Os servidores da Agência de Desenvolvimento Regional de São Lourenço do Oeste, Marcos Cézar Pozzer e Robson André Zeni, participaram na última semana, em Chapecó, de um encontro que contou com a participação do secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, onde foram discutidas ações para potencializar o turismo regional. Na ocasião, os gerentes receberam a incumbência de incentivar os munícipios a fazer o cadastro para integrar o Mapa do Turismo Brasileiro 2017.

Os municípios que são inseridos no Mapa passam a ter acesso a políticas públicas e repasse de recursos. Hoje 184 cidades de Santa Catarina fazem parte desta ferramenta. O objetivo é passar de 200. Em 30 de junho encerra o prazo para envio das informações para o processo de atualização do Mapa do Turismo Brasileiro. As atualizações propostas serão conferidas pela equipe da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) entre 1º e 15 de julho e, posteriormente, serão analisadas pelo Conselho Estadual de Turismo. A previsão é que o resultado da atualização seja divulgado em setembro deste ano.

Mais informações para a imprensa:
Juliana Balotin
Assessoria de Comunicação
SDR São Lourenço do Oeste
Fone: (49) 3372-1002 / 98832-1734
Site: sdrs.sc.gov.br/sdrsaolourencodooeste

 

 

Os gerentes da Agência de Desenvolvimento Regional de São Lourenço, Robson Zeni (Planejamento) e Marcos Pozzer (Políticas Socioeconômicas), participaram nesta semana, na capital do Estado, de uma reunião técnica de apoio às políticas públicas setoriais promovida pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST). O evento teve por finalidade contribuir para o avanço destas políticas, apresentar a nova estrutura técnica das diretorias da pasta e articular ações conjuntas de estreitamento de trabalho.

Políticas públicas de Assistência Social, Trabalho Emprego e Renda, Habitação e Regularização Fundiária, segurança alimentar e nutricional e Direitos Humanos integram a estrutura da pasta, assim como as coordenadorias estaduais da Mulher, da Igualdade Racial, do Idoso e da Juventude. Na ocasião, o Secretário da SST, Valmir Comin, relatou algumas estatísticas que descrevem a realidade social de Santa Catarina e solicitou apoio de todos para que o trabalho reparador seja realizado com muito empenho e comprometimento. Ele disse ainda que garantir os direitos sociais de todos os catarinenses é sua missão, na Secretaria assumida em janeiro deste ano. O grupo ainda reservou um momento do encontro para troca de informações e esclarecimentos de dúvidas.

Próximo passo

O gerente Marcos Pozzer ressalta que pretende repassar as informações às Secretarias Municipais de Assistência Social para promover um estreitamento ainda maior entre os municípios e Governo do Estado, sendo que a ADR atuará como um elo, para em parceria com as administrações municipais, identificar as demandas de ações a serem implementadas para impulsionar o desenvolvimento social na região.

Já o gerente Robson Zeni, atuará em parceria com a SST como coordenador regional do Programa Crescendo Juntos, para desenvolver projetos que promovam a redução das desigualdades e o crescimento igualitário da nossa região com as regiões mais desenvolvidas do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Juliana Balotin
Assessoria de Comunicação
SDR São Lourenço do Oeste
Fone: (49) 3372-1002 / 98832-1734
Site: sdrs.sc.gov.br/sdrsaolourencodooeste

 

Em reunião do Colegiado Regional de Governo, realizada nesta terça-feira, 27, o comandante da Polícia Militar Rodoviária – Posto 17, de São Lourenço do Oeste, sargento Fabiano André dos Santos, fez uso da palavra para levar a público os trabalhos realizados na sua área de jurisdição e ressaltou sua preocupação com o aumento considerável do número de acidentes com óbitos causados por embriaguez ao volante. Além disso, o comandante apresentou um dado alarmante: de 55 autos emitidos, foram registradas 16 prisões em flagrante de condutores que ultrapassaram 0,34mg/l de álcool no organismo quando submetidos a teste.

Representantes de outros órgãos de governo também fizeram uso da palavra, com destaque para algumas reivindicações como a do comandante do Corpo de Bombeiros, Glaycon Heitz, que solicita recursos para a construção de um novo quartel para o Corpo de Bombeiros de São Lourenço do Oeste. O representante da Polícia Civil, Investigador Vicente, enalteceu também a importância da construção de um presídio no município. Os demais órgãos de governo falaram das ações realizadas durante o mês em curso.

A próxima reunião do Colegiado ficou agendada para o dia 27 de julho no anfiteatro da Agência de Desenvolvimento Regional. 

Mais informações para a imprensa:
Juliana Balotin
Assessoria de Comunicação
ADR São Lourenço do Oeste
E-mail: juliana.balotin@gmail.com
Fone: (49) 3372-1002 e (49) 8837-9273
Site: sdrs.sc.gov.br/sdrsaolourencodooeste

 

Para tornar o processo de contagem da alimentação escolar mais ágil, econômico e transparente, a Secretaria de Estado da Educação (SED) desenvolveu um aplicativo de  contagem automática das refeições servidas aos alunos. Ao todo, 270 escolas da rede estadual de ensino deverão utilizar o novo método para contabilizar a merenda nas escolas. A estimativa, segundo a Secretaria de Estado da Educação, é economizar em até 10% em 2017, sendo que em 2016 o investimento em alimentação escolar foi de R$ 130 milhões. 

Na semana passada, as servidoras da Gerência Regional de Educação (Gered) de São Lourenço do Oeste, Denize Maria Comunello Ranzan (Supervisora de Articulação com os Municípios) e Julcimara Teixeira Prior (Núcleo de Tecnologia em Educação), participaram de uma capacitação oferecida pela Secretaria de Estado da Educação e Ciasc, onde aprenderam a utilizar o aplicativo que está instalado em tablets fornecidos às escolas.

A capacitação foi realizada na cidade de São Carlos, no Extremo-Oeste catarinense e contou também com profissionais de outras três instituições de ensino da região de São Lourenço, sendo EEB Raul Pompeia de Campo Erê, EEB Olga Nunes de Abreu de Coronel Martins e EEB São Bernardino de São Bernardino. Profissionais de outras ADRs também participaram do encontro.

Sobre o método

Foram desenvolvidos dois métodos com linguagens diferentes para serem utilizados de acordo com a realidade de cada escola. Dessa forma a contagem poderá ser feita por meio das câmeras digitais dos tablets fornecidos a escola via QR Code ou por código de barras lido através do aparelho leitor de código de barras identificado no computador. Cada estudante terá a própria Carteira de Identificação Estudantil emitida pelo Sistema de Gestão Escolar de Santa Catarina (Sigesc) o que garante precisão na contagem. 

Cerca de 180 mil estudantes terão acesso ao aplicativo no momento das refeições. Os dados computadorizados serão transferidos para o sistema de registros da alimentação escolar, repassando a quantidade de refeições a serem pagas por estudante em cada escola.

Para o domínio do aplicativo, 320 profissionais das escolas entre gestores, assistentes de Educação e profissionais das Gerências de Educação estão passando por uma formação que visa apresentar o novo sistema e aperfeiçoar o uso dos tablets.

Para a servidora Denize, que atua diretamente com o setor de alimentação escolar na região, trata-se de uma forma de legitimar a quantidade e garantir a qualidade da merenda. A ação também proporciona segurança aos estudantes e profissionais em relação ao que consta no cardápio. A servidora Julcimara, que atua no Núcleo de Tecnologia em Educação – NTE, também participou do treinamento, para atuar no suporte ao aplicativo caso seja necessário.

Neste primeiro momento 270 escolas da rede estadual de ensino, com mais de 900 alunos terão acesso ao aplicativo e até o final de 2018 todas as escolas da rede estadual passarão a utilizar o novo sistema. Atualmente, os estudantes entregam uma fichinha de papel para a profissional responsável pelo acesso do aluno ao refeitório, que conforme apurado pela SED e em auditorias internas pode resultar em imprecisão dos números finais das refeições servidas e pagas às empresas prestadoras do serviço de alimentação escolar. 

O gerente de Educação João Patinho enalteceu a iniciativa da Secretaria da Educação e ressalta que a ação garante muito mais transparência e agilidade na contagem de refeições.

De acordo com o analista e desenvolvedor do aplicativo, Edson Luiz Pacho, a nível de gestão, a ferramenta facilita e otimiza o tempo de trabalho. “Além de fatores como os relatórios finais diários emitidos, a análise nutricional é outro destaque, pois o sistema possibilita identificar os estudantes que acabam se interessando por alimentos mais calóricos e acabam não ingerindo nos dias que é oferecido salada, frutas e verduras por exemplo”, esclarece o profissional.

Próximo Passo

De acordo com as profissionais da Gered, o próximo passo é multiplicar o que aprenderam com profissionais de outras escolas da região. Uma capacitação está sendo organizada, ainda não há uma data definida, mas garantem que será em breve.

Juliana Balotin
Assessoria de Comunicação
ADR São Lourenço do Oeste
E-mail: juliana.balotin@gmail.com
Fone: (49) 3372-1002 e (49) 98837-9273