Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Volta às Aulas: ano letivo começa segunda para 600 mil alunos no estado

Volta às Aulas: ano letivo começa segunda para 600 mil alunos

Às vésperas do início das aulas, a Secretaria de Estado de Educação (SED) está trabalhando para elevar a qualidade de ensino ao patamar de países como Cingapura e Finlândia, fazendo de Santa Catarina uma referência na educação pública..

 

Oportunidades

Próximos eventos

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Os serviços de assistência social em Biguaçu ganharam um reforço nesta quinta-feira, 14. Um novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) foi inaugurado no município, dobrando a capacidade de atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social. A previsão é que até mil pessoas possam ser atendidas no local, que tem por objetivo prestar um atendimento preventivo às comunidades em situação de vulnerabilidade social.

O Governo do Estado investiu quase R$ 325 mil na construção. No local, trabalharão um coordenador, duas equipes de assistente social e psicólogo, dois atendentes da criança e adolescente, dois recepcionistas, profissional de serviços gerais e merendeira. Segundo o prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger, o segundo CRAS ajudará a descentralizar os serviços, hoje concentrados na unidade do bairro Praia João Rosa. "A função do CRAS é muito importante, que é fazer com que a comunidade realmente se sinta assistida pelo poder público", enalteceu o prefeito.

A inauguração teve a presença do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés. "É uma obra que vem para atender as pessoas que mais precisam, tudo em um local digno, que oferece a condição de o Estado estar presente na vida desses cidadãos para tirá-los da condição de vulnerabilidade social", resumiu o governador. O secretário de Estado da Defesa Civil, Douglas Borba, radicado em Biguaçu, também compareceu ao ato.

A edificação fica na rua Prefeito Paulo Frederico Alves Wildner, bairro Universitário. São 150 metros quadrados, com espaço de convivência, sala para atendimentos, recepção e sala técnica para os profissionais.

O novo CRAS leva o nome do escritor e membro da Academia de Letras de Biguaçu, Orival Prazeres, falecido em setembro do ano passado. A família de “Seu Vá”, como era conhecido, compareceu à inauguração e foi homenageada.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A Diretoria de Vigilância Sanitária de Santa Catarina (DIVS) informa que a empresa BRF S.A., unidade de Dourados/MS, comunicou o recolhimento voluntário de cinco tipos de cortes da marca Perdigão em 23 lotes de produtos pela suspeita de contaminação por Salmonella enteritidis. Cortes de coxas e sobrecoxas sem osso, meio peito sem osso e sem pele, filezinhos de frango, filé de peito e coração estão entre os itens recolhidos.

O problema foi identificado pelo controle de qualidade da própria empresa, que fez o comunicado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

A Anvisa publicou nesta quinta-feira, 14, a RESOLUÇÃO Nº 389, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2019 (DOU de 14/02/2019) que proíbe a distribuição e comercialização, em todo o território nacional, dos lotes dos produtos listados abaixo:

Sintomas apresentados pela contaminação da bactéria Salmonella enteritidis:

Uma pessoa que se infecta com a bactéria pode apresentar febre, cólicas abdominais e episódios de diarreia em um prazo de 12 a 72 horas após o consumo do alimento contaminado. A doença dura de 4 a 7 dias e muitos pacientes se recuperam sem a necessidade de tomar antibióticos. Entretanto, quando a diarreia é severa, a hospitalização e uso de antibióticos podem ser necessários.

Crianças, gestantes, idosos e imunocomprometidos podem apresentar formas graves da doença, com infecção que pode passar do intestino para a corrente sanguínea ou para outros órgãos do corpo, podendo causar óbito se não tratada prontamente.

DIVS orienta a população sobre como proceder em caso de contaminação por bactérias em alimentos

A Diretoria de Vigilância Sanitária (DIVS/SES) orienta os consumidores a não consumirem os produtos dos lotes citados caso possuam em casa. Pessoas que estão com sintomas devem procurar imediatamente ajuda médica.

A bactéria Salmonella enteritidis é eliminada quando o alimento é cozido, frito ou assado corretamente. Por isso, é importante o cuidado com o cozimento correto da carne de frango.

Orientação aos distribuidores e comerciantes:

A DIVS também orienta os distribuidores e comerciantes a retirar das gôndolas os produtos listados acima a fim de evitar o comércio e entrem em contato com a BRF (SIF 18) para o recolhimento dos itens.

Informações adicionais à imprensa:
Emmanuelli Padilha
Coordenadora do Núcleo de Comunicação da DIVS/SC
Fone  (48) 3251 7931

Foto: Peterson Paul/Secom

A cooperação e a parceria comercial entre Santa Catarina e a Alemanha estiveram na pauta de uma reunião na tarde desta quarta-feira, 13, entre o governador Carlos Moisés, o embaixador da Alemanha, Georg Witschel, e o cônsul-geral do país em Porto Alegre, Thomas Schmitt. O encontro ocorreu na Casa d’Agronômica.

“A conversa foi boa. Apresentamos as mudanças importantes que estamos implantando na gestão do Estado, como o enxugamento da máquina pública e a prioridade para a infraestrutura que vai nos permitir criar um ambiente melhor para o investidor”, avaliou Moisés.

Durante o encontro, o governador lembrou que Santa Catarina é um estado com profunda ligação com o país europeu, cujas tradições foram trazidas por colonizadores e preservadas até hoje. Por causa desse vínculo, Moisés reforçou a importância do ensino da língua alemã.

No ano passado, a Alemanha foi o país europeu com relação comercial mais forte com Santa Catarina, em valores movimentados. As importações e exportações entre o estado e a Alemanha somaram quase US$ 1,1 bilhão em 2018, conforme dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Carlos Moisés recebeu, na tarde desta quinta-feira, 14, as visitas da consulesa-geral dos Estados Unidos, Julia Harlan, e do cônsul-geral do Uruguai, Daniel Julio Botta. Nas duas reuniões, foram discutidas possibilidades de projetos em conjunto. O secretário de Relações Internacionais, Derian Campos, participou dos encontros.

A representante dos EUA e o chefe do Executivo de Santa Catarina trataram principalmente de assuntos ligados à educação.

"A fluência na língua inglesa é muito importante hoje. Seria excelente se pudermos trabalhar isso com mais qualidade, quem sabe até com americanos nativos lecionando aqui. Seria importante fazer essa experiência, mesmo que temporária", afirmou o governador.

A consulesa-geral se mostrou disponível para discutir o assunto e apresentou projetos já mantidos pelos EUA no Brasil. Julia Harlan destacou a importância de Santa Catarina no processo de aproximação entre os dois países. "Tecnologia, inovação e educação são pilares muito importantes para nós e temos muito a trabalhar com o governo para desenvolver novos projetos em Santa Catarina", considerou a consulesa-geral.

Infraestrutura para fomentar o turismo

O governador também destacou que existe potencial para aumentar o fluxo de turistas norte-americanos no estado. Segundo ele, concentrar investimentos em infraestrutura será fundamental para melhorar a experiência dos turistas estrangeiros em terras catarinenses.

A consulesa-geral veio acompanhada do cônsul para Relações Públicas, John Jacobs.

Intercâmbio turístico com o Uruguai

Logo depois do encontro com a consulesa americana, o governador recebeu o cônsul-geral do Uruguai, com quem tratou principalmente sobre intercâmbio turístico entre Santa Catarina e o país vizinho. "Nós podemos fortalecer muito esse laço", projetou o governador, lembrando que o acesso rodoviário entre os dois países é de boa qualidade.

O cônsul-geral demonstrou interesse em desenvolver ações conjuntas para aumentar o fluxo de visitantes entre Santa Catarina e o Uruguai e vice-versa. Botta lembrou que a parceria entre o país vizinho e o estado catarinense também costuma ser positivo nas relações comerciais. "O Uruguai compra muitos produtos de Santa Catarina", comentou.

As exportações catarinenses para o Uruguai no ano passado somaram mais de US$ 156 milhões, com uma gama de produtos bastante variada, segundo dados do Ministério da Economia. A carne suína, item mais exportado, corresponde a aproximadamente 10% desse total. Por outro lado, o estado importou quase US$ 174 milhões em produtos uruguaios.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Estudantes do ensino médio e superior que buscam oportunidade no mercado de trabalho já podem se inscrever no programa de estágio Novos Valores 2019. Para participar do processo, o aluno deve ter no mínimo 16 anos e a instituição que estuda estar cadastrada na Secretaria de Estado da Educação (SED). O edital foi publicado no Diário Oficial nesta quarta-feira, 13.

Página 7 de 389

Conecte-se