Encontre serviços e notícias do Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Novos alunos da Polícia Militar de Santa Catarina



Oportunidades


BANNER DEFICIENTES 01


Fotos: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Nova Veneza terá R$ 5,4 milhões para pavimentar ou repavimentar vias do município que sofrerão a intervenção de obras de saneamento. A governadora em exercício Daniela Reinehr assinou o convênio que garante o repasse de recursos da Casan para as obras no município do Sul Catarinense. O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, a diretora-presidente da companhia, Roberta Maas dos Anjos, e o prefeito Rogério Frigo também assinaram o documento, em ato realizado na Câmara Municipal, no início da noite desta terça-feira, 7.

"É com grande alegria que faço meu primeiro ato como governadora em exercício em Nova Veneza. Estamos entregando obras tão importantes, que vão melhorar a infraestrutura e desenvolver a vocação turística, com esse dom que Nova Veneza tem de encantar as pessoas", afirmou Daniela.

>> Mais fotos disponíveis na galeria

Ela destacou a melhora na gestão da Casan. "Nós nos sentimos muito seguros quanto à qualificação dos nossos gestores, nossos secretários, nossas equipes técnicas. O resultado está aparecendo e ver a felicidade das pessoas ao receber esse investimento é algo que não tem preço. Ainda estamos organizando a casa, mas já temos feito entregas importantes e muito mais está por vir", frisou a governadora em exercício. 

Do montante destinado para Nova Veneza, R$ 2,6 milhões serão investidos na pavimentação de 3,8 quilômetros da rodovia Imigrante Giuseppe Gava (NVA-155), que vai da localidade de São Bento Alto ao limite com Siderópolis, no acesso à barragem do Rio São Bento. Com o asfalto, ficará mais fácil o acesso das equipes de manutenção e vistoria. O reservatório garante a segurança no fornecimento de água para Nova Veneza, Siderópolis, Criciúma, Forquilhinha, Içara e Maracajá, beneficiando 500 mil pessoas.

"Nós passamos todo o ano de 2019 planejando investimentos para Nova Veneza. No fim do ano, assinamos o contrato de programa, que prevê cerca R$ 50 milhões para o município, ao longo de 30 anos. O Governo do Estado e a Casan estão muito próximos de Nova Veneza e queremos continuar melhorando o saneamento daqui", destacou a diretora-presidente da Casan.

Investimentos no Caravaggio

O restante dos recursos será aplicado no Distrito de Caravaggio. Aproximadamente R$ 2 milhões serão destinados à pavimentação asfáltica da Avenida José Ronchi e parte da Rua Antônio Milanez. Os recursos incluem o custo para realocar 5,2 mil metros de redes e adutoras para a calçada, facilitando consertos e preservando o asfalto.

Outros R$ 775 mil servirão à repavimentação asfáltica da Rodovia José Spillere, que também está recebendo obras do sistema de abastecimento de água.

Agenda no Oeste

Depois de Nova Veneza, Daniela Reinehr segue para o Oeste de Santa Catarina. A governadora em exercício cumprirá agenda na região no restante da semana.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Maior polo pesqueiro do país, Santa Catarina cria linhas de apoio aos maricultores e pescadores artesanais. A partir deste ano, a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural destinará recursos para organização da maricultura, ocupação das áreas aquícolas e aquisição de equipamentos para segurança das embarcações. Os financiamentos serão via Fundo Estadual de Desenvolvimento Rural (FDR).

O secretário da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural em exercício, Ricardo Miotto, explica que as novas linhas de apoio irão fortalecer e levar mais tecnologia e segurança para o setor produtivo. "Este é um reconhecimento à maricultura e à pesca do nosso estado. Temos um grande potencial a ser explorado e estamos muito atentos a isso. As novas linhas de crédito do Fundo de Desenvolvimento Rural são iniciativas do Governo do Estado e da Secretaria da Agricultura em busca de inovação, tecnologia, segurança, qualidade de vida e renda para o maricultor e pescador de Santa Catarina", afirma.

Os maricultores que possuem áreas aquícolas concedidas pelo antigo Ministério da Aquicultura e Pesca, atual Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), contarão com recursos para aquisição de bens ou serviços para realocação ou instalação de estrutura de produção nos locais determinados. Cada produtor poderá ter financiamento de até R$ 40 mil, com cinco anos de prazo para pagamento, com parcelas anuais e sem juros.

Mais segurança no mar

Os pescadores artesanais e maricultores contam ainda com financiamentos para aquisição de equipamentos para segurança e instrumentalização das embarcações. O limite é de R$ 15 mil, com cinco anos de prazo para pagamento, com parcelas anuais e sem juros.

Nas duas linhas de crédito, se os produtores pagarem todas as parcelas até a data do vencimento, receberão a última parcela como bonificação. Os pescadores e maricultores interessados em participar do Projeto devem procurar o escritório municipal da Epagri.

Maricultura e pesca em Santa Catarina

Santa Catarina engloba 7% do litoral brasileiro e 337 localidades onde ocorre a pesca artesanal, envolvendo aproximadamente 25 mil pessoas. O estado conta ainda com 700 embarcações de pesca industrial e o setor gera em torno de 10 mil empregos diretos. Os catarinenses são os maiores produtores de ostras e mexilhões do Brasil, com 565 maricultores distribuídos em 11 municípios.

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br


Fotos: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

A doação de sangue é uma atitude que salva vidas. O sangue doado auxilia no tratamento de alguns pacientes e em casos de acidentes e cirurgias, que necessitam de transfusão. Para atender essa demanda, o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) precisa manter seus estoques em um nível adequado e seguro. Durante a temporada de verão, esse desafio é ainda maior, já que nesta época as doações tendem a diminuir, e a procura por sangue pode aumentar.                            

A responsável pela Divisão de Produção do Hemosc, Muriel Mazziero, lembra que o sangue é insubstituível, não podendo ser fabricado artificialmente, o que torna a doação a única forma de obtenção. “Doar sangue é um ato simples, tranquilo e seguro. A doação espontânea e periódica é fundamental para a manutenção dos estoques. Uma única doação pode salvar várias vidas”.


Foto: Eduardo Guedes de Olveira / Agência AL

Museu de Escola Catarinense (Mesc), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), assumirá o prédio da antiga escola Antonieta de Barros. O espaço no Centro Histórico de Florianópolis foi cedido à universidade em 26 dezembro de 2019 pelo Governo do Estado e será utilizado para atividades culturais e educacionais abertas à comunidade, como a capacitação de professores e pessoas.

Segundo a coordenadora do museu, professora Sandra Makowiecky, com o novo imóvel, que tem 1,3 mil metros quadrados, o Mesc dará mais um passo para conectar a sua missão de preservar a memória sobre a escola do passado com o propósito de construir a escola do futuro. Isso porque o prédio será usado, principalmente, para ampliar as ações da instituição no estimulo à economia criativa, segmento que atua em áreas como cultura, arte, design e comunicação. “Aliar as atividades comuns de um museu à economia criativa é uma tendência mundial e um eixo de trabalho que estamos desenvolvendo nos últimos anos”, destaca a professora.


Foto: Cristiano Estrela / Secom 

Proprietários de veículos com placas que terminam em 1, que optarem por pagar o IPVA em três vezes sem juros, podem quitar a primeira parcela até esta sexta-feira, 10. As demais têm vencimento no dia 10 dos meses seguintes, ou seja, fevereiro e março. O prazo para pagamento do imposto em cota única é 31 de janeiro.

Em 2020, os catarinenses irão pagar, em média, 2,4 % a menos de IPVA do que no ano passado. O índice representa a desvalorização dos veículos em relação a 2019, de acordo com a tabela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), utilizada pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) como base de cálculo. Em Santa Catarina, o tributo varia entre 1% e 2% do valor venal do veículo.

Para pagar o IPVA 2020, clique aqui.

A quitação do imposto é um dos requisitos para licenciar o veículo. O não pagamento também implica em Notificação Fiscal, com multa de 50% do valor devido, mais juros Selic ao mês ou fração.

IPVA em Santa Catarina - Alíquotas vigentes

2% para veículos de passeio, utilitários e motor-casa, nacionais ou estrangeiros;

1% para veículos de duas ou três rodas e os de transporte de carga ou passageiros (coletivos), nacionais ou estrangeiros;

1% para veículos destinados à locação, de propriedade de locadoras de veículos ou por elas arrendados mediante contrato de arrendamento mercantil.

Alíquotas de IPVA em outros Estados

Rio Grande do Sul: 3%

Paraná: 3,5%,

São Paulo: 4%

Rio de Janeiro: 4%

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

FINAL DE PLACA

COTA ÚNICA

PARCELAMENTO-COTAS

     1ª

     2ª

    3ª

1

último dia do mês de janeiro

10.01

10.02

10.03

2

último dia do mês de fevereiro

10.02

10.03

10.04

3

último dia do mês de março

10.03

10.04

10.05

4

último dia do mês de abril

10.04

10.05

10.06

5

último dia do mês de maio

10.05

10.06

10.07

6

último dia do mês de junho

10.06

10.07

10.08

7

último dia do mês de julho

10.07

10.08

10.09

8

último dia do mês de agosto

10.08

10.09

10.10

9

último dia do mês de setembro

10.09

10.10

10.11

0

último dia do mês de outubro

10.10

10.11

10.12

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Fazenda

Michelle Nunes
jornalistaminunes@gmail.com (48) 3665-2575 / (48) 99929-4998

Sarah Goulart
sgoulart@sef.sc.gov.br (48) 3665-2504 / (48) 99992-2089

Página 9 de 662

Conecte-se