Fotos: ADR Joinville

O governador Eduardo Pinho Moreira inaugura nesta quarta-feira, 21, às 14h, as obras da tradicional Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, em Joinville, fundada em 1961. A instituição, que recebeu R$ 5,9 milhões de investimentos, possui 1,3 mil estudantes matriculados para este ano letivo e tem fila de espera para mais vagas. A solenidade ocorre no ginásio de esportes e contará com a presença do secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, e da secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville, Simone Schramm.

“A conclusão da obra é um marco na história do colégio porque, além de beneficiar a comunidade com a ampliação de vagas, refletiu positivamente na parte pedagógica desenvolvida pela equipe escolar”, avalia a secretária Simone Schramm. Em 2016, a escola avançou 15 posições na colocação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Estado e, em Joinville, detém a quarta melhor colocação da rede estadual. O colégio atende ao ensino médio regular, ensino médio inovador e curso técnico magistério.

Com a reforma, são 26 novas salas de aula, ampla biblioteca, auditório e refeitório. O bloco pedagógico possui sala de dança, setor administrativo ampliado e três laboratórios: química, biologia e informática. Conta com o maior complexo esportivo escolar da rede pública estadual com um ginásio coberto com duas quadras internas de vôlei e mais uma quadra para todas as modalidades. Externamente, há campo em grama para futebol suíço, duas quadras de concreto e uma pista de atletismo em areia.

O visual da escola também mudou com a construção do pátio, colocação do bicicletário, cerca e de portões e paisagismo. A instituição ainda tem acessibilidade, com rampas e elevador. Uma nova subestação de energia foi instalada com padrão de entrada ampliado para aumento da capacidade elétrica para atender à climatização dos setores. As obras foram executadas desde 2015 pela empresa WDF Serviços Ltda.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

O Sistema Nacional de Empregos (Sine), em Joinville, vinculado à Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, divulga as vagas de emprego para preenchimento até sexta-feira, 23. Os interessados devem procurar o local das 12h30 às 18h30, na Rua Nove de Março, 774, sala 02. Mais informações pelo telefone (47) 3481-2137 ou (47) 3481-2138.

Confira as vagas

Analista de programação e controle da produção- 1 vaga - salário à combinar

Auxiliar de cozinha - 2 vagas - R$ 1.500,00

Auxiliar de jardinagem - 1 vaga - R$ 1.159,40

Auxiliar de limpeza - 2 vagas - R$ 1.332,00

Auxiliar de linha de produção (programa jovem aprendiz) - 30 vagas - R$761,46

Auxiliar de operação - 1 vaga - R$ 1.300,00

Auxiliar de pessoal - 1 vaga - R$ 1.253,00

Auxiliar de técnico de eletrônica (vaga temporária) - 1 vaga - R$ 1.500,00

Comprador - 1 vaga - salário à combinar

Confeiteiro - 1 vaga - salário à combinar

Costureira em geral (ramo lingerie) - 10 vagas - R$ 1.236,40

Cozinheiro geral - 1 vaga - R$ 3.000,00

Eletricista de manutenção industrial (vaga temporária) - 1 vaga - salário à combinar

Empregada doméstica - 1 vaga - R$ 1.500,00

Gerente de loja do ramo de informática - 1 vaga - R$ 2.434,00

Inspetor de qualidade - 7 vagas - R$ 1.150,00

Jardineiro - 1 vaga - R$ 1.436,00

Lavador de automóveis - 1 vaga - R$ 1.238,60

Manobrista de carreta - 1 vaga - R$ 1.320,00

Mecânico montador (vaga temporário) -1 vaga - salário à combinar

Montador de estruturas metálicas - 2 vagas - R$ 1.270,00

Motorista de carreta (CNH D ou E) - 70 vagas - salário à combinar

Operador de máquina de corte de lingerie - 2 vagas - R$ 1.236,40

Operador de máquinas fixas, em geral - 1 vaga - R$ 1.000,00

Operador de produção (curso de op. de empilhadeira) – 2 vagas – R$ 1.500,00

Operador de telemarketing - 1 vaga - R$ 1.200,00

Operador de telemarketing especializado (televendas) - 1 vaga - R$ 1.400,00

Pintor de automóveis - 1 vaga - R$ 1.500,00

Pintor Industrial - 1 vaga - R$ 1.200,00

Preparador de máquinas - 2 vagas - salário à combinar

Representante comercial autônomo - 1 vaga - comissão 19% sobre vendas

Representante comercial autônomo - 3 vagas - comissão 5% sobre vendas

Soldador mecânico - 2 vagas - R$ 1.400,00

Técnico de planejamento de produção - 1 vaga - salário à combinar

Técnico em segurança do trabalho (vaga temporária) - 1 vaga a salário à combinar

Vendedor porta a porta - vagas - R$ 1.090,00 + comissão

Vendedor pracista para setor de produtos de limpeza - 2 vagas - R$ 1.200,00 + comissão

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville


Foto: Jeferson Baldo / GVG

Mais de 3 mil pessoas participaram da cerimônia de transmissão de cargo do governador Raimundo Colombo para Eduardo Pinho Moreira, em ato nesta sexta-feira, 16, em Florianópolis, prestigiado por lideranças de todo o Estado. Em seu discurso, Moreira reforçou o compromisso e a responsabilidade do Governo de Santa Catarina com todas as regiões e afirmou que saúde e segurança serão prioridades.

Moreira ressaltou os bons indicadores de Santa Catarina e o status diferenciado do Estado, destacando também a responsabilidade para garantir uma gestão eficiente. "Nossos índices fazem frente aos de países desenvolvidos. Hoje somos o segundo Estado mais competitivo do Brasil; aquele com a maior expectativa de vida e com a menor taxa de mortalidade infantil; com o melhor ensino fundamental de todo o país; e com os menores índices de desemprego, desigualdade de renda e de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza", discursou.

Destacou, no entanto, os desafios que o Governo do Estado tem pela frente. "Vamos ter que fazer mais com menos. Uma gestão técnica e eficiente é fundamental neste momento, para que possamos reduzir os gastos correntes e garantir o bom atendimento nas áreas prioritárias, como saúde e segurança. Vamos diminuir o tamanho da máquina pública e trazer mais incentivos ao desenvolvimento, através de parcerias com a iniciativa privada e estímulos ao empreendedorismo".


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

>>> Mais imagens na galeria

O governador em exercício fez questão de agradecer à parceria com os governadores Luiz Henrique da Silveira e Raimundo Colombo em sua trajetória política. "Mudanças importantes, embora dependam de ações imediatas, demandam tempo. São resultados de uma sucessão de pequenos passos em busca de um ideal. Porém, o imediatismo que tem tomado conta da política atual impede essa compreensão. Ao longo desses 15 anos avançamos muito: demandas históricas foram atendidas em regiões, até então, desassistidas, o acesso a serviços públicos foi ampliado e o desenvolvimento econômico incentivado como nunca", destacou.

Moreira afirmou que o conceito de um governo de todas as regiões firmou a necessidade de valorizar a grande diversidade cultural, econômica e social que compõem o Estado. "Aprendemos a ouvir as pessoas e a colocá-las em primeiro lugar. Tenho certeza que esse é o caminho certo e que os passos que demos, nesse sentido, não têm volta".

As conquistas que evidenciam a força dos catarinenses também foram enaltecidas por Raimundo Colombo, que abriu seu discurso agradecendo à população catarinense e à equipe que liderou nestes mais de sete anos à frente do governo. O governador, agora licenciado, destacou a importância da união em prol da promoção e da proteção do Estado. "Tenho como uma das filosofias de vida, a ideia de que briga política não constrói pontes, escolas e hospitais. Ao longo da minha vida pública sempre procurei conciliar, construir, tentar unir as pessoas, o que nem sempre é fácil. E isso contribuiu para que neste período de tantas turbulências, os impactos fossem menores em Santa Catarina", afirmou. Colombo deixa o cargo para um período de licença, enquanto Eduardo Pinho Moreira estará à frente do Governo do Estado.


Foto: James Tavares / Secom

Colombo lembrou que, para proteger a geração de emprego, Santa Catarina foi contra o movimento adotado por tantos outros estados e decidiu não aumentar impostos, mesmo diante dos períodos de arrecadação em baixa. E com um saldo de 29.441 vagas com carteira assinada, Santa Catarina foi o Estado que mais gerou emprego no país em 2017. A proteção do emprego foi apontada como um dos principais legados do governo.

Em 2017, Santa Catarina também foi reconhecido como o segundo Estado mais competitivo no país, de acordo com Ranking de Competitividade dos Estados. No resultado geral, o Estado melhorou a sua posição ano a ano. Em 2011, ocupava o sétimo lugar; em 2012 e em 2013, ficou em sexto; em 2014, alcançou a quinta posição; em 2015 e 2016, ficou em terceiro; e em 2017 subiu uma posição e ultrapassou o Paraná, garantido o segundo lugar geral, atrás apenas de São Paulo.

A cerimônia desta sexta contou com a presença do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, representando o Governo Federal, senadores, deputados, prefeitos e lideranças de todas as regiões do Estado. Colombo e Eduardo Pinho Moreira também receberam homenagens, como as prestadas pela viúva do governador Luiz Henrique, Ivete da Silveira, e pela secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville, Simone Schramm.

>>> Veja o discurso na íntegra do governador em exercício Eduardo Pinho Moreira

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Prazo para matrículas da rede estadual de ensino começa amanhã, 30, e se estende até o dia 11 de dezembro.

Nesta quinta-feira, 15, inicia o ano letivo da rede estadual de ensino de Santa Catarina, quando 501 mil estudantes retornam às salas de aula. Nas 60 escolas dos oito municípios da região Norte, 41 mil alunos estão matriculados, sendo 24 mil em 34 unidades de Joinville.

De acordo com a Gerência Regional de Educação (Gered), o ano letivo inicia organizado. “Conseguimos atender as principais demandas de melhorias em infraestrutura, fizemos uma chamada pública organizada para professores e os educadores passaram por capacitação”, comenta a gerente da Gered, Lorena Rothbarth.

Durante as férias escolares, a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville investiu R$ 683 mil em obras de reforma e manutenção de 14 escolas. Entre os serviços, melhorias em cobertura, piso, iluminação, pintura, instalação de bicicletário e aquisição de condicionadores de ar. Uma unidade ainda passa por obras em São Francisco do Sul  com investimento orçado em R$ 950 mil.

Horários das aulas

As aulas para 2018 têm horários diferenciados: 7h30 às 11h30 para ensino fundamental e médio; 13h30 às 17h30 também para fundamental e médio; e 18h30 às 22h para médio e educação de jovens e adultos (EJA). As aulas do turno integral serão das 7h30 às 17h15.

Nova escola em Barra Velha e Joinville

Com investimento de R$ 10 milhões, a Escola de Ensino Médio Senador Luiz Henrique da Silveira, em Itajuba, entrará em funcionamento neste dia 15 com turmas no período da manhã e da tarde. Nesta quarta-feira, a equipe escolar findava os trabalhos de limpeza para receber 450 alunos do nono ano do ensino fundamental e o médio.

Em Joinville, a tradicional Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, no Bucarein, passou por obras de reforma e ampliação com R$ 5,9 milhões de investimentos. São 26 novas salas de aula, ampla biblioteca, auditório e refeitório e o maior complexo esportivo da rede pública estadual com um ginásio coberto com duas quadras internas de vôlei e mais uma quadra para todas as modalidades. A inauguração oficial será dia 21 de fevereiro.

Mudança em São Francisco do Sul

A Escola de Educação Básica Santa Catarina terá o início do ano letivo adiado para 26 de fevereiro. As obras na unidade contemplam a troca da cobertura de toda a unidade de ensino e a readequação das instalações elétricas orçado em R$ 950 mil. A escola irá repor esses dias de aula em uma semana de julho e dois sábados.

Curso Técnico em Dança

Em Joinville, as aulas para 70 alunos do primeiro curso técnico em dança oferecido pela rede estadual de ensino começam no dia 26. Com três turmas distribuídas nos períodos vespertino e noturno, as aulas serão ministradas na EEB Germano Timm, no Centro. A nova modalidade terá duração de um ano com total de 800 horas aula e com grade curricular voltada ao preparo do aluno para atuar e executar a dança como bailarino, diretor ou assistente.

De acordo com a Gered, a data de início das aulas permite melhor organização do quadro e professores. "O curso foi aprovado no final de dezembro, fizemos matrícula e capacitação de professores em curto tempo, por isso resolvemos iniciar aulas um pouco mais tarde", explica Lorena.

Ensino médio e técnico no Cedup

Aproximadamente 1,3 mil alunos estão matriculados nos cursos oferecidos pelo Centro de Educação Profissional Dario Geraldo Salles (Cedup), no Itaum. Além dos 11 cursos profissionalizantes ofertados para jovens do terceiro ano do ensino médio ou egressos, a instituição trabalha com o Ensino Médio Integrado com o Ensino Profissionalizante (Emiep). Nessa modalidade, os estudantes do primeiro e segundo ano estudam em tempo integral e cursam também a formação de recursos humanos, automação industrial e administração. Os cursos profissionalizantes oferecidos pelo Cedup são: administração, contabilidade, marketing, qualidade, logística, segurança do trabalho, eletrotécnica, eletromecânica, mecânica e fabricação mecânica.

Ensino médio em tempo integral

Duas escolas estaduais de Joinville oferecem o ensino médio em tempo integral para o primeiro e segundo ano do médio. Na EEB Annes Gualberto, no Iririú, são 170 alunos divididos em seis turmas de primeiro ano e três no segundo. Na EEB Presidente Médici, no Boa Vista, são 160 estudantes, sendo três turmas de cada ano.

Além da ampliação do tempo de aulas, o diferencial é a formação vocacional dos jovens com disciplinas voltadas desenvolvimento pessoal e profissional. Uma delas é “projeto vida”, que trabalha o aluno e o mundo do trabalho, mais a parte de psicologia, do que o jovem gosta ou não; “estudo orientado” e “projeto de intervenção e pesquisa”, ambos voltados à parte sócio emocional e cognitiva.

Transporte escolar

Todo o aluno do ensino fundamental que resida em uma distância igual ou maior de três quilômetros da unidade de ensino na qual estuda - 3 km ida e 3 km de volta - têm direito ao transporte escolar. Para o ensino médio diurno, o mesmo direito é concedido mediante comprovação de indisponibilidade de matrícula em unidades próximas às suas casas.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville