Diretor do Colégio Militar de Joinville é anunciado durante reunião do Colegiado
Fotos: Ana Paula Keller/ADR Joinville

A secretária executiva da Agência da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville, Simone Schramm, reuniu nesta sexta-feira, 20, o Colegiado Regional de Governo. Na oportunidade, foi confirmado o nome do diretor do Colégio Policial Militar que irá funcionar na Escola de Educação Básica Osvaldo Aranha, no Bairro Glória. A unidade será gerida pelo tenente-coronel Hélio César Puttkammer.

>>> Galeria de fotos

O Colégio Militar de Joinville começa a funcionar em 2018, com turmas de 35 alunos do sexto e sétimo ano do ensino fundamental, sendo ampliado gradativamente em números de vagas e de séries até chegar ao ensino médio. Puttkammer comandava o 17º Batalhão da PM na cidade até o dia 3 de outubro, quando assumiu como chefe de Estado Maior da 5ª Região de Polícia Militar. Atualmente, a Escola de Educação Básica Osvaldo Aranha funciona apenas de manhã com o ensino médio, do primeiro ao terceiro ano. A partir do ano que vem, as novas matrículas serão apenas para a unidade militar.

Diretor do Colégio Militar de Joinville é anunciado durante reunião do Colegiado

Dúvidas e respostas sobre o Colégio Militar em Joinville

1 - Como será o acesso ao Colégio Militar de Joinville?
O preenchimento das vagas para as primeiras turmas será feito por sorteio, como se dá em Florianópolis e Lages.

2 - Como será a participação no sorteio?
Quem tiver interesse em concorrer a uma vaga no Colégio Militar poderá se inscrever no sorteio. A portaria atual do Comando-Geral da PMSC estabelece a proporção de 90% para filhos de policiais militares, bombeiros militares e profissionais civis da PMSC, e 10% para a comunidade. O diretor da unidade, tenente-coronel Hélio César Puttkammer, não descarta a possibilidade de processo seletivo e também do aumento de vagas para civis.

3 - Quando serão as matrículas?
Ainda será estabelecido o cronograma de matrículas pois as tratativas para a implementação do Colégio de Joinville estão em andamento. Possivelmente, no mesmo período de novas matrículas da rede estadual de ensino, de 30 de novembro a 10 de dezembro.

4 - Quantas vagas serão disponibilizadas?
Para o primeiro ano de implantação do colégio em Joinville serão 70 vagas de ensino fundamental: 35 para o sexto ano e 35 para o sétimo ano. No segundo ano, deverão ser ampliadas as vagas para oitavo e nono ano e, depois, o ensino médio. A ampliação será de forma gradativa.

5 - Quando começam as aulas?
Ainda será estabelecida a data de início das aulas porque as tratativas para a implantação em Joinville estão em andamento. Possivelmente, em fevereiro, no dia 15, seguindo o calendário escolar da rede estadual de ensino.

6 - Onde serão as aulas?
Na estrutura da Escola de Educação Básica Osvaldo Aranha, no Bairro Glória. Na unidade de ensino, haverá continuidade das turmas existentes.

7 - Como será o uniforme?
Serão utilizados dois tipos de uniformes, na cor cinza, sendo um de tergal e um agasalho, como já utilizados nos colégios de Florianópolis e Lages.

8 - Qualquer estudante pode concorrer a uma vaga?
Poderão ingressar no sexto ano do Colégio Militar aqueles alunos que estiverem concluindo o quinto ano em 2017. 

9 - Qual será o quadro das disciplinas?
O programa das disciplinas é o mesmo estabelecido pela Secretaria de Estado da Educação (SED) para as escolas do Estado. 

10 - Os professores serão militares ou haverá contratação de novos profissionais?
Haverá a contratação de professores civis para a implantação do Colégio Militar e a equipe da direção será composta por militares de carreira e, possivelmente, civis, como psicopedagogas.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville publica abaixo a justificativa de inexigibilidade de chamamento público para a realização da 3ª Feira de agronegócios e 3ª Jornada Técnica. Ambos os eventos acontecem simultaneamente a 79ª Festa das Flores de Joinville, de 14 a 19 de novembro, realizada pela Associação Joinvilense de Amadores de Orquídeas.

O conteúdo na íntegra pode ser acessado clicando aqui.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu inscrições para a contratação de 466 técnicos de enfermagem. Os profissionais atuarão nos hospitais públicos da Grande Florianópolis (339 vagas), Joinville (83), Ibirama (15), Mafra (7) e Lages (22). As inscrições terminam às 16h no dia 26 de outubro e a prova será no dia 12 de novembro.

Para a Maternidade Darcy Vargas (MDV) e Hospital Regional Hans Dieter Schmidt (HRHDS), em Joinville, o total é de 83 vagas. A abertura dos 43 novos leitos concluídos pelo Governo do Estado no HRHDS está condicionada a contratação de 65 profissionais da saúde. Na MDV, é reposição de funcionários para melhorar o atendimento.

A inscrição poderá ser feita no site da Fepese ou pessoalmente ou por meio de um procurador devidamente constituído, na sede da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos, em Florianópolis. A prova escrita terá duração de quatro horas, das 14h às 17h. Elas serão aplicadas nas cidades de Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages e Mafra, conforme escolhido pelo candidato no ato da inscrição.

Para os candidatos que forem aprovados, a jornada de trabalho é 30h semanais, com remuneração de R$ 2.533,80, incluso o vencimento, gratificação e auxílio alimentação. Poderá ser concedido adicional de insalubridade, de acordo com a lotação e atividades desenvolvidas pelo servidor. O contrato é de 12 meses podendo ser renovado por mais um ano.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville


Foto: Divulgação/ADR Joinville

Joinville vai passar a contar com um novo Centro Integrado de Gestão de Risco e Desastres Regional (Cigerd) da Secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina. A estrutura em construção com 160 metros quadrados contará com um setor de treinamento e operação, salas de situação e passará a ser sede regional do órgão. Nesta semana, o espaço recebe os trabalhos de acabamento externos e internos, como, por exemplo, instalação de placas e montagem de mobiliário.

A construção suporta ventos de até 180 km/h por ser feito em chapa de aço e poliuretano além de ser termo acústico. O Cigerd Regional servirá para coordenar as ações entre os agentes envolvidos na gestão de situações de desastres e crise, como enchentes, ventos, incêndios ou qualquer circunstância com necessidade de um protocolo de operação para proteger a população.

“Durante um evento adverso provocado pela natureza ou pelo homem, é onde estarão concentrados os órgãos de gestão e todas as informações”, explica o coordenador Regional de Defesa Civil, Antônio Edival Pereira. A estrutura está sendo construída ao lado da 2ª Companhia do Batalhão de Aviação da Polícia Militar.

Em Santa Catarina serão 19 unidades e, também, está em edificação o Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres (Cigerd), na Capital. No prédio haverá Centro de Monitoramento e Alerta, Meteorologia, Sistema de Hidrometeorologia, Geologia, Mapeamento de Áreas de Risco, Planos de Contingência, Planos de Ações Emergenciais, Gestão de Crise e Respostas a Desastres.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

 

Próximos eventos