Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

ESTRADAS | Governo libera investimentos para todas as rodovias estaduais de Santa Catarina

ESTRADAS

Mais de 6 mil km de estradas receberão serviços de manutenção, sinalização, drenagens e roçadas. O Governo do Estado de Santa Catarina vai liberar R$120 milhões por ano (a partir de 2020) para recuperar todas as rodovias estaduais. O Projeto Recuperar é uma parceria do estado com os municípios para atender todas as regiões de SC. 

Aperte o play e confira!

Oportunidades

Próximos eventos

O gerente regional de Agricultura da Secretaria Regional de São Lourenço do Oeste, Mauro Hahn, participou recentemente da terceira etapa da criação do Plano Diretor de Estiagem do Oeste do Estado. O encontro foi realizado na cidade de Xanxerê e reuniu lideranças ligadas ao setor de todo o Oeste catarinense.

O Plano consiste, segundo o gerente, em identificar fatores relacionados a estiagem na região e os impactos dela sobre o meio. Dentre os principais fatores que influenciam a intensidade e os impactos das estiagens, Mauro cita o aumento no consumo de água devido ao crescimento e concentração das criações animais (aves, suínos e bovinos), a falta de práticas conservacionistas nas áreas de agricultura (curvas de nível e plantio direto na palha), a supressão da cobertura vegetal em áreas de preservação e áreas de nascentes  e a drenagem de áreas de banhados. A poluição das águas principalmente por esgoto urbano também deve ser levada em consideração.

Durante o evento em Xanxerê, o professor voluntário do Programa em Planejamento Territorial e Socioambiental da Udesc, Mário Freitas, ministrou palestra e abordou questões relacionadas aos principais impactos provocados pela estiagem. Além disso, reafirmou a necessidade de se criar um sistema de prevenção aos desastres ambientais e não apenas de resposta. O gerente Mauro destaca que o palestrante mostrou dados relacionados às chuvas na região e apontou que em alguns momentos ela é mal distribuída, o que faz acontecer períodos de estiagem. A partir disso enfatizou a necessidade de se criar um sistema de gestão dos recursos hídricos para que seja aumentada a capacidade de enfrentar o problema. “Foi possível reconhecer ainda que estamos explorando intensamente as águas do subsolo, ultima reserva de água disponível. Em nossa região, por exemplo, temos aproximadamente cinco mil poços artesianos cadastrados e acredita-se que existam mais cinqüenta mil poços não cadastrados” – comenta o gerente.    

Além da palestra, durante o evento também aconteceram oficinas conduzidas na forma de discussões em grupo, onde foram levantados os principais motivos da ocorrência de estiagens, seus impactos e possíveis medidas de enfrentamento. Foram sugeridas como medidas de prevenção e enfrentamento do problema além da recuperação e preservação de fontes, nascente e áreas de preservação permanente. A transformação do programa micro bacias, o programa de aproveitamento da água da chuva e programas de armazenamento de águas superficiais em políticas públicas permanentes, além do aprimoramento do sistema de previsão metereológica para previsão antecipada de eventos de estiagem e ou desastres ambientais.

Esta foi a terceira etapa da Criação do Plano Diretor de Estiagem no Oeste. As duas primeiras etapas do projeto consistiram no levantamento das variáveis dos processos de estiagens e análise de documentos relacionados aos eventos de estiagem ocorridos na região nas ultimas décadas.

Próximo passo

O próximo passo segundo o gerente, consiste em elaborar o relatório final do projeto, o que deve acontecer até o final do mês de julho. Neste relatório estarão contemplados dados relacionados com a análise de documentos, os levantamentos feitos nos seminários regionais, bem como as conclusões e sugestões levantadas para enfrentar os processos de estiagens com o mínimo de impacto possível. A ideia é que ao final do projeto, seja possível sugerir políticas publicas e ações de enfrentamento aos processos de estiagem e um plano de gestão dos recursos hídricos da nossa região.

CONTATO PARA ENTREVISTAS:

Mauro Hahn: Gerente Regional de Agricultura – 49 8837-9272

Mais informações para a imprensa:
Juliana Balotin
Assessoria de Comunicação
SDR São Lourenço do Oeste
E-mail: ascom@snx.sdr.sc.gov.br e juliana.balotin@gmail.com
Fone: (49) 3372-1002 e (49) 8832-1734
Site:sdrs.sc.gov.br/sdrsaolourencodooeste

Conecte-se