Compartilhe


Foto: Divulgação / Imetro 

Com a proximidade de Dia das Crianças, o Instituto de Metrologia (Imetro)  de Santa Catarina alerta sobre a segurança dos presentes. Para saber se um brinquedo atende a todas as normas de qualidade exigidas por lei, ele precisa conter um selo do Inmetro.

A certificação de brinquedos é obrigatória no Brasil. Seja nacional, seja importado, o brinquedo para crianças de até 14 anos deve conter a Identificação da Conformidade.

Para garantir que os brinquedos que estão sendo vendidos em Santa Catarina estejam dentro da legislação, o Imetro vistoriou 14.947 itens em lojas do Norte do Estado, do Oeste e do Planalto Serrano. Com 77 ações das equipes de fiscalização, 60 brinquedos foram reprovados e apreendidos.

A finalidade foi retirar do mercado produtos não conformes com a regulamentação de segurança, que possam causar acidentes de consumo nas crianças, tais como ingestão de peças pequenas, cortes, perfurações e intoxicações. A operação especial de qualidade foi durante os primeiros sete dias de outubro.

“O objetivo do Imetro nesta operação foi conferir mais segurança nos artigos infantis e seus usuários”, destaca o presidente do Imetro de SC, Rudinei Floriano.

FIQUE DE OLHO

- O selo Inmetro é a evidência de que o produto passou por diversos critérios de segurança exigidos pelo regulamento. Ele deve possuir informações como faixa etária, alerta sobre composição e riscos como bordas cortantes e partes pequenas que podem ser engolidas ou inaladas.

- O selo Inmetro assegura que o produto passou por testes feitos em laboratórios acreditados pelo Inmetro para avaliar os principais itens de segurança como: impacto e queda (pontas cortantes e agudas); mordida (partes pequenas que podem ser levadas à boca); composição química (metais nocivos à saúde); inflamabilidade (risco de combustão em contato com o fogo); e ruído (níveis acima dos limites estabelecidos pela legislação).

Além dos brinquedos, o Inmetro regulamenta compulsoriamente diversos itens voltados ao público infantil: cadeirinhas de automóvel, mamadeiras, chupetas, carrinhos de bebê, cadeira alta para alimentação e berços são alguns produtos já certificados, e que só podem ser comercializados com selo de identificação da conformidade.

Mais informações para imprensa:
Olavo Moraes 
Assessoria de Comunicação
Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro)
(48) 3381-5248 / 9-9960-8906
olavo@imetro.sc.gov.br