Compartilhe

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, e o diretor do Hospital Regional de São José (HRSJ) Homero de Miranda Gomes, Guilherme Genovez, apresentaram em São Paulo, nesta terça-feira,19, o resultado do projeto Excelência Operacional nas Emergências do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O projeto é uma parceria do Ministério da Saúde (MS) e Hospital Sírio Libanês, responsável por acompanhar todo o trabalho na unidade catarinense. A consultoria é gratuita e segue os padrões da ferramenta Lean, usada na indústria. 

O Hospital Regional de São José foi um dos sete selecionados em todo o país pelo Ministério da Saúde (MS) para organizar o fluxo e os tempos de atendimento da Emergência. O HRSJ tem a maior porta de urgência e emergência de Santa Catarina. "Com a implantação das mudanças foi possível melhorar sensivelmente a rapidez e eficiência no atendimento da Emergência e também reduzir o número de macas nos corredores", destacou Caropreso.  

Segundo Genovez, entre as conquistas com a reorganização dos fluxos estão os tempos de permanência dos pacientes menos graves e atendimento na porta de entrada, além da  redução de custos. A Emergência foi redesenhada, assim como o fluxo assistencial. Tudo isso permitiu a agilização de transferência interna e externa e as altas dos pacientes. “ A implantação do Núcleo Interno de Regulação e da Classificação de Risco gerou um grande impacto positivo na organização dos fluxos e nos processos de trabalho”, complementou Genovez.

O Hospital Municipal São José, de Joinville, e o Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí, foram indicados para participar do Projeto Excelência Operacional nas Emergências do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mais informações para a imprensa:
Suelen Costa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99113-6065
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br