Mestrado em Ciências Ambientais tem foco em tecnologia e gestão ambiental - Foto: Jonas Pôrto

 

 

 

 

 

 


Foto:Divulgação/Udesc

O Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Lages, está com vagas abertas para o Mestrado em Ciências Ambientais.

As inscrições acontecerão até 15 de junho, pela internet. Os interessados deverão preencher um formulário eletrônico e anexar on-line os documentos requeridos no edital.

Mestrado e doutorado têm linhas de pesquisa em duas áreas de concentração - Foto: Jonas Pôrto

 

 

 

 

 



Foto: Divulgação/Udesc

O Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Lages, está com inscrições abertas, até 22 de junho, para os cursos de Mestrado e Doutorado em Ciência Animal, com ingresso no segundo semestre de 2018.

As inscrições acontecerão exclusivamente pela internet. Os interessados deverão preencher formulário eletrônico para o mestrado ou doutorado e anexar on-line os documentos requeridos no edital.


Foto arquivo / Secom
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, garantiu mais R$ 3 milhões para as obras da SC-114, rota conhecida como “Caminhos da Neve”, trecho entre São Joaquim e o município de São Francisco de Paula (RS). A primeira parcela foi repassada ao Deinfra no último dia 25 de maio, e a segunda está no cronograma de pagamento para setembro. Os recursos são do Funturismo e cumprem a finalidade de atender ao convênio entre o Governo do Estado e o Exército Brasileiro, que executa as obras.

Regional de Lages (atualizada às 17h) - Na Serra catarinense, caminhões de combustível foram escoltados pela Polícia Militar no início da tarde desta quarta-feira, 30, para garantir o abastecimento dos postos de combustíveis da cidade de Lages.

Os três pontos de bloqueio de caminhoneiros foram desmobilizados durante a tarde: BR-116, em frente ao posto Ampessan (proximidades do trevo de acesso à Lages) e na BR-282, nos trevos de acesso a Bocaina do Sul e Bom Retiro, e caminhoneiros já estão deixando os locais, após a chegada de soldados do Exército, que foram garantir a segurança dos motoristas desmobilizados.

Na próxima sexta-feira, 1, os 18 prefeitos da Amures estarão reunidos para avaliar a situação. Na última terça-feira, 29, eles decidiram cancelar as aulas nas redes municipais, assim como estipular horários diferenciados para o transporte coletivo, e determinar ponto facultativo nesta sexta-feira, 31. No comércio, alguns produtos como hortifrutigranjeiros e leite de saquinho estão em falta. Alguns supermercados decidiram restringir itens como leite longa vida, com número máximo por cliente.