Ajudar familiares de idosos a encontrar cuidadores capacitados para a função, dando segurança e facilitando a contratação é a proposta do aplicativo Nonno. O recurso foi criado por Matheus Alban, durante as aulas do curso de Administração da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), no Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), em Florianópolis.

O aplicativo conta com 15 cuidadores cadastrados e a  expectativa é que o número aumente. Existem cerca de 200 profissionais aguardando aprovação para fazerem parte do serviço. Cada cuidador listado no aplicativo passa por testes psicológicos e entrevistas – a cargo da psicóloga Greicy Lenzi, também professora na Udesc Esag – antes de serem aceitos. Os antecedentes criminais dos candidatos também são checados.

Viagem em família

No desenvolvimento do Nonno, Matheus contou principalmente com a ajuda do pai, Fernando Carlos Alban, mas a ideia e a vontade de criar uma plataforma para atender idosos veio de toda a família. Em 2015, eles subiram em um caminhão e fizeram uma viagem pela América Latina e, durante três meses, coletaram histórias de vida de idosos de diversos países.

“Eu cresci muito próximo a um lar de idosos que meu avô fundou no Rio Grande do Sul, fui batizado lá, então minha família sempre teve uma relação e uma admiração com idosos”, conta o criador do aplicativo. “A gente entende que a sabedoria vem da vivência, mais do que dos livros, então fizemos essa viagem em busca de histórias de sabedoria”.

Junto ao respeito, veio uma constatação triste, que virou ideia de negócio. “Infelizmente, encontramos também um problema, que é o abandono que os idosos sofrem” conta. “O Nonno veio como uma forma simples e segura de ajudar quem mais precisa”.

Em sala de aula

Como estudante da Udesc Esag, Alban encontrou no curso de Administração Empresarial apoio e conhecimento técnico para levar o negócio adiante. “É aquela história do networking fundamental que a gente consegue dentro do curso”, explica o estudante. “Uma pessoa te leva a outra e você acaba chegando onde precisa. Essa é uma vantagem gigante”.

Para o criador do aplicativo, os professores também desempenharam papel decisivo. “Eles me deram muitas consultorias dentro de sala de aula, tiraram dúvidas específicas que eu tinha”, ressalta. “Acho que esse é o principal ponto”.

Mais informações

O aplicativo está disponível para download no Google Play, para dispositivos móveis com o sistema operacional Android. Em breve, poderá ser baixado também na App Store, para aparelhos com o sistema iOS, da Apple. Inicialmente, os cuidadores são profissionais da região da Grande Florianópolis.

Saiba mais sobre o aplicativo Nonno no perfil do aplicativo no Instagram.

Baixe aqui o aplicativo para Android.

Assessoria de Comunicação da Udesc Esag
Jornalista Carlito Costa
E-mail: comunicacao.esag@udesc.br
Telefone: (48) 3664-8281/(48) 99977-1832


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

A Secretaria de Estado da Educação (SED) de Santa Catarina apresentou nesta quarta-feira, 9 de outubro, o Calendário Escolar para o ano letivo 2020. A grande novidade é que as matrículas serão feitas de forma online em todo o estado. Até então, a modalidade estava disponível apenas para as escolas estaduais da Grande Florianópolis. As rematrículas seguem sendo feitas pela internet. 

A matrícula online torna o processo mais ágil, evitando filas nas escolas e dando mais comodidade aos responsáveis, para que façam as inscrições em qualquer horário e pelo próprio celular. Caso os pais necessitem, o procedimento pode ser realizado diretamente nas unidades estaduais.

::: VEJA A GALERIA DE FOTOS

O início das aulas na rede estadual está agendado para o dia 6 de fevereiro e o término para 16 de dezembro. O período de recesso para os alunos é de 20 de julho a 2 de agosto. Anualmente, a SED se reúne com a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/SC) e com a Federação dos Municípios de Santa Catarina (Fecam) para definição do calendário escolar do próximo ano. A proposta é ter um cronograma unificado para as escolas estaduais e municipais, permitindo que os alunos, pais e professores de ambas as redes tenham férias no mesmo período.

“A definição do calendário é uma ação importante da comunidade escolar e um pilar fundamental para educação. A partir da definição do calendário é que organizamos o processo pedagógico e questões importantes como transporte e alimentação escolar, sempre em estreito relacionamento com as atividades do município“, disse o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

 
Foto: Maurício Vieira/Secom

Os municípios e a rede privada têm autonomia na elaboração dos seus cronogramas, levando em consideração as peculiaridades locais e a legislação que determina o mínimo de 200 dias letivos e 800 horas-aula. No entanto, o alinhamento do cronogramada das redes estadual e municipal é importante para que melhor se desenvolvam as ações relativas ao transporte escolar e à formação continuada dos profissionais da educação, principalmente daqueles que atuam nas escolas do Estado e também dos municípios. A sincronia colabora, ainda, para a organização das atividades de famílias que têm filhos em ambas as redes de ensino.

Calendário regionalizado Serra

Após um pedido feito pela Fecam e Undime, pela primeira vez, haverá um segundo cronograma específico para a região Serrana, em função do frio. Serão envolvidas seis Coordenadorias Regionais: Canoinhas, Lages, São Joaquim, Campos Novos, Curitibanos e Caçador, totalizando 43 municípios, onde as aulas vão iniciar em 5 de fevereiro, um dia antes da volta às aulas oficial, para que seja possível remanejar a data em casos extremos de baixa temperatura.  

As escolas, junto com as Coordenadorias Regionais de Educação, podem realizar algumas modificações de agenda para atender às necessidades e atividades locais e regionais. Porém, é obrigatório o cumprimento à legislação, que determina o mínimo de 200 dias letivos e 800 horas-aula.

Rematrícula

É muito importante que os pais reafirmem a permanência dos filhos na mesma escola no ano seguinte. Essa ação auxilia a escola na organização das turmas e na contratação dos professores para a próxima temporada. A rede pública estadual atende cerca de 520 mil alunos em 1.071 instituições de ensino. O cronograma para rematrícula já está definido e inicia no próximo dia 14 de outubro.

 
Arte: Sal Santos/Secom e SED

Chamada do Concurso Público 2017

Conforme anúncio feito pelo governador Carlos Moisés no dia 27 de setembro, o Governo do Estado irá prorrogar por dois anos a validade do concurso do Magistério Público Estadual de 2017, Edital nº 2271/2017/ SED, e chamar, ainda em 2019, 2 mil profissionais aprovados para início do exercício em 2020.

A Secretaria de Estado da Educação conclui, até o fim de outubro, as etapas previstas na legislação antes da chamada dos novos servidores. Uma delas é o edital de remoção, um concurso interno para professores, assistentes de educação e especialistas em assuntos educacionais, que podem buscar remoção para qualquer região do estado com vaga disponível. Esta etapa serve para organizar o levantamento de vagas, publicação do edital, prazos de inscrições, desistência recurso e divulgação da listagem final.

A partir de novembro, a SED recebe o resultado do levantamento realizado pelas Coordenadorias e Supervisões Regionais de Educação para realizar a publicação das vagas, dias e locais de chamada. Os candidatos aptos serão informados da 3ª chamada por e-mail, disparado pela Acafe, empresa que operacionalizou o concurso de ingresso.

A SED prevê a chamada de 1,5 mil professores para anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. Também serão chamados 500 assistentes de educação e especialistas em assuntos educacionais, que contempla os cargos de supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional. A data de chamada dos novos servidores será definida de acordo com a finalização do concurso de remoção, em dezembro.

Calendário Escolar 2020 da Rede Estadual de Ensino


Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 




Fotos: Peterson Paul/Secom

O governador Carlos Moisés assinou, nesta terça-feira, 8, uma carta aberta em defesa da continuidade do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e de maiores aportes financeiros por parte da União. Resultado do 7º Fórum Nacional de Governadores, em Brasília (DF), o documento também foi chancelado pelos demais governadores presentes no evento.

Depois de 14 anos de vigência, o Fundo está previsto para acabar em 2020, já que é uma disposição transitória da Constituição. “Queremos que o Fundeb seja permanente e haja mais investimentos para que possamos evoluir e diminuir as desigualdades entre os estados, municípios e mesmo entre as comunidades de um mesmo município, com algumas mais aquinhoadas com dinheiro público do que outras. Com isso poderemos melhorar a qualidade da educação básica”, explica o governador de Santa Catarina.

Segurança pública

Outro assunto debatido foi a criação do Fundo Nacional para a Segurança Pública e as políticas públicas para a área. “Vamos fazer um grupo especial de trabalho que discuta o sistema de segurança pública, com a participação de Santa Catarina, para podermos investir melhor e discutir todo o modelo nacional, envolvendo as polícias e o sistema prisional. Precisamos avançar muito nessa pauta e os governadores estão imbuídos na missão de melhorar os estados e o Brasil”, afirma Carlos Moisés.

Além de Santa Catarina, participarão do grupo de trabalho os governadores do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso e Maranhão.

Outros temas discutidos no Fórum Nacional de Governadores foram o Pacto Federativo, a Reforma Tributária, a Securitização e o Plano de Equilíbrio Fiscal, entre outros

Audiência com o ministro da Defesa

Na tarde desta terça, o governador também teve uma audiência com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. Na reunião, foram tratados temas como o controle das fronteiras e possibilidades de parcerias entre as forças de seguranças de Santa Catarina e as federais, especialmente com relação ao compartilhamento de informações.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br



A Capital catarinense foi a escolhida para sediar a 3ª edição do Seminário Conhecer, com realização do Sebrae e com o apoio institucional da Secretaria de Estado da Educação. Esta edição, que será realizada nos dias 8 e 9 de outubro, terá como tema Educação Empreendedora e Inovação na Educação, no CentroSul. As inscrições estão abertas e podem ser feitas gratuitamente pelo site.

Serão dois dias de programação com palestras, painéis, oficinas, talks e rodas de conversas, envolvendo especialistas nacionais e internacionais que irão debater temas como Políticas Públicas para uma Educação Empreendedora, Movimento Maker, Gamificação, Metodologias Ativas e Ágeis, Habilidades para o Futuro, Inovação e Tecnologia na Educação e Experiências Empreendedoras na Educação.

Entre os palestrantes confirmados, destaque para José Carlos Morgado, português e doutor em educação na especialidade de desenvolvimento curricular. É Membro Fundador da European Association on Curriculum Studies (EuroACS); Dale Stephens, norte-americano e líder do UnCollege, movimento onde capacita os alunos para que escolham como vão ser educados, por meio de ferramentas, recursos, redação, workshops e comunidade; e Martha Gabriel, considerada uma das principais pensadoras digitais no Brasil.

Em paralelo ao Conhecer, em parceria com os grupos VIA Estação Conhecimento e Labmídia, do Departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina, também será realizado o III Encontro Internacional de Inovação na Educação.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Patrícia Antunes
(48) 3664-0347 / 988177973
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br 
www.sed.sc.gov.br 

Até a próxima segunda-feira, 7, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) está com inscrições abertas para o Vestibular de Verão 2020 no site. Os candidatos poderão pagar a taxa de inscrição, de R$ 110, até 8 de outubro, em agências bancárias, caixas eletrônicos, internet banking e casas lotéricas. O prazo para pedir isenção já terminou. O edital está disponível neste link


Foto: Divulgação / Mariana Pekin

O trabalho de Jussara Cristina Vandalen Schmitz, professora da rede pública estadual, foi um dos 10 vencedores da edição 2019 do Prêmio Educador Nota 10, considerado um dos mais importantes da educação brasileira. Neste ano, foram mais de 4,8 mil projetos inscritos. A docente da Escola de Educação Básica Frei Godofredo, em Gaspar, no Vale do Itajaí, participou da cerimônia de homenagem aos premiados nesta segunda-feira, 30, em São Paulo. 

Ela também fez parte de uma semana de imersão com atividades relacionadas ao mundo do ensino. “O que vivi nessa semana foi uma experiência rica, que eu vou levar para Santa Catarina e para minha escola. Eu estou aqui representando meus colegas de trabalho e a prática da escola pública de qualidade. Isso é o maior valor que, com certeza, multiplicarei para toda a comunidade”, contou Jussara.

A diretora de Ensino da Secretaria de Estado da Educação (SED), Zaida Jeronimo Rabello Petry, foi a São Paulo prestigiar a cerimônia e reforçou a importância do evento. “Este momento especial nos faz refletir a prática pedagógica em nossas escolas com um olhar inovador, uma educação para todos e o uso criativo dos recursos disponíveis”.

Jussara foi reconhecida pelo projeto Costurando Matemática. Ela e os alunos perceberam que a maioria das famílias da turma tinham costureiras. Então, a professora elaborou o projeto e levou os alunos a algumas facções de costura para conhecer o cotidiano das profissionais. Ao voltar à escola, trabalharam as operações matemáticas, probabilidade, estatística e medidas.

“O projeto foi desenvolvido em 2018, mas ele é uma prática replicável a outras realidades. Esse valor ao ofício das costureiras e à realidade dessas crianças é muito importante. Eu acredito que é influenciando socialmente que se faz uma educação de qualidade”, afirma Jussara.

A vencedora do Prêmio Educador do Ano foi Joice Lamb, coordenadora pedagógica em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. A educadora Patrícia Barreto, de Nova Cruz, no Rio Grande do Norte, foi a escolhida na votação popular #EsseProjetoé10.

O Prêmio

O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita. A premiação reconhece e valoriza professores da educação infantil ao ensino médio e também coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país. Desde 2018, o Prêmio Educador Nota 10 é associado ao Global Teacher Prize, prêmio global de Educação.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O Governo do Estado irá prorrogar por dois anos a validade do concurso do Magistério Público Estadual de 2017 e irá chamar, ainda neste ano, 2 mil profissionais aprovados em concurso para início do exercício em 2020. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Moisés, na tarde desta sexta-feira, 27. 

“Estamos chamando 1,5 mil novos professores para a rede estadual de ensino e 500 profissionais, assistentes e especialistas educacionais, para ajudar os professores e os diretores escolares a tocarem esse trabalho importantíssimo da Educação catarinense”, anunciou o governador.

Os cargos de assistente e de especialista em educação são para as funções de supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional. Há 9.082 profissionais selecionados à espera de novas convocações. A SED está realizando o levantamento de vagas para então chamar os aprovados. 

O edital nº 2271/2017/ SED, publicado no Diário Oficial do Estado nº 20.595, de 14 de agosto de 2017, tem validade por dois anos, prorrogável por mais dois. A prorrogação será consolidada pela Secretaria de Estado da Educação (SED) a partir de 11 de dezembro deste ano, para que as chamadas sejam feitas até 11 de dezembro de 2021.

“São três boas novas para o Estado, após uma criteriosa avaliação técnica da Secretaria acolhida pelo grupo gestor do Governo, sobre necessidades de reposição do quadro efetivo. Temos a oportunidade de ampliar em 10% o quadro de professores efetivos e em 25% o de especialistas e assistentes, a fim de que nossas escolas tenham reforço para melhorar a qualidade da Educação”, frisa o secretário da Educação, Natalino Uggioni.

A rede pública estadual de ensino conta com 14.359 servidores no cargo de professor, 720 especialistas em assuntos educacionais e 1.279 assistentes de educação. Com o aumento do quadro da rede estadual de educação, o investimento adicional na educação básica terá aporte anual de R$ 45.980.639,06 na folha de pagamento.

A prorrogação do concurso 2017 e a chamada de novos profissionais para o magistério reflete o empenho do Estado com a melhoria da qualidade na educação e a busca pelo cumprimento da legislação específica. A chamada de professores atende ao Plano Estadual de Educação, enquanto a contratação dos especialistas e assistentes é prevista por lei complementar.

                      Prorrogação e chamada de profissionais do concurso 2017

 

   Quadro       
     atual

    Chamada       
     prevista

      Aumento       
      estimado

 Aporte anual
     na folha

Professores

   14.359

      1.500

         10%

R$ 19.705.988,17

Assistentes e      
Especialistas

   1.999

        500

         25%

R$ 26.274.650,89.

TOTAL

-

-

-

R$ 45.980.639,06

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: CCS/PMSC

A Polícia Militar de Santa Catarina comunica que estão abertas as inscrições do processo seletivo para ingresso de alunos nas unidades de Florianópolis, Lages, Blumenau e Joinville do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires (CFNP), para o ano letivo de 2020.

O processo seletivo se destina ao preenchimento de 280 vagas para o 6° ano, 240 vagas para o 7º ano, 30 vagas para o 8º ano, todos do Ensino Fundamental, e 24 vagas para o 2º ano do Ensino Médio. As vagas serão destinadas com o percentual de 50% para dependentes de militares catarinenses e 50% para o público em geral, conforme estabelece a Lei Complementar n.º 731 de 21 de dezembro de 2018, distribuídas conforme segue:

- 6º ano do Ensino Fundamental: 70 vagas para o CFNP Florianópolis, 70 vagas para o CFNP Lages, 70 vagas para o CFNP Blumenau e 70 vagas para o CFNP Joinville.

- 7º ano do Ensino Fundamental: 60 vagas para o CFNP Florianópolis, 60 vagas para o CFNP Lages, 60 vagas para o CFNP Blumenau e 60 vagas para o CFNP Joinville.

- 8º ano do Ensino Fundamental: 30 vagas para o CFNP Florianópolis.

- 2º ano do Ensino Médio: 24 vagas para o CFNP Florianópolis.

As inscrições se encerram no dia 9 de outubro de 2019.

Informações adicionais para a imprensa

Assessoria de Imprensa
Marcelo Passamai
Polícia Militar de Santa Catarina - PMSC
E-mail: ccschefia@pm.sc.gov.br e ccssubchefia@pm.sc.gov.br
Fone: (48) 3229-6920/3229-6921
Site: www.pm.sc.gov.br 

 


Foto: Divulgação / NTE São Bento do Sul

A tecnologia está na palma da mão da população e ajuda em diversas atividades cotidianas, mas há pessoas que não conseguem usufruir de tantas funcionalidades. Este é o caso da Maria Roseli, 46 anos, que trabalha com alimentação escolar em unidades de ensino da Região Norte de Santa Catarina.

Foi pensando nas dificuldades que Maria e outras colegas têm para usar o celular, que o Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) de São Bento do Sul promoveu o curso Aprendendo a Usar Smartphone, voltado para servidoras da região. Foram quatro encontros que as ajudaram a acessar as configurações do celular, usar o WhatsApp, tirar e baixar fotos, entre outras funções.

“Eu tinha que ficar pedindo ajuda para meus filhos que não tinham paciência. Com o curso eu aprendi, por exemplo, que se arrastar o dedo para cima quando estiver mandando áudio, não precisa ficar segurando. Agora eu começo a gravar o áudio e posso ir fazendo outras coisas, pois fico com as mãos livres”, contou Maria. Com o curso ela também aprendeu como baixar aplicativos e, ainda, traduzir textos. “Agora consigo pesquisar textos em inglês e espanhol, aumentando minhas possibilidades de aprendizado”, completou.

As aulas foram ministradas pelos professores Paulo Roberto Stelzner e Viviane Aparecida Betti Weiss, do NTE de São Bento do Sul. Além de ensinarem as funções básicas, trabalharam temas como a conexão da saúde ao uso de smartphones, a inclusão de aplicativos para ajudar na vida cotidiana e a segurança na internet. A iniciativa possibilita tornar mais prática e rápida a comunicação no âmbito escolar e no seu dia a dia.

“Ficamos surpresos com o resultado. Muitas de nossas colaboradoras, em função da idade, tinham dificuldade para usar o celular e ainda achavam que podiam estragar, agora elas estão se sentindo mais seguras”, contou Paulo.

Além das colaboradoras da rede, duas moradoras da comunidade se interessaram e puderam participar do curso. A turma fechou com 12 alunas, que vão ter direito a formatura e certificação.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Patrícia Antunes
(48) 3664-0347 / 988177973
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br 
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

O governador Carlos Moisés autorizou, na manhã desta terça-feira, 24, o repasse de R$ 300 mil para fortalecer o Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau (Fitub), realizado anualmente pela Universidade Regional de Blumenau (Furb). A autorização foi feita durante visita à universidade, no último compromisso da agenda de trabalho no município. Na ocasião, Carlos Moisés reforçou a disposição do Governo do Estado em buscar aproximação com as universidades comunitárias.

O governador lembrou que o Estado está aumentando consideravelmente os recursos destinados a bolsas de ensino superior em Santa Catarina. "As universidades comunitárias, como a Furb, têm um papel muito importante na educação superior do nosso estado, porque alcançam todas as regiões, mesmo longe dos grandes centros. Elas levam ensino e pesquisa de qualidade de forma muito eficiente", avaliou.

::: Veja mais imagens na galeria de fotos

Na Furb, são 1.142 bolsistas em mais de 40 cursos de graduação e especializações. Foram contemplados 600 estudantes a mais do que no ano passado. Os alunos beneficiados entregaram uma carta de agradecimento ao governador.

De acordo com a reitora da Furb, Marcia Cristina Sardá Espindola, o Governo do Estado tem sido acessível e sensível à importância de manter os investimentos no ensino superior. "Esse reconhecimento nos dá muita esperança de continuar com um modelo de ensino, pesquisa e extensão de qualidade em Blumenau e em todas as regiões onde as universidades comunitárias estão", afirmou.

A destinação estava prevista em uma emenda parlamentar da ex-deputada estadual e atual suplente de deputada federal Ana Paula Lima, que acompanhou o ato. Também estavam presentes o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, o prefeito de Blumenau Mário Hildebrandt, o vice-reitor da Furb, João Luiz Gurgel Calvet da Silveira, deputados e lideranças locais.

O Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau é um dos principais eventos relacionados ao teatro universitário na América do Sul. Todas as apresentações passam por debates e análises, unindo ensino, pesquisa e extensão. Além dos espetáculos que circulam por diversos bairros blumenauenses, o festival conta com oficinas, palestras e mesas de debate.

R$ 41,8 milhões na segunda-feira para Blumenau

O compromisso na Furb foi o último de uma intensa agenda de trabalho do governador Carlos Moisés em Blumenau. No total, foram R$ 41,8 milhões em investimentos liberados na segunda-feira, 24, em Blumenau. À tarde, o governador Carlos Moisés determinou o repasse de R$ 28 milhões, via convênio, para a construção de um Centro de Convenções no Parque Vila Germânica. O anúncio fez parte do programa de investimentos Novos Rumos. No mesmo ato, o governador também assinou contratos de R$ 6,5 milhões com agricultura familiar catarinense para alimentação escolar.

Antes disso, Carlos Moisés liberou R$ 4 milhões para o cercamento e balizamento do Aeroporto Quero-Quero, anunciou um reforço para o efetivo e R$ 300 mil para o Centro de Treinamento da Polícia Militar da região, homenageou o Hospital Santa Isabel, oficializou um repasse de R$ 3 milhões para o Hospital Santo Antônio e reiterou que as entidades filantrópicas da cidade serão beneficiados pela nova política hospitalar catarinense.

Ainda nesta terça-feira, 24, Carlos Moisés liberará recursos para a infraestrutura em Ilhota.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC