Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Vigas de metal retiradas da Hercílio Luz serão usadas na construção de outras pontes

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O programa Juro Zero e a chegada do navio Cap San Juan, com 331 metros de comprimento, ao Porto de Imbituba, no Sul do Estado, foram os destaques do programa Com a Palavra, o governador dessa semana. O governador Raimundo Colombo falou que as duas ações representam importantes oportunidades de crescimento econômico, competitividade e geração de renda para o Estado.

“Santa Catarina trabalhou e se preparou muito para este momento, e, agora, definitivamente, estamos na rota das grandes embarcações com destino aos maiores mercados comerciais do mundo”, disse Colombo. A cada semana um navio chegará a Imbituba dentro da nova linha comercial. Serão 13 navios se revezando na nova linha, saindo de Busan, na Coreia do Sul, e passando por países como China, Singapura, Malásia, Argentina e Uruguai, além do Brasil, antes de retornar para Coreia do Sul. O governador salientou que a nova linha traz competitividade e passa a ser uma alternativa importante pra quem importa e exporta.

Sobre o programa Juro Zero, Colombo explicou que, diferente dos grandes empresários, o pequeno e micro empreendedor muitas vezes têm dificuldades de acessar linhas de financiamento e sofrem com processos burocráticos. “Com esse programa, o Estado paga o juro e dá a esse pequeno empresário uma ajuda importante de desenvolver seu negócio, se tornar competitivo e contribuir com a geração de renda e emprego no Estado”, observou Colombo, ao acrescentar que não se trata de uma obra física, mas de uma ação de governo fundamental para o desenvolvimento econômico e social.

Desde 2011, o programa Juro Zero já distribuiu cerca de R$ 200 milhões em empréstimos para aproximadamente 77 mil pequenos empresários em todo o Estado. O Juro Zero disponibiliza até R$ 3 mil em linha de crédito para MEIs formalizados com receita anual inferior a R$ 60 mil. Este valor pode ser parcelado em até oito prestações. Se as sete primeiras forem pagas em dia, a última, que corresponde aos juros, é quitada pelo Governo do Estado.

Veja a íntegra da entrevista nos canais oficiais do Governo do Estado no Vimeo e no Youtube. O áudio do programa pode ser acessado na Rádio Secom.


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo esteve em Mafra, no Planalto Norte catarinense, nesta sexta-feira, 8, dia que o município recebe simbolicamente o título de Capital do Estado, em função do aniversário de 100 anos. Colombo participou da inauguração do monumento construído para marcar o centenário de Mafra e, na Praça Ferroviário Miguel Bielecki, participou da abertura oficial da festa do centenário.

"É uma data que merece ser reconhecida e comemorada com a responsabilidade de olhar para o futuro e construir um cenário de desenvolvimento, de progresso e de qualidade de vida, para as gerações que vão escrever a história dos próximos 100 anos", disse Colombo, em seu discurso na abertura da Festa do Centenário Mafrense.


Foto: Paulo Monauar/ADR Chapecó

Com coreografias, música e apresentações, cerca de 2,3 mil alunos da rede estadual de ensino de Chapecó participaram do Desfile Cívico no município, na manhã desta quinta-feira, 7, dia em que o Brasil comemora 195 anos de independência.  

A Gerência Regional da Educação da Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó, por meio das escolas de abrangência, prestou homenagem aos 100 anos de emancipação político-administrativa de Chapecó ao mostrar na avenida a história, o presente e as perspectivas de futuro. Segundo a coordenadora do Desfile Cívico da Rede Estadual, Eliane Dal Berto, as expectativas foram superadas. “A alegria e entusiasmo tomaram conta da avenida. As escolas e os alunos abraçaram a proposta”, destaca.

Com montagem de quebra-cabeça, surgiram na avenida as bandeiras do Estado e do município. A memória dos primeiros habitantes foi lembrada com a representação dos povos indígenas presentes na região antes da colonização e com a chegada das companhias colonizadoras simbolizadas pelo desbravador. A estudante Tayana Miotto, da EEB Luiza Santin, estava na ala que representava a formação do município. “Estudamos este tema na escola e estamos representando a presença dos índios no início da nossa história”, destaca.

O desenvolvimento de Chapecó foi ilustrado pela força do trabalho com cooperativismo, profissões e competitividade exemplificada pelos cursos do Centro de Educação Profissional (Cedup). O esporte também ganhou a Avenida Getúlio Vargas com a lembrança de 1975, ano em Chapecó sediou pela primeira vez os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Com a palavra-chave “Reconstrução”, as escolas prestaram uma homenagem à Associação Chapecoense de Futebol.

A secretária da Agência de Desenvolvimento Regional Chapecó, Astrit Savaris Tozzo, acompanhou o desfile. “A participação do público foi espetacular. O povo chapecoense está mais envolvido, valorizando a educação e civismo na comemoração dos 100 anos do município”, afirma. A professora aposentada Maria Salete Ramos acompanhou atentamente do desfile. “Foi muito bonito, bem organizado. Há fé e esperança no futuro”, enfatiza.

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco


Foto: Janaina Guliato/Detran SC

A Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC concluiu nesta quarta-feira, 6 de setembro, em Caçador, a 11ª edição do processo de prensagem de veículos com restrições judiciais. Os 384 itens inservíveis entre carros, motos e motores após compactados geraram 197 toneladas de material ferroso que serão reciclados e reutilizados como matéria prima na indústria siderúrgica. Uma solução ecologicamente correta para esses veículos que estavam abandonados há anos, constituindo-se uma ameaça ao meio ambiente e à sociedade, e que agora seguem no caminho da sustentabilidade.

Os veículos, já sem combustível; óleo do motor; extintor de incêndio; bateria e cilindro de gás natural, retirados no processo de descontaminação, foram colocados, individualmente, na prensa, que em segundos se transformou em um pacote, com cerca de 800 quilos, colocados em caminhões e transportados até a empresa que fará a trituração e a separação do material ferroso, que será então encaminhado à reciclagem.

No procedimento, denominado Logística Reversa Veicular, a sucata de aço é 100% reaproveitável. Além deste, também são reciclados borracha, alumínio, cobre e plásticos.

Segundo o engenheiro ambiental, Jonver Bonini, para cada tonelada de aço reciclado, há uma economia de 1.140 quilos de minério de ferro e uma redução no consumo de 154 quilos de carvão e 18 quilos de cal. “A vida útil de um automóvel está estimada entre 10 e 20 anos, após esse período o caminho mais correto é a reciclagem. A implantação do sistema de logística reversa é mais um elemento rumo ao desenvolvimento sustentável do planeta, pois possibilita a reutilização e redução no consumo de matérias-primas”, frisa Bonini.

O projeto executado pela Comissão Estadual de Leilão, com a parceria do poder judiciário e Ministério Público do município, somente este ano, compactou 1.168 veículos, totalizando 227 toneladas de material a ser reciclado. Desde o início dos trabalhos, no segundo semestre de 2015, foram 2.196 itens prensados, num total de 865,6 toneladas. A meta para 2017 é alcançar a marca dos 3 mil veículos.

Integrante da Comissão de Leilão e coordenador dos ferrosos, o delegado Adalberto Safanelli ressalta que a situação nos pátios de todo o Estado é preocupante, a maioria dos veículos encontram-se totalmente destruídos, causando problemas de saúde pública e ao meio ambiente, dentre outros fatores sociais e econômicos.

“Com essa medida conseguimos liberar espaço no pátio, para que sejam realocados os veículos que estão em áreas públicas, além de evitarmos a contaminação do solo e a proliferação de doenças. Agradecemos a credibilidade do magistrado de Caçador, Rodrigo Dadalt que deu início a essa ação através da provocação, e que resultou no êxito dos trabalhos, que é favorável a toda a sociedade. Queremos levar essa operação para as demais regiões do estado”, frisou Safanelli.

Mais informações:
Janaina Guliato
Comissão Estadual de Leilão
Detran/SC
E-mail: janainaguliato@detran.sc.gov.br


Fotos: James Tavares / Secom

O desfile cívico-militar de 7 de setembro, que marca a comemoração dos 195 anos da Proclamação da Independência do Brasil, foi acompanhado na manhã desta quinta-feira pelo governador Raimundo Colombo. O evento foi realizado na passarela Nego Quirido, em Florianópolis, e contou com a participação de cerca de oito mil pessoas, conforme informações da Polícia Militar. O evento é organizado por uma parceria entre Governo do Estado, prefeitura, liga da Defesa Nacional, 14ª Brigada de Infantaria Motorizada e demais organizações militares.

“O 7 de setembro representa o espírito de patriotismo, de amor ao nosso país. O Brasil dentro da sua independência passou momentos de grande harmonia e momentos desafiadores, crescemos em todos eles. Às vezes quando somos desafiados damos uma resposta ainda melhor. O nosso país está passando por uma fase de profundas mudanças e transformações. E eu não tenho dúvida que vamos sair deste momento como um país melhor, mais consciente e mais preparado para construir o futuro”, disse o governador.

Página 443 de 557

Conecte-se