Desde o mês de abril, a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville tem realizado serviços permanentes na manutenção de rodovias. Neste período foram aplicadas 220 toneladas de asfalto em oito estradas da região. No total são 750 quilômetros sendo atendidos com serviços de tapa-buraco, roçada e limpeza de sarjetas.

“O contrato que temos em vigência desde abril é de 12 meses, mas não será suficiente para suprir tudo, mas estamos buscando mais recursos junto à Secretaria de Estado de Infraestrutura para atender as rodovias", explica o secretário interino da ADR, Volnei Batista. 

A empresa Techno Pavimentação de Construção de Rodovias Eirelli EPP venceu a licitação de R$ 486 mil que contempla as rodovias: SC 418 (Serra Dona Francisca); A101A (Eixo Industrial); SC 108 (Rodovia do Arroz); SC 417 (Garuva); SC 416 (Itapoá); A280A (Itinga); SC-415 (Enseada); SC-415 (São João do Itaperiú). Nesta semana há serviços sendo executados, mas durante o período de chuva eles são paralisados.

*Primeira medição de abril de serviços executados: 51,60 metros cúbicos (90 toneladas de asfalto)

*Segunda medição de maio de serviços executados: 44,64 metros cúbicos (76 toneladas de asfalto)

*Terceira medição de junho de de serviços em andamento: em fase de execução

 *Primeira medição tapa-buraco executado

- SC 418 (trecho Serra Dona Francisca): 41,74 toneladas

- SC 417 (trecho Garuva): 6,760 toneladas

- SC 416 (trecho Itapoá): 6.160 toneladas

- SC 415 (trecho Enseada): 6,100 toneladas

- SC 108 (Trecho Rodovia do Arroz): 5,220 toneladas

- A101A (trecho Eixo Industrial): 5 toneladas

- SC 415 (trecho São João do Itaperiú): 19,20 toneladas

 *Primeira medição roçada executada

- 60.350 mil metros quadrados roçados na Serra Dona Francisca

 *Segunda medição tapa-buraco executado

- A280A (trecho Itinga): 12,89 toneladas

- SC 416 (trecho Itapoá): 6,02 toneladas

- SC 417 (trecho Garuva): 6,02 toneladas

- SC 415 (trecho São João do Itaperiú): 13,360 toneladas

- SC 415 (trecho Enseada): 6,630 toneladas

- SC 418 (trecho Serra Dona Francisca): 33,770 toneladas

 *Segunda medição roçada executada

- 78,100 mil metros quadrados roçados na Serra Dona Francisca e no Eixo Industrial

 *Segunda medição limpeza de meio fio executada

- 5.180 metros de limpeza de meio fio e sarjetas no Eixo Industrial

*Terceira medição tapa buraco (abaixo serviços executados até o dia 20 de junho)

 - SC 415 (trecho Barra do Sul): 5,880 toneladas

- SC 418 (trecho Serra Dona Francisca): 9,460 toneladas

- SC 416 (trecho Itapoá): 11,300 toneladas

- A101A (trecho Eixo Industrial): 6,200 toneladas

- SC 415 (trecho Enseada): 6,460 toneladas

- SC 417 (trecho Garuva): 5,420 toneladas 

- SC 415 (trecho Enseada): 5,380 toneladas 

- SC 108 (trecho Rodovia do Arroz): 5,240 toneladas 

- SC 415 (trecho São João do Itaperiú): 4,480 toneladas

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.sdr.sc.gov.br / imprensa@jve.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrjoinville

 

 

O secretário de Estado da Fazenda, Almir Gorges, falou sobre as perspectivas econômicas durante a 30ª Feira de Produtos, Equipamentos e Serviços para Supermercados e Convenção Catarinense de Supermercadistas, a Exposuper 2017. Durante a palestra em Joinville, o gestor explicou que embora a recuperação econômica seja lenta, os indicadores demonstram que há uma recuperação em andamento.

Santa Catarina saiu da sétima posição em 2011 e hoje ocupa a terceira como o mais competitivo do Brasil, depois de São Paulo e Paraná. Está entre os seis Estados que não aumentaram impostos para se tornarem mais atrativos aos investidores nacionais e internacionais. A economia diversificada também influenciou nesses índices. “São os negócios consolidados que fazem o Estado forte”, defendeu Gorges.

A participação dos supermercados na contribuição subiu de 7% para 8% em comparação a maio de 2016 para maio de 2017. Embora o setor metal mecânico e de transporte tenha apresentado uma queda, os outros têm reagido positivamente. “A recuperação econômica ainda é lenta, mas os índices mostram que a curva esta mudando e é ascendente”.

O secretário em exercício da Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville, Volnei Batista, acompanhou a exposição nesta quarta-feira, 21, no Centro de Convenções e Exposições Expoville. Entre as posturas para melhorar a gestão na máquina estatal, Almir Gorges disse que “é preciso tapete vermelho para aqueles que geram emprego, renda e tributo”. E defendeu mais mecanismos de combate maior à sonegação fiscal.

Fortalecimento da agricultura familiar

Neste ano, com apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca, 60 produtores rurais apresentam seus produtos na feira. A exposição é uma oportunidade para os agricultores colocarem mercadorias do meio rural à disposição do setor supermercadista. Geleias, queijos e salames, cachaças, biscoitos, ovos, massas e legumes orgânicas estão entre os itens que tem apoio do Programa SC Rural. O espaço no evento é um diferencial para o surgimento de novos negócios.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.sdr.sc.gov.br / imprensa@jve.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrjoinville

A Polícia Civil, por meio da 2ª DP, com apoio da Delegacia de Homicídios (DH) e Delegacia Regional de Polícia (DRP), cumpriu quatro mandados de prisão preventiva, três temporárias, além de quatro de busca e apreensão na manhã desta terça-feira, 20, em Joinville, no Norte do Estado. O alvo da ação foi uma organização criminosa que praticava crimes de roubo utilizando da substância conhecida como “Boa Noite Cinderela”.  Durante a investigação, que já se estende por seis meses, foi recuperado diversos bens. A ação policial ainda está em curso.

De acordo com a Polícia, o modo de agir do grupo criminoso consistia em atrair as vítimas, especificamente homens, que se encontrava em bares e similares, utilizando uma mulher, que se mostrava interessada em interagir com as vítimas. “No entanto, em determinado momento a mulher ministrava a referida substância na bebida e, com o apoio de outros integrantes, efetuava a subtração de bens, quando a vítima encontrava-se completamente vulnerável. As vítimas chegaram a ser, inclusive, conduzidas pelo grupo até suas residências e empresas, ainda sob efeito da substância e, sem ação, tinham seus pertences subtraídos”, explica um policial.

Segundo a investigação, em alguns casos, a mulher indiciada utilizava sua filha, uma adolescente, para praticar os crimes, visando atrair os alvos escolhidos pela organização criminosa. “Em maio de 2016, um policial militar foi vítima da organização, tendo sua arma subtraída, a qual, contudo, já foi recuperada. Além dos crimes de roubo, os indiciados são investigados por uma tentativa de homicídio contra um policial militar, ocorrida em janeiro deste ano, no momento em que estavam sob a posse de um veículo Toyota Hilux, produto de roubo. Nessa ocasião, os criminosos atropelaram um policial fardado que se encontrava em uma motocicleta no momento em que se dirigia ao trabalho”, concluiu.

Informações adicionais para a imprensa
Clarissa Margotti
Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2313 / 99968-9600
Site: www.policiacivil.sc.gov.br

 


Fotos: James Tavares / Secom

O governador Raimundo Colombo participou na noite desta segunda-feira, 19, da cerimônia de abertura 30ª Feira de Produtos, Equipamentos e Serviços para Supermercados e Convenção Catarinense de Supermercadistas, a Exposuper 2017, em Joinville no Norte do Estado e palestrou sobre o cenário econômico catarinense em comparação com o brasileiro. O evento que é organizado e promovido pela Associação Catarinense de Supermercados (Acats) vai até 22 de junho no Complexo Expoville.