Seara - Avaliação na Educação

Foto: Glauco Benetti/ADR Seara

Nesta terça-feira, 22, a ADR Seara reuniu diretores e assistentes técnicos pedagógicos para debaterem as mudanças na avaliação do ensino (Resolução 183/2013 e a Portaria 189/2017). O encontro faz parte da formação continuada de gestores e contou com a presença do técnico da Secretaria de Estado da Educação, Adecir Pozzer, que é o coordenador de currículo, avaliação e formação da gerência de educação básica.

Desde o início do ano os alunos das unidades escolares estaduais de Santa Catarina estão sendo avaliados por um novo sistema contínuo. A gerente de Educação, Rosemar Aparecida Guerini Fiorentin, ressalta que foram convidados também alguns gestores de escolas municipais que já aderiram a nova avaliação. “É importante que os gestores entendam a importância de se fazer a recuperação paralela a cada bimestre. No final deste ano já não teremos exames, então é preciso investir na avaliação contínua e cumulativa dos alunos”, destaca a gerente.

Para Pozzer o processo de ensino precisa ser repensado. “O foco da avaliação precisa ser: o que que o aluno sabe e o que que ele conseguiu desenvolver nesse processo. E a partir disso propiciar nova oportunidade de aprendizagem para o estudante que em um primeiro processo não conseguiu se apropriar dos conceitos das disciplinas que são trabalhadas”, explica.

Mais informações para a imprensa:
Glauco Benetti
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Seara
E-mail: comunicacao@sar.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3452-8600 / 98837-7430
Site: sc.gov.br/regionais/seara

Concórdia - Convênio entre Fatma e municípios da Amauc vai agilizar emissão e licenças ambientais
Foto: Fabiola Bassi Bordin/Amauc

Nesta segunda-feira, 21, a Fundação do Meio Ambiente (Fatma) e os 15 prefeitos da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (Amauc) assinaram um termo de cessão do sistema eletrônico de licenciamento ambiental, chamado de Sinfat. Esta ação permite que as prefeituras emitam as licenças de baixo impacto ambiental.

Os processos de licenciamentos serão gerenciados pelo Consórcio Lambari, que é ligado à associação de municípios. O primeiro passo deve ser a abertura de concurso público para contratação de técnicos que serão treinados pela equipe regional da Fatma.

O prefeito de Ipumirim, Volnei Schmidt, que também é presidente do Consórcio Lambari, destaca que a medida vai fortalecer a economia de toda a região que tem a agropecuária como principal atividade econômica.

No ano de 2016 foram emitidas 1.828 licenças na região. Cerca de 50% dos projetos de licenciamentos eram relacionados a avicultura e a suinocultura. “A avicultura é uma das atividades de baixo impacto ambiental que serão emitidas pelas Prefeituras, por meio do Consórcio Lambari. Assim que isso se concretizar, a Fatma poderá se dedicar às atividades com impacto regional, que é o caso da suinocultura”, explica o gerente regional da Fatma, Maicon Sete.

O ato foi realizado na sede do Consórcio Lambari e contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura e Pesca, Moacir Sopelsa. A ação é resultado de um termo de cooperação técnica entre a Fatma, Ministério Público Estadual e a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam).

Mais informações para a imprensa:
Glauco Benetti
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Seara
E-mail: comunicacao@sar.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3452-8600 / 98837-7430
Site: sc.gov.br/regionais/seara


Foto: Andrei Tecchio/ADR Seara

As ADRs de Concórdia e Seara, em parceria com a Epagri, promoveram nesta quinta-feira, 17, um treinamento de 40 produtores sobre o cultivo de nozes pecã. A intenção do evento foi apresentar essa nova cultura que tem um valor de mercado bastante elevado.

A Nogueira inicia a produção a partir do quarto ano e atinge seu pico em 15 anos, chegando a 30 quilos de nozes por pé. O preço médio de comércio neste ano é de R$ 18 o quilo de nozes com casca.

 Treinamento produtores de nozes

De acordo com o gerente de Políticas Socioeconômicas Rurais e Urbanas, Andrei Tecchio, esta variedade da nogueira pode ser uma boa opção para complementar a renda das propriedades rurais. “Esse treinamento foi dividido em duas partes, uma onde falamos da parte técnica como mercado, plantio e produção. E a tarde uma visita técnica em uma propriedade no município de Itá”, explica.

Os produtores interessados devem procurar a Epagri dos respectivos municípios para que seja montado o treinamento mais específico, há também a possiblidade de linhas de crédito subsidiadas que beneficiarão o produtor rural. 

Mais informações para a imprensa:
Glauco Benetti
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Seara
E-mail: comunicacao@sar.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3452-8600 / 98837-7430
Site: sc.gov.br/regionais/seara


Fotos: Glauco Benetti/ADR Seara

Nesta quinta-feira, 17, Ipumirim foi sede da 10ª Feira de Ciências e Tecnologia, da 9ª Feira Regional de Matemática e da 7ª Mostra de Iniciação Científica da Universidade do Contestado (Mocisc). Foram 74 trabalhos inscritos de todas as escolas da Regional de Seara.

Os projetos envolveram temas como o uso de plantas medicinais, o tratamento do lixo, a compostagem e a reutilização de água. Também abordam aspectos da cultura e do comportamento humano como alimentação. Contudo a sustentabilidade foi o tema mais recorrente.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Regional de Seara, Gládis Regina Bizolo dos Santos, as feiras são o resultado de um processo educativo, científico e tecnológico vivenciado no cotidiano escolar. “Essa é uma atividade que reflete diretamente o bom trabalho de todos os educadores e gestores envolvidos. Todos os alunos merecem destaque por acreditarem na pesquisa como ferramenta de construção de uma sociedade melhor, de um pais melhor”, afirma.

Para o coordenador das feiras, Jadimar Frigeri, a qualidade dos projetos têm aumentado a cada ano. “Estamos muito felizes com o empenho dos alunos e professores. Neste ano o número de projetos inscritos aumentou 40%. São ótimos trabalhos, com uma grande qualidade e variedade de temas. A Regional de Seara estará muito bem representada nas próximas fases”, explica Frigeri.

 

CLASSIFICADOS DA 10ª FEIRA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS

  • EEB Prof. Luiz Sanches Bezerra da Trindade (Xavantina) com o trabalho “TOC TOC: as batidas do coração”;
  • EEB Arabutã (Arabutã) com o trabalho “Fornalha de aquecimento: evitando a inapetência e a hipotermia das tilápias”;
  • EEB Raimundo Corrêa com o trabalho “Hidrogênio: o combustível do futuro”;

CLASSIFICADOS DA 9ª FEIRA DE MATEMÁTICA

Educação Infantil:

  • Núcleo Educacional Municipal Claudino Locatelli com o trabalho “Quebra-cuca: uma nova forma de aprender”;

Anos Iniciais – 1º a 5º ano

  • Núcleo Educacional Municipal Claudino Locatelli com o trabalho “Quer ser saudável? Multiplique seu conhecimento”;

Anos Iniciais – Ensino Fundamental – 6º ao 9º ano

  • Núcleo Educacional Municipal João Canton (Ipumirim) com o trabalho “A Matemática do código de barras”;
  • EEF Pref. Isidoro Giacomo Savaris (Ipumirim) com o trabalho “Planto, consumo e calculo”;
  • EEB Pe. Izidoro Benjamin Moro (Lindóia do Sul) com o trabalho “Penoa x Matemática com chocolate”;

Ensino Médio

  • EEB Elizabethe Matilde Simon (Seara) com o trabalho “Geomática Espacial”;

CLASSIFICADOS DA 7ª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE DO CONTESTADO (MOCISC)

Educação infantil

  • Núcleo Educacional Municipal Orides Rovani (Ipumirim) com o trabalho “Meu pé de feijão”;

Ensino fundamental – 1º a 5º ano

  • Núcleo de Educação Ottaviano Nicolao (Lindóia do Sul) com o trabalho “Alimentação x Saúde: maneira de alimentar-se saudavelmente”;
  • Núcleo de Educação Ottaviano Nicolao (Lindóia do Sul) com o trabalho “Tampinhas PET: Recicle esta ideia”;

Ensino fundamental – 6º a 8º ano

  • EEB Pe. Izidoro Benjamin Moro (Lindóia do Sul) com o trabalho “Dengue: o mal pode estar ao seu lado”;
  • EEB Arabutã (Arabutã) com o trabalho “Terremotos no Brasil: é possível?”;

Ensino Fundamental – 9º ano

  • EEB Pe. Izidoro Benjamin Moro (Lindóia do Sul) com o trabalho “Em busca da alimentação ideal”;

Ensino médio – 1º  e 2º anos

  • EEB Francisco Maciel Bageston (Paial) com trabalho “Todos juntos no combate ao mosquito Aedes aegypti”;
  • EEB Pe. Izidoro Benjamin Moro (Lindóia do Sul) com o trabalho “A maquete e os aspectos econômicos e geográficos de Lindóia do Sul”;
  • EEB Orides Rovani (Ipumirim) com o trabalho “Experimentando e inventando novas práticas”;
  • EEB Seara (Seara) com o trabalho “A química nos alimentos”;

Ensino médio – 3º ano

  • EMEB Valentin Bernardi (Itá) com o trabalho “Carregadores de baterias celulares”;

Educação de Jovens e Adultos

  • Educação de Jovens e Adultos – Unidade de Itá com o trabalho “Transformação e ressignificação da horta escolar: um novo olhar em prol da alimentação saudável”;

Educação Especial

  • Núcleo Educacional João Canton (Ipumirim) com o trabalho “Boliche do conhecimento matemático”;

 

Mais informações para a imprensa:
Glauco Benetti
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Seara
E-mail: comunicacao@sar.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3452-8600 / 98837-7430
Site: sc.gov.br/regionais/seara