No próximo dia 23 de julho às 13h no auditório da ADR haverá escolha de vagas para professores do EJA e do ensino regular. Aproximadamente 50 vagas estão disponíveis.

A escolha de vagas é para professores inscritos no processo seletivo, Edital 1960/2016. Os interessados podem acessar o site www.sed.sc.gov.br/ACT2018 para visualizar as vagas disponíveis.

Para a chamada pública, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos pessoais:

- Diploma e histórico Escolar;

- Estar matriculado e freqüentando a contar da 5ª fase em Curso de Graduação e Licenciatura Plena na disciplina e área, conforme a vaga pleitada.

- Anexo I – Atestado de tempo de serviço na disciplina para a vaga pleitada

- Anexo II – Atestado de tempo de serviço no Estado.

 

CRONOGRAMADE ESCOLHA

 

DATA

HORÁRIO

DISCIPLINA

ÁREA

   

1344 - Segundo Professor

Alfabetização

Nivelamento

Todas

   

202 – Língua Portuguesa

 
 

A PARTIR

401 – Língua Portuguesa e Literatura

 

23/07/2018

DAS

320 – Espanhol

 

e

13h

319 - Inglês

 

Subsequentes

 

302 – Geografia

 
   

304 – História

 
   

301 - Matemática

 
   

475 – Física

 
   

513 – Química

 
   

612 – Ciências

 
   

255 - Biologia

 
   

536 – Filosofia

 
   

437 – Sociologia

 
   

611 – Religião

 
   

307 – Educação Física

 
   

628 – Arte

 

Informações adicionais para a imprensa
Suzana Francieli Ferrari
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Maravilha
E-mail: imprensa@mvh.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3664-6532 / (49) 98839-1117
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrmaravilha
Facebook: https://www.facebook.com/regional.maravilha

Será  realizada no próximo dia 18 de julho, às 14hs, no auditório da Agência de Desenvolvimento Regional de Maravilha, a escolha de vagas de professores que atuarão nas Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) da região. 

Vagas disponíveis:

Educação Especial – Sala de Aula

20 horas – Turno Vespertino – APAE de Maravilha

Período 01/08 a 19/12/2018

Educação Especial – Sala de Aula

20 horas – Turno Vespertino – APAE de Pinhalzinho

Período 01/08 a 19/12/2018

Informações adicionais para a imprensa
Suzana Francieli Ferrari
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Maravilha
E-mail: imprensa@mvh.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3664-6532 / (49) 98839-1117
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrmaravilha
Facebook: https://www.facebook.com/regional.maravilha



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação, emitiu – em 25 de maio de 2018 – a Instrução Normativa nº 001/2018. A Instrução dispõe sobre a suspensão da publicidade dos órgãos e das entidades da administração pública estadual direta e indireta no período eleitoral de 2018, e pode ser lida na íntegra neste link.

Em atendimento à legislação eleitoral, a Secretaria de Estado da Comunicação informa que as áreas de notícias das páginas de internet de todos os órgãos estaduais, incluindo postagens em redes sociais e sites de programas específicos, devem ser interrompidas.

A suspensão também se aplica a perfis de programas, projetos e ações desenvolvidas pelos órgãos estaduais. O mesmo vale para os perfis de departamentos, diretorias, setores, coordenadorias regionais e a toda e qualquer subdivisão vinculada a órgãos estaduais.

Os websites das instituições públicas ligadas ao Executivo deverão destacar, em sua página inicial, a seguinte mensagem informando a suspensão de atualizações: "Em atendimento à legislação eleitoral, a partir do dia 7 de julho e até o final do período eleitoral, estão suspensas as atualizações deste site. Para mais informações, consulte o site www.sc.gov.br".

A divulgação das informações de interesse público e dos serviços de todos os órgãos estaduais caberá apenas ao portal do Governo do Estado, acessado no endereço www.sc.gov.br. Este será o único site de governo que permanecerá com atualizações em sua área de notícias. As notícias serão publicadas após análise da Diretoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Comunicação. Em casos específicos, caberá à Secretaria de Estado da Comunicação consultar a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para garantir a legalidade da publicação.