Foto: Divulgação/Udesc

Os professores do Departamento de Música do Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) sobem ao palco do Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) nesta quinta-feira, 19, para o concerto anual Mosaico Musical, que apresenta parte da produção artística dos docentes. Em sua 10ª edição, o evento ocorre às 20h com entrada gratuita e faz parte das atividades da 5ª Semana Integrada da Udesc Ceart e da 2ª Semana da Música da Udesc.

O título do concerto, Mosaico Musical, é uma alusão à combinação eclética do repertório que se apresenta a cada ano. Nesta edição, o programa inclui o romantismo de Chopin, o modernismo de Stravinsky e compositores brasileiros como Aylton Escobar e Henrique de Curitiba. Serão também apresentadas composições de Luciana Hamond, professora visitante do Programa de Pós-Graduação em Música, interpretadas por ela mesma ao piano.


Foto: Márcio Henrique Martins / FCC

O trabalho feito desde o início do ano com os alunos da Escolinha de Arte da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) será apresentado a partir do dia 19 de setembro, às 18h, no Espaço Lindolf Bell do Centro Integrado de Cultura (CIC). A 62ª edição da exposição anual da Escolinha estará aberta à visitação até o dia 13 de outubro, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

Participam da exposição as obras de modelagem em argila, pintura, desenho e fotonovelas criadas pelos alunos, todos com idades entre 5 e 12 anos. Além das 230 crianças selecionadas pela Escolinha por meio de sorteio público, participam da mostra também os alunos da creche Nossa Senhora de Lourdes, no Bairro Agronômica, em Florianópolis, atendidos dentro do projeto Escola na Escolinha.

Os trabalhos expostos foram elaborados a partir de vivências que os pequenos artistas tiveram em visitas mediadas às exposições em cartaz no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc). Serviram de inspiração obras de nomes como Rodrigo de Haro, Eli Heil, entre outros que figuram no acervo do Museu.

A Escolinha de Arte de Florianópolis foi criada em agosto de 1963, quando suas atividades ficavam no mesmo espaço do Museu de Arte Moderna de Florianópolis, hoje Museu de Arte de Santa Catarina (Masc). A proposta, que já tem mais de meio século, oferece cursos gratuitos de Artes Visuais, Música e Teatro a crianças com idades entre 5 e 12 anos.

Serviço:

O quê: 62ª Exposição da Escolinha de Arte de Florianópolis
Abertura: 19 de setembro de 2019, às 18h
Visitação: até 13 de outubro de 2019. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.
Onde: Espaço Lindolf Bell - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Classificação indicativa: livre
Entrada gratuita

Informações adicionais para a imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Cultura - FCC
E-mail: fernanda@fcc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2571/ 98802-1822
Site: www.fcc.sc.gov.br



As edições de 2019 do Prêmio Catarinense de Cinema e do Prêmio Elisabete Anderle encerraram as inscrições neste domingo, 15, com 438 e 1082 inscritos, respectivamente. Agora vem a avaliação dos projetos pela Comissão Permanente de Licitação da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). O resultado desta fase será divulgado, conforme o cronograma, no dia 20 de setembro nas plataformas de inscrição e na página da FCC.

Prêmio Elisabete Anderle

A quinta edição do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura recebeu 1.082 inscrições que competirão pelos R$ 5,6 milhões. Das três áreas contempladas com editais, a de Artes foi a que teve o maior número de inscrições: 734. Em seguida vieram Patrimônio Cultural, com 190 projetos inscritos; e Artes Populares, com 158. Os recursos são do Governo do Estado com promoção da FCC.

Na etapa de admissibilidade, que se inicia agora e tem caráter eliminatório, será feita uma triagem com o objetivo de verificar se as proponentes cumpriram com todas as exigências previstas para inscrição nos editais. As listas dos admitidos e dos não admitidos serão divulgadas na página da FCC, mas é de responsabilidade das proponentes acompanhar a atualização das informações sobre o andamento de seus projetos na plataforma digital do Prêmio.

Prêmio Catarinense de Cinema



Dos 438 projetos enviados para esta edição do Prêmio, que conta com 26 categorias, a maior parte deles está concorrendo a Produção de Curta-Metragem, que recebeu 201 inscrições; seguido de 48 propostas enviadas para Desenvolvimento de Projeto de Longa-Metragem de Ficção; e 31 para Desenvolvimento de Projeto de Obra Seriada de Ficção. Serão distribuídos, R$ 19,2 milhões com recursos do Governo do Estado, por meio da FCC, e o Governo Federal, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual /Agência Nacional do Cinema (Ancine).

Também cabe às proponentes acompanharem o status de seus projetos na plataforma utilizada para a inscrição, durante todo o processo.Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br


Foto: Saul Oliveira Filho / Santur

Peças originais da Ponte Hercílio Luz devem integrar um memorial em homenagem ao engenheiro que deu nome a um dos principais cartões-postais de Santa Catarina. A proposta é que a cidade de Abelardo Luz receba alguns itens para compor uma réplica do monumento na cidade e um acervo ao ar livre. A doação das peças foi alinhada em uma reunião entre uma equipe da prefeitura de Abelardo Luz, da Defesa Civil e a presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de SC (Santur), Flavia Didomenico.

Hercílio Pedro da Luz foi o responsável pela assinatura do contrato de construção da ponte que ligaria, a partir de 1926, a região continental à Ilha de SC. Foi pai de Abelardo Venceslau da Luz, que deu nome à cidade situada na região turística Grande Oeste.

O prefeito de Abelardo Luz, Wilamir Cavassini e o secretário de administração, Nelson Martini, juntamente com o engenheiro da RMG Engenharia, João Motta, fizeram uma visita ao depósito das peças, em Florianópolis, para avaliar o que pode ser aproveitado no memorial, que deve se tornar mais um atrativo turístico da cidade, já conhecida por suas quedas d’água no Rio Chapecó. 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

O Executivo municipal deve fazer uma solicitação formal de fornecimento à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, responsável pela obra de restauração da Ponte. Os artefatos integram partes da construção original que não puderam ser restauradas por razões técnicas, como barras de olhal e rótulas de suporte.

Além das peças originais, a cidade deve receber ainda um kit de transposição metálico, composto por peças de aço, que serviram de sustentação para a restauração da ligação. Todo esse material deve permitir a construção de até 835 pontes no interior do Estado. A gerente de restabelecimento e reestruturação da Defesa Civil, Patrícia de Oliveira, informou que órgão está recebendo as demandas com as necessidades dos municípios. Um consórcio de empresa será responsável por fazer o plano de corte, o beneficiamento do material, os projetos básicos e a montagem dos kits.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Flores
Assessoria de Imprensa 
Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina - Santur 
E-mail: imprensa@santur.sc.gov.br
Fone: (48) 3665- 7480​ / (48) 98844-1240
Site: www.turismo.sc.gov.br


Foto: Divulgação / GVG

A vice-governadora Daniela Reinehr participou na manhã desta quinta-feira, 12, em Treze Tílias, da abertura do 17° Encontro das Comunidades de fala Alemã da América Latina. O evento que vai até sábado, 14, tem objetivo de reunir e aproximar comunidades de descendência alemã, tanto brasileiras quanto de outros países da América Latina, e debater temas relacionados a história, idioma, cultura e perspectivas dos imigrantes alemães.

As inscrições do Prêmio Catarinense de Cinema foram prorrogadas até as 23h59 do dia 15 de setembro, domingo. A edição terá um valor recorde distribuído a projetos em 26 categorias: R$ 19.260.000. Recursos são do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, e do Governo Federal, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual / Agência Nacional do Cinema (Ancine). 

As inscrições serão totalmente digitais, neste link.

Além do valor recorde e das inscrições digitais, o Edital Prêmio Catarinense de Cinema 2019 também trará outras novidades: novas modalidades para games, festivais, capacitação, comercialização e outras categorias estruturantes do setor.

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br



Foram prorrogadas até as 23h59 do próximo domingo, 15, as inscrições para o Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura 2019. A principal ferramenta de fomento à arte em Santa Catarina distribuirá R$ 5,6 milhões a projetos de três áreas: Patrimônio Cultural, Artes e Artes Populares. Os recursos são do Governo do Estado, com promoção da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Interessadas em todo o Estado podem enviar os projetos para os três editais que compõem o Prêmio por meio da plataforma digital criada especialmente para este fim. O Edital de Patrimônio Cultural premiará projetos nas categorias Patrimônio Material; Patrimônio Imaterial; Museus; e Bibliotecas Públicas. O Edital de Artes Populares aborda Artes Circenses; Culturas Populares e Diversidades; Culturas Negras e Afro-Brasileiras; e Culturas dos Povos Indígenas. E o Edital de Artes se subdivide nas categorias Artes Visuais; Dança; Música; Teatro; e Letras - Livro, Leitura e Literatura.

Nesta edição, o Prêmio Elisabete Anderle tem como um de seus principais objetivos que os projetos contemplados alcancem municípios de pequeno e médio portes das diferentes regiões do Estado. Por isso, todas as mesorregiões catarinenses terão, pelo menos, uma proposta premiada nos editais de Artes e Artes Populares, caso haja inscrição.


Informações adicionais para imprensa

Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br


O Museu Histórico de SC é um dos espaços que abrem normalmente no feriado. Foto: Cristiano Estrela / Secom

Alguns dos espaços culturais administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) terão horários de funcionamento alterados neste sábado, 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil. A Galeria do Artesanato e a Biblioteca Pública, em Florianópolis, estarão fechadas durante o feriado.

Já o Museu Histórico de Santa Catarina, em Florianópolis; o Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul; e a Casa de Campo do Governador Hercílio Luz, em Rancho Queimado, atenderão o público com horários normais. O Centro Integrado de Cultura, o Museu de Arte de Santa Catarina, o Museu da Imagem e do Som, o Teatro Álvaro de Carvalho e o Teatro Ademir Rosa, todos em Florianópolis, também estarão abertos em horário normal durante o feriado.

Centro Integrado de Cultura (CIC)

Abre normalmente, das 10h às 21h.

Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis.
Contato: (48) 3664-2555.

Confira a programação
Mercado Nomad

Sala de Cinema do CIC

Terá sessões de quinta-feira a domingo, às 20h.

:: Consulte a programação aqui

Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis.
Contato: (48) 3664-2555.

Museu de Arte de Santa Catarina (Masc)

Abre normalmente, das 10h às 21h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2629

Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC)

Abre normalmente, das 10h às 21h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2650

Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa

Sábado e domingo abre normalmente, das 10h às 16h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: Praça XV de Novembro, 227 - Centro - Florianópolis.
Contato: (48) 3665-6363

Museu Nacional do Mar - Embarcações Brasileiras

Abre normalmente, das 10h às 18h (última admissão às 17h30).

Endereço: Rua Manoel Lourenço de Andrade, 133 - Centro - São Francisco do Sul
Contato: (47) 3481-2155

Casa de Campo do Governador Hercílio Luz

Abre normalmente, das 10h às 17h.

Endereço: Rua Paulo Sell, 428 - Taquaras - Rancho Queimado
Contato: (48) 3275-1453

Biblioteca Pública de Santa Catarina

Fechada.

Endereço: Rua Tenente Silveira, 343 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6422

Galeria do Artesanato - Casa da Alfândega

Fechada.

Endereço: Praça XV de Novembro, enquina com Rua Victor Meirelles

Museu Etnográfico Casa dos Açores

Sábado e domingo abre normalmente, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Endereço: BR-101, km 189 - Balneário São Miguel - Biguaçu
Contato: (48) 3665-6195

Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)

:: Consulte a programação para o feriado aqui

Endereço: Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6401.

Teatro Ademir Rosa 

:: Consulte a programação para o feriado aqui

Endereço: Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Avenida Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Contato: (48) 3664-2628.


Assessoria de Comunicação
Fundação Catarinense de Cultura (FCC)
Fone: (48) 3664-2571 / 3664-2572 
Email: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.cultura.sc.gov.br
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura
Twitter: www.twitter.com/fccoficial

Termina às 23h59 do dia 12 de setembro o prazo de inscrições no Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura e do Prêmio Catarinense de Cinema que, juntos, distribuirão R$ 24.860 milhões a projetos da área cultural. Para participar da edição de 2019 dos editais, os projetos devem ser inscritos nas plataformas, criadas especialmente para este fim, disponíveis no site cultura.sc.gov.br.

Prêmio Elisabete Anderle
A principal ferramenta de fomento à arte em Santa Catarina distribuirá R$ 5,6 milhões a projetos de três áreas: Patrimônio Cultural, Artes e Artes Populares. Os recursos são do Governo do Estado de Santa Catarina, com promoção da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Proponentes de todo o estado podem submeter seus projetos para os três editais que compõem o Prêmio Elisabete Anderle. O Edital de Patrimônio Cultural premiará projetos nas categorias Patrimônio Material; Patrimônio Imaterial; Museus; e Bibliotecas Públicas. O Edital de Artes Populares contemplará as categorias Artes Circenses; Culturas Populares e Diversidades; Culturas Negras e Afro-Brasileiras; e Culturas dos Povos Indígenas. E o Edital de Artes se subdivide nas categorias Artes Visuais; Dança; Música; Teatro; e Letras - Livro, Leitura e Literatura.

O Edital Elisabete Anderle de Apoio às Artes e à Cultura do Estado de Santa Catarina foi instituído pela Lei 15.503/11 e regulamentado pelo Decreto 2.336/14. Promovido desde 2009 por meio da FCC, tem o objetivo de selecionar projetos culturais que receberão apoio financeiro para realizar ações nos campos das Artes, Artes Populares e Patrimônio Cultural, que objetivem o estímulo e o fomento da produção, circulação, pesquisa, documentação, formação, restauração, preservação e difusão de produtos, bens e/ou serviços culturais que sejam acessíveis a diferentes públicos; contribuam para a construção e compartilhamento de conhecimentos e modos de fazer; beneficiem a geração de produtos, bens e serviços culturais.

Prêmio Catarinense de Cinema
A edição de 2019 do Edital Prêmio Catarinense de Cinema terá um valor recorde distribuído a projetos em 26 categorias. O Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), e o Governo Federal, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA)/Agência Nacional do Cinema (Ancine) disponibilizarão recursos na ordem de R$ 19.260.000,00 para o setor audiovisual catarinense.

Serão contempladas nesta edição as seguintes categorias: Produção de Longa-metragem de Ficção; Produção de Telefilme de Documentário; Produção de Obra Seriada de Ficção; Produção de Obra Seriada de Documentário; Produção de Longa-metragem de Ficção em Animação; Produção de Obra Seriada de Ficção de Animação; Produção de Longa-metragem Baixo Orçamento de Ficção; Produção de Curta-metragem; Desenvolvimento de Projeto de Longa-metragem de Ficção; Desenvolvimento de Projeto de Obra Seriada de Ficção; Desenvolvimento de Projeto de Obra Seriada de Ficção em Animação; Produção de Jogos Eletrônicos Módulo 1; Produção de Jogos Eletrônicos Módulo 2; Produção de Jogos Eletrônicos Módulo 3; Produção de Jogos Eletrônicos Módulo 4; Festival de Cinema com mais de 10 anos; Festival de Cinema com mais de 5 anos; Festival de Games ou Transmídia; Novo Festival de Cinema; Curso de Capacitação em Produção Executiva; Cursos de Qualificação Técnica Audiovisual; Laboratório de Criação e Desenvolvimento de Conteúdo Audiovisual; Comercialização de Longa-metragem; Promoção de Santa Catarina como destino cinematográfico; Mapeamento e Estudo do Setor Audiovisual Catarinense; e Circuito de Exibição de Cinema Catarinense.

O Prêmio Catarinense de Cinema existe desde 2001 e foi instituído pela Lei Estadual nº 15.746, de 11 de janeiro de 2012. Desde sua criação, foram realizadas 12 edições, incluindo a atual.

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefones: (48) 3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br


Fotos: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

A Semana da Pátria está oficialmente aberta em Santa Catarina. A solenidade realizada na tarde desta segunda-feira, 2, no Palácio Cruz e Sousa, em Florianópolis, marcou o início das celebrações em todo o Estado. Depois de acender o fogo simbólico que será mantido durante a semana, o governador Carlos Moisés defendeu a união de todos os cidadãos brasileiros e catarinenses para alcançar os objetivos em comum.

:: MAIS FOTOS NA GALERIA

"Serve a semana da Pátria para refletirmos sobre o que significa estar juntos no espaço territorial. É respeitar uns aos outros, aceitar as nossas diferenças culturais e até ideológicas para fazer as entregas necessárias. Precisamos unir o país e Santa Catarina em prol dos ideais maiores do Brasil e do nosso Estado", declarou o governador.