Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Quer saber como está a Ponte Hercílio Luz?

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Mauricio Vieira / Secom

A Maternidade Carmela Dutra, em Florianópolis, passou a realizar cirurgias para tratamento de endometriose profunda. O primeiro procedimento foi feito nesta quarta-feira, 9. A unidade é a primeira da Secretaria de Estado de Saúde a oferecer esse tipo de tratamento via Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina.

De acordo com a diretora da maternidade, Carla Feix de Barros, a realização dos procedimentos foi possível depois que a SES, através da Superintendência de Hospitais Públicos (SUH), buscou por cirurgiões do aparelho digestivo lotados em unidades estaduais. Assim, esses profissionais atuam em conjunto aos de ginecologia na cirurgia de endometriose.

“Tivemos algumas poucas cirurgias no final de 2018, mas não havia nenhum tratamento cirúrgico estabelecido para endometriose profunda via SUS”, conta a diretora. “A atual gestão da Secretaria de Saúde foi muito sensível ao problema e buscou tratativa com cirurgiões que já atuavam na SES, em outros hospitais, para se aliarem aos nossos profissionais na realização dessas cirurgias. Agora podemos dizer que nós, através da Maternidade Carmela Dutra, oferecemos mais esse serviço ao cidadão catarinense”, acrescenta.

Outras 31 pacientes aguardam na fila por uma cirurgia de tratamento de endometriose profunda, que é quadro mais grave da doença, na Carmela Dutra.

A endometriose

O endométrio é uma mucosa que reveste a parede interna do útero, sensível às alterações do ciclo menstrual, e onde o óvulo depois de fertilizado se implanta. A doença conhecida como endometriose é uma afecção inflamatória (uma modificação no funcionamento normal do organismo) provocada por células do endométrio. Ao invés de serem expelidas, elas migram no sentido oposto e caem nos ovários ou na cavidade abdominal, onde voltam a multiplicar-se e a sangrar.

Endometriose profunda é considerada a forma mais grave da doença. As causas ainda não estão bem definidas, mas o que se sabe é que parte do sangue reflua através das tubas uterinas durante a menstruação e se deposita em outros órgãos. Por isso a necessidade de a cirurgia ser acompanhada também por um cirurgião do aparelho digestivo.

A SES ressalta que o exame ginecológico clínico e o acompanhamento preventivo são passos importantes para o diagnóstico precoce. A doença pode ser confirmada pelos seguintes exames laboratoriais e de imagem: visualização das lesões por laparoscopia, ultrassom endovaginal, ressonância magnética e um exame de sangue chamado marcador tumoral CA-125, que se altera nos casos mais avançados da doença, além de biópsia.

Carmela Dutra

A Carmela Dutra, referência clínica em saúde da mulher, dispõe atualmente de 104 leitos destinados ao atendimento obstétrico, ginecológico, oncológico e neonatal. Na unidade, já foram registrados mais de 70 mil nascimentos desde sua inauguração em julho de 1955. Possui ainda o Título de Hospital Amigo da Criança e a certificação de Hospital de Ensino. Em 2013, a maternidade recebeu da Câmara de Deputados o Prêmio Dr. Pinotti - Hospital Amigo da Mulher. Em 2014, o banco de leite da unidade recebeu o certificado de excelência na categoria Ouro da Fiocruz.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. Foto: Paulo Goeth / Secretaria de Estado da Saúde

Nesta semana termina o prazo dado pela Justiça para que o estabelecimento comercial que ocupa irregularmente um espaço dentro do Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, retire os pertencentes do local. A decisão é resultado de ação de reintegração de posse ajuizada pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE/SC). No local onde funciona o estabelecimento privado será instalada a nova farmácia do hospital.

“O espaço que até então era ocupado pela lanchonete será incorporado à farmácia do hospital propiciando melhor organização e incremento dos estoques de medicamentos essenciais, produtos que são fundamentais no tratamento das crianças que procuram atendimento médico no Joana de Gusmão”, ressalta o diretor do hospital, Flamarion da Silva Lucas.

Antes do ajuizamento da ação, no ano de 2011, foi concedido um prazo para que o estabelecimento desocupasse amigavelmente o espaço dentro do hospital, mas o proprietário não tomou as providências necessárias, alegando que tinha um contrato de locação com uma associação. Diante da negativa, a PGE ingressou com a ação de reintegração de posse.

Na decisão, a Justiça confirmou o entendimento do Estado de que o contrato de locação do espaço era irregular, pois era assinado por uma pessoa que não tinha competência para controlar o patrimônio público, além de contrariar os princípios da impessoalidade e da legalidade ao não realizar prévio processo licitatório.

A sentença foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). A PGE, então, requereu o cumprimento da decisão e o juiz determinou a desocupação do espaço em um prazo de 15 dias, sob pena de sanções previstas na legislação, como, por exemplo, multa. O prazo se encerra no fim desta semana.

Atuaram no processo os procuradores do Estado Celso Antonio de Carvalho, Daniel Rodriguez Teodoro da Silva, Elisângela Strada, Flávia Dreher de Araújo, Marcos Cezar Averbeck e Renato Domingues Brito. Pela Secretaria de Saúde participaram, além do diretor do Hospital Infantil, o superintendente de Gestão Administrativa, Vanderlei Vanderlino Vidal e a assistente da Consultoria Jurídica Renata Pereira Oliveira Correa.

Processo 5003606-72.2019.8.24.0023

Informações adicionais:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Procuradoria Geral do Estado - PGE
comunicacao@pge.sc.gov.br 
(48) 3664-7650 / 99131-5941 / 98843-2430
Site: www.pge.sc.gov.br 

Fabrício Escandiuzzi
Secretaria de Estado da Saúde
imprensa@saude.sc.gov.br
(48) 3664-8820 / 99913-0316

O Governo de Santa Catarina prepara uma programação especial para o Dia das Crianças. No sábado, dia 12, os quartéis do Corpo de Bombeiros Militar estarão abertos para receber os visitantes e mostrar os veículos e equipamentos usados nas operações de busca e resgate. Em Florianópolis, o público também poderá conhecer de perto alguns dos cães que auxiliam os militares em salvamentos e participar de oficinas de desenho e outras atividades.

Há ainda diversas atrações culturais, como teatros, musicais e exposições para as crianças. A Biblioteca Pública de Santa Catarina, por exemplo, abriga a exposição Pequeno Príncipe, que segue até o dia 31 de outubro. Já no Centro Integrado de Cultura (CIC), haverá a exibição do filme de animação O homem das cavernas, com entrada gratuita. 

O Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), o Teatro Ademir Rosa e o Teatro Governador Pedro Ivo também têm atrações para o público infantil. A programação completa está no site da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). 

Confira a programação para o Dia das Crianças em Santa Catarina:

::Sábado, dia 12

Corpo de Bombeiros Militar: Visitação a quartéis com atividades para crianças. Entrada gratuita
Quartéis abertos no estado para visitação e atividades com as crianças. Os horários e ações são definidos por cada região. Em Florianópolis, as atividades ocorrem no Centro de Ensino Bombeiro Militar, na Rua Lauro Linhares, 1213, na Trindade. O local estará aberto das 10h às 17h, com exposição de equipamentos, helicóptero, caminhão, embarcação, cães de busca e resgate, além de drone, tirolesa e outras atividades. Nas outras cidades, a programação pode ser verificada diretamente com o quartel mais próximo.

Exposição "Pequeno Príncipe” na Biblioteca Pública de Santa Catarina (BPSC). Entrada gratuita
A visitação ocorre no mesmo horário de funcionamento da biblioteca, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h; e aos sábados, das 8h às 11h45. A exposição segue até o dia 31 de outubro no setor infanto-juvenil da Biblioteca Pública de Santa Catarina, na Rua Tenente Silveira, 343, no Centro, em Florianópolis. Informações no site. 

Cinema do CIC: Cineclube Infantil, filme "O homem das cavernas", às 16h. Entrada gratuita
O homem das cavernas (de Nick Park, animação, Reino Unido, EUA, França, 2018, 90min). No tempo em que dinossauros e mamutes ainda corriam livremente pela Terra, Doug, um corajoso homem das cavernas, une sua tribo contra um inimigo poderoso da Idade do Bronze, que os expulsa do perfeito Vale em que vivem. Buscando vencê-lo para recuperar o lar, ele propõe uma ousada batalha entre quatro linhas: um inédito jogo de futebol. No CIC, CIC, na Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, em Florianópolis. Informações no site. 

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br


Foto: Divulgação / Imetro 

Com a proximidade de Dia das Crianças, o Instituto de Metrologia (Imetro)  de Santa Catarina alerta sobre a segurança dos presentes. Para saber se um brinquedo atende a todas as normas de qualidade exigidas por lei, ele precisa conter um selo do Inmetro.

A certificação de brinquedos é obrigatória no Brasil. Seja nacional, seja importado, o brinquedo para crianças de até 14 anos deve conter a Identificação da Conformidade.

Para garantir que os brinquedos que estão sendo vendidos em Santa Catarina estejam dentro da legislação, o Imetro vistoriou 14.947 itens em lojas do Norte do Estado, do Oeste e do Planalto Serrano. Com 77 ações das equipes de fiscalização, 60 brinquedos foram reprovados e apreendidos.

A finalidade foi retirar do mercado produtos não conformes com a regulamentação de segurança, que possam causar acidentes de consumo nas crianças, tais como ingestão de peças pequenas, cortes, perfurações e intoxicações. A operação especial de qualidade foi durante os primeiros sete dias de outubro.

“O objetivo do Imetro nesta operação foi conferir mais segurança nos artigos infantis e seus usuários”, destaca o presidente do Imetro de SC, Rudinei Floriano.

FIQUE DE OLHO

- O selo Inmetro é a evidência de que o produto passou por diversos critérios de segurança exigidos pelo regulamento. Ele deve possuir informações como faixa etária, alerta sobre composição e riscos como bordas cortantes e partes pequenas que podem ser engolidas ou inaladas.

- O selo Inmetro assegura que o produto passou por testes feitos em laboratórios acreditados pelo Inmetro para avaliar os principais itens de segurança como: impacto e queda (pontas cortantes e agudas); mordida (partes pequenas que podem ser levadas à boca); composição química (metais nocivos à saúde); inflamabilidade (risco de combustão em contato com o fogo); e ruído (níveis acima dos limites estabelecidos pela legislação).

Além dos brinquedos, o Inmetro regulamenta compulsoriamente diversos itens voltados ao público infantil: cadeirinhas de automóvel, mamadeiras, chupetas, carrinhos de bebê, cadeira alta para alimentação e berços são alguns produtos já certificados, e que só podem ser comercializados com selo de identificação da conformidade.

Mais informações para imprensa:
Olavo Moraes 
Assessoria de Comunicação
Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro)
(48) 3381-5248 / 9-9960-8906
olavo@imetro.sc.gov.br 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A SC-401 Norte terá um cronograma de interdição de pistas a partir desta segunda-feira, 14, para reconstrução do sistema de drenagem e escoamento de água no quilômetro 15, próximo ao Senai. Os trabalhos na rodovia de acesso ao Norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, começam no sentido Bairro-Centro, a partir das 2h, com o bloqueio da faixa da direita, em uma extensão de 200 metros. O trânsito será desviado para a esquerda e ficará em pista simples neste trecho durante cerca de 10 dias.

Após finalizar os serviços na faixa da direita, os trabalhos serão feitos na pista da esquerda, que também será bloqueada em 200 metros, entre sete e 10 dias. O trânsito será desviado para a faixa da direita e ficará em pista simples neste trecho durante o período interditado. Quando a reconstrução do bueiro celular for concluída no sentido Bairro-Centro, os serviços serão iniciados no sentido Centro-Bairro e a interdição, em 200 metros de extensão, será feita simultaneamente nas duas faixas da rodovia. O trânsito será desviado para a marginal, permanecendo com pista dupla durante o bloqueio, por aproximadamente 15 dias.

:: Confira mais fotos na galeria

Depois disso, as faixas da rodovia serão liberadas para o tráfego e a interdição ocorrerá nas pistas da marginal, também por aproximadamente 15 dias, até a reconstrução total da galeria.


Arte: Sal Santos / Secom

Rompimento da galeria aconteceu em 2018

A galeria rompeu durante o período de fortes chuvas em janeiro de 2018, quando foi realizado um trabalho paliativo no local. De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, com esses trabalhos a solução será permanente. “À época, por conta das chuvas, foi realizado um serviço emergencial, agora vamos recuperar de maneira definitiva e fazer todas as melhorias necessárias”.

Serão realizados os serviços de terraplenagem, pavimentação, sinalização e obras complementares. A galeria é formada por blocos de concretos e tem como função a canalização de rios e a drenagem e o escoamento das águas. O investimento será de R$ 1.013.871,61 e o prazo previsto em contrato para conclusão é de 180 dias.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com

Página 2 de 581

Conecte-se