Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Está aberto o prazo para os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 se inscreverem gratuitamente na primeira edição de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo de inscrição inicialmente iria até sexta-feira, 24, mas o MEC decidiu prorrogá-lo até as 23h59 de domingo, 26, devido a problemas com as correções das provas.

Acesse o site do Ministério da Educação (MEC)

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) tem 398 vagas em 43 cursos de graduação para o primeiro semestre de 2020, em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul. Confira o edital da Udesc.

Das vagas de cada curso oferecido pela universidade estadual, 20% são destinadas para candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio na rede pública e 10% são oferecidas para candidatos negros.

Critérios do Sisu

Cada participante poderá escolher até duas opções de cursos de graduação no Sisu, conforme as notas de corte. O desempenho dos candidatos no Enem 2019 foi publicado na última sexta-feira, 17.

Somente poderá se inscrever na seleção quem fez todas as provas do Enem no ano passado, conseguiu nota acima de zero na redação e tiver certificado de conclusão do ensino médio para a matrícula na universidade.

Nota de corte, resultado e lista de espera

Durante o período de inscrições, a classificação parcial e a nota de corte do Sisu serão divulgadas diariamente para consulta no site do MEC.

O resultado da primeira chamada será publicado em 28 de janeiro, enquanto a matrícula da Udesc ocorrerá em cinco datas: três em janeiro (dias 29, 30 e 31) e duas em fevereiro (dias 3 e 4). Esse período também ficará aberto para quem quiser participar da lista de espera das próximas convocações (confira o calendário).

Vagas em cursos EAD

Até 5 de fevereiro, a Udesc estará com inscrições abertas para o preenchimento de vagas em dois cursos de graduação a distância: Licenciatura em Pedagogia e Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia. Das 75 vagas totais, 37 são para os candidatos que escolherem participar da seleção pela nota no Enem 2019.

Para isso, o candidato deve preencher o formulário de inscrição pela internet, inserindo a pontuação obtida no exame e o comprovante da nota. 

Mais informações podem ser obtidas na página da Udesc e com a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos (Covest), pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br.

Acompanhe as notícias pelo FacebookInstagramTwitter e Udesc em Rede (newsletter e podcast).

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O segundo período de matrículas de alunos na rede estadual de ensino começa nesta quinta-feira, 23, com 145 mil vagas disponíveis. O cadastro deve ser feito pelos pais ou responsáveis na plataforma on-line da Secretaria de Estado da Educação, que será aberta a partir das 9h de quinta e fechada às 23h59 do dia 29 de janeiro. As vagas serão preenchidas por ordem de acesso, ou seja, ficarão reservadas para quem solicitar primeiro.

Ao fim do cadastro on-line, será gerado um protocolo de pré-matrícula que deve ser anotado. Para efetivar a matrícula, os pais do estudante devem comparecer à escola entre os dias 23 e 30 de janeiro, com o protocolo e a seguinte documentação: certidão de nascimento ou carteira de identidade, histórico escolar, atestado de frequência, comprovante de residência, uma foto 3x4 e a carteira de vacinação.

Apesar de encontrar diversas vagas disponíveis durante o cadastro, o zoneamento ainda deve ser considerado para efetivação da matrícula. O critério utilizado pela unidade de ensino é a comprovação de que o estudante mora em até três quilômetros de distância da escola. Se não houver mais vagas neste perímetro, os pais devem fazer a matrícula dos alunos na escola mais próxima.

A matrícula para estudantes de Ensino Médio nesse período será presencial apenas nos Centros de Educação Profissional (Cedup). Nesse caso, os responsáveis devem levar toda a documentação no momento em que forem solicitar a matrícula na escola. Outra modalidade com cadastro presencial a partir de 23 de janeiro contempla os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Ceja).

Rede estadual tem 27% das vagas disponíveis

As 145 mil vagas disponíveis para matrícula equivalem a cerca de 27% dos 538.542 alunos que iniciaram o ano letivo de 2019 na rede estadual de ensino. A maioria das vagas foi preenchida após a primeira fase de matrícula, que ocorreu em novembro de 2019, tanto que algumas escolas estão com quase todas as vagas preenchidas – principalmente no período matutino.

Os alunos que estiverem sem vaga após o dia 30 de janeiro ainda poderão matricular-se nas unidades de ensino da rede estadual. Para o cadastro nas vagas remanescentes, os responsáveis pelos estudantes devem comparecer presencialmente à escola com a mesma documentação exigida nas demais etapas de matrícula.

Todas as unidades terão um posto de atendimento com computador durante o período de matrícula para auxiliar o cadastro dos estudantes. As Coordenadorias Regionais de Educação e equipes escolares também estarão disponíveis para tirar as dúvidas dos responsáveis dos alunos, de forma presencial ou por telefone.

Mais 2,5 mil novas vagas no Estado

A abertura de duas novas escolas, a construção de 10 salas de aula modulares e a oferta de mais 120 vagas em uma unidade escolar abrem mais 2,5 mil vagas na rede estadual de Ensino para o ano letivo de 2020. A oferta está nas cidades de Chapecó, Palhoça e Florianópolis.

Em Chapecó, a abertura da EEB Zitta Flach e de 120 vagas de Ensino Médio na EEB Professora Irene Stonoga proporcionarão 1,3 mil novas vagas para o ano letivo de 2020. Além das vagas para os anos finais do Ensino Fundamental e Médio em três turnos, a Zita Flach trará uma novidade para a educação catarinense com o modelo smartschool, que conta com um Espaço Maker para trabalhar com os alunos a cultura do aprender por meio de experimentos. Até 790 das 1,2 mil novas vagas da EEB Zitta Flach serão abertas já no início do ano, com matrículas para o Ensino Fundamental e o Médio. Atualmente, parte das instalações atende a 350 alunos da EEB Zélia Scharf, que teve em 2019 a reforma completa iniciada pela SED. 

Na EEB Professora Irene Stonoga, o ingresso no programa das escolas cívico-militares do Governo Federal gerou a abertura das novas vagas para o Ensino Médio. Outra nova escola e com adesão ao programa das escolas cívico-militares, a EEB Professor Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça, inicia o ano ofertando 600 vagas. A escola tem capacidade de atender até 900 alunos, demanda que será absorvida ao longo do ano letivo.

Em Florianópolis, a SED assina nesta semana a ordem de serviço para a construção de 10 salas de aula em estrutura modular, em que o modelo de construção é mais ágil, para abrir mais 600 vagas a alunos do Norte da Ilha. As salas ficarão em terreno anexo à EEM Jacó Anderle, atendendo à demanda reprimida por vagas na região. O anexo deve ser concluído antes do fim do primeiro trimestre letivo.

Informações adicionais para imprensa:
Gabriel Duwe de Lima
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0347 
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 




Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Os quase 4 milhões de candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 já podem conferir a nota na prova. O resultado foi publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta sexta-feira, 17, na Página do Participante e no aplicativo do Enem.

Com a nota do Enem, estudantes podem ingressar em graduações oferecidas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) de duas formas: pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou pelo processo seletivo aberto para preenchimento de vagas em cursos a distância.


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo nº 01/2020 da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), com 13 vagas de professor substituto, distribuídas em Balneário Camboriú, Florianópolis, Ibirama, Joinville e Lages. As inscrições ocorrem no site oficial: até 20 de janeiro para candidatos doadores de sangue e/ou medula, com isenção da taxa; e até 27 de janeiro para os demais interessados, por meio de boleto, no valor de R$ 100.


Foto: Arquivo / SED

A nomeação de 1.842 profissionais efetivos para o quadro do magistério da rede estadual de ensino de Santa Catarina foi publicada nesta quinta-feira, 9, no Diário Oficial do Estado. Dentre os profissionais, 1.348 são professores, 237 especialistas e 257 assistentes de educação. A partir da nomeação, os novos servidores deverão providenciar a documentação solicitada e entregar nas Coordenadorias Regionais de Educação.

O ato de posse será realizado no dia 3 de fevereiro em cada região do estado. Após isso, os novos efetivos participam de atividades pedagógicas e treinamentos nas unidades escolares antes do início do ano letivo. Os 1.348 professores efetivos ocuparão vagas até então preenchidas pelos professores admitidos em caráter temporário (ACT).


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) está com processo seletivo especial aberto para o preenchimento de 75 vagas em dois cursos de graduação gratuitos oferecidos pelo Centro de Educação a Distância (Cead): o de Licenciatura em Pedagogia e o de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia. Os aprovados começarão a ter aulas no primeiro semestre de 2020.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet até 5 de fevereiro. Os candidatos poderão concorrer às vagas com a sua nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 ou participando de uma prova de redação. No formulário de inscrição, é possível optar por uma ou pelas duas formas de ingresso. Acesse o edital.

Ingresso pela nota do Enem

Das 75 vagas, 37 são destinadas para os que escolherem participar da seleção pela nota no Enem. Para isso, o candidato deve inserir a pontuação obtida no exame em 2019, que deve ser, no mínimo, de 300 pontos, e o comprovante da nota no momento da inscrição.

Prova de redação

Para aqueles que optarem pela prova de redação, a avaliação será realizada em 9 de fevereiro, no período da tarde, em dois municípios: Balneário Camboriú e Laguna. Os candidatos terão duas horas para redigir o texto, que tratará sobre temas relacionados a atualidades e conhecimentos gerais.

Confira as vagas disponíveis para cada forma de ingresso e o polo de apoio presencial que oferecerá o curso:

  • Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, ênfase em Gestão Ambiental e Sustentabilidade
    • Oferecido pelo polo de Balneário Camboriú.
    • 25 vagas: 13 para ingresso pela prova de redação e 12 pela nota Enem.
  • Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, ênfase em Metodologias e Tecnologias Aplicadas a Educação a Distância
    • Oferecido pelo polo de Laguna.
    • 28 vagas: 14 para ingresso pela prova de redação e 14 pela nota Enem.
  • Licenciatura em Pedagogia
    • Oferecida pelo polo de Laguna
    • 22 vagas: 11 para ingresso pela prova de redação e 11 pela nota Enem.

A universidade mantém o sistema de cotas pelo Programa de Ações Afirmativas. Em cada curso, 30% das vagas estão reservadas: 20% para candidatos com todo o ensino médio na rede pública e 10% para candidatos negros.

Mais informações

Mais informações podem ser obtidas na página oficial e com a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos da Udesc (Covest), pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010


Foto: Eduardo Guedes de Olveira / Agência AL

Museu de Escola Catarinense (Mesc), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), assumirá o prédio da antiga escola Antonieta de Barros. O espaço no Centro Histórico de Florianópolis foi cedido à universidade em 26 dezembro de 2019 pelo Governo do Estado e será utilizado para atividades culturais e educacionais abertas à comunidade, como a capacitação de professores e pessoas.

Segundo a coordenadora do museu, professora Sandra Makowiecky, com o novo imóvel, que tem 1,3 mil metros quadrados, o Mesc dará mais um passo para conectar a sua missão de preservar a memória sobre a escola do passado com o propósito de construir a escola do futuro. Isso porque o prédio será usado, principalmente, para ampliar as ações da instituição no estimulo à economia criativa, segmento que atua em áreas como cultura, arte, design e comunicação. “Aliar as atividades comuns de um museu à economia criativa é uma tendência mundial e um eixo de trabalho que estamos desenvolvendo nos últimos anos”, destaca a professora.


Foto: Maurício Vieira / Secom

A Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina (SED) ingressa em 2020 com uma gestão voltada à inovação no ensino, à formação continuada dos professores e à melhoria da infraestrutura e do ambiente escolar. No balanço do primeiro ano na pasta, o secretário Natalino Uggioni destaca avanços como a aquisição de lousas digitais e computadores para todas as escolas estaduais; a renovação de 57% da frota de ônibus para transporte escolar; o investimento recorde em bolsas para formação de docentes, a abertura de 4,7 mil vagas em cursos de iniciação profissional para 2020 e a chamada de 3 mil servidores efetivos para o quadro do magistério.

No âmbito do ensino, foram entregues o Currículo Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense, com a formação presencial dos professores em todas as 1.071 escolas, a estruturação do Novo Ensino Médio em 120 escolas-piloto para o início do ano letivo de 2020, além da preparação das três escolas estaduais que aderiram ao Programa de Escolas Cívico-militares (PECIM) do Governo Federal.

“Precisamos oportunizar aos nossos educadores que conheçam novos métodos de ensino com o suporte da tecnologia, para que as escolas estejam verdadeiramente ligadas ao mundo dos alunos. Os meios digitais conquistam cada vez mais espaço, com o acesso na palma da mão. Não há como negar a urgência de nos atualizarmos”, reforça o secretário.

A plataforma de gestão da SED contempla os cinco eixos que são a base do programa Minha Nova Escola, lançado em 2019, para priorizar o atendimento ágil das necessidades da comunidade escolar. Educação inovadora, Infraestrutura Escolar, Gestão Total, Qualificação Permanente e Além da Escola (transporte escolar) norteiam as ações da pasta.


Foto: Sicília Vechi/SED

Agilidade em obras por demanda

Em 2020, as escolas estaduais passam a contar com um atendimento mais ágil para obras de manutenção e pequenos reparos, roçada e capina, a partir da revisão completa do modelo de contratação dos serviços. Durante o primeiro ano da gestão, a SED fez o levantamento de necessidades, padronizou o formato e realizou licitações para que os pedidos das escolas sejam atendidos, com rapidez, por demanda, por empresas já contratadas e localizadas em todas as regiões do Estado.

A modalidade dispensa a necessidade de um processo de contratação para cada reparo. Foram licitados R$ 257 milhões para manutenções no segundo semestre de 2019, com R$ 169 milhões já empenhados. Para 2020, mais 43 processos licitatórios foram abertos na última semana de trabalho, no mês de dezembro.

As mudanças associam-se a outras melhorias como a criação do cartão CPESC Serviços, em que os próprios diretores das escolas podem contratar pequenos reparos. Mais de R$ 21 milhões foram investidos pela SED em materiais e serviços por meio do cartão CPESC em 2019.

As obras e intervenções mais complexas, que dependem de processo de licitação individual, passaram por revisão de projetos e valores ao longo de 2019, a fim de garantir a execução das mesmas sem interrupções ou prejuízos aos cofres públicos. Em 2019 foram 757 solicitações de reformas em escolas, e R$ 844,2 milhões em recursos a serem investidos.

“As ações que estamos realizando fazem parte de uma plataforma sólida, construída com trabalho intenso e temos a convicção de que, com continuidade e comprometimento, colheremos estes frutos em melhorias na Educação. Precisamos mostrar que é possível ter uma escola pública de qualidade, que corresponda às expectativas dos nossos cidadãos em Santa Catarina”, projeta Uggioni.

Confira o balanço com os principais avanços da Educação na rede estadual de ensino em 2019, a partir dos cinco eixos do programa Minha Nova Escola. Os dados completos podem ser conferidos no site da SED. 


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

EDUCAÇÃO INOVADORA

Equipamentos tecnológicos, mobiliário, materiais e laboratórios

No Eixo da Educação Inovadora, a SED adquiriu equipamentos tecnológicos, contratou instalação e treinamento para os Núcleos de Tecnologias Educacionais das 36 regiões do Estado, para que as 1071 escolas passem a contar com projetor e lousa digital. As lousas digitais começaram a ser instaladas e os professores a serem treinados no mês de novembro. Além disso, a compra de livros para as bibliotecas escolares, de equipamentos para 57 laboratórios de ciências, de mobiliário e materiais escolares, totalizou o investimento de R$ 125,7 milhões.

4,7 mil vagas de iniciação profissional para 2020

Com os programas EDUtec, parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia; Aprendizagem Criativa, com Senai e Senac; e Novos Caminhos, com o Governo Federal, estabelecidos em 2019, alunos da rede estadual de Ensino iniciarão o ano letivo de 2020 com 4,7 mil vagas em cursos de iniciação profissional no contraturno escolar, voltados a tecnologia, indústria e comércio, de acordo com as vocações econômicas de cada região do Estado.

INFRAESTRUTURA ESCOLAR

Escolas novas em funcionamento e 2 mil novas vagas em 2020

A SED viabilizou para o início do ano letivo de 2020 a oferta de 2 mil novas vagas, com a conclusão das obras e a instalação de duas novas escolas: a EEB Zita Flach, em Chapecó, e a EEB Prof. Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

GESTÃO TOTAL

Planos de Gestão Escolar

Em 2019, a SED articulou e executou o processo de seleção dos Planos de Gestão Escolar pela comunidade, para a definição dos diretores das mais de 1 mil unidades escolares de 2020 a 2023. O processo democrático ocorreu entre agosto e outubro e os diretores escolhidos por pais, alunos e servidores, a partir de suas propostas, serão empossados no dia 2 de janeiro de 2020.

Avaliação Institucional da Educação em duas edições

A Secretaria de Estado da Educação desenvolveu uma Avaliação Institucional para a Rede Pública Estadual da Educação Básica, uma iniciativa para aperfeiçoar seus processos de planejamento e gestão. A pesquisa foi aplicada por duas vezes e respondida on-line pela comunidade escolar. O objetivo foi identificar áreas carentes para o adequado investimento institucional.

QUALIFICAÇÃO PERMANENTE

Formação continuada para professores

A SED investiu R$ 4,8 milhões em cursos para a qualificação permanente, multiplicando as formações, das coordenadorias até o ambiente escolar, e valorizando o fator presencial nos temas mais relevantes para a Educação.

R$ 206,7 milhões em bolsas concedidas pelo programa UNIEDU

O Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) investiu R$ 206,7 milhões em bolsas de estudo em Santa Catarina, o que representa R$ 110,1 milhões a mais que em 2018. O Uniedu agrega todos os programas de atendimento aos estudantes da educação superior, fundamentados pelos Artigos 170 e 171 da Constituição Estadual. São bolsas para graduação e pós-graduação, com parte da ênfase em licenciaturas e especializações para a formação de professores.

ALÉM DA ESCOLA

Renovação de 57% da frota do transporte escolar

Ao todo, 286 dos 295 municípios de Santa Catarina contam com o apoio da Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina no transporte escolar por meio de parcerias com a Federação Catarinense de Municípios (FECAM) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina (UNDIME/SC). Em 2019, o Governo do Estado entregou 145 ônibus escolares adaptados, uma renovação de 57% da frota catarinense, sendo 116 veículos com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e 29 com recursos próprios do Estado. Os investimentos foram de R$ 27,5 milhões, com mais de 100 municípios contemplados.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Fotos: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) figurou em 2019 nos principais rankings nacionais e internacionais de instituições de ensino superior e também na lista dos órgãos que mais produzem pesquisa. A colocação mais expressiva foi no levantamento do Times Higher Education (THE), que apresenta as melhores universidades do mundo. Nesse ranking, a Udesc apareceu pela primeira vez entre 1.396 instituições de 92 países. 


Fotos: Divulgação / Udesc

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) assinou nesta sexta-feira, 20, o contrato para aquisição de um imóvel de 11 mil metros quadrados de área construída em um terreno de 41 mil metros quadrados vizinho à sede do Campus I, na Avenida Madre Benvenuta, no Bairro Itacorubi, em Florianópolis.

A compra do prédio corporativo da empresa de telefonia Oi S.A., no valor de R$ 79 milhões, representa um novo marco para expansão das atividades da universidade, que tem excelência em ensino, pesquisa e extensão.