Foto: Maurício Vieira/Secom

Com a presença do governador Eduardo Pinho Moreira e do secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, foi inaugurada a reforma e ampliação do Hospital Materno Infantil Santa Catarina, na manhã deste sábado, 1 de dezembro, em Criciúma. Trata-se de uma conquista esperada há mais de 20 anos pela comunidade do Sul, que agora conta com maternidade e hospital infantil no mesmo espaço. O investimento total passa dos R$ 5 milhões, sendo R$ 3,6 milhões provenientes do governo do Estado.

Nessa nova fase, a unidade passará a contar com 109 leitos, mais do que o dobro dos atuais 39. O Estado também assume o custeio do hospital, com repasses mensais de R$ 3,2 milhões, ajudando a desafogar o caixa da prefeitura de Criciúma.

Durante o ato de inauguração da nova ala, o governador Eduardo Pinho Moreira relembrou que atuou como médico na unidade há mais de 30 anos e que a entrega da ampliação representa um serviço importante para toda a região Sul.

“Essa foi uma conquista coletiva. Teve a ideia lá atrás e agora se concretiza porque houve a união do município, do Estado, das forças comunitárias e de todo mundo que defende a saúde pública de qualidade”, afirmou Moreira.

O governador ainda ressaltou que o hospital Santa Catarina passa a ser um referência no atendimento de gestantes de alto risco no Sul do Estado, o que contribui para que se aprofunde o processo de regionalização da saúde, com o objetivo de reduzir deslocamentos para que as pessoas sejam atendidas mais perto de seus domicílios.

O secretário Acélio Casagrande, que estava de aniversário no sábado, também ressaltou o trabalho coletivo que possibilitou a entrega do espaço. Em sua avaliação, a nova ala permitirá salvar vidas.

“É um sonho realizado, uma ação necessária dentro do processo de regionalização. Estamos trabalhando forte para levar os serviços onde existem vazios. Há 21 anos, quando a prefeitura adquiriu esse hospital, a sua concepção era de ser um hospital materno infantil e agora isso acontece. Vamos trabalhar de maneira forte com as cirurgias e salvar muitas vidas”, disse Casagrande.

Diretor da unidade, o médico Leon Iotti ajudou até mesmo na limpeza nos últimos dias para que a inauguração fosse possível. Ele diz que, como pediatra, sente o fechamento de um ciclo.

“Nós tínhamos nascimentos críticos, separando mãe e filho. A partir desse momento, com a inauguração da maternidade e a ampliação das unidades neonatais, isso não ocorrerá mais. Essa é a principal conquista”, diz Iotti.

O prefeito Clesio Salvaro ressaltou a parceria com o governo do Estado e disse que a vontade política do governador foi essencial para a conclusão dos trabalhos.

“Isso é um projeto de Estado, não de governo. A partir de agora, esse hospital passa a ser de fato materno, porque a maternidade não era aqui. É um hospital público para toda a macrorregião, e Criciúma tinha que ser protagonista”, afirmou Salvaro.

Como ficará a unidade

A partir de agora, o Hospital Materno Infantil Santa Catarina passa a contar com Clínica da Mulher, banco de leite e agência transfusional. O Banco de Olhos da Região Sul também faz parte da estrutura e já está em funcionamento, anexo ao hospital.

Com a ampliação, a unidade passa a ter 109 leitos, incluindo 25 na maternidade (alojamento conjunto para a mãe e bebê), três na UTI Pediátrica e 13 para UTI Neonatal.

A partir de agora, hospital funcionará como uma maternidade de alto risco, além de manter o pronto atendimento.

O hospital é gerido pelo Instituto Desenvolvimento Ensino e Assistência à Saúde (Ideas), qualificado como Organização Social em Criciúma.

Informações adicionais para a imprensa

Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

O professor Marcos Antonio dos Santos, do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) de Criciúma, conquistou o XIX Prêmio Arte na Escola Cidadã, na categoria Educação de Jovens e Adultos, com o projeto “Autorretratos: tecendo histórias e memórias nas aulas de Artes da Educação de Adultos". Ele irá receber R$ 10 mil de premiação, e o CEJA receberá um computador e uma câmera fotográfica. A cerimônia será na próxima quarta-feira, 28, às 19h, no Teatro do Museu Brasileiro da Escultura (MUBE), em São Paulo.

O Prêmio Arte na Escola Cidadã é organizado pelo Instituto Arte na Escola. É o maior prêmio de arte-educação do Brasil, voltado exclusivamente para professores. Para identificar projetos transformadores no ensino, o Prêmio faz um mapeamento de trabalhos desenvolvidos em escolas das cinco regiões do país.

“O projeto ‘Autorretrato, tecendo histórias e memórias na Educação de Jovens e Adultos’ foi um percurso nas relações do eu e do outro, do autoconhecimento a elaboração de conhecimentos e experiências com a arte e a cultura”, explicou o professor, que atribui a conquista ao estudo e à dedicação diária nas salas de aula. “Sinto-me muito feliz por uma experiência tão significativa com os estudantes do CEJA ter sido escolhida em uma premiação expressiva. Discutir Direitos Humanos e abordar o território da identidade com meus estudantes em linguagens e materialidades tão distintas, propiciou criações nas quais a autoria, a pesquisa e o envolvimento teceram uma história linda em sala de aula”, destacou o professor.

Tanto os professores vencedores quanto suas escolas receberão certificado de premiação e troféu exclusivo criado pela artista Ester Grinspum. Além disso, ganharão livros e materiais de Arte e Educação. As escolas também receberão publicações para serem disponibilizadas na biblioteca. Serão realizados cinco documentários sobre os projetos vencedores. As filmagens serão feitas nas escolas onde aconteceram os projetos.

Participaram do concurso docentes ou equipes de professores que desenvolveram projetos em Artes Visuais, Dança, Música e/ou Teatro, realizados nos anos de 2016, 2017 e/ou concluídos até maio de 2018, em escolas de ensino regular, públicas ou particulares, de todo o território nacional. Hoje o Brasil tem mais de 500 mil professores lecionando Artes na Educação Básica. O prêmio tem a missão de incentivar esses pofissionais, reconhecendo e dando visibilidade para projetos que guardam em si a potência de transformar alunos, cidadãos e comunidades.

Breve Currículo Professor Marcos

Marcos Antônio dos Santos é professor de Artes na Educação Básica, pós-graduando em Poéticas Visuais UNESC. Participante do grupo de estudos do Polo Arte na Escola, cursando o Aprendendo com Arte (curso do Instituto Arte na Escola), professor supervisor no PIBID de Artes Visuais UNESC na Rede Municipal de Criciúma, atuante nos projetos Boi de Mamão UNESC e nas Escolas Ludovico Coccolo e Julieta Torres Gonçalves.

A nova sede da Procuradoria Regional de Criciúma foi inaugurada nesta quarta-feira, 21. O local de 410 metros quadrados ocupa um andar inteiro num edifício no centro da cidade e conta com 11 salas: cinco para os procuradores do Estado; duas, para os assistentes e assessores jurídicos; duas, para estagiários; uma, para a recepção e uma, que serve como cozinha e depósito. Cada sala tem um banheiro privativo.

Também há 11 vagas de estacionamento na garagem do prédio. Participaram do evento o procurador-geral do Estado, Juliano Dossena, e o procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos, Francisco Guardini Nogueira, além dos procuradores e servidores do órgão no Sul do Estado.

“É um momento de extrema importância para a PGE, pois está se oferecendo uma melhor estrutura para que os servidores possam trabalhar num ambiente adequado, com mais conforto e espaço”, disse Dossena, durante o descerramento da placa no local. Até agora, a Regional ocupava uma área de 206 metros quadrados, em outro prédio no Centro de Criciúma.

Atuam na Regional, o procurador-chefe Marcos Bristot de Farias e os procuradores André Doumid Borges, Vanessa Weirich e Thiago Mundim Brito. Atualmente, o procurador Zany Estael Leite Júnior está cedido como consultor jurídico da Secretaria Estadual de Administração.
A Regional, criada em 1989, conta com 26 servidores: cinco procuradores, cinco assistentes, 13 estagiários e um terceirizado (no setor de limpeza), um policial aposentado (na segurança).

Informações adicionais para a imprensa:
Billy Culleton
Assessoria de Imprensa
Procuradoria Geral do Estado
E-mail: billyculleton@gmail.com
Telefone: (48) 3664-7650 / 98843-2430
Site: www.pge.sc.gov.br

 

Foto: ADR Criciúma

O Governo do Estado, a CASAN e o município de Criciúma anunciaram na noite desta terça-feira,13, um conjunto de obras que vão levar mais saúde e qualidade de vida à população. Num total de R$ 28,9 milhões de investimentos, a Companhia deu a Ordem de Serviço para iniciar a obra de esgotamento sanitário do bairro São Luiz, renovou o Programa 'Se Liga na Rede' e assinou convênios de pavimentação e autorizou a colocação de asfalto em vias do município em decorrência de obras de água e esgoto.