Nove escolas da ADR São Joaquim receberão readequação elétrica para a instalação de ares condicionados

Foto: Elenise Melo Nunes/ADR São Joaquim

A secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani, assinou na tarde desta quinta-feira, 22, dois contratos com a empresa Serra Sul Engenharia e Construção Ltda para a execução de obras em escolas estaduais da ADR São Joaquim. O contrato para a readequação da rede elétrica para a instalação elétrica dos ares condicionados já existentes será executado em nove escolas com investimento de R$ 873,6 mil, e prazo de execução de 150 dias. Também foi assinado o contrato para a construção e reforma das calçadas da EEB Araújo Figueiredo, no valor de R$ 96,4 mil e prazo de execução de 120 dias.

Informações adicionais para a imprensa
Elenise Melo Nunes
Assessoria de Comunicação
ADR São Joaquim
(49) 9.91481016

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Defesa Civil de Santa Catarina, inaugurou nesta sexta-feira, 9 de fevereiro, o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) Regional de Lages. Instalado no campus do CAV-Udesc, a estrutura recebeu investimento de R$ 853.084,57 do Governo do Estado, com recursos da Secretaria de Estado de Defesa Civil e do Pacto Por SC.

A cerimônia de inauguração contou com as presenças do secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli; do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte; e de autoridades dos 18 municípios da Serra Catarinense, que passam a contar com esse importante espaço de apoio para gerenciamento de crises, riscos e desastres.

O Cigerd Regional de Lages tem 160 metros quadrados e foi construído com nove módulos de ferro galvanizado. É uma estrutura autossuficiente, capaz de permanecer operacional mesmo diante de eventuais cortes de fornecimento de energia elétrica. O espaço conta com equipamentos modernos de monitoramento, sala de reunião e situação, garagem, depósito, banheiro e cozinha. A estrutura foi construída mediante parceria da Secretaria de Estado da Defesa Civil e da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), que cedeu o terreno.

O secretário de Estado de Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, destacou que a nova estrutura não foi criada apenas para gerenciar riscos ou desastres climáticos. “Santa Catarina é área livre da febre aftosa sem vacinação, mas se ocorrer algum problema, esse espaço está pronto para que possamos adotar o protocolo de risco biológico animal. O Cigerd foi criado para gerenciar qualquer risco e o nosso objetivo, com ele, é fazer com que uma crise não se torne um desastre”, salientou.   

O secretário executivo da Agência Regional de Desenvolvimento, João Alberto Duarte, parabenizou o trabalho da Defesa Civil e destacou o foco do Governo do Estado em ações preventivas para proteger o cidadão, principalmente das intempéries climáticas registradas na região. “O governador Raimundo Colombo não tem medido esforços para proteger o cidadão e a Defesa Civil tem sido um exemplo disso, com adoção de novas tecnologias, com informações via SMS que tem feito a diferença quando o assunto é chuva, temporal e outros problemas climáticos”.

O coordenador regional de Defesa Civil, Luiz Falcão Maganin, ressaltou a possibilidade de potencializar a troca de experiências entre os órgãos envolvidos na Defesa Civil. "A ideia do Centro Regional é justamente integrar esses órgãos e aproximar a Secretaria de Estado da Defesa Civil dos municípios".

O Cigerd Regional de Lages atende os 18 municípios da Associação de Municípios da Região Serrana (Amures): Anita Garibaldi, Bocaina do Sul, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Campo Belo do Sul, Capão Alto, Cerro Negro, Correia Pinto, Lages, Otacílio Costa, Painel, Palmeira, Ponte Alta, Rio Rufino, São Joaquim, São José do Cerrito, Urubici, e Urupema.

Informações adicionais para Imprensa:
Cristiano Rigo Dalcin
Assessoria de Comunicação
ADR Lages
Fones: (49) 98839-1727 / (48) 99984-3619
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/lages

 


Foto: Assessoria 6º BPM

A atuação ostensiva da Polícia Militar será intensificada até o dia 25 de fevereiro durante a operação Altos da Serra, lançada nesta terça-feira, 30, em São Joaquim.  Nesta época do ano em que ocorre a colheita da maçã muitas pessoas migram para região em busca de trabalho e o número de turistas também aumenta em decorrência das férias de verão. A ideia é proporcionar segurança ao cidadão, preservando a ordem pública por meio de ações que vão desde barreiras policiais até visitas às propriedades produtoras do fruto ou que focam no turismo.

Com um acréscimo no efetivo de área, as atividades preventivas iniciaram no dia 25 de janeiro nos quatro municípios de abrangência da Altos da Serra. Policiais e viaturas de Lages estão auxiliando na operação que já apreendeu duas armas de fogo e autuou duas pessoas em flagrante.

“Em São Joaquim, Urubici, Urupema e Bom Jardim fizemos fiscalização de trânsito, abordagem a pessoas e veículos e algumas varreduras”, exemplifica o tenente Guilherme Wildner Wolf, comandante da PM em São Joaquim, lembrando que as ações da Altos da Serra ocorrem diariamente.

O projeto surgiu por conta do aumento do número de furtos, lesão corporal, tráfico de drogas e cumprimento de mandados de prisão entre os meses de janeiro e março na região. A ação emergencial da PM também era um anseio de representantes do poder público.

A secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani, reforça que o trabalho trará uma maior sensação de segurança. “Vivemos num estado maravilhoso e que atrai gente de todo o país. Esse movimento vai intimidar aqueles vêm para cá pensando em fazer o mal”.

Inovador, assim como a Operação de Inverno, o Altos da Serra inicia com boas perspectivas. “Não tenho dúvida que a operação será bem sucedida porque trabalhamos com foco no resultado planejado e com o apoio de importantes parceiros”, destaca o subcomandante da PM em Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior.

Ainda não se sabe o número de pessoas que vêm para a Serra nesse período.  Com o auxilio da PM e de outros órgãos e entidades, o Governo do Estado lançou o programa Safra Cidadã, que busca levantar informações e cadastrar todos os trabalhadores na produção de maçã, o que deve contribuir com o controle da criminalidade.

Informações adicionais para a imprensa:
Elenise Melo Nunes
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Joaquim
E-mail: imprensa@sjq.sdr.sc.gov.br 
Telefone: (49) 3233-8301 / 99102-5054 / 99148-1016
Site:sc.gov.br/regionais/saojoaquim

Assessoria 6º BPM


Foto: ADR São Joaquim/Arquivo

A Agência de Desenvolvimento Regional de São Joaquim (ADR) por meio da Gerência Regional de Educação realiza na quinta e sexta-feira, 1º e 2 de fevereiro, a 2ª Chamada para a contratação de professor ACT (Admissão em Caráter Temporário) e a chamada pública.

Os candidatos interessados deverão dirigir-se à Gerência Regional de Educação, com documentos pessoais, comprovante de habilitação, comprovante do tempo de atuação na disciplina da vaga pleiteada, emitido pela Unidade escolar e comprovante de tempo de serviço no Estado, emitido pela unidade escolar, para a escolha das vagas disponíveis.

>>>Confira a lista

Com a 2ª chamada e chamada pública serão preenchidas aproximadamente 80 vagas. Durante a 1ª chamada realizada entre os dias 22 e 26 de janeiro, foram contratados 116 professores ACTs para as 12 escolas pertencentes a ADR São Joaquim.

Informações adicionais para a imprensa:
Elenise Melo Nunes
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Joaquim
E-mail: imprensa@sjq.sdr.sc.gov.br 
Telefone: (49) 3233-8301 / 99102-5054 / 99148-1016
Site:sc.gov.br/regionais/saojoaquim