Fotos: Divulgação/ DEAP

Santa Catarina concluiu a coleta dos 1,1 mil perfis genéticos de internos do sistema prisional, atingindo a meta estadual de 2019, estabelecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). No Brasil foram coletados 67 mil amostras, que supera a previsão de fechar o ano com 65 mil perfis cadastrados.

O resultado inédito foi divulgado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, nesta quinta-feira, 5, após participar de reunião do Comitê Gestor da Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos (RIBPG), em Brasília. O relatório semestral da RIBPG, com informações detalhadas, será divulgado nos próximos dias.

Em Santa Catarina o trabalho foi realizado pelo Instituto Geral de Perícias, que capacitou os agentes prisionais do Departamento de Administração Prisional (DEAP) para coleta do material biológico em 11 unidades prisionais, onde o trabalho foi realizado conjuntamente.

Os perfis foram analisados pela equipe do Instituto de Análises Forenses do IGP, em Florianópolis. Do total coletado, aproximadamente 55 mil já estão cadastrados no Banco Nacional de Perfis Genéticos (BNPG), o que representa um aumento de 685% na comparação  com o relatório divulgado em novembro de 2018.

O sucesso da ação se deve ao esforço conjunto do governo federal e governos estaduais na coleta de perfis genéticos de criminosos. A Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos é formada pelos bancos de todas as unidades da federação, além do banco da Polícia Federal e do Banco Nacional de Perfis Genéticos.

O Banco Nacional de Perfis Genéticos é uma ferramenta moderna e eficaz para a elucidação de crimes. Além de ter um aspecto acusatório, pode comprovar a inocência de um suspeito ou ainda interligar um determinado caso com outras investigações das demais esferas policiais.

Mais de mil investigações criminais já foram auxiliadas, incluindo a identificação, em setembro, do responsável pela morte de Rachel Genofre. A menina de nove anos foi estuprada e assassinada em Curitiba (PR) e o caso estava há onze anos sem solução.

Pacote Anticrime

A obrigatoriedade da identificação do perfil genético de condenados por crime praticado, dolosamente, com violência de natureza grave contra pessoa, está prevista desde 2012 pela Lei nº 12.654/12.

A ampliação da coleta dos perfis genéticos para auxiliar na elucidação de crimes é um dos principais pontos do Pacote Anticrime, enviado pelo governo federal ao Congresso Nacional. A proposta prevê a ampliação da coleta para condenados por crimes intencionais.

No mundo

O Banco dos Estados Unidos armazena mais de 13,5 milhões de perfis genéticos de condenados, cerca de 895 mil perfis de vestígios de local de crime. As informações auxiliaram mais de 428 mil investigações criminais nos EUA. O banco do Reino Unido é considerado o mais eficiente do mundo e armazena o perfil genético de mais de 5 milhões de indivíduos suspeitos de cometerem crimes.

*Com informações do MJSP

Informações adicionais para imprensa:
Jacqueline Iensen e Karem Fabiani
E-mail: jacqueline.iensen@gmail.com e imprensa@igp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3045 / 99147-6761 e (48) 3665-8498
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Cristiano Estrela / Secom

O relatório de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira, 6, pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) aponta que 79,5% dos pontos analisados no litoral catarinense estão próprios para banho. As coletas foram feitas durante a semana de 2 a 6 de novembro de 2019.

>>> Relatório completo aqui 

Em Florianópolis são monitorados 85 pontos. Destes, 68 estão adequados para mergulho, o que representa 80%. No restante do litoral, de 144 locais onde há coleta, em 114 a água está própria para banho humano. Com relação ao relatório anterior, três pontos passaram da condição de próprio para impróprio e um ponto passou da condição de impróprio para próprio.

Foram colhidas amostragens e ensaios nos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Bal. Camboriú, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo e São José.

O IMA ressalta que os banhistas fiquem atentos às placas de sinalização da balneabilidade, pois muitas são danificadas, vandalizadas, queimadas e até excluídas do local onde foram implantadas para informar a condição do ponto amostrado. O IMA destaca ainda que todas as informações sobre a condição das praias catarinenses pode ser acessada em balneabilidade.ima.sc.gov.br.

Informações adicionais à imprensa:
Claudia Xavier
Assessoria de Imprensa IMA
Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina
E-mail: comunicacao@ima.sc.gov.br
Fone: (48) 3665 4177 / (48) 99172 8277
Site: www.ima.sc.gov.br 


Foto: Divulgação / CIM-AMFRI 

O consórcio CIM-AMFRI assinou convênio do Projeto Recuperar com o Governo do Estado nesta sexta-feira, 6, em Itajaí. O documento, entregue ao Núcleo de Gestão de Convênios da Foz do Rio Itajaí, órgão da Casa Civil de Santa Catarina, garante o repasse financeiro para manutenção de estradas estaduais. 

Neste primeiro contrato, serão destinados cerca de R$ 569,4 mil para a conservação rotineira de 77,8 quilômetros de estradas. Os valores são referentes a três meses de trabalho. Segundo o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, a parceria com o CIM-AMFRI dará mais agilidade, economia e qualidade ao trabalho de recuperação asfáltica, roçadas, sinalização e serviços de drenagem. “O Projeto Recuperar já está trazendo resultados. Estamos com máquinas nas rodovias em diferentes regiões. Com essa assinatura, ampliamos ainda mais essa parceria que tanto fortalece os municípios catarinenses”, afirmou Borba.

O convênio foi assinado pelo presidente do CIM-AMFRI e prefeito de Balneário Piçarras, Leonel José Martins. Serão beneficiados os municípios de Balneário Piçarras, Ilhota, Itajaí, Luiz Alves, Navegantes e Penha. 

Informações adicionais à imprensa
Mauren Rigo
Assessoria de Comunicação
Casa Civil
E-mail: comunicacao@casacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2005 / 98843-3497
Site: www.scc.sc.gov.br
www.fb.com/casacivilsc / @CasaCivilSC

 

 


Fotos: Mauricio Vieira / Secom

Depois de passar por Chapecó e Concórdia, o governador Carlos Moisés encerrou a agenda da semana em Campos Novos, na tarde desta sexta-feira, 6. No saldo do trabalho nos três municípios, houve a liberação de 360 equipamentos agrícolas, compromisso para entrega de kits de transposição, liberação de recursos do projeto Recuperar e crédito para a expansão de uma granja de suínos, totalizando mais R$ 31 milhões em investimentos.

No último compromisso, em Campos Novos, Carlos Moisés participou da liberação de um crédito de aproximadamente R$ 10 milhões em financiamento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para construir cinco novos galpões e duplicar a produção de suínos na Granja dos Pinheiros, da Copercampos. O governador também confirmou a entrega de 159 máquinas para a agricultura, que irá beneficiar 41 municípios catarinenses, que somam R$ 4,7 milhões. O investimento é resultado de emendas parlamentares de todos os deputados federais e senadores para o orçamento de 2019 do Governo Federal. Os atos ocorreram na sede da Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense (Acircan) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

>> Mais fotos disponíveis na galeria

"Quem trabalha no campo não tem sábado, não tem domingo, não tem férias. Nós estamos aqui para honrar quem produz e gera riqueza para Santa Catarina. Vejo esta região crescer muito e precisamos fazer investimentos", declarou Carlos Moisés. O governador destacou o AgroConsciente, programa do Estado para incentivar a produção sustentável e responsável na agricultura. "Nossa preocupação não é só com a terra, o ar e a água, mas também com a saúde de quem está lá no campo trabalhando, com as pessoas."

O presidente do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, frisou a importância do investimento realizado pela instituição em Campos Novos, já que Santa Catarina é o maior exportador de carne suína do Brasil. "Este projeto com a Copercampos é de grande importância para o estado e o país. A cooperativa há muito tempo é parceira do BRDE. Com os novos galpões, a produtividade da cooperativa irá duplicar", destacou Dutra.

Kits de transposição com material usado na obra da Hercílio Luz

Ainda em Campos Novos, o governador assinou termos de compromisso para a instalação de cinco kits de transposição metálicos, com três para Abdon Batista e dois para Zortéa. As implantações fazem parte do aproveitamento do material resultante das obras de restauração da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. Elas irão substituir estruturas precárias nos municípios.

"Agora as prefeituras vão construir as cabeceiras das pontes. Quando ficarem prontas, poderão entrar em contato conosco para buscar os kits e fazer a montagem", afirmou o chefe da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina, João Batista Cordeiro Júnior.

Em Abdon Batista, dois kits serão instalados na localidade de Santa Catarina e outro em Santa Terezinha. Em Zortéa, as comunidades beneficiadas serão as de Baratieri e Água Santa.

Também participaram dos atos o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, o diretor vice-presidente da Copercampos, Claudio Hartmann, prefeitos e deputados.

Trabalho em Concórdia e Chapecó

Mais cedo, em Concórdia, o governador liberou a primeira parcela do convênio firmado pelo projeto Recuperar com os municípios que integram o Consórcio Intermunicipal da Gestão Ambiental Participativa do Alto Uruguai (Lambari). Carlos Moisés assinou ainda termos de compromisso para aquisição de kits de transposição, anunciou a entrega de novos tratores para nove municípios catarinenses e participou da assinatura da ordem de serviço da Casan para três obras no município.

A agenda no Oeste iniciou na quinta-feira, em Chapecó, onde o governador anunciou a entrega de 192 equipamentos agrícolas, somando R$ 8,4 milhões. No total, o investimento é de cerca de R$ 26,6 milhões, em 495 máquinas a serem entregues em Chapecó, Concórdia, Campos Novos e Florianópolis, com contrapartida de R$ 585 mil do Governo do Estado. A Secretaria de Estado da Agricultura fará contato com todas as prefeituras contempladas para a transferência dos veículos agrícolas e implementos.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Divulgação / Celesc

Para atender a demanda na procura por eletrodomésticos mais novos e eficientes, oferecidos com desconto de 50% pelo Programa Bônus Eficiente 6, a Celesc lança nesta segunda-feira, 9, a segunda etapa do Programa. Serão disponibilizados mais 4.999 equipamentos entre freezers, refrigeradores e ar condicionados, com investimento de R$ 5 milhões. Os aparelhos serão comercializados pelas lojas Colombo, em todo o estado.

A primeira etapa do Programa foi lançada em outubro quando foram vendidos mais de 13,5 mil eletrodomésticos, esgotando os estoques disponíveis.

O coordenador do projeto, Mario Cesar Machado Junior, explica que o objetivo do programa é promover o uso consciente de energia elétrica e facilitar o acesso dos consumidores catarinenses a eletrodomésticos novos, com Selo Procel e a lâmpadas LED, mais econômicas e duráveis. “Devido a grande procura por esses produtos fizemos um aditivo ao contrato com as Lojas Colombo. Na primeira etapa, todos os equipamentos já acabaram e foram entregues”, explicou.

As vendas ocorrem nas 43 lojas físicas da rede Colombo ou pelo televendas, com chamada gratuita: 0800-642-4242. Serão disponibilizadas mais 750 unidades de aparelhos de ar condicionado (Split 9.000 BTUS), 2.500 refrigeradores (1 porta – 300 litros modelo CRB 36), 437 refrigeradores (2 portas – 387 litros modelo BT 40), 437 refrigeradores (2 portas – 405 litros modelo CRM 51), 375 refrigeradores (2 portas – 474 litros modelo TF 56), 500 freezers (Vertical – 231 litros modelo CVU 26) e 25 mil lâmpadas LED.

No ato da compra o consumidor também precisa fazer uma doação de R$ 50,00, que serão destinados à instituições beneficentes.

Desde a primeira edição, em 2013, o Bônus Eficiente já viabilizou a troca de quase 110 mil geladeiras, freezers e aparelhos de ar condicionado, além de 550 mil lâmpadas de led, entre os clientes residenciais da Celesc, gerando economia estimada de 7 mil MWh/ano, suficiente para abastecer 35 mil residência durante um mês.

O que precisa para participar?

- Ser consumidor residencial da Celesc Distribuição;
- Estar adimplente (em dia) com a Celesc Distribuição;
- Levar documentos pessoais e uma fatura de energia;
- Possuir um eletrodoméstico similar ao desejado, em funcionamento, com mais de cinco anos de uso e sem o Selo Procel;
- Entregar cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes compactas para troca gratuita por cinco lâmpadas LED. Essa troca será realizada na entrega do eletrodoméstico na residência do consumidor.
- Ler e assinar o Termo de Adesão no ato da compra;
- Fazer a doação de R$ 50.

Mais informações aqui

Informações adicionais para a imprensa:

Rafael Vieira de Araujo
Assessoria de Imprensa Celesc
(48) 3231.5140 - assessoria de imprensa
(48) 99901.7767 - plantão para emergências


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgará na terça-feira, 10, a partir das 17h, a primeira chamada do Vestibular de Verão 2020 para 1.425 vagas de 52 cursos de graduação presenciais e a distância. A lista será publicada somente no site udesc.br/vestibular, no qual os candidatos também poderão verificar seu desempenho na prova objetiva e na redação.

Além disso, será possível ver as imagens dos cartões-resposta da prova objetiva e das folhas da redação, assim como apresentar recurso contra as notas, durante o prazo de 48 horas, até as 17h de quinta-feira, 12.


Foto: Jader Nones / Cidasc

Maior produtor nacional de suínos, Santa Catarina aumentou ainda mais sua participação internacional e alcançou o maior volume e faturamento desde 1997, quando começaram as análises de dados de exportação. Ao longo do ano, foram 373,5 mil de toneladas embarcadas, gerando um faturamento de US$ 766,4 milhões. Boa parte das mercadorias vai para o mercado chinês.

"O agronegócio de Santa Catarina vive um momento muito bom, principalmente o setor produtivo de carnes. Os produtos catarinenses já são reconhecidos em todo o mundo como sinônimo de qualidade, temos a confiança do mercado internacional e grandes diferenciais devido ao cuidado com a saúde do nosso rebanho. Colhemos agora o resultado de muito trabalho e investimento para manter a sanidade animal e a excelência da produção catarinense", destaca o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo de Gouvêa.

Santa Catarina responde por 57% de toda a exportação nacional de carne suína. A alta nos embarques para a China é explicada pela grave crise enfrentada na suinocultura chinesa, devido ao surto de peste suína africana no país. No acumulado do ano, a quantidade vendida para o mercado chinês aumentou em 42,5% e o faturamento em 63,8%.

Segundo o analista do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), Alexandre Giehl, provavelmente a China demorará alguns anos para recompor seu nível de produção, o que se apresenta como uma grande oportunidade para o Brasil e em especial para Santa Catarina.

De janeiro a novembro de 2019, China e Hong Kong responderam por 60% de todo o faturamento com as exportações catarinenses de carne suína. Santa Catarina mantém relações comerciais com outros importantes mercados, alguns deles são considerados os mais exigentes do mundo como Chile, Rússia, Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul.

Habilitação de novas plantas

No início de novembro, as autoridades sanitárias da China habilitaram mais sete plantas frigoríficas catarinenses a exportar subprodutos de carne suína para o país asiático. As estimativas são de que o estado aumente seu faturamento em US$ 15 milhões (cerca de R$ 60 milhões) por mês com os novos embarques.

Diferenciais de Santa Catarina

Santa Catarina é reconhecida internacionalmente pela qualidade do seu agronegócio e o cuidado com a saúde animal e vegetal. É o único estado brasileiro reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como área livre de febre aftosa sem vacinação e área livre de peste suína clássica. Esses são requisitos fundamentais para acessar os mercados mais competitivos.

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

 

 


Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

O Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) recebe propostas de atividades culturais do Brasil e do exterior, até o dia 10 de dezembro, para o Festival Internacional de Arte e Cultura José Luiz Kinceler – FIK 2020. O evento ocorre de 8 a 12 de fevereiro, no campus do Itacorubi, em Florianópolis.

As inscrições podem ser realizadas pelo formulário online. Poderão ser inscritas propostas de pessoas físicas ou jurídicas, de forma individual ou coletiva, desde que o autor não tenha vínculo com a Udesc, como estudante, técnico ou professor. Cada proponente pode cadastrar até duas atividades.

Serão selecionadas propostas para oficinas, apresentações de artes cênicas, apresentações musicais, exposições, práticas da tradição e cultura popular, atividades de moda e design, artes multimídia e proposta inovadora. As atividades selecionadas serão remuneradas e as informações completas estão descritas no edital nº 034/2019 (retificado), também disponível em espanhol.

Durante o Festival, as atividades poderão ser realizadas no Centro de Artes da Udesc ou em outros espaços de Florianópolis, como teatros e ambientes a serem definidos pela organização do evento de acordo com as características de cada proposta.

O evento é organizado pela Udesc Ceart, valorizando a produção cultural, a formação de redes artísticas e fomentando o contato entre sociedade, universidade e grupos artístico-culturais.

Por compreender a importância da valorização da cultura local, o FIK homenageia o pesquisador-artista José Luiz Kinceler e sua proposta relacional integrando arte e vida. Falecido em 2015, Kinceler foi professor da Udesc Ceart, destacando-se por práticas contemporâneas de produção de arte coletiva. Sua ação voltava-se, principalmente, para a formação de estudantes engajados em projetos artísticos desenvolvidos em comunidades.


Assessoria de Comunicação da Udesc Ceart
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Telefones: (48) 3664-8350[

 

 



O Museu Histórico de Santa Catarina inaugura o ciclo de mostras sobre os governadores catarinenses com a exposição Jorge Lacerda, uma visão para o futuro, que será aberta no dia 11 de dezembro, às 19h, no Palácio Cruz e Sousa, que foi sede do Governo do Estado até o fim dos anos 1970. A mostra permanece com visitação durante toda a temporada de verão, até 11 de março de 2020.

Painéis, objetos, livros e conteúdo audiovisual compõem a exposição e transitam pelos principais momentos da vida do ex-governador. Uma das peças é a autoescada Magirus-Doutz, pertencente ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, importada pelo Estado para servir ao Corpo de Bombeiros da Capital, após o incêndio que destruiu o prédio da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em 1956 — primeiro ano do mandato de Lacerda. Vinte e nove anos depois, em 1985, o então governador Esperidião Amin doou o equipamento para os bombeiros voluntários de Joinville, que o mantêm em operação até hoje.

Na noite de abertura, ocorre, também, o lançamento do livro ilustrado Memórias de Jorge Lacerda, uma época de ouro na política catarinense, do pesquisador Roberto Westrupp, que apresenta os resultados de 22 anos de pesquisa. A biografia ilustrada, produzida por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis, analisa em detalhes o contexto social da vida de Jorge Lacerda.

Serviço:

O quê: Exposição Jorge Lacerda, uma visão para o futuro
Abertura: 11 de dezembro, às 19h
Visitação: de 12 de dezembro de 2019 a 11 de março de 2020. De terça a sexta-feira, das 10h às 18h; sábados e domingos, das 10h às 16h.
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina – Localizado no Palácio Cruz e Sousa
Praça XV de novembro – Centro – Florianópolis
Entrada gratuita

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefones: (48)  3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br


Fotos: Divulgação / SDE

Ajudar no futuro profissional e oferecer oportunidades. Este é o propósito do projeto Novos Talentos - SC Games que já formou 1.777 alunos e, neste ano, completa 10 anos. A iniciativa pioneira da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, que abre portas para estudantes no concorrido mercado digital, qualificou mais 107 alunos nesta quinta-feira, 5, em Florianópolis.

“A mensagem que eu posso passar para vocês, crianças que estão aqui hoje, é que não desistam dos seus sonhos, mesmo que apareçam pedras no caminho. Muitas vezes na vida, é preciso acreditar para alcançar um objetivo”, destacou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, durante a formatura dos alunos.

O secretário destacou ainda que o setor de games e jogos digitais é bastante promissor, sendo um nicho que prospera cada vez mais. “A gameficação tem ganhado cada vez mais espaço em Santa Catarina e o Projeto SC Games, é bom exemplo de educação para o empreendedorismo inovador”, disse.

Desenvolvimento social

Entre os formandos, sentado na plateia ao lado dos pais e com a camiseta do Projeto, estava João Vitor de Carvalho, 12 anos. Concentrado, com um celular na mão, programava um game. “Quero me especializar”, respondeu o garoto focado no jogo. Para a mãe, Tereza Cristina de Carvalho, o Projeto foi muito além da capacitação. “O João mudou inclusive o comportamento, se desenvolveu socialmente”, observou. Aluno da Escola Básica Municipal João Gonçalves Pinheiro, em Florianópolis, já completou quatro cursos de programação. “Quero ser um profissional”, disse ele.

Milena Luisa, mãe do Artur Luiz, 12, e do Mateus Luiz, 9, viu na prática o desenvolvimento dos filhos que também participam do projeto. “O Artur começou a entender que o game não é um brinquedo, é um negócio. Ele passou a estruturar, a pensar o processo e a fazer cálculos. Hoje ele pensa na estratégia, na história com começo, meio e fim”, conta ela. Os meninos, alunos do Colégio Criativo, já pensam longe: “Querem ter uma empresa de games”, finaliza Milena.

Mercado aquecido

Dados do Sebrae revelam que Santa Catarina tem se posicionado como polo nesta área: o estado é o quarto no país com mais empresas no setor de games e jogos digitais dos mais diferentes gêneros.

Para a coordenadora do Projeto, Márcia Battistella, o mercado catarinense está em ascensão e já pode ser considerado um destaque mundial graças à produção de games internacionalmente reconhecidos. Não é à toa que a entidade comemora 10 anos de atuação com resultados bastante positivos no segmento.

“Desde a implantação do programa no estado, diversos cursos de jogos digitais e animação foram criados, estúdios de games tomaram forma, impulsionando o setor e o ecossistema. Muitos alunos e estagiários do Projeto SC Games atuam diretamente na área e inclusive, hoje, atuam no projeto ajudando outros aprendizes”, explica.

Lançado em 2009, o Novos Talentos - SC Games é uma realização da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e conta com apoio do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina  (Ciasc), Secretaria de Educação (SED), Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Fundação de Ensino e Engenharia da Universidade Federal de Santa Catarina (Feesc), Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Secretaria Municipal de Educação (SME), Senai, Senac, UFSC e Udesc. E patrocínio da empresa PalmSoft.

Matrículas abertas

Alunos que quiseram participar do programa em 2020, já podem fazer a matrícula. O projeto é voltado para crianças e jovens entre 9 e 17 anos. São cursos gratuitos de Arte, Programação, Robótica, Animação, entre outros.

Para se inscrever basta clicar no link e preencher o formulário.

Para mais informações sobre os cursos:

E-mail: polodegames@gmail.com
Telefone (48) 999989274
https://www.facebook.com/projetoscgames/

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDE
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sde.sc.gov.br