Encontre serviços e notícias do Governo de SC

 

Vídeos

Coronavírus: sintomas e prevenção



Oportunidades


BANNER DEFICIENTES 01


Foto: Robson Valverde / SES

O Governo do Estado confirmou na noite desta quarta-feira, 25, a primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina. O paciente era um homem de 86 anos, que deu entrada no Hospital Regional de São José no dia 23 de março, conduzido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O quadro clínico inicial era de desconforto respiratório associado à piora do estado de saúde geral.

O paciente vinha apresentando há dois meses uma piora do estado de saúde geral, com inapetência progressiva (recusa à alimentação) e aumento do grau de dependência para realização de tarefas diárias. De acordo com os boletins médicos, ele não tinha histórico de febre e tosse. As amostras para testagem da Covid-19 foram colhidas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em função da característica do quadro. O teste confirmou a presença de coronavírus SARS-CoV2. O paciente foi mantido em isolamento respiratório, mas morreu na madrugada de quarta-feira, 25.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) comunica que o calendário do Vestibular de Inverno 2020 e todos os seus prazos estão suspensos e somente serão retomados após a normalização da situação no estado e no país, que enfrentam pandemia do novo coronavírus.

Dessa forma, está adiado, por exemplo, o prazo para doadores de sangue e/ou medula pedirem isenção no pagamento da taxa de inscrição. Pelo cronograma original, a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos da Udesc (Covest) receberia pedidos até esta sexta-feira, 27. Já o período para solicitar isenção pelo critério socioeconômico foi encerrado em 2 de março, mas a homologação dos requerimentos também foi suspensa.



Santa Catarina tem 122 casos confirmados do novo coronavírus, conforme boletim de atualização divulgado pelo governador Carlos Moisés em coletiva de imprensa no fim da tarde desta quarta-feira, 25. Há pacientes com diagnóstico positivo para a doença Covid-19 em todas as regiões do estado.

A partir desta quarta-feira, o governador informou que houve uma mudança nos critérios de monitoramento, com os casos passando a ser contabilizados pelo município de residência do paciente e não mais pelo de notificação. O estado tem 325 casos suspeitos da doença. 

Com a nova metodologia, no total, são 28 municípios catarinenses com casos confirmados até o momento, além de cinco casos de residentes em outros estados e três em outros países. Veja abaixo a lista de cidades:

Balneário Arroio do Silva - 1
Balneário Camboriú – 7
Braço do Norte – 9
Camboriú- 2
Blumenau – 9
Canelinha - 1
Chapecó – 2
Criciúma - 11
Florianópolis – 16
Gaspar - 1
Gravatal – 3
Içara - 1
Imbituba – 4
Itajaí - 12
Jaguaruna – 2
Jaraguá do Sul – 2
Laguna - 1
Lages - 1
Joinville – 5
Navegantes – 3
Pomerode – 1
Porto Belo - 2
Rancho Queimado – 2
São José – 5
São Ludgero – 1
São Pedro de Alcântara - 1
Tijucas - 1
Tubarão – 8

Outros estados – 5
Outros países – 3

O governador Carlos Moisés lembrou que o novo decreto com medidas de isolamento social passou a vigorar nesta quarta-feira, 25, e tem validade de sete dias. Segundo ele, as restrições são necessárias para evitar um colapso futuro.  “Nós entendemos que já temos resultados positivos para essa nossa ação, que é de mitigar o desenvolvimento dessa curva de contágio em massa. Queremos evitar que o colapso se instale no sistema de saúde, tanto público quanto privado, e isso nos impeça de atender as pessoas. A nossa decisão tem sido embasada em conceitos técnicos e que nós temos acompanhado no restante do mundo”, afirmou Carlos Moisés.

>>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

O secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, afirmou que, com os 122 casos confirmados, já há uma base de dados mais consistente para análise. Segundo ele, os pacientes com a Covid-19 em Santa Catarina até o momento são 53% mulheres e 47% homens. “Isso nos permite fazer uma análise mais apurada. Já temos a estratificação de gênero e, em breve, faremos também da idade. Assim como em outros países, temos a faixa etária dos idosos como a mais acometida, mas não somente eles que são infectados. Faremos ainda a estratificação por regiões do Estado, para fazer um mapa de calor. Todas as análises para efeito de epidemiologia estão sendo realizadas para que nós possamos planejar as ações que precisam ser adotadas a curto, médio e longo prazo”, afirmou Zeferino.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

 

 


Foto: Divulgação / Aresc

A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) segue atuando com a responsabilidade de fiscalizar o cumprimento das medidas relacionadas ao serviço de transporte, determinadas pelo Governo do Estado em decretos para frear a propagação do coronavírus.

Além da continuidade dos monitoramentos feitos pelos fiscais junto aos terminais rodoviários, postos de PRF´s, aeroportos e ferry boats, o foco neste momento é a fiscalização dos fretamentos utilizados para o transporte dos funcionários que trabalham em empresas enquadradas pelo decreto como serviços essenciais.

>>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

“Estamos empenhados em fazer cumprir as determinações, que são medidas muito bem avaliadas e com o propósito de enfrentamento no combate à pandemia do coronavírus em Santa Catarina”, frisa o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

O decreto nº 525 de 23 de março de 2020, determina que, nos casos de fretamento de veículos para o transporte de trabalhadores, a ocupação será limitada a 50% da capacidade de passageiros sentados. Equipes de fiscais da Agência estão espalhadas por todo o estado visitando empresas, no intuito de orientar e monitorar o cumprimento das dessas medidas.

“O foco nesta semana é fiscalizar os veículos de fretamento nas indústrias enquadradas pelo decreto como serviço essencial”, diz o gerente de Fiscalização de Transportes da Aresc, Nilton de Sá Jr.

Durante a fiscalização nesta semana, uma empresa do ramo alimentício, localizada na Serra catarinense, precisou solicitar veículos extras para o transporte de seus funcionários de acordo com o estabelecido no decreto.

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser realizadas pelo número:(48) 99151-0276, via e-mail: ouvidoria@aresc.sc.gov.br, ou pelo portal www.aresc.sc.gov.br.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para imprensa:
Flávia Farias Grechi
Assessoria de Comunicação
Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc)
E-mail: comunicacao@aresc.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-9013 / 99127-1839
www.aresc.sc.gov.br

 


Fotos do sistema utilizado. Foto: Divulgação / Epagri

Com apoio da Epagri, uma destilaria de cachaça artesanal em Curitibanos transformou álcool 46% em 70% para uso no posto de saúde e hospital regional da cidade. Para isso, a família de agricultores usou um destilador de fluxo contínuo, tecnologia adaptada e difundida pela Epagri para produção de cachaça em pequena escala.

A produção dos 30 litros de álcool 70% é resultado de uma ação conjunta entre Epagri, Universidade Federal de Santa Catarina, Prefeitura de Curitibanos e a família Girotto, do Assentamento Primeiro de Maio.

>>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

O processo de produção começou com um contato da secretaria da Saúde de Curitibanos com o professor de química no campus da UFSC em Curitibanos Cristian Soldi. Ele entrou em contato com familiares da Adriana Francisco, extensionista da Epagri em Frei Rogério e membro da família de agricultores em Curitibanos.

“O professor Cristian fez contato para saber se o nosso destilador tinha condições de destilar novamente o álcool 46% e transformá-lo em 70%". Coube à Adriana resgatar conhecimentos, já que o seu marido, Antônio Marcelino Girotto, fez o curso de destilação com um profissional da Epagri já aposentado, Jack Eliseu Crispim, que adaptou e difundiu a tecnologia. "Tudo que a gente sabe fazer aqui em casa foi aprendido com ele ", acrescenta Adriana, que em 2020 completa 10 anos como extensionista da Epagri.

Para o resgate do conhecimento, Adriana fez contato com Stevan Grützmann Arcari, enólogo e pesquisador da Estação Experimental da Epagri em Urussanga. Com base nas orientações do pesquisador, somadas ao conhecimento prático que a família tem no uso do destilador, a ação foi realizada. Foram trazidas à propriedade 76 embalagens de álcool 46% compradas pela Prefeitura de Curitibanos. Esse produto passou pelo destilador, em fluxo lento e com controle de temperatura, chegando a um álcool de graduação variável entre 85% e 86%, que foi reduzido para 30 litros de álcool 70%.

Além de fornecer o álcool 46%, a prefeitura de Curitibanos disponibilizou um funcionário para levar água até a propriedade, já que a região passa por estiagem e água de qualidade é indispensável para refrigerar o sistema. Coube ao professor Soldi levar até a propriedade o alcoômetro, que mediu o grau do álcool fabricado. Depois, em laboratório, ele também confirmou a qualidade do produto, que estava pronto para ser usado pela rede municipal de Saúde de Curitibanos.

A tecnologia

O enólogo da Epagri explica que o aparelho usado na transformação é um destilador contínuo, ou seja, produz sem parar enquanto estiver alimentado de matéria prima.  Desenvolvido pela Epagri para produção de cachaça em pequena escala, ele segue o mesmo princípio dos grandes destiladores das usinas. "A qualidade e a concentração do produto final podem ser moduladas de acordo com a quantidade de calor e a vazão", esclarece Arcari.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações e entrevistas
Adriana Francisco, extensionista da Epagri: (49) 98877-8322 / adrianafrancisco@epagri.sc.gov.br

Mais informações para a imprensa:
Gisele Dias
Assessoria de imprensa 
Epagri
Fone: (48) 3665-5147 / 99989-2992
E-mail: giseledias@epagri.sc.gov.br
Site: www.epagri.sc.gov.br

Página 7 de 728