Videira - Assinado contrato para preventivo de incêndios na escola
Foto: Josiane Zago/ ADR Videira

Na tarde desta terça-feira, dia 20, a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Videira, por meio do secretário executivo, Euro Vieceli, assinou o contrato que especifica o serviço de elaboração de projetos arquitetônicos e preventivos contra incêndios nas escolas João Jorge de Campos e Mater Salvatoris, ambas de Tangará. O valor do contrato para ambos os serviços foi de R$ 6,9 mil reais.

Para o secretário executivo, o contrato é uma importante conquista para a regional. “Trabalhamos muito nesses últimos anos para melhorar as condições das escolas da rede estadual. O preventivo de incêndio vem sendo prioridade, e iniciaremos por essas duas escolas, e a perspectiva é expandir a todas as demais”, afirmou Euro.

A empresa vencedora da licitação foi a Elemento Engenharia Ltda, representada pela sócia proprietária, Lais Gusatto Matana. O procedimento consistirá na construção do projeto arquitetônico constituído por layout de levantamento realizado com medidas dos ambientes, materiais de acabamento encontrados; projeto preventivo de incêndio impresso em pranchas com carimbo e aprovação do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e Certidão de aprovação dos projetos.

Sistemas Vitais serão encaminhado a todas as escolas

Além dos projetos contratados na oportunidade, a ADR Videira vem dando andamento a distribuição e implantação dos kits vitais do preventivo de incêndio, repassada pela Secretaria de Estado da Educação, após licitação conjunta efetuada pelo Estado. Os kits serão destinados as escolas da rede estadual e contarão com o aporte dos fiscais do Corpo de Bombeiros, que contribuirão com a indicação da instalação dos mesmos, até que os projetos sejam concluídos em todas as unidades.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira

Na próxima terça-feira, 20, às 14h, a Agência de Desenvolvimento Regional – ADR Videira, realizará a primeira reunião do Colegiado Regional do Governo. Na oportunidade, também participam os representantes dos órgãos do Governo do Estado presentes na região.

Para o secretário executivo, Euro Vieceli, será uma oportunidade de alinhar as iniciativas do ano. “Devido ao período de férias em vários órgãos, realizado em janeiro, decidimos por iniciar os trabalhos agora em fevereiro e já contamos com uma prévia de pauta para discussão”, afirmou o secretário.

No encontro será informado sobre a situação da Rodovia SC-135, de Videira e Tangará. Na oportunidade serão esclarecidos os procedimentos tomados a fim de assegurar a qualidade da obra. Também em discussão, será a nomeação dos médicos veterinários aprovados em concurso público da Cidasc.

Como agenda, também será apresentado o novo gerente da Celesc de Videira. Com a aposentadoria da ex-gerente, Tania Farias, passou a assumir em janeiro, Luiz Lazzari, que terá a oportunidade de conhecer os demais integrantes do colegiado e apresentar as ações e metas para a estatal neste ano.

As reuniões do Colegiado Regional são realizadas periodicamente a cada 30 dias. Na pauta os assuntos de interesse da região. Integram o Colegiado os seguintes órgãos: ADR Videira, Celesc, Casan, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil. Defesa Civil, Receita Estadual, Epagri e Cidasc.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira

Empolgação, curiosidade e entusiasmo. Esses foram os três principais sentimentos dos milhares de alunos da rede estadual de ensino, no primeiro dia de aula, nesta quinta-feira,15. Na área de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional - ADR Videira, são aproximadamente oito mil estudantes, em 21 unidades, que retornam aos bancos escolares para mais um ano letivo.

Alunos das escolas estaduais da ADR Videira retornam às aulas
Foto: Josiane Zago/ ADR Videira

As gêmeas Ana Julia e Ana Luiza, de seis anos, estavam empolgadas para o primeiro dia de aula. Com ingresso no primeiro ano da EEB Esther Crema Marmentini, elas queriam conhecer os novos amigos, a professora e a escola que passarão a frequentar. A mãe Rosana acompanhou e falou da importância da participação dos pais nesse processo.

“Sou pós-graduada em educação e sei muito bem da importância da participação dos pais no processo educacional. Com as minhas filhas, procuro estar próxima sempre que possível, contribuindo com o desenvolvimento e acompanhando cada progresso alcançado” afirmou.

A participação dos pais na vida escolar também foi ressaltada pela diretora da escola, Fátima Pittol. Segundo ela, a EEB Esther Crema Marmentini tem uma participação muito intensa dos pais em todo o ano letivo. Ela contou que muitas conquistas só são possíveis graças a esse envolvimento.

Alunos das escolas estaduais da ADR Videira retornam às aulas

Para o primeiro dia de aula, as séries iniciais da escola tiveram um acolhimento específico, efetuada em sala de aula, pelos professores. Já as séries finais do ensino fundamental integraram uma gincana, com foco na interação e envolvimento dos alunos participantes.

Na EEB Esther Crema Marmentini são aproximadamente 250 estudantes do Ensino Fundamental, séries iniciais e finais. A escola ainda conta com o projeto Mais Educação e inúmeras iniciativas paralelas em prol do desenvolvimento e a formação complementar dos estudantes.

Para a gerente de educação, Girlene Borsoi, a recepção neste dia é muito importante. Segundo ela, é uma oportunidade dos pais conhecerem os novos professores e dos alunos se integrarem. O secretário executivo, Euro Vieceli, parabenizou o empenho de todas as escolas. “Cada unidade está desenvolvendo uma atividade especial para receber seus alunos e se colocando à disposição dos pais. Esse momento é importante porque estreita as relações e aproxima ambos do universo educacional” finalizou Euro.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira

projeto salas ambientes
Foto: Josiane Zago/ ADR Videira

Responsabilidade, disciplina, envolvimento e satisfação. Esses são alguns dos resultados obtidos com a implantação do projeto de “Salas Ambientes” da EEB Inspetor Eurico Rauen, de Videira. A proposta nasceu em 2014 e desde então muitos pontos positivos foram observados com a iniciativa.

Para a diretora, Marisa Trindade Dambros, esse projeto em conjunto com outras estratégias foram essenciais para o salto de qualidade que o ensino fundamental, séries inicias apresentou ao longo desses anos.  “Um dos exemplos claros é o IDEB que saltou de 3,7 em 2007 para 5,7 em 2017, superando em muito a média proposta de nota número 5. Além disso tem a satisfação e receptividade junto a comunidade escolar que abraçaram essa iniciativa”,  afirmou Marisa.

As salas ambientes consistem em salas tematizadas por disciplinas, onde a mudança acontece de turmas e não de professores como habitualmente. Nesse modelo, a sala ambiente é caracterizada e recebe todos os equipamentos e a estrutura que aquela disciplina necessitará, diminuindo os processos e dando mais resolutividade ao professor que pode organizar o ambiente de acordo com sua necessidade e se dedicar mais a processo ensino/aprendizagem.

projeto salas ambientes

Para colocar em prática, além da definição dos ambientes houve uma contribuição significativa dos alunos, que tiveram regras. "Tempo para mudança de aula, conversa nos corredores, entre outros quesitos são avaliados e respeitados criteriosamente. Ganhamos muito com esse projeto. Com ele tínhamos mais autonomia, cada disciplina era uma proposta diferente, com ambiente preparado de forma especial e com uma caracterização própria, fazendo com que aprendêssemos não só ouvindo a professora mais vendo tudo o que a sala ambiente oferecia”, afirmou o estudante Luciano da Silva Junior, de 13 anos, estudante do 8º ano e integrante da primeira turma que iniciou o projeto.

O projeto envolve as professoras: Velânia Lazzari da disciplina de matemática; Marlene de Lima Grutzmann de português; Elfrida Rau de ciências e ensino religioso e Charlene Francescatto Gieseler de história e geografia. Para Velânia a proposta era facilitar o acesso ao material didático especifico de cada disciplina, reunindo teoria e prática.  Para a professora Marlene os frutos são positivos. “Os alunos se tornaram mais independentes e responsáveis, além de contarem com aulas mais estimulantes e atrativas”,  disse.

projeto salas ambientes

Além dos benefícios diretos do projeto, o estímulo a formação e ao gosto pelos estudos, além da dinamização das aulas e da aquisição do conhecimento são fatores preponderantes e até hoje base para o trabalho das professores, que unidas trabalham com o aluno de forma interdisciplinar, criando um espaço de aconchego e desenvolvimento.

Para a assessora da direção, Josiane Manenti, a proposta também contribui para a adaptação do estudante para as séries seguintes. “Uma das maiores dificuldades do estudante é a migração do quarto ano para o quinto, tendo em vista que no primeiro, o aluno fica com somente uma professora, e a partir daí, vários professores diferentes ingressam no quadro de horário do aluno. Com esse projeto, o aluno passa para o sexto ano mais preparado e amadurecido” finalizou a assessora da direção, que juntamente com a professora Velânia Lazzari, acompanham o desenvolvimento das séries iniciais.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira