Altas Habilidades/Superdotação
Foto: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

Foi dado o primeiro passo para implantar os serviços de Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) na região da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de São Miguel do Oeste. Em Seminário realizado nesta quarta-feira, 28, profissionais da área da educação, receberam orientações de como funciona o Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S). O encontro foi promovido pela Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e realizado no auditório da Gerência Regional de Educação de São Miguel do Oeste.

O evento reuniu secretários municipais de Educação, representantes das Apaes, escolas estaduais e particulares, instituições de ensino superior, intérpretes e professores do atendimento educacional especializado. Em 2016, a Fundação criou o atendimento em seis ADRs e, neste ano, outras 10 receberão o serviço de altas habilidades. “Com isso, vamos ter 16 regiões com o atendimento, o que nos torna referência nacional na área”, enaltece o diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão da FCEE, Pedro de Souza.

São Miguel do Oeste - Regional terá serviço de Altas Habilidades/Superdotação
Foto: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

Conforme a psicóloga Andreia Roselia Panchiniak, coordenadora do Núcleo, as crianças podem ser identificadas com altas habilidades sendo elas: acadêmicas, artísticas, psicomotricidade ou criatividade. “A identificação é feita com avaliação pedagógica e psicológica. Porém, na maioria dos casos, os professores identificaram ao comparar com os demais colegas de classe”, explica.

O encontro abordou os temas “Altas habilidades/Superdotação na Educação Especial”, “Características das AH/SD e mitos presentes nessa temática”, “Identificação de alunos com AH/SD”, “Modelos de Atendimento” e “Diretrizes do Atendimento Educacional Especializado (AEE) em Altas Habilidades/Superdotação”.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 3,5% a 5,0% da população mundial são superdotados. Em 2015, os dados do IBGE registraram 1.174.860 alunos frequentando a Educação Básica de Santa Catarina. Sendo assim, teríamos cerca de 50 mil estudantes com altas habilidades/superdotação nas escolas do Estado. Apesar disso, o Censo Escolar 2016 identificou apenas 488 alunos.

--
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste

São Miguel do Oeste - Ministério da Saúde vistoria Rede de Urgência e Emergência do Extremo Oeste
Foto: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

Uma equipe técnica do Ministério da Saúde (MS) está na região realizando vistoria nos pontos da Rede de Urgência e Emergência do Sistema Único de Saúde (SUS). O trabalho iniciou na segunda-feira, 26 e segue até sexta-feira, 30. Estão sendo visitados pontos em São Miguel do Oeste, Guaraciaba, Dionísio Cerqueira, Maravilha, Itapiranga e Palmitos totalizando oito unidades de atendimento no Extremo Oeste como hospitais, Samu e Unidade de Pronto Atendimento (Upa 24).

Outra equipe está na região Meio Oeste vistoriando outros sete pontos, totalizando 15 na macrorregião do Grande Oeste. Segundo a técnica da Coordenação Geral da Rede de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, Ana Carolina Ferreira, o MS precisa conhecer as estruturas e ter certeza de que podem continuar recebendo o aporte financeiro da União e atendendo a região com leitos e serviços ofertados. “Após essas visitas, será construído um relatório único da região”, afirma.

Além de duas técnicas do Ministério da Saúde, a equipe recebeu o auxílio de duas profissionais da Regulação de Leitos de Chapecó e outras quatro da Gerência Regional de Saúde de São Miguel do Oeste, município e Hospital Regional Terezinha Gaio Basso.

Trabalho iniciou em 2013

A responsável pelo Controle, Avaliação e Auditoria da Gerência de Saúde, Clarice Wiebbellin, lembra que o trabalho para a Rede de Urgência e Emergência ser implantada na região iniciou ainda em 2013. “Os Hospitais e demais unidades passaram por capacitação e regularização do espaço físico para se enquadrar na Rede. Hoje, hospitais como de Guaraciaba e Maravilha, por exemplo, poderão receber pacientes de toda a macrorregião do Grande Oeste”, comenta. Ela destaca que é importante o trabalho com as unidades de retaguarda para não sobrecarregar hospitais de entrada como o Regional.

Informações adicionais para a imprensa:
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste

Programa Bolsa Família
Foto: Arquivo Gered

A Supervisão de Articulação com os Municípios da Gerência Regional de Educação (Gered), juntamente com a Secretaria de Educação de São Miguel do Oeste e responsáveis pelo Censo Escolar, realizou na terça-feira, 27, uma reunião sobre o Programa Bolsa Família com coordenadores municipais e operadores das escolas municipais, estaduais e particulares que informam a frequência escolar. O encontro foi realizado no auditório da Gered.

Foram tratados assuntos relativos à informação online no Sistema Presença, troca de conhecimento e experiências. “Também foram esclarecidas dúvidas sobre transferências pendentes, alunos sem vínculo e alunos não localizados. Nosso objetivo é que a região obtenha bom índice nas informações prestadas no Programa”, afirma o supervisor Silvestre Wichoroski.

Informações para imprensa:
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste

A quarta parcela do transporte escolar foi paga nesta semana aos sete municípios da região de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste. O total de R$ 123,3 mil foi repassado para o transporte de 1.264 alunos da rede pública estadual. Em 2017, serão investidos mais de R$ 1 milhão na Regional de São Miguel do Oeste.

Para o município de Bandeirante foi repassado R$ 3,6 mil para 41 alunos transportados; Barra Bonita R$ 8,6 mil para 124 estudantes; Belmonte R$ 6,3 mil para 91 alunos; Descanso R$ 23 mil com 299 estudantes; Guaraciaba R$ 52,7 mil para 364 alunos; Paraíso R$ 13,5 mil com 144 estudantes e São Miguel do Oeste R$ 15,2 mil com 200 alunos. 

O valor é baseado no quantitativo e na distância percorrida por aluno. Os estudantes são classificados de acordo com a distância, sendo consideradas as seguintes faixas: de 6 a 12 quilômetros, de 12 a 24 e acima de 24 quilômetros. Neste ano, os valores tiveram reajustes, respectivamente, de 5,5%, 8,5% e 10%, de acordo com as faixas. São 761 alunos do Ensino Fundamental e 502 do Ensino Médio.

Informações para imprensa
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste