Compartilhe


Laboratório de Inovação. Fotos: Mauricio Vieira / Secom

O Governo de Santa Catarina se aproxima de startups em busca de mais soluções tecnológicas para dar eficiência à administração pública e agilizar e qualificar serviços para os catarinenses. Na manhã desta segunda-feira, 2, o governador Carlos Moisés lançou o Programa de Inovação Aberta. A iniciativa contará com um Laboratório de Inovação (Nidus) na sede da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), em Florianópolis. No ato, também foi apresentado o EDUtec, um programa para preparar os alunos das escolas públicas para o mundo tecnológico, e o portal unificado de serviços digitais e notícias do Governo do Estado.

"O Governo fortalece a integração à rede de inovação de Santa Catarina. Temos um link para gestar soluções para os problemas dos catarinenses e podemos avançar nas áreas de saúde, educação, segurança pública, infraestrutura. Tudo é possível quando abrimos espaço para a inovação", afirmou Carlos Moisés. "Nós precisamos ser inovadores de fato, facilitar a vida do cidadão e preparar os alunos para esse mundo ", acrescentou o governador.

>> Mais fotos disponíveis na galeria

O Governo do Estado, o Ministério Público de Santa Catarina e o Tribunal de Contas do Estado trabalham na elaboração de um marco regulatório para a contratação de startups de tecnologia. De acordo com o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, a legislação valerá para todos os poderes do Estado. "O que está acontecendo é um esforço conjunto de todo o governo, seguindo sempre os princípios de eficiência, qualidade, agilidade, simplicidade, transparência, integridade e inovação", lembrou Tasca.

A Polícia Militar de Santa Catarina é o primeiro órgão a atuar no Nidus. A expectativa do comandante-geral, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, é que a inserção de tecnologia dentro do dia a dia da instituição melhore os serviços de segurança para a população catarinense. "Teremos acesso ao que há de melhor no Brasil em termos de inovação e tecnologia. Não tenho dúvidas de que daqui sairão as ideias que salvarão vidas e nos ajudarão a proteger", projetou Araújo Gomes.

Qualificação para alunos da rede estadual

No mesmo ato, Carlos Moisés e o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, e do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, lançaram o EDUtec, um programa de qualificação para inovação e tecnologia voltado aos estudantes. A partir de 2020, até 500 vagas em cursos gratuitos serão oferecidas para alunos da rede estadual de ensino.

"Nós precisamos preparar os nossos jovens para este mundo. Viemos trabalhando o ano todo com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável e a Acate, para, em 2020, já oferecer essa qualificação", destacou Uggioni.

Serão 30 vagas por região, em 15 municípios catarinenses que contam com Centros de Inovação do Governo do Estado de Santa Catarina ou com polos de desenvolvimento regional da Acate. As cidades são Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Palhoça, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão.

Dentro da parceria, a associação disponibiliza o seu mapeamento de perfis profissionais mais demandados pelo setor em cada região catarinense, direcionando os temas dos cursos que serão oferecidos nas dependências das escolas estaduais. Os primeiros municípios a receberem o programa servirão como pilotos para a ampliação da parceria, até 2022. As escolas que receberão os cursos serão definidas pela SED até o início do ano letivo de 2020.

Na avaliação do presidente da Acate, Daniel Leipnitz, o Governo do Estado está no caminho certo quanto à aplicação de tecnologias para facilitar os serviços oferecidos aos cidadãos. A criação do Nidus, segundo ele, fortalece esse movimento, assim como a disposição em qualificar a formação dos alunos. "A matéria-prima do futuro será as pessoas, os talentos. Precisamos de uma educação de muita qualidade. Sem isso, não conseguiremos crescer, criar multinacionais catarinenses e produtos de classe mundial", alertou.

Portal unificado de serviços e notícias
A manhã também foi de apresentação da primeira etapa da plataforma digital integrada de serviços e notícias, no portal sc.gov.br. A inovação segue iniciativa semelhante do Governo Federal, com a unificação de tudo o que o cidadão precisa com um mesmo login.

O portal é resultado de uma parceria da Secretaria Executiva de Comunicação (Secom), da Secretaria de Estado da Administração e do Centro de Informática e Automação de SC (Ciasc), com todos os demais órgãos do Governo.

"Esta plataforma será a base para transformação digital de todos os serviços do Governo de Santa Catarina. É um projeto de unificação dos canais digitais do governo estadual. Acima de tudo, é um projeto sobre como a relação do cidadão com o Estado deve ser: simples e focada nas necessidades do usuário de serviços públicos", pontua o secretário executivo de Comunicação, Ricardo Dias.

Atualmente, 110 serviços oferecidos pelo Governo do Estado podem ser realizados de forma online. Eles representam 25% do total. A meta é digitalizar todos os que sejam viáveis até 2022.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC