Joinville vai sediar na quarta-feira, 25, a 10ª reunião do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina (CEE), juntamente com os conselhos municipais e de representantes do Paraná e Rio Grande do Sul. O encontro será no auditório da Ordem dos Advogados, no Saguaçu, das 8h às 16h. O regime de colaboração entre União, estados e municípios estarão sendo discutidos no evento com mais atenção ao atendimento da educação infantil.

Na oportunidade, a Secretaria de Estado da Educação vai apresentar os indicadores de Santa Catarina. A data de corte para ingresso de estudantes no ensino fundamental, as ações judiciais sobre o tema, bem como as prestações junto ao Tribunal de Contas estão entre os principais debates.

“Esse encontro é uma oportunidade de socializarmos como os municípios estão enfrentando o atendimento à educação infantil porque a demanda é sempre maior do que a possibilidade de oferta e compreende questões de legislação”, explica Mariane Bayer Ehrat, presidente da Comissão Especial de Acompanhamento dos Planos Municipais e Estadual de Educação e Apoio aos Sistemas Municipais de Ensino, dentro do CEE.

A realização do encontro é do Conselho Estadual de Educação (CEE), Secretaria de Estado da Educação (SED), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação de Santa Catarina (ENCME) e tem apoio da Agência de Desenvolvimento Regional e da Prefeitura de Joinville. As últimas reuniões foram realizadas em Rio do Sul e Curitibanos.

Programação
8h30: Credenciamento, café e apresentação cultural;
9h: Abertura com entrega do Prêmio Mérito Educacional;
10h às 12h: Debate sobre Monitoramento dos Planos Municipais de Educação Referente ao Atendimento da educação infantil;

- Item A: Indicadores da Educação Básica, com Gilberto Luiz Agnolin, diretor da Diretoria de Políticas de Planejamento Educacional da Secretaria de Estado da Educação (SED)
- Item B: Monitoramento dos Planos Municipais, com auditor Gerson Sicca, coordenador estadual do Monitoramento dos Planos de Educação do Tribunal de Contas (TC)

13h30: Apresentação cultural;
113h45: Apresentação da resolução CEE-SC 227/2012, com conselheiro Maurício Fernandes Pereira;
14h às 16h: Mesa redonda sobre Data Corte Para Ingresso no ensino fundamental, com representantes do Ministério Público, Undime, ENCME e CEE do Paraná;
16h30: Encerramento.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

O Sistema Nacional de Empregos (Sine), em Joinville, vinculado à Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, divulga as vagas de emprego para preenchimento até sexta-feira, 27. Os interessados devem procurar o local das 12h30 às 18h30, na Rua Nove de Março, 774, sala 02. Para se cadastrar em uma das vagas, é preciso levar carteira de trabalho, identidade, CPF e comprovante de residência.

Mais informações pelo telefone (47) 3481-2137.

Confiras as vagas

Analista administrativo - 1 vaga – R$ 1,800,00

Assistente administrativo - 30 vagas PCD - Salário a combinar

Atendente balconista - 1 vaga – Salário a combinar

Atendente de frios e laticínios - 2 vagas – Salário não informado

Auxiliar de limpeza – 2 vagas – R$ 1,087,00

Auxiliar de marceneiro – 1 vaga - R$ 1,200,00

Auxiliar de padeiro - 2 vagas – R$ 1,300,00

Auxiliar de eletricidade de linhas de transmissão - 1 vaga – 1,485,83

Balconista – 4 vagas - R$ 1,289,00

Chefe de serviço de limpeza - 1 vaga - R$1,214,89

Conservador de fachadas - 1 vaga - R$ 1,180,00

Cozinheiro geral - 3 vagas - R$ 1,314,10

Eletricista de manutenção em geral – 2 vagas - R$ 1,570,00

Farmacêutico - 1 vaga - R$2,027,00

Instalador de sistema eletrônico de segurança - 1 vaga - R$ 1,365,00

Marceneiro - 1 vaga- R$ 2,000,00

Mecânico de caminhão a diesel - 1 vaga – Salário não informado

Operador de máquinas de dobrar chapas - 1 vaga - R$ 9,00/hr

Operador de máquinas operatrizes - 1 vaga - R$ 9,00/hr

Representante comercial autônomo - 1 vaga – Salário não informado

Representante técnico de vendas - 1 vaga - R$ 1,000,00

Representante técnico de vendas - 1 vaga - R$ 1,300,00

Servente de limpeza - 1 vaga PCD – R$ 942,00

Servente de limpeza - 1 vaga - R$ 1,087,16

Servente de obras - 30 vagas - R$ 1,400,00

Torneiro mecânico - 1 vaga – Salário não informado

Vendedor no comércio de mercadorias - 1 vaga - R$ 1,427,00

Vendedor de serviços – 1 vaga - R$ 1,119,00

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

As inscrições para o Mestrado Acadêmico em Engenharia Mecânica, do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Joinville, começam em 1° de novembro. Os interessados poderão se inscrever como alunos regulares até 31 de janeiro de 2018.

Diretor do Colégio Militar de Joinville é anunciado durante reunião do Colegiado
Fotos: Ana Paula Keller/ADR Joinville

A secretária executiva da Agência da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville, Simone Schramm, reuniu nesta sexta-feira, 20, o Colegiado Regional de Governo. Na oportunidade, foi confirmado o nome do diretor do Colégio Policial Militar que irá funcionar na Escola de Educação Básica Osvaldo Aranha, no Bairro Glória. A unidade será gerida pelo tenente-coronel Hélio César Puttkammer.

>>> Galeria de fotos

O Colégio Militar de Joinville começa a funcionar em 2018, com turmas de 35 alunos do sexto e sétimo ano do ensino fundamental, sendo ampliado gradativamente em números de vagas e de séries até chegar ao ensino médio. Puttkammer comandava o 17º Batalhão da PM na cidade até o dia 3 de outubro, quando assumiu como chefe de Estado Maior da 5ª Região de Polícia Militar. Atualmente, a Escola de Educação Básica Osvaldo Aranha funciona apenas de manhã com o ensino médio, do primeiro ao terceiro ano. A partir do ano que vem, as novas matrículas serão apenas para a unidade militar.

Diretor do Colégio Militar de Joinville é anunciado durante reunião do Colegiado

Dúvidas e respostas sobre o Colégio Militar em Joinville

1 - Como será o acesso ao Colégio Militar de Joinville?
O preenchimento das vagas para as primeiras turmas será feito por sorteio, como se dá em Florianópolis e Lages.

2 - Como será a participação no sorteio?
Quem tiver interesse em concorrer a uma vaga no Colégio Militar poderá se inscrever no sorteio. A portaria atual do Comando-Geral da PMSC estabelece a proporção de 90% para filhos de policiais militares, bombeiros militares e profissionais civis da PMSC, e 10% para a comunidade. O diretor da unidade, tenente-coronel Hélio César Puttkammer, não descarta a possibilidade de processo seletivo e também do aumento de vagas para civis.

3 - Quando serão as matrículas?
Ainda será estabelecido o cronograma de matrículas pois as tratativas para a implementação do Colégio de Joinville estão em andamento. Possivelmente, no mesmo período de novas matrículas da rede estadual de ensino, de 30 de novembro a 10 de dezembro.

4 - Quantas vagas serão disponibilizadas?
Para o primeiro ano de implantação do colégio em Joinville serão 70 vagas de ensino fundamental: 35 para o sexto ano e 35 para o sétimo ano. No segundo ano, deverão ser ampliadas as vagas para oitavo e nono ano e, depois, o ensino médio. A ampliação será de forma gradativa.

5 - Quando começam as aulas?
Ainda será estabelecida a data de início das aulas porque as tratativas para a implantação em Joinville estão em andamento. Possivelmente, em fevereiro, no dia 15, seguindo o calendário escolar da rede estadual de ensino.

6 - Onde serão as aulas?
Na estrutura da Escola de Educação Básica Osvaldo Aranha, no Bairro Glória. Na unidade de ensino, haverá continuidade das turmas existentes.

7 - Como será o uniforme?
Serão utilizados dois tipos de uniformes, na cor cinza, sendo um de tergal e um agasalho, como já utilizados nos colégios de Florianópolis e Lages.

8 - Qualquer estudante pode concorrer a uma vaga?
Poderão ingressar no sexto ano do Colégio Militar aqueles alunos que estiverem concluindo o quinto ano em 2017. 

9 - Qual será o quadro das disciplinas?
O programa das disciplinas é o mesmo estabelecido pela Secretaria de Estado da Educação (SED) para as escolas do Estado. 

10 - Os professores serão militares ou haverá contratação de novos profissionais?
Haverá a contratação de professores civis para a implantação do Colégio Militar e a equipe da direção será composta por militares de carreira e, possivelmente, civis, como psicopedagogas.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

Próximos eventos