Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Conheça o novo RG disponível em Santa Catarina

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Ascom/SIE

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE), por meio da Coordenadoria Regional Norte, realiza a instalação de dispositivos para alertar e proibir ultrapassagens antes das curvas da Serra Dona Francisca (SC-418). Nesta semana, foram inseridos três sonorizadores a 300, 150 e 50 metros da curva no quilômetro 16,6. Os tachões no eixo da pista foram colocados em uma extensão de 300 metros, acompanhando os sonorizadores. Nas próximas semanas os serviços serão realizados antes das curvas dos quilômetros 15,5 e 13,7. 

Na última quinta-feira, 3, foi finalizada a barreira de contenção de terra na curva do quilômetro 16,6, para evitar a queda de veículos na ribanceira em casos de colisões. As defensas metálicas também estão sendo instaladas ao longo da Serra Dona Francisca. A previsão é que as ações preventivas na rodovia sejam finalizadas em novembro. 

A manutenção rotineira é feita constantemente na rodovia com serviços de roçada, limpeza das canaletas, ajustes de placas e tapa buracos.  Em junho, foi realizada a pintura de toda a Serra – eixo e bordo – e foram recolocadas todas as placas de sinalização que estavam faltando, bem como a reposição dos tachões e tachinhas danificados. 

Para a iluminação, uma alternativa está sendo estudada, uma vez que em 2018 foi gasto mais de R$ 1 milhão e os cabos de cobre foram furtados, deixando a Serra sem luz apropriada.


Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Arquivo / Secom
 
A Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) lançou nesta quarta-feira, 9, o edital do concurso público para o preenchimento de 600 vagas do cargo de agente penitenciário. As inscrições poderão ser feitas no site do exame a partir de 14 de outubro e vão até dia 13 de novembro. A primeira etapa da prova será realizada no dia 1º de dezembro nos municípios de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Grande Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages. 

O governador Carlos Moisés lembra que essa ação vem reforçar o compromisso assumido em melhorar a segurança pública de Santa Catarina. “Criando vagas para agentes, melhoramos as condições do sistema prisional. Além deste concurso, reforçamos efetivos do IGP e vamos convocar também policiais civis e soldados dos Bombeiros Militares. Tudo contribui para reduzirmos ainda mais os índices de criminalidade”.

De acordo com o secretário da Administração Prisional, Leandro Lima, o concurso público atende a uma necessidade antiga da pasta e do sistema. “Essa medida nos permite abrir novas vagas no sistema prisional, colocar em operação as unidades já existentes e que ainda se encontram inativas por falta de pessoal otimizando outras vagas no sistema prisional e dando mais segurança para a sociedade catarinense”, destacou o secretário.

O concurso do Departamento de Administração Prisional de Santa Catarina (Deap) tem seis fases que envolvem prova objetiva, teste de aptidão física, psicotécnico, toxicológico, etapas de investigação social e o Curso de Formação Profissional. Para acessar o edital visite a página do Deap ou clique aqui.

Mais efetivo para a segurança pública

Nesta semana foram empossados 96 profissionais do Instituto Geral de Perícias (IGP), sendo 94 peritos e dois papiloscopistas. O governador Carlos Moisés também já assinou a chamada de 50 agentes e 50 escrivães para a Polícia Civil, que se somam aos 34 novos delegados já empossados. Em novembro, está prevista a convocação de 150 soldados do Corpo de Bombeiros Militar, que ainda terá mais 142 chamados em março de 2020. 

A Polícia Militar já tem o aval do governador para chamar 35 oficiais e 500 soldados após os concursos que estão em andamento.

Informações adicionais para a imprensa
Jacqueline Iensen
Assessoria de Imprensa
Secretaria da Administração Prisional e Socioeducativo (SAP)
E-mail: jacqueline.iensen@gmail.com
Fone: (48) 3664-5810 / (48) 99668-9634
Site: www.sjc.sc.gov.br 


Foto: Julio Cavalheiro/Secom 

A edição de 2019 do Programa Entra21-Blusoft capacitou 300 jovens para atuar no mercado de trabalho de tecnologia e inovação na região de Blumenau. A solenidade de formatura ocorreu na manhã desta quarta-feira, 9, no Teatro Carlos Gomes. Desde o início do programa, em 2006, aproximadamente 4,3 mil alunos já foram beneficiados pela iniciativa, que promove a qualificação para os segmentos de TI e Comunicação.

Além da prefeitura de Blumenau e de empresas privadas, o Entra21 conta com o apoio do governo do Estado, por meio da Fapesc, que neste ano aportou R$ 800 mil. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Lucas Esmeraldino, destacou que o apoio da administração estadual será mantido, pois é uma iniciativa que traz um retorno importante para a sociedade.

“Queremos, na verdade, expandir esse programa para outras regiões. É muito gratificante estar rodeado de jovens, que quase em sua totalidade conseguirão vagas no mercado. Hoje é um dia de comemorar”, discursou Esmeraldino.

Na visão do presidente da Fapesc, Fábio Zabot, o apoio do Estado é importante em iniciativas que promovam o desenvolvimento humano e econômico. Segundo ele, o Entra-21 tem dado tão certo que pode servir futuramente como piloto para um programa de alcance estadual.

“É algo já exaustivamente testado e que dá um retorno garantido. Nós vemos muito valor no Entra-21. Esse mérito nos chamou atenção: há o desenvolvimento humano, o jovem fica na região e com alto grau de empregabilidade. O jovem que entra sai formado na linguagem computacional”, explicou Zabot.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 


Foto: Arquivo / Secom

A licitação para as obras preventivas na Serra do Rio do Rastro (SC-390) foi lançada nessa terça-feira, 8. O modelo de licitação é um Regime Diferenciado de Contratação Integrado (RDCI), do tipo menor preço global, e a empresa vencedora será responsável por executar tanto o projeto quanto a obra. A abertura da licitação ocorrerá no dia 30 de outubro, às 14h30, na sede da Secretaria do Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE), em Florianópolis. 

“As ações de prevenção na Serra do Rio do Rastro, por serem serviços altamente técnicos e complexos, demandaram inúmeras considerações na elaboração do edital. Além disso, o processo de montagem do documento também exigiu maior atenção por ser um RDC Integrado, pois neste modelo de licitação é imprescindível indicar claramente quais serviços precisam ser realizados, considerando que o projeto executivo será elaborado após a licitação”, explica o secretário da Infraestrutura, Carlos Hassler.

O plano de trabalho prevê a intervenção ao longo da rodovia SC-390, contemplando 25 pontos em taludes, podendo variar o material dependendo do local. Além dessas ações estruturantes, será feita a retirada de blocos rochosos e outros materiais que estão soltos e depositados sobre os taludes.

Os 25 pontos de intervenção estão dentro do perímetro territorial dos municípios de Orleans, Lauro Muller e Bom Jardim da Serra.

Abertura da licitação

Os envelopes contendo a documentação e a proposta de preço deverão ser entregues até às 14h, do dia 30 de outubro, no Protocolo da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (Rua Tenente Silveira, nº 162, Centro, Florianópolis, SC – CEP 88010-300). 

A abertura dos envelopes também ocorrerá no dia 30, às 14h30. Primeiro serão abertas as propostas de preços de todas as empresas participantes, em seguida será realizada a abertura do envelope com a documentação de habilitação da empresa que apresentar a melhor proposta, conforme previsto no Art. 12 º, da Lei N° 12.462/2011.

O orçamento estimado para a contratação dos serviços só poderá ser informado após o encerramento da licitação, conforme previsto no Art. 6º da Lei N° 12.462/2011. 

Prazos para recursos

Por ser um RDCI, questionamentos e impugnação do edital podem ocorrer até cinco dias úteis antes da abertura da licitação, marcada para 30 de outubro. Em caso de impugnação ou questionamentos, a data da abertura da licitação poderá ser alterada. 

Após a habilitação do vencedor haverá uma fase única para recursos e o licitante deverá manifestar imediatamente a intenção de recorrer ou perderá o direito de fazê-lo. Após a manifestação, o licitante terá três dias úteis para protocolar o recurso para análise da Comissão de Licitação da SIE.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com

De 10 de outubro a 14 de dezembro, o Museu da Escola Catarinense (Mesc), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), recebe a exposição "Ruds Materia", com obras de nove artistas do Brasil e da Alemanha. A mostra integra a 14ª Bienal Internacional de Curitiba e apresenta produções contemporâneas de Marilyn Green, Susan Mckinley, Peter Lindenberg, Dagmar Diekmann, Yara Guasque, Rubens Oestroem, Sandra Favero, Juliana Hoffmann e Tom Drake Bennett.

>>> Masc recebe programação do polo catarinense da Bienal de Curitiba

"O intercâmbio entre os artistas, estabelecido no início de 2019, permitiu o encontro das pesquisas e o diálogo surgido a partir dessa conexão", destaca a coordenadora do Mesc, Sandra Makowiecky.

Além da mostra na 14ª Bienal Internacional de Curitiba, o encontro entre os artistas possibilitará "uma exposição em Berlim, em 2020, no Verein Berliner Künstler  (VRB), uma das associações de artistas mais antigas da Europa, fundada em 1841", declara Sandra.

Sobre a exposição
Intitulada "Fronteiras em Aberto", a 14ª edição da bienal seguirá até 23 de fevereiro, em 11 países da América do Sul e da Europa. Em solo catarinense, Florianópolis será sede do evento, com curadoria de Sandra Makowiecky e das egressas Juliana Crispe e Francine Goudel, do Centro de Artes (Ceart), da Udesc.

Na capital catarinense, além do Mesc, haverá atividades em sete outro locais: Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), Fundação Cultural Badesc, Galeria Municipal de Arte Pedro Paulo Vecchietti, Memorial Meyer Filho, Espaço Cultural Armazém Coletivo Elza, O Sítio e NaCasa - Coletivo Artístico.

No Brasil, a bienal também ocorrerá no Paraná (em Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel), em Brasília e em São Paulo. Os outros países que recebem a bienal são Argentina, Paraguai, Uruguai, França, Espanha, Suíça, Rússia e África do Sul.

Reitor: Marcus Tomasi

 

Luiz Eduardo Schmitt – Secretário de Comunicação da Udesc | Célia Penteado

(48) 3664-8006 | (48) 99958-8368 | (48) 3664-8007

luiz.schmitt@udesc.br

comunicacao@udesc.br

celia.penteado@udesc.br

 

Rodrigo Brüning Schmitt - Reitoria e unidades de Laguna e Balneário Camboriú

(48) 3664-8010

rodrigo.schmitt@udesc.br

 

Valmor Pizzetti - Reitoria e unidades do Oeste, Ibirama e Udesc Cead

(48) 3664-7935

valmor.pizzetti@udesc.br

 

Isabela Vargas - Joinville

(47) 3481-7930 | (47) 99196-2230

isabela.vargas@udesc.br

comunicacao@cct.udesc.br

 

Carlito Costa - Cefid

(48) 3664-8622 | (48) 99977-1832

carlito.costa@udesc.br

 

Carolina Hommerding –  Faed

(48) 3664-8512 | (48) 99133-1236

carolina.h@udesc.br

 

Gustavo Vaz - Esag

(48) 3664-8281 | (48) 99161-9002

gustavo.vaz@udesc.br

 

Laís Moser - Ceart

(48) 3664-8350

lais.moser@udesc.br

Página 8 de 586

Conecte-se