Compartilhe


Foto: Mauricio Vieira / Secom

Uma comissão formada por servidores das secretarias de Estado da Administração, da Educação, da Saúde, da Administração Prisional e da Segurança Pública tem 180 dias para construir um novo modelo de licitação para contratação de empresas que prestam serviços terceirizados ao Estado. A atualização busca melhorias na prestação dos serviços e economia aos cofres públicos. 

A principal mudança estará no modelo de licitação, que passará a ser na forma de pregão para todos os contratos. No primeiro processo, já concluído com uso dessa modalidade de licitação, a redução chegou a 25% do valor. A expectativa é que essa economia seja ainda maior na medida em que os trabalhos evoluam e que novos processos sejam concluídos.

A revisão de todos os contratos do Estado é uma atividade que começou no início da atual gestão. Porém, pelo volume dos contratos firmados com empresas de serviços terceirizados e pela necessidade de criar um grupo de trabalho aproximando áreas afins, uma comissão específica para essa finalidade foi instituída por meio de uma Portaria na última sexta-feira, 2. 

Além da adoção do pregão para todos os contratos, a diretora de Gestão de Licitações e Contratos da SEA, Karen Bayestorff, explica que a secretaria também estuda a aquisição de um sistema para acompanhamento da execução dos contratos. “Nosso objetivo é melhorar o acompanhamento da prestação dos serviços pelas empresas nas diversas áreas de atuação e verificar outras dimensões dos contratos de forma mais célere”.

Ela também explica que há cerca de 130 contratos vigentes de terceirização com o Estado. Os prazos de vencimento são diversos. Mas os que forem vencendo já serão refeitos na modalidade de pregão, conforme foi apurado pela comissão.

Informações adicionais para imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Administração - SEA
E-mail: comunicacao@sea.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-1636 /(48) 99105-4085
http://www.sea.sc.gov.br