Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Volta às Aulas: ano letivo começa segunda para 600 mil alunos no estado

Volta às Aulas: ano letivo começa segunda para 600 mil alunos

Às vésperas do início das aulas, a Secretaria de Estado de Educação (SED) está trabalhando para elevar a qualidade de ensino ao patamar de países como Cingapura e Finlândia, fazendo de Santa Catarina uma referência na educação pública..

 

Oportunidades

Próximos eventos

Foto: Vitor Fernandes/SCPar Porto de Imbituba

No momento em que Santa Catarina vive em estado de alerta quanto ao aumento dos focos do mosquito da dengue, o Porto de Imbituba intensifica as ações de prevenção ao Aedes aegypti. Pelo quarto ano consecutivo, a administração portuária, chefiada pela estatal SCPar Porto de Imbituba, realiza a campanha “Porto sem Dengue, Zika e Chikungunya”. A iniciativa promove ações para conscientização dos trabalhadores portuários e reforça as vistorias na área do porto. Devido à vigilância contínua, a Autoridade Portuária não registra focos do mosquito desde 2015.

Até abril, a agenda de fiscalização inclui monitoramentos semanais e mensais. Uma vez por semana, a equipe de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da SCPar realiza inspeções em locais considerados favoráveis à proliferação de larvas, como canaletas de drenagem, lixeiras e bueiros. Estes locais também são dedetizados mensalmente. Outros cinco pontos estratégicos do porto contêm larvitrampas (armadilhas) que são vistoriadas semanalmente por agentes da Vigilância Epidemiológica Municipal de Imbituba.

“Uma vez por mês nossa equipe também faz uma varredura na área das arrendatárias, terminais arrendados por empresas privadas, localizados dentro do porto, em conjunto com o técnico de segurança do local”, conta Leonardo Santos, funcionário do porto responsável pelas inspeções.

As ações para prevenir a formação de possíveis criadouros do Aedes aegypti e alertar a respeito dos riscos que o mosquito apresenta para a população também incluem a distribuição de materiais informativos para a comunidade portuária. Cartazes esclarecendo as ações de prevenção realizadas pelo porto e sugerindo cuidados, que podem ser tomados em casa pelos próprios trabalhadores, foram fixados nas portarias e áreas de convivência.

Para os colaboradores da SCPar, foram aplicados planos de fundo nos computadores da empresa e distribuídos flyers informativos. Os funcionários também estão recebendo e-mails periódicos com dicas de prevenção, informações e curiosidades sobre o mosquito, além do cenário atual em Santa Catarina.

“Como atuamos em um espaço com intensa movimentação de veículos, cargas e pessoas de diversos locais, intensificamos o monitoramento para evitar que o porto seja porta de entrada do vetor de doenças como a dengue, a zika e a chikungunya. Caso a situação em Santa Catarina piore, podemos estender o período da campanha”, afirma Leonardo.

Mais informações para a imprensa:
Géssica da Silva
Comunicação Social
SCPar Porto de Imbituba
Fone: (48) 3355-8908
E-mail: gessica.silva@portodeimbituba.com.br
www.portodeimbituba.com.br

Foto: Epagri/Divulgação

A Epagri e a Embrapa Uva e Vinho realizam, no próximo dia 14, o 2º Dia de Campo sobre Viticultura de Qualidade no município de Videira. O objetivo é apresentar aos agricultores e técnicos catarinenses novas tecnologias para o cultivo de videiras, principalmente para uvas de mesa. “Os produtores poderão ver na prática o uso de novas variedades e novos métodos de manejo visando alta qualidade. Será uma oportunidade para trocar ideias com pesquisadores e outros viticultores”, resume o pesquisador André Kulkamp de Souza, da Estação Experimental da Epagri em Videira (EEV). O evento será realizado a partir das 8h30 no viveiro do produtor Renato Viecelli, no distrito de Anta Gorda.

O dia de campo está organizado em quatro estações para que os agricultores vejam na prática as vantagens das novas tecnologias do setor vitícola. Na primeira, que inicia às 9 horas, Roque Antônio Zílio, técnico da Embrapa, vai tratar sobre manejo dos cultivares BRS Vitória, BRS Isis e BRS Núbia. Na sequência, André Kulkamp de Souza apresenta o cultivo da videira sob cobertura plástica com objetivo de reduzir a incidência de doenças e melhorar a qualidade das uvas. “A importância é reduzir o uso de agrotóxicos e diminuir a incidência de doenças como míldio e podridões de cacho”, explica.

Porta-enxertos e nutrição da videira são o tema da terceira estação. O pesquisador João Peterson Gardin, da EEV, vai orientar os participantes sobre manejo da adubação com foco em diagnóstico foliar e do solo. O objetivo é manter os teores ideais de adubação para obter alta produtividade e alta qualidade dos frutos, evitando excesso ou falta de nutrientes para as plantas. Marco Antônio Dalbó, também pesquisador da EEV, vai falar sobre características dos porta-enxertos com foco em resistência ao declínio da videira.

A última estação, comandada pelo engenheiro-agrônomo Daniel Grohs, da Embrapa, vai abordar o padrão sanitário e morfológico de mudas de videira e sua relação com o declínio de parreirais. A programação ainda conta com um depoimento do viveirista Renato Viecelli, que recebe acompanhamento da Epagri e da Embrapa e é referência na viticultura da região. E para encerrar, a Embrapa apresenta seus novos cultivares de uva para mesa e elaboração de vinho.

A primeira edição desse dia de campo foi realizada há dois anos. O evento está sendo repetido por conta do sucesso e da demanda dos produtores da região. “A Epagri sempre teve uma boa parceria com a Embrapa Uva e Vinho, que é a detentora de novas variedades de uva de mesa. Esse dia de campo reforça o vínculo institucional e a parceria em prol do viticultor catarinense”, diz André Kulkamp.

A programação do evento pode ser conferida em http://bit.ly/dcvideira. A participação é gratuita e não há necessidade de inscrição prévia.

SERVIÇO

O quê: 2º Dia de Campo sobre Viticultura de Qualidade
Quando: 14 de fevereiro, às 8h30
Onde: Viveiro Viecceli, distrito de Anta Gorda, Videira (SC)

Mais informações: Epagri - Videira: (49) 3533-5600 / Embrapa Uva e Vinho: (54) 3455-8087 / Viveiro Viecelli: (49) 98817-3151

Programação disponível em: http://bit.ly/dcvideira

Informações para a imprensa:
Gisele Dias, jornalista: (48) 9989-2992 / 3665-5147
Cinthia Freitas, jornalista: (48) 3665-5344
Isabela Schwengber, jornalista: (48) 3665-5407

Foto: Dafnée Canello/SED

Com o retorno das aulas da rede estadual de ensino para aproximadamente 530 mil estudantes em mais de mil unidades nesta segunda-feira, 11, o secretário da Educação Natalino Uggioni optou por visitar escolas da região serrana catarinense. O critério das escolhas foi o baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação (IDEB) e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município.

A primeira, de sete visitas ao longo do dia, foi na EEB Armando Ramos de Carvalho, em Lages, que obteve nota 4.5 nos anos iniciais (1° ao 5° ano) e 3.3 nos anos finais (6° ao 9°), conforme o último resultado divulgado pelo Ministério  da Educação (MEC) em setembro de 2018. Lembrando que a escala é de 0 a 10 com avaliação dos alunos em língua portuguesa e matemática.

O município possui nota 0,770, de acordo com a publicação realizada na mesma época pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. "É evidente que as comunidades mais vulneráveis devem ter programas diferenciados, mas o engajamento da família na escola e o comprometimento dos profissionais devem ser prioridade. Quem não está em sala de aula deve trabalhar para quem está, tanto os alunos como professores, para que o processo de ensino aprendizagem tenham melhores resultados", pontua o secretário.

O Cartão Serviço, nova ferramenta para auxiliar os professores na contratação de serviços de manutenção, é novidade para o diretor Luiz Anderson Antune, que atua há três anos na gestão da escola. "Além de facilitar, esse novo recurso vai adiantar bastante as pequenas pendências", diz o diretor.

O Cartão Serviço foi criado como complementação do que já existe, chamado Cartão de Pagamento do Estado de Santa Catarina, para compra de materiais de serviço, como, por exemplo, latas de tintas, torneiras etc.

Meta 2019

Está no planejamento deste ano criar uma ferramenta de avaliação própria de Santa Catarina para monitorar, diagnosticar e solucionar com mais eficácia os déficits. A ação foi divulgada em coletiva de imprensa na última quinta-feira.

Agenda

Ainda nesta segunda-feira, Natalino acompanhado pelo diretor de Articulação com os Municípios da pasta, Osmar Matiola, visitou a EEB Prof. Jorge Augusto N. Vieira, EEB Otília Ulysséa Ungaretti, em Cerro Negro e na EEB Major Otacílio Couto, em Campo Belo.

Na terça-feira, a visita será na EEB Belisário Ramos, Parque Tecnológico Orion e IFSC, em Lages, além da EEB Martinho de Haro, em São Joaquim e na EEB Padre Antonio Trivelin, em Painel.

Matrículas

Quem ainda não efetuou a matrícula, pode comparecer na escola mais próxima da residência ou do endereço profissional para consultar a disponibilidade de vaga. Caso não haja, a equipe escolar direcionará o interessado à escola mais próxima. Documentos necessários para matrícula: Certidão de Nascimento; Carteira de Identidade; Atestado de Frequência com indicação da etapa/ano em 2018 ou histórico escolar; Comprovante de residência atualizado (até três meses anteriores a matrícula); 1 foto 3x4; Carteira de vacinação, para  os estudantes do Ensino Fundamental e Fotocópia do CPF dos pais ou responsáveis.

Escolas que não iniciarão o ano letivo nesta segunda-feira, 11

Das 1.073 escolas, apenas sete tiveram o início das aulas prorrogadas. Confira abaixo as escolas e os motivos:

RIO FORTUNA - início das aulas dia 12, juntamente com o município devido ao transporte escolar.

EEB Nossa Senhora de Fátima

IMARUÍ - devido ao transporte escolar (em licitação)

EEB Prof Luiz Felix Barreto
EEB Prof Eulina Heleodoro Barreto

JOSÉ BOITEUX - devido ao transporte escolar (em licitação)

EIEF Vanhecu Patte
EIEF Luzia Meiring Nunc Nfoonro
EIEB Laklano

SÃO JOSÉ

EEB Nossa Senhora da Conceição - Roçado (devido ao vendaval da sexta-feira, 1). Início das aulas dia 18/02.

CHAPECÓ

30 escolas - retorno das aulas quarta-feira, 13/02

Informações adicionais à imprensa:
Edinéia Rauta - (48) 3664-0353 / 9980-3136
Dafnée Canello - (48) 3664-0347 / 996826562
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Site: www.sed.sc.gov.br
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação - SED

Foto: Peterson Paul/Secom


O governador Moisés, acompanhado do comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina e atual secretário da Segurança Pública, coronel PM Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, utilizou as redes sociais para anunciar a abertura de concurso com mil vagas para o ingresso na carreira da Polícia Militar e a prorrogação da Operação Veraneio até 11 de março. Os dois pronunciamentos foram feitos do gabinete da residência oficial do governador, em Florianópolis, na tarde desta segunda-feira, 11.

“O ingresso de novos soldados fortalece o efetivo da PM e a nossa Segurança Pública como um todo. Já a manutenção da estrutura mobilizada na Operação Veraneio até o carnaval assegura aos catarinenses e aos visitantes uma melhor condição de logística, proteção e prevenção, justamente em um período em que muitos turistas vêm a Santa Catarina”, anunciou o governador.

Juntas, as duas medidas representam um investimento de mais de R$5,4 milhões do Governo do Estado. O processo para o lançamento do edital do concurso será conduzido pelo departamento jurídico da PM. O coronel Araújo Gomes destacou que as duas ações são fundamentais para o desempenho da atividade policial com foco na redução dos índices de violência no estado. “Tanto é que o nosso trabalho foi muito bem avaliado durante a Operação Veraneio. Reduzimos a criminalidade durante esse período e, agora, estamos garantindo que o turista que ainda está vindo para Santa Catarina encontre mais segurança”, completou Araújo Gomes.

Os resultados da Operação Veraneio e toda a força técnica e operacional dedicada à mobilização também visam alavancar o setor do Turismo, que representa cerca de 13% do PIB catarinense. “Turismo é feito de experiência, se ela for boa, o visitante volta. Nesse aspecto, a segurança é fator decisivo na escolha do visitante, da mesma forma em que o morador local também precisa viver e estar seguro”, enfatizou Moisés.

Operação Veraneio em Santa Catarina

A Operação Veraneio 2018-2019 é uma das maiores mobilizações de prevenção e segurança desenvolvidas no estado e nesta edição ocorre em 61 dos 295 municípios catarinenses. Coordenada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, a Operação reúne polícias Civil, Militar e Rodoviária, Bombeiros, IGP e Detran, as secretarias da Defesa Civil e da Justiça e Cidadania, Exército, Marinha, Aeronáutica, polícias Federal e Rodoviária Federal, bem como as prefeituras abrangidas por meio das guardas municipais.

Cerca de nove mil profissionais de segurança pública e outros mil guarda-vidas contratados contam com cerca de duas mil viaturas, sete helicópteros e três aviões, além de quadriciclos, motonáuticas e embarcações. Devido à forte presença de turistas argentinos durante a temporada de verão em Santa Catarina, policiais e bombeiros do país vizinho também estão integrados. A participação deles foi viabilizada por meio de convênio de cooperação na área de segurança pública entre Santa Catarina e a Província de Missiones (AR).

As corporações também contam forte apoio tecnológico e, de forma inédita nesta Operação, um sistema de inteligência analítica foi adotado pela SSP. A plataforma tecnológica permite acompanhamento em tempo real das ações de segurança em andamento. As autoridades de segurança e o próprio governador têm acesso online ao sistema de informações para acompanhamento permanente via tablet e smartfone. Ainda no âmbito do Governo do Estado, a Casan, a Celesc e a secretaria de Estado da Saúde reforçam suas ações durante a operação.

Francieli Dalpiaz - Secom

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Foto: Michelle Nunes/SEF

Os secretários de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEF), Paulo Eli, e da Administração, Jorge Eduardo Tasca, participaram de painel no evento "101 Dias de Inovação", realizado na última sexta-feira, 8, em Florianópolis. O encontro, promovido pela WeGov – Espaço de Aprendizado em Governo – abordou temas como inovação nos Poderes e o papel da tecnologia nas esferas públicas.

“Nosso desafio é melhorar cada vez mais os serviços que são entregues ao cidadão e a tecnologia é uma grande aliada dos gestores no serviço público”, afirmou o secretário Paulo Eli.

O projeto 101 Dias de Inovação envia conteúdos diários sobre inovação e transformação digital gratuitamente e conta com a participação de diversas instituições públicas de todo o país.

O secretário Jorge Eduardo Tasca participou de um painel sobre o papel da inovação nos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, juntamente com o deputado federal, Rodrigo Coelho, e a juíza federal, Cristiane Conde. O painel contou, ainda, com a palestra do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações (MCTIC), Paulo César de Rezende Carvalho Alvim.

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Fazenda
Michelle Nunes
jornalistaminunes@gmail.com (48) 3665-2575 / (48) 99929-4998
Sarah Goulart
sgoulart@sef.sc.gov.br (48) 3665-2504 / (48) 99992-2089

Página 10 de 389

Conecte-se