Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Conheça o novo RG disponível em Santa Catarina

Oportunidades

Próximos eventos

Foto: Dafnée Canello/SED

Com o retorno das aulas da rede estadual de ensino para aproximadamente 530 mil estudantes em mais de mil unidades nesta segunda-feira, 11, o secretário da Educação Natalino Uggioni optou por visitar escolas da região serrana catarinense. O critério das escolhas foi o baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação (IDEB) e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município.

A primeira, de sete visitas ao longo do dia, foi na EEB Armando Ramos de Carvalho, em Lages, que obteve nota 4.5 nos anos iniciais (1° ao 5° ano) e 3.3 nos anos finais (6° ao 9°), conforme o último resultado divulgado pelo Ministério  da Educação (MEC) em setembro de 2018. Lembrando que a escala é de 0 a 10 com avaliação dos alunos em língua portuguesa e matemática.

O município possui nota 0,770, de acordo com a publicação realizada na mesma época pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. "É evidente que as comunidades mais vulneráveis devem ter programas diferenciados, mas o engajamento da família na escola e o comprometimento dos profissionais devem ser prioridade. Quem não está em sala de aula deve trabalhar para quem está, tanto os alunos como professores, para que o processo de ensino aprendizagem tenham melhores resultados", pontua o secretário.

O Cartão Serviço, nova ferramenta para auxiliar os professores na contratação de serviços de manutenção, é novidade para o diretor Luiz Anderson Antune, que atua há três anos na gestão da escola. "Além de facilitar, esse novo recurso vai adiantar bastante as pequenas pendências", diz o diretor.

O Cartão Serviço foi criado como complementação do que já existe, chamado Cartão de Pagamento do Estado de Santa Catarina, para compra de materiais de serviço, como, por exemplo, latas de tintas, torneiras etc.

Meta 2019

Está no planejamento deste ano criar uma ferramenta de avaliação própria de Santa Catarina para monitorar, diagnosticar e solucionar com mais eficácia os déficits. A ação foi divulgada em coletiva de imprensa na última quinta-feira.

Agenda

Ainda nesta segunda-feira, Natalino acompanhado pelo diretor de Articulação com os Municípios da pasta, Osmar Matiola, visitou a EEB Prof. Jorge Augusto N. Vieira, EEB Otília Ulysséa Ungaretti, em Cerro Negro e na EEB Major Otacílio Couto, em Campo Belo.

Na terça-feira, a visita será na EEB Belisário Ramos, Parque Tecnológico Orion e IFSC, em Lages, além da EEB Martinho de Haro, em São Joaquim e na EEB Padre Antonio Trivelin, em Painel.

Matrículas

Quem ainda não efetuou a matrícula, pode comparecer na escola mais próxima da residência ou do endereço profissional para consultar a disponibilidade de vaga. Caso não haja, a equipe escolar direcionará o interessado à escola mais próxima. Documentos necessários para matrícula: Certidão de Nascimento; Carteira de Identidade; Atestado de Frequência com indicação da etapa/ano em 2018 ou histórico escolar; Comprovante de residência atualizado (até três meses anteriores a matrícula); 1 foto 3x4; Carteira de vacinação, para  os estudantes do Ensino Fundamental e Fotocópia do CPF dos pais ou responsáveis.

Escolas que não iniciarão o ano letivo nesta segunda-feira, 11

Das 1.073 escolas, apenas sete tiveram o início das aulas prorrogadas. Confira abaixo as escolas e os motivos:

RIO FORTUNA - início das aulas dia 12, juntamente com o município devido ao transporte escolar.

EEB Nossa Senhora de Fátima

IMARUÍ - devido ao transporte escolar (em licitação)

EEB Prof Luiz Felix Barreto
EEB Prof Eulina Heleodoro Barreto

JOSÉ BOITEUX - devido ao transporte escolar (em licitação)

EIEF Vanhecu Patte
EIEF Luzia Meiring Nunc Nfoonro
EIEB Laklano

SÃO JOSÉ

EEB Nossa Senhora da Conceição - Roçado (devido ao vendaval da sexta-feira, 1). Início das aulas dia 18/02.

CHAPECÓ

30 escolas - retorno das aulas quarta-feira, 13/02

Informações adicionais à imprensa:
Edinéia Rauta - (48) 3664-0353 / 9980-3136
Dafnée Canello - (48) 3664-0347 / 996826562
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Site: www.sed.sc.gov.br
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação - SED

Foto: Michelle Nunes/SEF

Os secretários de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEF), Paulo Eli, e da Administração, Jorge Eduardo Tasca, participaram de painel no evento "101 Dias de Inovação", realizado na última sexta-feira, 8, em Florianópolis. O encontro, promovido pela WeGov – Espaço de Aprendizado em Governo – abordou temas como inovação nos Poderes e o papel da tecnologia nas esferas públicas.

“Nosso desafio é melhorar cada vez mais os serviços que são entregues ao cidadão e a tecnologia é uma grande aliada dos gestores no serviço público”, afirmou o secretário Paulo Eli.

O projeto 101 Dias de Inovação envia conteúdos diários sobre inovação e transformação digital gratuitamente e conta com a participação de diversas instituições públicas de todo o país.

O secretário Jorge Eduardo Tasca participou de um painel sobre o papel da inovação nos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, juntamente com o deputado federal, Rodrigo Coelho, e a juíza federal, Cristiane Conde. O painel contou, ainda, com a palestra do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações (MCTIC), Paulo César de Rezende Carvalho Alvim.

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Fazenda
Michelle Nunes
jornalistaminunes@gmail.com (48) 3665-2575 / (48) 99929-4998
Sarah Goulart
sgoulart@sef.sc.gov.br (48) 3665-2504 / (48) 99992-2089


Foto: James Tavares/Secom

Céu encoberto, pancadas de chuva e trovoada, com risco de temporal com ventos fortes e granizo, devem marcar o início desta semana no Estado, aponta a previsão do tempo da Epagri/Ciram. A condição se dá devido a uma massa de ar quente e aproximação de uma frente fria. Nesta segunda-feira, 11, a temperatura segue alta com máximas próximas aos 35°C na maioria das regiões. O vento sopra de nordeste a noroeste, moderado com rajadas intensas.

Na terça-feira e quarta-feira, o tempo segue com céu encoberto com chuva e risco de temporal isolado. Já o calor diminui um pouco, especialmente nas áreas que fazem divisa com o Rio Grande do Sul. O vento sopra de sudeste, fraco a moderado.

Para quinta-feira, a previsão é de muitas nuvens e chuva no decorrer do dia no Oeste, Meio-Oeste e Planalto Norte. Nas outras regiões, nuvens que alternam com períodos de sol e chuva entre a tarde e à noite. Temperatura amena para a época do ano.

E a semana deve terminar com muitas nuvens e chuva no decorrer do dia no Litoral. Nas outras regiões, nuvens que alternam com períodos de sol e chuva isolada. A temperatura segue amena na sexta-feira.

Tendência de 16 a 25 de fevereiro

Entre os dias 16 e 17/02, chuva mais frequente no Litoral, mantendo uma temperatura mais amena em Santa Catarina. No restante do período, temperatura mais elevada no Estado, com predomínio de tempo seco e chuva mal distribuída no Oeste. As chuvas ocorrem principalmente no Litoral, por influência da circulação marítima.

RECOMENDAÇÕES DA DEFESA CIVIL

Calor Extremo: Procure manter os ambientes com temperaturas menores que 32 graus, especialmente naqueles com idosos ou com condições crônicas de saúde, tome banho frio, minimize exposições diretas ao sol, mantenha-se hidratado, bebendo água regularmente e outros líquidos não alcoólicos. Coma alimentos leves, frescos e de fácil digestão, tais como frutas e saladas. Vista roupas folgadas e de cores mais claras. Tenha cuidados especiais com mais idosos, doentes ou pessoas frágeis que podem precisar de ajuda para responder ao calor.

Tempestades: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!

Alagamentos/inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Enxurradas: Não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales, pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. Este tipo de evento adverso apresenta grande poder destrutivo, podendo arrastar veículos, pessoas, animais e mobílias por vários quilômetros. A força das águas pode ainda provocar o rolamento de blocos de pedras, arrancar árvores, destruir edificações e causar deslizamentos de terra nas margens.

Para receber alertas da Defesa Civil no seu celular, envie o CEP por mensagem SMS para o número 40199.

Acompanhe a atualização dos avisos meteorológicos diários e de curto prazo (de 1 até 3 h de antecedência), na página da EpagriDefesa Civil e nas redes sociais.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, telefone de emergência 199, Corpo de Bombeiros 193 ou Polícia Militar 190.

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006


Foto: PM/Divulgação

A Primeira Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) decidiu, na semana passada, levar para análise do Grupo de Câmaras tese da Procuradoria Geral do Estado (PGE) de que o questionário de investigação social, conhecido como QIS, aplicado em concursos públicos para as carreiras militares estaduais, não se confunde com certidão de antecedentes criminais.

De acordo com a procuradora do Estado Edith Gondin, os desembargadores suscitaram um incidente de resolução de demandas repetitivas (IRDR) para que o Grupo de Câmaras pacifique o entendimento. O incidente serve para resolver a mesma questão de direito apontada em diferentes processos judiciais e, assim, julgar de modo igual as ações repetitivas. Até então, o TJSC vinha se manifestando no sentido de considerar inválida a inclusão no QIS de qualquer condenação criminal do candidato que não tivesse transitado em julgado.

“O Estado entende que o QIS serve para verificar a compatibilidade moral e social do candidato para o exercício do cargo na Segurança Pública. Não havendo ilegalidade no processo, o QIS deve ser considerado válido para decisão do Poder Executivo relativa ao concurso, pois é uma investigação que visa prevenir o ingresso de candidatos que não carregam, ao menos naquele momento, compatibilidade para ingressar na carreira militar devido a intensas impugnações sobre a lisura de suas condutas frente às leis brasileiras”, explica Edith.

A procuradora do Estado ressalta que o QIS não se confunde com certidão de antecedentes criminais. “O QIS não deve se ater à análise de processos penais, mas à interação social do candidato que pode ser expressada não só pelo ajuizamento de ação penal, mas também por meio de boletim de ocorrência, denúncias formais, queixas, termo circunstanciado e ouvida de testemunhas nos locais de trabalho anterior do candidato, por exemplo”, pondera Edith.

Ainda não há previsão para o julgamento da suscitação do IRDR pelo Grupo de Câmaras do TJSC. Se for admitido, o IRDR tem como consequência a suspensão de todos os processos ainda pendentes que tratam do mesmo assunto. Após o julgamento do IRDR, a tese firmada pelo TJSC será aplicada aos processos em andamento e também às futuras ações que possam ser ajuizadas para discutir o mesmo tema.

Apelação 0303502-29.2018.8.24.0023


Informações adicionais:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Procuradoria Geral do Estado de Santa Catarina
comunicacao@pge.sc.gov.br
(48) 3664-7650 / 99131-5941 / 98843-2430

 

Página 208 de 586

Conecte-se