Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Conheça o Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis de Santa Catarina

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

A partir da próxima segunda-feira, 16, o trânsito na rotatória da BR-280, no acesso com a SC-108, em Guaramirim sentido Jaraguá do Sul, terá  alterações. A preferência de tráfego passará a ser de quem está circulando na rótula. O trecho faz parte do perímetro urbano da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul.

A medida será implementada com o intuito de melhorar o fluxo de veículos e reduzir as filas formadas em horários de pico. Atualmente, a preferência do trânsito na rotatória é de quem trafega no sentido Leste-Oeste da BR-280. 

A mudança no trânsito começou a ser feita no início de agosto, após a autorização para retomada das obras de duplicação, melhoramentos e restauração do trecho estadualizado da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul. Os trabalhos são contemplados pelo programa Novos Rumos, um pacote de intervenções estratégicas do Governo do Estado para melhorar a infraestrutura rodoviária em Santa Catarina.

As sinalizações horizontal e vertical identificarão a alteração no trânsito, que será monitorada pela equipe técnica da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, por meio da Coordenadoria Regional Norte.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com

 
Foto: Arquivo/Casan

O governador Carlos Moisés decretou, na manhã desta segunda-feira, 9, luto oficial de três dias em razão do falecimento do ex-deputado federal e ex-presidente da Casan Walmor de Luca. Ele morreu nesta segunda, em casa, em Florianópolis. 

O corpo será velado na Capela Funerária do cemitério do Itacorubi, em Florianópolis, das 16h até as 22h desta segunda-feira. Depois, o corpo segue para a Câmara de Vereadores de Içara, onde será velado a partir das 8h de terça, 10. As últimas homenagens serão realizadas às 16h, durante a cerimônia de cremação no Crematório Millenium, em Içara.

Natural de Içara e casado com a deputada estadual Ada de Luca, Walmor de Luca foi deputado federal entre 1975 e 1991, secretário de Estado da Saúde em 1989 e 1990, presidente da Telesc de 1993 a 1995, e presidente da Casan entre 2003 e 2011. Ele deixa duas filhas e três netas. No decreto, Moisés faz menção aos "notáveis e relevantes serviços prestados e sua destacada atuação na vida pública catarinense".

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

 


Luiz Felipe Ferreira, controlador-geral do Estado, em auditoria no Hospital Celso Ramos - Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

A Controladoria Geral do Estado (CGE) realizou neste domingo, 8, auditoria nos serviços terceirizados de lavanderia e locação de enxoval em cinco hospitais da Grande Florianópolis. O mesmo trabalho será feito, durante a semana, nos maiores hospitais de Santa Catarina. Os serviços representam, em todo o Estado, cerca de R$ 23 milhões ao ano. 

:: Mais imagens na galeria

“O objetivo dessa verificação é o cumprimento do contrato. Este é um serviço importante para a área da saúde e que demanda um recurso significativo”, disse o controlador-geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira. Neste domingo, os hospitais auditados foram o Hospital Infantil, Maternidade Carmela Dutra, Hospital Celso Ramos, Hospital Regional de São José e Instituto de Cardiologia.

A primeira conferência é feita nas balanças, já que o serviço é pago de acordo com o peso das roupas e enxovais. Além disso, existe uma verificação dos serviços prestados e também no material entregue. “Assim, podemos saber se as empresas estão atendendo os requisitos previstos no contrato. Com esse trabalho, nós garantimos o correto uso do dinheiro público e cumprimento do serviço para população”, disse o controlador.

O trabalho tem o apoio do Instituto de Metrologia do Estado (Imetro), que é o responsável por verificar o correto funcionamento das balanças que pesam o enxoval e roupas. A supervisão de todo o trabalho é feita pelos auditores do Governo do Estado. 

“Em caso de irregularidade, a gente comunica a unidade hospitalar, a empresa contratada e também a Secretaria da Saúde. Dessa forma, eles podem rever o contrato e adaptar o serviço para atender melhor a população e diminuir custos para o Estado”, disse César Fernando Cavalli, auditor interno do poder executivo. 

A Controladoria Geral do Estado é responsável por acompanhar todas as despesa públicas. Isso pode acontecer em hospitais, escolas ou qualquer obra de responsabilidade estadual. 

Segundo o Controlador, esse serviço de auditoria não se limita ao horário comercial.  “O que nós precisamos entender é que o Estado funciona, em algumas ações, 24horas por dia. É impossível um setor de controle atender demandas só em horário comercial. Isso significa que outros trabalhos vão acontecer independente do dia, horário e local”, comentou.

Informações adicionais para imprensa:
Luiz Gustavo Silva
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99609-7077
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 


Foto: Divulgação / CBMSC

Após muito teste, o cão Orion, de Jundiaí (SP) foi o escolhido para ser o novo filhote do soldado do Corpo de Bombeiros Militar de SC (CMBSC), Luciano Rangel, que atua no Batalhão de Lages. O novo filhote, que será treinado para a atuação em ocorrências de busca e resgate, chegou nessa semana à corporação. 

O presidente da Coordenadoria de Busca e Resgate com Cães, tenente coronel Walter Parizotto, explica que não é uma tarefa simples a escolha dos cães.


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural anunciou na sexta-feira, 6, a proibição da retirada, comercialização e consumo de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia, na Ponta do Papagaio, em Palhoça.

Esta é a quarta área de cultivo interditada no Estado - Barra e Laranjeiras, em Balneário Camboriú, e Armação do Itapocorói, em Penha, também seguem com restrições. A medida foi necessária após exames laboratoriais detectarem a presença de ácido ocadaico nos cultivos de moluscos bivalves dessas regiões.

Quando consumida por seres humanos, essa substância pode ocasionar náuseas, dores abdominais, vômitos e diarreia. “Em Santa Catarina o monitoramento dos moluscos é constante e rotineiro. A maré vermelha é um processo natural. Seguiremos atualizando as informações e emitindo alertas até que a situação no litoral catarinense esteja normalizada”, explica o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo de Gouvêa.

Monitoramento constante

Santa Catarina é o maior produtor nacional de moluscos e o único Estado do país que realiza o monitoramento permanente das áreas de cultivo. O Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva, dando garantia e segurança para os produtores e consumidores.

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

Página 14 de 565

Conecte-se