Encontre serviços e notícias do Governo de SC

 

Vídeos

O Pablo tem uma história emocionante para contar



Oportunidades


BANNER DEFICIENTES 01


Foto: 1ºBBM

Ação integrada entre diferentes órgãos da Segurança Pública, a já tradicional Operação Veraneio de Santa Catarina é sempre planejada e organizada com meses de antecedência. Para a próxima edição, diferentes profissionais estão sendo treinados para reforçar o efetivo que vai atuar ao longo de toda temporada, especialmente no período de maior movimento nas praias catarinenses.

>>> Galeria de fotos

A logística necessária envolve todas as forças da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que trabalham com o objetivo de promover o bem-estar e a segurança de moradores, turistas e veranistas que visitam algumas das regiões do Litoral catarinense, com mais de 560 quilômetros de praias e baías com balneabilidade que atraem pessoas do mundo inteiro. Para esta próxima edição, a Operação Veraneio 2017/2018 vai abranger 34 cidades, com 167 locais monitorados, entre praias, represas ou estâncias hidrominerais.

O período de cobertura da Operação Veraneio envolve três momentos diferentes, divididos de acordo com o movimento de pessoas nas áreas monitoradas. A pré-temporada começa nesta quinta-feira, 5 de outubro, com ênfase na atuação do Corpo de Bombeiros. A alta temporada vai de 15 de dezembro de 2017 até 4 de março de 2018, com o maior reforço de pessoal, por todos os órgãos da Segurança Pública. E ainda existe trabalho na pós-temporada, que vai de 5 de março até 15 de abril do próximo ano. Nos períodos de pré e pós-temporada, equipes do Corpo de Bombeiros Militar permanecem nas áreas mais estratégicas, em continuidade com os serviços de guarda-vidas, e a Polícia Militar segue com atuação mais seletiva e estratégica nos fins de semana e feriados.

Para o período de alta temporada, os diferentes órgãos da segurança pública ganham reforço no efetivo. O comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Onir Mocellin, explica que a corporação trabalha no monitoramento, orientação e salvamentos aquáticos, realizados em praias e balneários. Para isso, há um reforço nesses locais com efetivo próprio do Corpo Bombeiro Militar e com guarda-vidas civis, voluntários que são treinados e atuam temporariamente para execução das atividades, recebendo ajuda de custo. 

Em setembro, em Florianópolis, finalizaram o curso de recertificação guarda-vidas civis que já haviam atuado em temporadas passadas. Foram recertificados 206 guarda-vidas civis que agora estão prontos para atuar na nova operação. Nas próximas semanas, ainda serão realizados cursos com voluntários interessados em atuar pela primeira vez como guarda-vidas.

Em toda a área de cobertura, a previsão é que nesta temporada atuem temporariamente em Santa Catarina cerca de 1,4 mil guarda-vidas civis e que sejam movimentados outros 200 bombeiros militares, para cumprimento das escalas em praias e balneários.

No policiamento, como uma das novidades previstas para este ano, a Diretoria de Integração da Secretaria de Estado da Segurança Pública trabalha em parceria com a província de Misiones, na Argentina, e o Ministério das Relações Exteriores, em uma iniciativa que prevê a participação de policiais argentinos em operações nas cidades de Florianópolis e em Balneário Camboriú. Os trâmites para garantir a parceria ainda estão em andamento.

Mas além da expectativa do reforço internacional, a Polícia Militar está promovendo desde abril curso para formação de mais de 900 novos policiais, que já participarão da Operação Veraneio. Na Polícia Civil, também há equipe em treinamento: são 142 agentes de polícia e 47 delegados que estão na reta final dos cursos de formação na Academia da Polícia Civil. Depois de formados, eles atuarão em delegacias situadas em cidades do Litoral ao longo da alta temporada.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, a meta é repetir o sucesso da operação anterior, quando o registro de ocorrências ficou dentro da normalidade. “Tudo isso se deve à união das forças e ao reforço que recebemos na Operação Veraneio, em especial ao nosso projeto de recomposição dos efetivos”, avalia.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350

João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-8183 / 98843-7615

Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa Corpo de Bombeiros 
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-8426 / 98843-4427


Foto: Epagri/Divulgação

Mel catarinense conquista pela quinta vez o título de melhor do mundo em congresso na Turquia. O mel processado pela indústria Prodapys, de Araranguá, foi considerado o melhor do mundo pela quarta vez consecutiva no 45º Congresso da Associação Internacional das Federações de Apicultores (Apimondia), realizado entre os dias 29 de setembro a 4 de outubro em Istambul.

A Prodapys já tinha participado de três edições anteriores do evento, em 2007 na Austrália, 2013 na Ucrânia e 2015 na Coreia do Sul, onde teve seus méis premiados em todas as edições. A primeira premiação aconteceu em 1979, na Grécia. A empresa Prodapys é considerada a maior exportadora de mel do Brasil e retorna da Turquia com cinco medalhas.

O mel de melato e o mel claro de sabor suave Ouro, a estrela desta edição, levaram as medalhas de ouro e prata. E o mel âmbar claro e a cera de abelha Prodapys também foram premiados com duas medalhas de bronze. Ao todo, eram quase mil participantes na competição. “É um orgulho para nós, catarinenses, termos conquistado mais uma vez esse título. Isso mostra a qualidade do nosso produto que se apresenta na vitrine mundial”, diz o presidente da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (Faasc), Nésio Fernandes de Medeiros.


Foto: Faasc/Divulgação

Hoje, Santa Catarina conta com quase nove mil apicultores, que na safra 2016/17 produziram oito mil toneladas de mel, um recorde para o estado. A produção catarinense girou em torno de 25kg por colmeia, enquanto, no Brasil, essa média fica em 10kg por colmeia. Essa diferença pode ser explicada pela combinação das condições climáticas, o trabalho dos apicultores e o forte trabalho de assistência técnica da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, lembra que a apicultura é um destaque catarinense e que funciona como uma importante alternativa de renda para os produtores rurais. “Mais uma vez, o agronegócio catarinense se destaca. Estamos orgulhosos dos nossos apicultores, que desenvolvem uma atividade muito importante também para o meio ambiente”, afirmou.

Informações adicionais:
Nésio Fernandes de Medeiros
Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina
Fone: (48) 3238-1066/ (48) 3238-2118
E-mail: faasc.br2009@gmail.com

Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/


Foto: Jeferson Baldo / GVG

“Santa Catarina e o Brasil enfrentam desde de ontem (segunda-feira, 2) sentimentos que se misturam: inicialmente de perplexidade e, depois, de sofrimento, que se prolongará por muito tempo”, declarou o governador em exercício Eduardo Moreira na sessão solene, de corpo presente, do Conselho de Reitores da Universidade Federal de Santa Catarina, em homenagem ao reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. A cerimônia ocorreu na manhã desta terça-feira, 3, na UFSC.

>>> Mais fotos

A nota de pesar divulgada pelo procurador-geral do Estado, João dos Passos Martins, também passou a ser considerada como oficial do Governo do Estado, anunciou o governador em exercício. Segue a íntegra:

Nota de Pesar do Governo do Estado de Santa Catarina

O Governo do Estado de Santa Catarina vem a público manifestar profundo pesar pelo falecimento do professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, Magnífico Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, bem como solidarizar-se com seus familiares e amigos.

A morte de Cancellier enluta Santa Catarina pela perda de um de seus filhos mais ilustres, um homem digno, de poucas posses, que devotou os últimos anos de sua rica trajetória profissional à nobre causa do ensino, da pesquisa e da extensão universitárias.

A tragédia de sua partida ocorre sob condições revoltantes. As informações disponíveis indicam que Cancellier padeceu sob o abuso de autoridade, seja em relação ao decreto de prisão temporária contra si expedido, seja em relação à imposição de afastamento do exercício do mandato, causas eficientes do dano psicológico que o levaram a tirar a própria vida.

Por isso, respeitado o devido processo legal, é indispensável a apuração das responsabilidades civis, criminais e administrativas das autoridades policiais e judiciárias envolvidas.

Que o legado do professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo seja, em meio a tantos outros bens que nos deixou, também o de ter exposto ao país a perversidade de um sistema de justiça criminal sedento de luz e fama, especializado em antecipar penas e martirizar inocentes, sob o falso pretexto de garantir a eficácia de suas investigações.

Mais informações:
Gabinete do Governador em Exercício
Fone: (48) 3665-2283
www.sc.gov.br


Foto: Robson Valverde / SES

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, deu posse, nesta terça-feira, 3, aos 24 técnicos em enfermagem e 35 enfermeiros aprovados no Processo Seletivo nº 038/2017, para lotação nos sete hospitais da Secretaria de Estado da Saúde (SES) da Grande Florianópolis. Na ocasião, também foi anunciada a admissão dos 40 classificados (24 técnicos de enfermagem e 16 enfermeiros) nos hospitais públicos do interior do Estado (Lages, Joinville e Mafra).

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, anunciou também a abertura de um edital para as vagas de técnico de enfermagem que não foram preenchidas no Processo Seletivo (038/2017) anterior referente aos 12 hospitais da administração direta da SES. “Gostaríamos de admitir hoje as mais de 560 pessoas neste processo seletivo. Mas, infelizmente, nem todos conseguiram a aprovação conforme as regras. Dessa forma, estamos republicando dentro de poucos dias, mais 466 postos de trabalho para nossas unidades catarinenses", disse Caropreso.

Também estavam presentes na cerimônia o secretário adjunto para Assuntos Finalísticos, Murillo Capella, secretário adjunto para Assuntos Administrativos, André Bazzo, o superintendente dos Hospitais Públicos, Marcelo Lemos, e os diretores dos hospitais da Grande Florianópolis.

O superintendente Marcelo Lemos falou da existência de 16 mil portarias ativas no SUS e que isso torna o sistema complexo. "O SUS é o melhor e maior serviço de saúde pública do mundo. E Santa Catarina é considerada hoje, a segunda melhor gestão de saúde pública no Brasil", comentou Lemos.

QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS CONVOCADOS

REGIÃO DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

Unidade

Enfermeiro

Técnico de enfermagem

Hospital Governador Celso Ramos (Fpolis)

03

03

Hospital Nereu Ramos (Fpolis)

01

03

Hospital Regional Homero de Miranda Gomes (São José)

06

03

Maternidade Carmela Dutra (Fpolis)

12

03

Instituto de Cardiologia (São José)

06

03

Instituto de Psiquiatria (São José)

01

03

Hospital Infantil Joana de Gusmão (Fpolis)

06

06

TOTAL

35

24

 

INTERIOR DO ESTADO

Unidade

Enfermeiro

Técnico de enfermagem

Hospital Geral Tereza Ramos (Lages)

--

08

Hospital Dr. Waldomiro Colautti (Ibirama)

--

Não houve classificados

Maternidade Darcy Vargas (Joinville)

01

01

Hospital Regional Hans Dieter Schmidt (Joinville)

15

11

Maternidade Catarina Kuss (Mafra)

--

04

TOTAL

16

24

Mais informações para a imprensa:
Suelen Costa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99113-6065
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Foto: Arquivo/Secom

Santa Catarina se transforma em um dos principais destinos turísticos do Brasil no mês de outubro, com as festas e eventos que comemoram as diferentes etnias que colonizaram o estado. São cardápios, bebidas, danças e músicas para todos os gostos. Dados da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) apontam que, anualmente, as festas de outubro movimentam cerca de dois milhões pessoas em SC, sendo que mais de um milhão são turistas.

“Santa Catarina vive um momento diferenciado no turismo. É grande o número de pessoas que buscam conhecer as nossas regiões. E agora, com as festas de outubro, devemos receber um volume recorde de visitantes, entre moradores do estado e de fora. Será um movimento extraordinário e que vai refletir na economia. O Governo do Estado, busca mostrar aos visitantes que Santa Catarina tem boa infraestrutura e muitas belezas, além de oferecer toda segurança, tranquilidade e conforto necessários”, disse o secretário do Turismo, Cultura e Esportes, Leonel Pavan.

As festas de outubro reúnem alemães, italianos, açorianos, austríacos, poloneses e tantos outros povos que preservam e difundem sua tradição na gastronomia, nas danças, na música, nas vestimentas e no idioma. Em Blumenau, a Oktoberfest abre a programação do mês nesta quarta-feira, 4, e segue até o dia 22.

Mas as festividades e as amimações não param por aí. Itajaí sedia a Marejada, principal festa popular da cidade. Este ano, o evento contará com terá três pavilhões e mais de 100 atrações gratuitas. Brusque tem chope gelado e gastronomia típica com a 32ª Fenarreco - Festa Nacional do Marreco. Florianópolis apresenta a 18ª Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana, a Fenaostra. Em Itapiranga, no Extremo-Oeste, a animação fica por conta da 39º Oktoberfest. Timbó resgata e preserva as tradições dos colonizadores com a 27ª Festa do Imigrante. Treze Tílias, no Meio-Oeste, comemora a cultura austríaca com muita música, gastronomia, desfiles e dança com a Tirolerfest. Joinville apresenta a Bierville e Salão Sul Brasileiro de Cerveja.

Criciúma, no Sul do estado, vai realizar sua primeira edição da maior festa da cultura alemã, a Oktoberfest. A festa acontecerá nos dias 6, 7 e 8 de outubro, no Parque das Nações.

Já Porto Belo oferece pratos como a tradicional caldeirada de frutos do mar durante o Festival do Camarão de Porto Belo. Em São Martinho, desfiles, apresentações culturais, comidas e campeonatos típicos fazem parte da Festa do Produto Colonial.

O município de Forquilhinha promove a 8ª Heimatfest – Festa das Origens. E, para encerrar o mês mais festivo do ano, Rio Negrinho promove a 27ª Oberlandfest.

Apesar de não ser uma festa típica e não acontecer todo o ano, a Efapi, em Chapecó, também movimenta SC em outubro. A feira agropecuária, comercial e industrial tem abrangência internacional. 

Orientações

A Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina orienta que as participantes das festas não dirijam de madrugada e, de preferência, contratem serviço profissional de transporte, como ônibus ou van. É obrigatório usar cinto de segurança e respeitar os limites de velocidades e a sinalização de trânsito.

Confira a programação das festas:

Blumenau - 34ª Oktoberfest
Quando: 4 a 22 de outubro
Onde: Parque Vila Germânica. Os desfiles oficiais da Oktoberfest acontecem na Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau

Brusque - 32ª Fenarreco
Quando: 5 a 15 de outubro
Onde: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof, na Rua Gentil Batistti Archer, 221 - centro II - Brusque

Chapecó - Efapi
Quando: 6 a 15 de outubro
Onde: Parque de Exposições

Criciúma - 1ª edição da Oktoberfest
Quando: 6 a 8 de outubro
Onde: Parque das Nações, em Criciúma

Forquilhinha - 8ª Heimatfest
Quando:12 a 15 de outubro
Onde: Alameda Felipe Arns, em Forquilhinha

Florianópolis - 18ª Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana - Fenaostra
Quando: 11 e 15 de outubro
Onde: Mercado Público e Largo da Alfândega, no Centro de Florianópolis

Itajaí - Marejada
Quando: 5 a 15 de outubro
Onde: Centreventos de Itajaí

Itapiranga - 39º Oktoberfest
Quando: 7 a 22 de outubro
Onde: Itapiranga

Timbó - 27º Festa do Imigrante
Quando: 11 a 15 de outubro
Onde: Pavilhão de Eventos Henry Paul, na Rua Julius Scheidemantel, 853, centro de Timbó

Treze Tílias - Tirolerfest
Quando: 11 a 15 de outubro
Onde: Parque de Exposições Johann Otto Küng, em Treze Tílias

Joinville - Bierville e Salão Sul Brasileiro de Cerveja
Quando: 11 a 14 de outubro
Onde: Centro de Convenções Expoville, na Rua XV de Novembro, 4315, em Joinville

Porto Belo  - Festival do Camarão de Porto Belo
Quando: 13 a 15 de outubro
Onde: Praça da Bandeira, em Porto Belo

São Martinho - 24ª Festa do Produto Colonial
Quando: 27 a 29 de outubro
Onde: São Martinho 

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 552 de 691

Conecte-se