Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgará na terça-feira, 10, a partir das 17h, a primeira chamada do Vestibular de Verão 2020 para 1.425 vagas de 52 cursos de graduação presenciais e a distância. A lista será publicada somente no site udesc.br/vestibular, no qual os candidatos também poderão verificar seu desempenho na prova objetiva e na redação.

Além disso, será possível ver as imagens dos cartões-resposta da prova objetiva e das folhas da redação, assim como apresentar recurso contra as notas, durante o prazo de 48 horas, até as 17h de quinta-feira, 12.


Fotos: Divulgação / SDE

Ajudar no futuro profissional e oferecer oportunidades. Este é o propósito do projeto Novos Talentos - SC Games que já formou 1.777 alunos e, neste ano, completa 10 anos. A iniciativa pioneira da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, que abre portas para estudantes no concorrido mercado digital, qualificou mais 107 alunos nesta quinta-feira, 5, em Florianópolis.

“A mensagem que eu posso passar para vocês, crianças que estão aqui hoje, é que não desistam dos seus sonhos, mesmo que apareçam pedras no caminho. Muitas vezes na vida, é preciso acreditar para alcançar um objetivo”, destacou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, durante a formatura dos alunos.

O secretário destacou ainda que o setor de games e jogos digitais é bastante promissor, sendo um nicho que prospera cada vez mais. “A gameficação tem ganhado cada vez mais espaço em Santa Catarina e o Projeto SC Games, é bom exemplo de educação para o empreendedorismo inovador”, disse.

Desenvolvimento social

Entre os formandos, sentado na plateia ao lado dos pais e com a camiseta do Projeto, estava João Vitor de Carvalho, 12 anos. Concentrado, com um celular na mão, programava um game. “Quero me especializar”, respondeu o garoto focado no jogo. Para a mãe, Tereza Cristina de Carvalho, o Projeto foi muito além da capacitação. “O João mudou inclusive o comportamento, se desenvolveu socialmente”, observou. Aluno da Escola Básica Municipal João Gonçalves Pinheiro, em Florianópolis, já completou quatro cursos de programação. “Quero ser um profissional”, disse ele.

Milena Luisa, mãe do Artur Luiz, 12, e do Mateus Luiz, 9, viu na prática o desenvolvimento dos filhos que também participam do projeto. “O Artur começou a entender que o game não é um brinquedo, é um negócio. Ele passou a estruturar, a pensar o processo e a fazer cálculos. Hoje ele pensa na estratégia, na história com começo, meio e fim”, conta ela. Os meninos, alunos do Colégio Criativo, já pensam longe: “Querem ter uma empresa de games”, finaliza Milena.

Mercado aquecido

Dados do Sebrae revelam que Santa Catarina tem se posicionado como polo nesta área: o estado é o quarto no país com mais empresas no setor de games e jogos digitais dos mais diferentes gêneros.

Para a coordenadora do Projeto, Márcia Battistella, o mercado catarinense está em ascensão e já pode ser considerado um destaque mundial graças à produção de games internacionalmente reconhecidos. Não é à toa que a entidade comemora 10 anos de atuação com resultados bastante positivos no segmento.

“Desde a implantação do programa no estado, diversos cursos de jogos digitais e animação foram criados, estúdios de games tomaram forma, impulsionando o setor e o ecossistema. Muitos alunos e estagiários do Projeto SC Games atuam diretamente na área e inclusive, hoje, atuam no projeto ajudando outros aprendizes”, explica.

Lançado em 2009, o Novos Talentos - SC Games é uma realização da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e conta com apoio do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina  (Ciasc), Secretaria de Educação (SED), Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Fundação de Ensino e Engenharia da Universidade Federal de Santa Catarina (Feesc), Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Secretaria Municipal de Educação (SME), Senai, Senac, UFSC e Udesc. E patrocínio da empresa PalmSoft.

Matrículas abertas

Alunos que quiseram participar do programa em 2020, já podem fazer a matrícula. O projeto é voltado para crianças e jovens entre 9 e 17 anos. São cursos gratuitos de Arte, Programação, Robótica, Animação, entre outros.

Para se inscrever basta clicar no link e preencher o formulário.

Para mais informações sobre os cursos:

E-mail: polodegames@gmail.com
Telefone (48) 999989274
https://www.facebook.com/projetoscgames/

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDE
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sde.sc.gov.br


Fotos: Divulgação / SED

A rede estadual de ensino de Chapecó terá 1.300 vagas para novos alunos no ano que vem. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, nesta quinta-feira, 5, no município. Destas, 120 serão abertas na EEB Professora Irene Stonoga, que vai integrar o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do Governo Federal. 

A unidade é a terceira escola estadual em Santa Catarina anunciada para receber o modelo. Atualmente ela tem 599 alunos do ensino fundamental e médio, e deve receber mais quatro turmas no período vespertino. A EEB Professor Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça, e a EEB Emérita Duarte Silva e Souza, em Biguaçu, ambas na Grande Florianópolis, foram as primeiras confirmadas pela Secretaria de Estado da Educação (SED) no novo programa. 

No dia 1º de novembro, a SED recebeu a confirmação do Ministério da Educação (MEC) de que poderia selecionar uma escola estadual em Chapecó, como nova cidade contemplada pelo programa fora da região metropolitana da Capital. A Secretaria então tomou as medidas necessárias para validar a escolha da unidade: comunicado à escola e aprovação junto à comunidade escolar, requisitos do Governo Federal.



Além disso, estão sendo providenciadas adaptações para o início das atividades no novo modelo em 2020. A escola passará por melhorias em ambientes para prática de esportes e música, contará com acessibilidade, entre outras.

O secretário da Educação lembra que as adequações ao programa federal preservam a autonomia e a liderança da gestão escolar, exercida pelos diretores e atuação dos educadores. Enquanto as duas escolas da Grande Florianópolis terão reforço dos militares das forças armadas, em Chapecó, a EEB Irene Stonoga contará com a presença de militares da reserva da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. 

Mais 1.180 mil vagas em nova escola

A abertura da EEB Zitta Flach, em Chapecó, proporcionará as outras 1.180 novas vagas para o ano letivo de 2020. Além das vagas para o ensino fundamental, anos finais, e médio em três turnos, a escola traz uma novidade para a educação catarinense. É o modelo smartschool, que conta com um Espaço Maker para trabalhar com os alunos a cultura do aprender por meio de experimentos.

Regional de Dionísio Cerqueira recebe novos materiais

O secretário da Educação Natalino Uggioni ainda esteve em Dionísio Cerqueira, no Extremo-Oeste, onde formalizou a entrega de equipamentos de tecnologia, mobiliário, higiene e limpeza em escolas de toda a Regional. Seis caminhões irão fazer as entregas em 26 escolas de oito municípios da região. 

"Essas ações são a materialização do que prevê o programa Minha Nova Escola, concebido na gestão do governador Moisés. Em visitas e num um gesto simbólico de entrega a 26 escolas da Regional de Dionísio Cerqueira, representamos hoje o investimento que vem sendo feito em equipamentos de tecnologia, mobiliário, em abertura de novas vagas e programas pela qualidade do ensino", resumiu o secretário.

Os 50 microcomputadores, 20 tabletes, 19 computadores, 17 projetores multimídia, 13 aparelhos de som, 3 caixas de som e 3 suportes para projetor fazem parte do investimento de R$ 39 milhões no eixo Educação Inovadora do programa Minha Nova Escola. Estão sendo entregues também itens de mobília, como cadeiras, bancos, pufes, balcões, mesas para palco, gaveteiros e armários.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Mauricio Vieira / Arquivo Secom

A Secretaria de Estado da Educação (SED) lançou nesta segunda-feira, 2, o Edital Nº 2704/2019, que estabelece os procedimentos para a escolha de vagas da 3ª chamada do Concurso Público de Ingresso no Magistério Público Estadual. Os cargos disponíveis são de professor, assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional.

A escolha de vagas será realizada nos dias 09, 10 e 11 de dezembro nas Coordenadorias e nas Supervisões Regionais de Educação. O processo será de acordo com a classificação do candidato no concurso e com o cronograma de escolha. Na data determinada, o candidato precisa apresentar um documento de identificação oficial com foto. Quem não comparecer no dia e horário da escolha da vaga ou aquele que comparecer, mas não aceitar nenhuma das vagas, perderá o direito sobre a escolha e passará para o cadastro de reserva.

O quadro de vagas e os endereços de onde serão realizados os chamamentos estão publicados no site da SED. As vagas são para atuar nas unidades escolares da rede pública estadual de ensino e nas escolas indígenas.

Critérios para a abertura de vagas

Em conjunto com as Regionais de Educação, a SED realizou todos os procedimentos previstos quanto à distribuição de aulas para os professores efetivos, como planejamento, processo de reordenamento e concurso de remoção.

As vagas disponibilizadas para o ingresso são remanescentes de um processo constante de análise e adequação do quadro efetivo às demandas das unidades escolares, com o objetivo de garantir a qualidade dos serviços prestados. Neste sentido, por se tratar de um quantitativo limitado de vagas, cada chamada visa a atender situações prioritárias.

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Fotos: Divulgação / Secom

O governador Carlos Moisés esteve reunido com Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, em São Paulo (SP), nesta terça-feira, 3, para tratar de continuidade de parceria entre a organização e a rede estadual de educação.

O Instituto, que há 25 anos promove ações de melhorias na educação no país, é parceiro de Santa Catarina no programa Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI). O projeto prevê um currículo voltado para desenvolver competências e habilidades no jovem do século 21.


Foto: Osvaldo Nocetti / SED

Gestores, professores, alunos, coordenadores escolares e regionais das 31 escolas do Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMTI) participam, nesta terça e quarta-feira, 3 e 4, em Florianópolis, do III Seminário de Saberes e Práticas da Educação Integral de Santa Catarina.

O evento, realizado pela Secretaria de Estado da Educação em parceria com o Instituto Ayrton Senna e Instituto Natura, tem como objetivo a troca de experiências entre professores e gestores do programa. Além disso, procura dar visibilidade às produções e aos resultados alcançados com profissionais e alunos nos três primeiros anos de EMITI.

O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, defende que uma educação que faça sentido para os estudantes. “Que faça com que os alunos se sintam bem e queiram estar na escola e nas atividades. Desenvolver o sentimento do aluno com a escola é a primeira condição para que a gente tenha uma educação de qualidade. Fortalecer o conhecimento significa trabalhar com educação integral”.

A ideia do evento é trazer a experiência de alunos, professores e gestores para que haja o compartilhamento de aprendizagens resultantes do EMITI. O seminário conta com apresentações de boas práticas, feira de projetos, mesas redondas, palestras e oficinas para jovens e adultos com compartilhamento de práticas. Além disso, o e-book “Projetos em ação: saberes e fazeres do EMITI” foi lançado no evento.

Primeiras turmas se formam em 2019

Este ano haverá a formatura das primeiras turmas do EMITI catarinense. Os alunos que entraram em 2017 no programa, se formam no 3º ano. A estudante Emily Reich, da EEB Mater Dolorum, de Capinzal, destaca o caráter integral do aprendizado. “A escola sempre prepara academicamente, mas esse programa desenvolve também as competências socioemocionais. Isso contribui muito para o nosso projeto de vida. Uma competência que deixei adentrar em mim foi a abertura para o novo e eu acredito que essa foi a mais importante. Isso fez com que eu fizesse o que estou conseguindo fazer aqui hoje”.

Na parceria com o Instituto Ayrton Senna, o EMITI em Santa Catarina promoveu 220 horas de formação presencial de professores e gestores. “É muito bom que a gente veja pessoas dando seus passos sozinhos. É o que fazemos hoje, o projeto aconteceu, mas o mais importante é que Santa Catarina se apropriou disso. Muito grato por vocês terem acreditado nessa proposta”, destaca o Diretor do Instituto Ayrton Senna, Emílio Munaro.

O EMITI

O Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI) é um programa oferecido pela Secretaria de Estado da Educação em parceria com o Ministério da Educação com apoio pedagógico do Instituto Ayrton Senna. Tendo como premissa a educação integral e o desenvolvimento de competências para o século 21, a proposta oferece oportunidades para os estudantes se desenvolverem com autonomia.

Nas escolas catarinenses onde o programa vem sendo realizado, as aulas acontecem em período integral segundo modelo proposto pela SED. Em 2017, foram 15 escolas estaduais parceiras, número que foi ampliado para 30 em 2018. Atualmente, o estado possui 31 escolas no programa em 26 cidades catarinenses, 151 turmas e 3.409 alunos.

O diferencial do EMTI é o fomento do protagonismo juvenil por meio de componentes curriculares, que permitem a organização integrada e flexível das disciplinas, como projetos de vida, intervenção com envolvimento da escola e comunidade, pesquisa e estudos orientados.


Foto: Luiz Schmitt / Arquivo / Udesc

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgou o gabarito oficial do Vestibular de Verão 2020 no final da manhã desta segunda-feira, 2. Confira o gabarito oficial. Acesse também os cadernos das provas objetivas. A seleção da Udesc teve índice de abstenção de 16,58%. Dos 8.054 candidatos inscritos para 1.425 vagas de 52 cursos de graduação gratuitos, 1.335 não compareceram aos locais de prova.


Fotos: Patricia Antunes / SED 

As obras de ampliação e reforma da EEB Catulo da Paixão Cearense, a mais antiga de Sombrio, no Sul do Estado, foram inauguradas nesta sexta-feira, 29, em uma cerimônia que reuniu a comunidade escolar e teve a presença do secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni. A escola tem 113 anos, sendo 73 no atual prédio. O investimento nas melhorias foi de R$ 3.547.189,42.

A comunidade esperava a entrega das melhorias há dois anos. Foram reformados 3.700 metros quadrados, e ampliados outros 816,53 metros quadrados.

“Estamos seguindo o que tem priorizado o governador Carlos Moisés, que é o cuidado com a educação do nosso estado. Nós sabemos que a finalização dessa obra era um anseio da comunidade escolar e deste governo. Quanto mais a escola for esse ambiente agradável e acolhedor, que fortaleça a vontade do estudante e do professor de estarem no local, melhores serão os resultados da educação catarinense”, comenta o secretário.

A escola atende a 521 alunos do ensino fundamental e do médio, além de contar com 54 professores e nove servidores do quadro técnico e administrativo. A presidente da Associação de Pais e Professores (APP), Maria José Nunes, explica que a obra é um sonho realizado na comunidade. “É uma escola histórica. A gente não poderia deixar morrer essa parte da história do nosso município. Está tudo como esperávamos”.

Na ampliação, foram contemplados o refeitório, a biblioteca, salas de aula e parque infantil. O setor administrativo, as salas de vídeo, de tecnologia e o ginásio passaram por reformas que tornaram o ambiente escolar mais saudável e harmonioso. Eduardo José da Silva, aluno do 1º ano do ensino médio, disse que todos querem ver como ficou a escola depois das mudanças. ”Colocaram cadeiras estofadas, ar-condicionado, parque e agora nós estamos ansiosos para usufruir de tudo isso”.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Patrícia Antunes
(48) 3664-0347 / 988177973
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br 
www.sed.sc.gov.br 




 


Foto: Jonas Pôrto/ Udesc

As aulas de graduação do segundo semestre de 2019 da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) terminam neste sábado, 30, e os exames finais ocorrem entre 4 e 10 de dezembro. O próximo semestre letivo da instituição começará em 17 de fevereiro.

Segundo o Calendário Acadêmico 2019 da Udesc, 30 de novembro é a data final para inclusão de frequências, avaliações e médias semestrais no sistema acadêmico. De 2 a 6 de dezembro, os alunos da universidade estadual poderão justificar reprovação por frequência para as direções de Ensino de Graduação, de acordo com a Resolução nº 018/2015 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). E, até 12 de dezembro, os professores deverão incluir as avaliações dos exames e das médias finais e entregar os diários de classe às secretarias de Ensino de Graduação.

As aulas de pós-graduação stricto sensu da Udesc terminarão em 13 de dezembro e serão retomadas em 4 de fevereiro.

Matrículas

Segundo o Calendário Acadêmico 2020 da Udesc, os candidatos aprovados na primeira chamada no Vestibular de Verão deverão se matricular em 6 e 7 de fevereiro. Para os acadêmicos veteranos da graduação, o período de rematrícula ocorrerá de 5 a 8 de fevereiro.

Para alunos novos e veteranos da pós-graduação, o prazo de matrícula ficará aberto entre 4 e 19 de fevereiro.

Mais informações

Mais informações sobre prazos dos calendários podem ser obtidas com as pró-reitorias de Ensino (Proen) e de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG).

Siga a Udesc pelo FacebookInstagramTwitter, Udesc em Rede (newsletter e podcast), WhatsApp e YouTube

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010


Foto: Jonas Pôrto / Udesc

O Conselho de Administração (Consad), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), decidiu aprovar, por unanimidade, o aumento de 15% no valor de 1.788 bolsas estudantis de graduação em dez áreas, com reajuste de R$ 400 para R$ 460 por mês, para 2020. A votação ocorreu na sessão desta terça-feira, 26, em Florianópolis.