de candidatos em 10 de fevereiro, com matrícula nos dias 12 e 13.

As provas do Vestibular de Verão ocorreram em 24 de novembro, em nove municípios catarinenses: Balneário Barra do Sul, Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna e São Bento do Sul. Dos 8.054 candidatos inscritos, 1.335 não compareceram. A primeira chamada foi publicada em 10 de dezembro.

Mais informações

Mais informações podem ser obtidas na página oficial e com a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos (Covest), pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br.

Acompanhe as notícias pelo FacebookInstagramTwitter e Udesc em Rede (newsletter e podcast).

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010


Fotos: Cristiano Estrela / Secom

As escolas da rede estadual de ensino contarão com R$ 37 milhões para obras de manutenção durante o primeiro trimestre de 2020. O valor repassado às coordenadorias regionais de Educação a segunda quinzena de janeiro poderá ser usado para reparos na estrutura da escola, troca de telhado, manutenção na fiação elétrica, consertos de vazamento e obras de conservação do prédio, caracterizados como manutenção civil, que não demandam projetos de engenharia.

Os contratos são geridos pela Secretaria de Estado da Educação (SED) e a execução das obras é feita conforme a necessidade das escolas, tornando o processo mais rápido e simples. As empresas foram contratadas por licitação no segundo semestre de 2019, após a SED avaliar a estrutura das escolas durante os primeiros meses da gestão.

"Essa prática segue a linha do governo, de sermos mais ágeis na resolução dos problemas e das demandas das nossas escolas. Assim que detectarmos a necessidade de intervenção, as empresas são acionadas e os pontos que precisam de manutenção são atendidos. É uma forma eficiente, rápida e prática para que os gestores nos ajudem a cuidar bem das escolas, para o bem-estar dos alunos e professores. Assim podemos colher os melhores resultados para a educação de Santa Catarina", destaca o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

O valor liberado é dividido entre 37 contratos em lotes regionais e distribuído de acordo com o número de alunos e unidades de ensino da rede estadual. Para solicitar alguma manutenção, as escolas devem enviar uma solicitação às coordenadorias regionais. O engenheiro fiscal responsável pelo contrato autoriza a obra e a ordem de serviço é emitida em seguida pela SED.

Investimento pode chegar a R$ 184 milhões em 2020

A soma dos contratos assinados pela SED no fim de 2019, com duração de um ano, é de R$ 184 milhões. Como manutenções e reparos são feitos sob demanda, há possibilidade de que nem todo o recurso seja investido até o fim deste ano. O valor que não for utilizado poderá ser realocado para outras obras na rede estadual de ensino.

Além das manutenções civis, as escolas têm à disposição, desde 2019, empresas contratadas em cada região para a realização de serviços de manutenção e asseio, como poda, capina e roçada, limpeza de caixas d’água e fossas, dedetização e desratização e conserto de equipamentos como aparelhos de ar condicionado. Estes serviços são utilizados, especialmente, neste período que antecede a volta às aulas.

Volta às aulas

A volta às aulas da rede estadual de ensino de Santa Catarina, nos dias 5, 6 e 10 de fevereiro, está mobilizando a Secretaria de Estado da Educação na preparação do ambiente das escolas estaduais. Desde o dia 2 de janeiro, começaram as entregas de mobiliário em parte das regionais e a distribuição de mais de 1 milhão de livros. Serviços de manutenção das unidades, como poda, roçada, controle de pragas, limpeza de fossas e caixas d’água e consertos aparelhos de ar condicionado também foram iniciados. A manutenção civil, que compreende reparos e pequenas reformas nas escolas teve início em todo o Estado no dia 20 de janeiro. 

Informações adicionais para imprensa:
Gabriel Duwe de Lima
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0347 
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Nesta terça-feira, 28, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) decidiu manter os cronogramas originais de matrícula e de chamadas subsequentes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) após o Ministério da Educação (MEC) conseguir, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), liberação para divulgar o resultado de candidatos de todo o País em www.sisu.mec.gov.br.

Dessa forma, a Udesc realizará a matrícula de quase 400 candidatos aprovados para 43 cursos de graduação em três datas de janeiro (dias 29, 30 e 31) e duas de fevereiro (dias 3 e 4). Confira os locais de matrícula dos centros de ensino e os documentos necessários


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Arquivo / Secom

A Plataforma de Consulta Pública do Currículo do Território Catarinense – Etapa Ensino Médio está aberta para participação. A consulta pública, que recebe sugestões até 26 de fevereiro, tem como foco a definição do currículo seguindo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O texto está dividido nas quatro áreas do conhecimento, organizadas didaticamente para facilitar o recebimento das contribuições da comunidade educacional de Santa Catarina.

Podem participar professores, gestores e estudantes, de todas as escolas públicas e privadas, assim como educadores das regionais da educação, universidades públicas e privadas, além de pais e demais interessados da sociedade em geral. Para dar a sua contribuição, o interessado deve preencher o formulário, ler o documento de uma determinada área de conhecimento e voltar à plataforma para fazer suas contribuições. Os textos de cada área estão com as linhas numeradas para facilitar a elaboração dos comentários no formulário.

O secretário da Educação, Natalino Uggioni, destaca que a participação na consulta pública é muito importante, já que as contribuições serão levadas em consideração na elaboração do documento final. “Essa é mais uma forma participativa e construtiva que estamos apresentando à sociedade, para que de forma democrática todos possam nos ajudar a bem construir um currículo para o Ensino Médio de Santa Catarina, que faça sentido na vida dos jovens catarinenses”.

Essa é a primeira etapa para a definição do Currículo para o Ensino Médio em conformidade com a BNCC. As alterações sugeridas no formulário serão avaliadas para aprimorar o currículo. Além disso, para consolidar o documento final, haverá três seminários com 250 professores da rede de ensino catarinense. O prazo para conclusão de todo o processo de elaboração e aprovação do Currículo do Território Catarinense para o Ensino Médio está previsto para julho deste ano.

A BNCC em Santa Catarina vem, desde 2015, sendo amplamente difundida com a criação da Comissão Executiva Estadual da BNCC e, posteriormente, o Comitê Executivo em regime de colaboração com Secretaria de Estado de Educação (SED), União dos Dirigentes Municipais de Santa Catarina (UNDIME/SC), Federação Catarinense de Municípios (FECAM), Conselho Estadual de Educação (CEE) e União Nacional de Conselhos Municipais de Educação (UNCME).

Em 2019, foi aprovado o Currículo Base da Educação Infantil e Ensino Fundamental do Território Catarinense. Neste ano, dando continuidade ao processo, será finalizado e aprovado o Currículo Base do Território Catarinense para o Ensino Médio.

A consulta está disponível nos seguintes endereços:

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 

 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Nesta segunda-feira, 27, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) decidiu suspender os cronogramas de matrícula e de chamadas subsequentes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devido a uma liminar da Justiça Federal que proíbe o Ministério da Educação (MEC) de divulgar o resultado nacional.

Como o resultado do Sisu estava inicialmente previsto para esta terça-feira, 28, a Udesc tinha estabelecido cinco datas para matrícula: três em janeiro (dias 29, 30 e 31) e duas em fevereiro (dias 3 e 4). Esse período também ficaria aberto para quem quisesse participar da lista de espera das próximas convocações.


Foto: Mauricio Vieira / Secom

A Secretaria de Estado da Educação (SED) inicia nesta segunda-feira, 27, a chamada para professores Admitidos em Caráter Temporário (ACT) para o ano letivo da rede estadual de ensino em Santa Catarina. O cronograma de datas e horários, dentro do período de 27 a 31 de janeiro, é definido pelas Coordenadorias Regionais de Educação, que dividem a seleção de acordo as disciplinas ofertadas. A lista com os locais determinados para a escolha de vagas é disponibilizada no site da SED.

A seleção considera os professores classificados em dois editais. O primeiro, para o ensino regular, teve a prova realizada no fim de 2018 e o resultado prorrogado por mais um ano. O outro foi publicado em 2019 para selecionar candidatos ao cargo de segundo professor, que atende alunos com necessidades especiais na rede estadual, além de Programas e Projetos da SED.

A escolha das vagas será feita de acordo com a ordem de classificação dos candidatos que consta no resultado oficial. Os professores podem olhar com antecedência as vagas disponíveis por região, escola ou disciplina nos dados cadastrados pelo Sistema de Gestão Educacional de Santa Catarina.

Os professores receberão um comprovante de escolha após a seleção e deverão entregar a documentação exigida na escola em até 48 horas. Eles iniciarão o ano letivo a partir de 3 de fevereiro, quando haverá formação pedagógica. O trabalho com os alunos deve começar em 6 de fevereiro em todo o Estado, com exceção da região Serrana, onde as aulas começam no dia 5, e das regiões de Chapecó e Criciúma, em que o início será no dia 10.

Mudança de local em Itajaí

A Coordenadoria Regional de Educação de  Itajaí comunica a mudança de local da escolha de vaga do processo Seletivo ACT/2020. Em vez da EEB Nereu Ramos, o novo local será o auditório da própria Coordenadoria, situada à Rua Jorge Mattos, Nº 21 - Centro - Itajaí. Haverá 30 minutos de tolerância para cada disciplina.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Está aberto o prazo para os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 se inscreverem gratuitamente na primeira edição de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo de inscrição inicialmente iria até sexta-feira, 24, mas o MEC decidiu prorrogá-lo até as 23h59 de domingo, 26, devido a problemas com as correções das provas.

Acesse o site do Ministério da Educação (MEC)

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) tem 398 vagas em 43 cursos de graduação para o primeiro semestre de 2020, em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul. Confira o edital da Udesc.

Das vagas de cada curso oferecido pela universidade estadual, 20% são destinadas para candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio na rede pública e 10% são oferecidas para candidatos negros.

Critérios do Sisu

Cada participante poderá escolher até duas opções de cursos de graduação no Sisu, conforme as notas de corte. O desempenho dos candidatos no Enem 2019 foi publicado na última sexta-feira, 17.

Somente poderá se inscrever na seleção quem fez todas as provas do Enem no ano passado, conseguiu nota acima de zero na redação e tiver certificado de conclusão do ensino médio para a matrícula na universidade.

Nota de corte, resultado e lista de espera

Durante o período de inscrições, a classificação parcial e a nota de corte do Sisu serão divulgadas diariamente para consulta no site do MEC.

O resultado da primeira chamada será publicado em 28 de janeiro, enquanto a matrícula da Udesc ocorrerá em cinco datas: três em janeiro (dias 29, 30 e 31) e duas em fevereiro (dias 3 e 4). Esse período também ficará aberto para quem quiser participar da lista de espera das próximas convocações (confira o calendário).

Vagas em cursos EAD

Até 5 de fevereiro, a Udesc estará com inscrições abertas para o preenchimento de vagas em dois cursos de graduação a distância: Licenciatura em Pedagogia e Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia. Das 75 vagas totais, 37 são para os candidatos que escolherem participar da seleção pela nota no Enem 2019.

Para isso, o candidato deve preencher o formulário de inscrição pela internet, inserindo a pontuação obtida no exame e o comprovante da nota. 

Mais informações podem ser obtidas na página da Udesc e com a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos (Covest), pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br.

Acompanhe as notícias pelo FacebookInstagramTwitter e Udesc em Rede (newsletter e podcast).

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010