Joinville - Ação Social Festa da Família 2018 promovida pela Escola de Ensino Médio Deputado Nagib Zattar
Foto: Divulgação/ADR Joinville

Mais de quatro mil pessoas participaram da Ação Social Festa da Família 2018 promovida pela Escola de Ensino Médio Deputado Nagib Zattar, no bairro Jardim Paraíso, em Joinville. Serviços de documentação, orientações de saúde, exposições, atividades recreativas e esportivas integraram a comunidade no sábado, 19. 

De acordo com a gestora da escola, Rute Ribeiro Hoepfner, o objetivo foi promover a cidadania, aproximar a escola da comunidade e apresentar o trabalho desenvolvido pela equipe. “Foi um dia incrível de muito movimento e alegria entre todos”, afirma a diretora. A escola possui 789 estudantes e 60 profissionais na equipe.

Atividades

Foram emitidos 400 documentos de identidade, 82 cadastros de pessoa físicas (CPF), 75 testes de acuidade visual, 156 testes de sífilis, HIV e herpes, 52 testes de gravidez, 56 vacinas e 50 orientações médicas.

“As atividades que fomentam a integração são sempre benéficas para a comunidade e também para os nossos estudantes. São ações com este caráter mais social que irão contribuir para promover o bem comum entre todos”, destaca a gerente Regional da Educação de Joinville, Sônia Paul. Como parceiros do evento participaram integrantes da Associação de Pais e Professores (APPS), Polícia Civil, Secretaria da Saúde e empresários locais.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

O Sistema Nacional de Empregos (Sine), em Joinville, vinculado a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, divulga as vagas de emprego para preenchimento até o dia 23 de maio. Os interessados devem procurar o local das 12h30 às 18h30, na rua Nove de Março, 774, sala 02. Para se cadastrar é preciso levar carteira de trabalho, identidade, CPF e comprovante de residência. Mais informações pelos telefones (47) 3481-2137 e (47) 3481-2138.

*Confira as vagas

Ajudante de açougueiro – 9 vagas – R$ 1.297,00

Alinhador de direção – 1 vaga – R$ 1.500,01

Analista de marketing – 1 vaga – R$ 2.100,00

Analista de recursos humanos – 1 vaga – salário à combinar

Armador de estrutura de concreto – 3 vagas – R$ 1.900,00

Assistente administrativo (estágio) – 10 vagas – R$ 600,00

Auxiliar de cozinha – 1 vaga – R$ 1.400,00

Auxiliar de cozinha – 1 vaga – R$ 1.173,00

Auxiliar de manutenção predial – 3 vagas – R$ 1.500,00

Auxiliar de mecânico de autos – 1 vaga – R$ 1.200,00

Auxiliar de padeiro – 4 vagas – R$ 1.297,00

Auxiliar de pintor de automóveis – 1 vaga – R$ 1.400,00

Auxiliar financeiro (Araquari) – 1 vaga – R$ 1.253,00

Açougueiro – 2 vagas – R$ 1.482,60

Barista – 1 vaga – R$ 1.353,98

Chefe de cozinha – 1 vaga – R$ 2.000,00

Caixa no serviço de alimentação – 2 vagas – R$ 1.395,00

Camareira de hotel – 1 vaga – R$ 1.540,00

Confeiteiro – 1 vaga – R$ 1.500,00

Confeiteiro – 1 vaga – R$ 1.350,00

Costureira em geral – 10 vagas – 1.320,00

Cozinheiro geral – 1 vaga – R$ 1.272,85

Cozinheiro geral – 2 vagas – R$ 1.400,00

Cozinheiro geral – 1 vaga – R$ 1.500,00

Cozinheiro geral – 1 vaga – R$ 1.345,00

Empacotador à mão – 15 vagas – R$ 1.297,00

Engenheiro de softwares (temporária 180 dias) – 1 vaga – R$ 3.500,00

Estofador de móveis – 1 vaga – salário à combinar

Fresador (fresador universal) – 1 vaga – salário à combinar

Fiscal de prevenção de perdas – 1 vaga – salário à combinar

Garçom – 1 vaga – R$ 1.300,00

Instalador de painéis (comunicação visual) – 2 vagas – R$ 1.500,00

Inspetor de qualidade – 1 vaga – R$ 5,73 p/ hora

Manobrista (automóveis) – 1 vaga – R$ 1.400,00

Mecânico de manutenção de ar condicionado – 1 vaga – R$ 2.500,00

Motorista de caminhão (carreta) – 1 vaga – R$ 7,00 p/ hora

Operador de máquina de corte a gás – 1 vaga – R$ 1.500,00

Operador de telemarketing – 1 vaga – R$ 1.296,36

Padeiro – 1 vaga – R$ 1.457,36

Soldador mecânico – 1 vaga – salário à combinar

Supervisor de cobrança – 1 vaga – R$ salário à combinar

Supervisor de vendas no varejo – 1 vaga – salário à combinar

Técnico em atendimento e vendas – 3 vagas – salário à combinar

Técnico em enfermagem – 1 vaga – salário à combinar

Técnico em refrigeração (instalação) – 1 vaga – R$ 2.642,00

Torneiro CNC – 1 vaga – salário à combinar

Vendedor no comércio de mercadorias – 5 vagas - salário à combinar

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

 

No próximo sábado,19, é comemorado o Dia Nacional de Doação de Leite Humano. A data busca sensibilizar a população sobre a importância da doação e do papel dos bancos de leites que garantem a sobrevivência de bebês prematuros ou internados em UTI neonatais, cujas mães não conseguem suprir as necessidades dos recém-nascidos.

Santa Catarina tem hoje 12 bancos de leites e seis postos de coleta. Um dos bancos de leite humano com intensa atividade é o da Maternidade Darcy Vargas, de Joinville. Criado em 1980, é certificado pelo Ministério da Saúde (MS) e considerado referência estadual.

Somente em 2017 foram realizados 20.263 atendimentos a nutrizes e seus bebês, além de 1.353 visitas domiciliares a 678 doadoras, com a coleta de 970,5 litros de leite que beneficiaram 631 bebês prematuros ou que estavam na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal.

O Banco de Leite também é responsável por orientar as mães sobre amamentação. O setor funciona das 7h às 19h, diariamente, dispondo de uma equipe de profissionais que fazem a coleta domiciliar. No segundo semestre de 2017 foram realizadas 703 visitas domiciliares a 285 doadoras, o que resultou na coleta de 401 litros de leite.

A rede de bancos de leite brasileira é a maior do mundo e captar mais doadoras é um dos grandes desafios. O leite materno é o alimento ideal para os bebês por conter todos os nutrientes que necessitam. A amamentação está relacionada à redução da desnutrição e mortalidade infantil.

Com 1,7 mil inscritos, começou nesta quarta-feira, 16, e vai até o dia 19, em Joinville, o 22º Congresso Brasileiro de Apicultura (Conbrapi) e o 8º Congresso Brasileiro de Meliponicultura. Durante a abertura, o embaixador da República da Eslovênia no Brasil, Alain Brian Bergant, leu a declaração da Organização das Nações Unidas (ONU) que instituiu o dia 20 de maio como o Dia Mundial da Abelha. O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, participou e destacou a força econômica do setor.

“A apicultura é uma atividade típica da agricultura familiar porque agrega valor e renda em pequenas propriedades. Santa Catarina produz uma média de 22 quilos por colmeia, mas temos produtores com 40 e o congresso é esse espaço para compartilhar o conhecimento e tornar o setor mais competitivo. Na agricultura não é proibido copiar os bons exemplos”, disse Spies. Ele destacou ainda que o Governo do Estado aplica 700 milhões por ano no fomento da agricultura, da extensão rural e da defesa agropecuária.

A partir desta quinta, a plateia vai contar com 2,5 mil participantes entre produtores, pesquisadores, acadêmicos e empresários de equipamentos e insumos. Considerado o maior congresso do setor no país, é organizado pela Confederação Brasileira de Apicultura (CBA), Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (Faasc) e Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

Para o presidente da Faasc, Nésio Fernandes de Medeiros, o congresso é um espaço para aperfeiçoar as tendências do setor como flora apícula, polinização, tecnologia de processamento e os aspectos sanitários. “Mas temos algumas flechas apontadas para o setor como o uso correto dos agrotóxicos, melhorar a legislação para a realidade apícula e vencer os entraves da meliponicultura. Temos ainda de voltar a discutir a abertura do mercado brasileiro ao mel da Argentina que poderá nos prejudicar”, ponderou.

De acordo com o secretário Spies, quando se fala em abelha as pessoas precisam pensar em qualidade de vida. “A abelha é o maior indicador de qualidade do meio ambiente, ela exerce um grande serviço à sustentabilidade e a sobrevivência do nosso planeta. Ela ajuda na economia, exerce papel social e impacta diretamente de forma positiva na parte ambiental”.

De acordo com dados da Epagri, nove mil famílias rurais de Santa Catarina se dedicam à apicultura com destaque para a produção de mel – sendo 42% com certificação orgânica. A última safra catarinense, 2016/2017, foi recorde com oito mil toneladas recolhidas, uma média de 84 quilos por quilômetro quadrado. Até o dia 17 de maio estão abertas as inscrições para concursos de mel, pólen, obras científicas e inovação tecnológica para a edição deste ano.

Mais informações no site do evento: www.conbrapi2018.com.br.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville