Polícia Militar inicia criação de cavalos em município da 34ª ADR
Foto: Bruna Laline Ramos/ADR Timbó

A Polícia Militar de Santa Catarina deu início aos trabalhos de criação de cavalos em Indaial, município pertencente à 34ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó. A atividade, chamada de coudelaria, visa criar os animais para serem utilizados no policiamento montado no Estado.

A coudelaria, que está instalada no bairro Warnow, em uma área de 250 mil metros quadrados e já conta com 10 cavalos. “Esses animais foram trazidos da coudelaria de São José, mas, ainda neste ano, a reprodução dos cavalos passará a ser feita apenas em Indaial”, explica o chefe da Seção Técnica do Regimento da PM Montada, capitão Fernando Jahn Bessa. Atualmente, a estrutura em São José não tem capacidade para atender a demanda de todo o Estado, em razão disso é que a PM implantou a coudelaria em Indaial. Agora, pretende-se aumentar o número de animais para a cavalaria, com a meta de produzir 10 potros ao ano.

Segundo o Capitão Bessa, a estrutura em Indaial conta com uma equipe de policiais militares que já têm experiência na área, incluindo uma veterinária, oferecendo cuidado especial aos animais, com o objetivo de facilitar a doma quando atingirem a fase adulta para que, assim, possam ser utilizados no policialmente montado.

Policiamento montado

O policiamento montado vem sendo aplicado na Polícia Militar de Santa Catarina desde a sua criação, em 1835, e, apesar do longo período cronológico no qual se utiliza o cavalo como instrumento de busca pela segurança pública, este processo de policiamento permanece atual e eficaz.

O foco principal sobre o qual se centra a justificativa de emprego do efetivo montado continua sendo a colocação do homem em um plano mais elevado em relação aos seus “oponentes”.

Esse tipo de policiamento se presta em eventos variados, como jogos de futebol, manifestações em que possa haver quebra da ordem pública e eventos com grande concentração de público, como o carnaval e shows diversos.

Atualmente, há seis instalações de Polícia Montada no Estado: Esquadrão em Joinville e Lages, Pelotão em Chapecó e Criciúma, Grupo em Caçador, e o Regimento, instalado em São José.

Informações adicionais para a imprensa:
Bruna Laline Ramos
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Timbó
E-mail: comunicacao.adr34@tio.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3399-3023 / (47) 99240-5217
Site: sc.gov.br/regionais/timbo

 

A 34ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó, por meio da Gerência Regional de Educação (Gered), realizará na quinta-feira,15, às 13h30min, a Chamada Pública de professores Admitidos em Caráter Temporário (ACTs) para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) dos municípios de Indaial, Rodeio e Timbó.

A Chamada Pública ocorrerá no auditório da ADR de Timbó, localizada na rua Portugal, nº 99, bairro Imigrantes, em Timbó.

Apae Indaial – 40 horas matutino e 20 horas vespertino (sala de aula)

Apae Timbó – 40 horas matutino e 60 horas vespertino (sala de aula) e 07 aulas de educação física vespertino

Apae Rodeio – 20 horas vespertino (sala de aula) e 11 aulas de Educação Física vespertino

Informações adicionais para a imprensa:
Bruna Laline Ramos
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Timbó
E-mail: secretaria@tio.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3399-3023 / (47) 99240-5217
Site: sc.gov.br/regionais/timbo



O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, esteve reunido nesta quarta-feira, 7, com representantes dos órgãos de Governo na região do Médio Vale do Itajaí, para apresentar o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) da Regional de Blumenau, que foi inaugurado nesta semana. 

A 34ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó também participou da reunião, com a presença da secretária executiva Lúcia Steinheuser Gorges, gerentes e assessores.

Durante o encontro, Moratelli apresentou o modelo de gestão e aplicação para o funcionamento do Cigerd e a importância para a região. “O que estamos trazendo para o Médio Vale do Itajaí não é mais uma estrutura. É um modelo pensado desde o seu local estratégico de instalação até a definição de ações para evitar e também gerir desastres naturais”, disse o secretário.

Melhoria fluvial em Timbó

Durante a reunião no Cigerd de Blumenau, o secretário Moratelli também comentou sobre melhorias fluviais que estão previstas para a região de Timbó. “As obras previstas visam retificações na calha do rio dos Cedros e rio Benedito, para melhorar o escoamento da água. Entretanto, a grande obra que trará melhorias para a cidade está no rio Itajaí-Açu, próximo a Indaial, no encontro do rio Benedito com o rio Itajaí-Açu”, explicou.

Informações adicionais para a imprensa:
Bruna Laline Ramos
Assessoria de Comunicação
34ª Agência de Desenvolvimento Regional de Timbó
E-mail: secretaria@tio.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3399-3023 / 99240-5217
Sites: www.sc.gov.br / www.adrs.sc.gov.br/adrtimbo


Foto Arquivo: James Tavares / Secom

Cerca de 501 mil estudantes da rede estadual iniciam as aulas na próxima quinta-feira, 15. Para apresentar as ações e os programas que serão executados durante o ano, o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 9, em Florianópolis. O secretário falou na continuidade do seu trabalho, após convite feito pelo vice-governador Eduardo Pinho Moreira, na sexta-feira passada, 2, para que permanecesse na pasta. Deschamps destacou a permanência da sua equipe e a consolidação dos programas em execução pela Secretaria.

“De maneira geral nossas escolas estão prontas para receber os mais de 500 mil alunos na próxima semana. Trabalhamos para isso desde novembro com o planejamento necessário para que estivesse tudo certo. Temos problemas pontuais, mas nada que possa prejudicar a aprendizagem dos alunos, pois se não tiverem aula em um dia, esta certamente será reposta”, explica Deschamps.

O foco da coletiva foram as três áreas de atuação da Educação: Pedagógica, Infraestrutura e Gestão.  Na área Pedagógica, destaque para a continuidade do Ensino Médio Integral em Tempo Integral ofertado este ano em 30 escolas, sendo 13 com oferta para a  1ª e 2ª série, e 17, que iniciam o programa este ano, ofertarão apenas a 1ª série. A novidade desta área é o primeiro Ciclo de Avaliação do Ensino Médio da Rede Estadual, que irá avaliar 11.600 estudantes matriculados na primeira série do Ensino Médio, em 126 escolas estaduais. O objetivo é monitorar os programas em desenvolvimento e resultados para o planejamento de políticas e ações estratégicas voltadas à melhoria da qualidade do ensino.  A 1ª etapa está prevista para março, com a avaliação.

A Secretaria aderiu este mês o Programa Mais Alfabetização, que visa fortalecer e apoiar as escolas no processo de alfabetização dos estudantes matriculados nos 1º e 2º anos iniciais do ensino fundamental. “Aderimos ao programa e agora as escolas estão fazendo a sua adesão, caso queiram. A partir daí serão contratados aos profissionais para atuarem nas escolas”, explica Deschamps.

A Tecnologia Educacional também estará em evidência este ano. Em consonância com as metas do Plano de Inovação e Tecnologia Educacional de Santa Catarina (PEITE/SC), estão sendo adquiridos, por meio de registro de preço, com investimento de R$ 96,5 milhões, diversos equipamentos para todas as escolas, como: computadores, notebooks, tablets, lousas digitais, televisores, projetores entre outros, que serão entregues durante o ano. 

“Vamos revitalizar e modernizar nosso parque tecnológico. Nossos alunos merecem trabalhar com o que há de melhor em tecnologia e estamos atuando para isso. O aumento da velocidade de internet da Rede de Governo também está em andamento e teremos muitos ganhos para todas as escolas da rede”, afirma o secretário destacando o compromisso da SED. Sobre conectividade o foco é na conexão de 100Mbps para 100 escolas, as escolas do EMIEP, EMITI e EMI que receberão 30Mbps, e as 370 escolas que passarão a trabalhar com 10Mbps.

Ainda em tecnologia, os aplicativos Professor e Estudante Online receberão diversas melhorias e funcionalidades, inclusive com acessibilidade para deficientes visuais. Após o projeto piloto, que beneficiou 7.353 alunos da Capital, a expectativa é disponibilizar a matrícula online para toda as escolas do Estado.

MATERIAL ESCOLAR

Kits diferentes para alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais,  Anos Finais, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos estão sendo entregues nas regionais para serem repassados as escolas. Os alunos beneficiados são os com maior vulneabilidade social. Os kits contém: lápis, caneta, borracha, régua, tesoura, canetinha, compasso, esquadro, transferidos, entre outros, dependendo da modalidade de ensino. O investimento é de R$ 4.730.855,01.

NOVOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

No dia 1º de fevereiro, 1 mil professores e profissionais para a área administrativa das escolas foram efetivados no quadro do magistério estadual catarinense. Foram 600 professores do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e do Ensino Médio e 400 profissionais para a área administrativa: Assistente de Educação, Supervisor Escolar, Administrador Escolar e Orientador Educacional. Os profissionais já iniciaram seu trabalho nas escolas e participaram as formações ao longo desta semana. Esta foi a primeira chamada do concurso público que é válido por 2 anos, prorrogável por mais 2. Desta forma, novos profissionais da educação devem ser chamados para ingressar no magistério estadual nos próximos anos.

GESTÃO ESCOLAR

A Sistemática de Avaliação da Gestão Escolar (SAGE) ganha uma nova edição. Este ano a avaliação é sobre a atuação dos gestores escolares ao longo de 2017. Também serão realizadas formação continuada para os diretores de escola; Seminário Estadual: Socialização de Práticas de Gestão Escolar; formação continuada para o diretor e 3 membros do Conselho Deliberativo Escolar (CDE), sendo 1 profissional, 1 estudante e 1 responsável por estudante; e 40 Seminários Regionais de Gestão Escolar: Gestão Democrática e o papel do Conselho Deliberativo Escolar. Trabalha-se ainda para publicação de um Caderno Pedagógico com relato de 39 diretores escolares, sobre a implementação do Plano de Gestão Escolar.

BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA (UNIEDU)

Mais de 24 mil bolsas de graduação devem ser ofertadas ao longo deste ano. As bolsas são de 25 a 100% do valor da mensalidade de 67 Instituições de Ensino Superior do sistema ACAFE e privadas. O investimento é de cerca de R$ 110 milhões para graduação e pós graduação. Neste momento, estão abertas as inscrições para cadastramento dos estudantes para bolsas de graduação. Mais informações: www.uniedu.sed.sc.gov.br

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Na alimentação escolar o destaque é o novo modelo de contagem da alimentação escolar implantado em 2017 em 400 escolas. Cada aluno recebeu uma carteirinha e toda vez que vai se alimentar na escolar passa pela leitura eletrônica por meio do tablets ou leitor de código de barras para contabilizar o consumo. A ferramente gerou economia e tornou o sistema mais transparente e eficaz. A meta para este ano é implantar a contagem em todas as escolas com mais de 500 alunos, além de capacitar os gestores escolares e servidores responsáveis pelo processo da alimentação escolar para utilizarem a ferramenta.

A agricultura familiar também esteve em destaque. O investimento previsto para este ano é de R$ 20,5 milhões, o que representa 50% do valor repassado pelo PNAE/FNDE. A lei exige mínimo de 30%. Na fase de credenciamento, 31 cooperativas registraram interesse em participar da oferta dos alimentos. A inserção da agricultura familiar na alimentação escolar, integra uma política que busca atender de forma mais saudável e sustentável as necessidades nutricionais dos estudantes e fomentar o desenvolvimento do pequeno agricultor. Além disso, outros benefícios são obtidos tais como: criação das cadeias curtas de produção e comercialização que aproxima a relação entre produtores e consumidores, fortalecimento das relações sociais, valorização da diversidade produtiva, possibilitando o acesso a alimentos saudáveis e de qualidade na perspectiva das promoções de segurança alimentar e nutricional.

TRANSPORTE ESCOLAR

Novos ônibus escolares devem ser adquiridos pelo Governo do Estado para repasse aos municípios ao londo de 2018. A previsão é de 131 veículos, com investimento de R$ 22 milhões. Neste momento está sendo feito o registo de preço via FNDE, para depois fazer a compra.

A Secretaria da Educação tem parceria com os municípios catarinenses para oferta do transporte escolar. Um acordo firmado entre o Governo do Estado e a FECAM definiu um aumento significativo no repasse de recurso aos municípios este ano. O novos valores a serem pagos aos municípios pelo transporte escolar dos alunos da rede estadual são quase R$ 5,8 milhões a mais que em 2017, sendo o investimento de R$ 87,6 milhões.

- Aumento de 7,5% para aluno transportado a uma distância acima de 24 Km;

- Aumento de 7,5% para alunos transportados a uma distância entre 12 e 24 Km;

- Aumento de 9% para alunos transportados a distâncias compreendidas entre 6 e 12 Km.

INFRAESTRUTURA

Alunos de 9 escolas iniciarão as aulas em uma nova unidade. A Sed entregou para este início de ano letivo, 9 novas escolas de ensino médio e Cedups. Outras três escolas entregues foram completamente reformadas ou ampliadas pelo Pacto pela Educação. Além dessas, 163 escolas estão com obras em andamento, o que não prejudica o andamento das aulas.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Algumas escolas pediram a reorganização do calendário escolar devido as obras que estão sendo finalizadas nas unidades. Todas as escolas que tiverem suas aulas adiadas estão organizando o calendário de reposição.

AULAS INICIAM NO DIA 15 DE FEVEREIRO COM EXCEÇÃO:

Início ano letivo dia 19 de fevereiro

- Todas as turmas de Ensino Médio Integral de 27 escolas. Apenas as escolas EEB Casimiro de Abreu, de Curitibanos, EEB Gomes Carneiro, de Xaxim, e EEB Max Tavares D’ Amaral, de Blumenau, iniciam as aulas dia 15.

- EEB Pedro Bitencourt, Imaruí, e alunos do Ensino Fundamental Anos Finais da EEB Henrique Estefano Koerich, Palhoça.

Início ano letivo dia 20 de fevereiro

EEB Laércio Caldeira de Andrada, São José

Início ano letivo dia 26 de fevereiro

EEB Cecília Rosa Lopes, São José, EEB São Miguel, São Miguel do Oeste, e EEB Santa Catarina, São Francisco do Sul.

Agenda – INÍCIO ANO LETIVO

- quinta-feira, 15, 8h30, Abertura Oficial do ano letivo na EEB Industrial de Lages. Presenças confirmadas: secretário Eduardo Deschamps e governador Raimundo Colombo.

Informações adicionais para a imprensa
Edinéia Rauta
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: edineiarauta@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0353 / 3664-0161 / 3664-0356 / 9-9980-3136
Site: www.sed.sc.gov.br